Apple

Vendas do iPhone duplicaram na França desde o fim do monopólio de operadora

iPhone na França

Mais um exemplo de que o contrato que a Apple faz para a venda exclusiva com algumas operadoras é prejudicial para as vendas do aparelho. Em menos de um ano após o fim do monopólio da Orange, as vendas na França simplesmente duplicaram, transformando o país no maior mercado de iPhone da Europa atualmente.

No seu lançamento, em 2007, o iPhone era vendido apenas com a operadora americana AT&T. No final daquele mesmo ano, outros países europeus também começaram a vendê-lo, com a mesma receita: apenas uma operadora autorizada. Em 2008, com a introdução do iPhone 3G no resto do mundo, outros países adotaram a venda em múltiplas operadoras (no Brasil são três).

Em 2010, o contrato de exclusividade com a AT&T acabará e muitos acreditam que a Apple poderá mudar seu modelo de negócios, permitindo que várias bandeiras comercializem o seu terminal. Atualmente, somente nos Estados Unidos, Alemanha, Japão, Bélgica, China e Espanha existe contrato de exclusividade.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados