Notícias

Paranoia da geolocalização: entenda a que ponto está toda a polêmica

Primeiro de tudo, faz-se necessário destacar um ponto importante: ser rastreado a todo o momento por grandes empresas de tecnologia (como Apple e Google) não é nada agradável e é sim uma invasão de privacidade. Esta é uma questão que merece ser revista com mais cuidado pelos diversos órgãos da sociedade, para que soluções sejam encontradas e isso deixe de ser uma coisa “normal”.

Justamente por ser algo desagradável que acontece graças aos nossos queridos celulares, a repercussão de uma simples notícia tomou proporções de escândalo, sendo reproduzida no mundo inteiro como se fosse uma descoberta recente e de graves consequências. Veja a que ponto estão as notícias e aprenda a se prevenir delas.

LocationGate: mais uma paranoia da mídia

Isto é fato: atualmente está acontecendo uma paranoia de grande parte da mídia em relação ao registro, em um arquivo presente no iOS, de todos os lugares onde o aparelho passa. Este arquivo só está presente no computador ou aparelho da pessoa e não pode ser acessado por quem não tem acesso a eles. A Apple jura de pé junto que não recolhe estas informações, ou quando recolhe, o faz anonimamente, sem identificar o usuário.

Os smartphones fazem isso há muito tempo, mas de um dia para o outro isso parece ter se transformado em assunto de segurança nacional. Na Europa, Ásia e até nos Estados Unidos, representantes dos respectivos governos estão pedindo explicações para a Apple e o Google sobre este tipo de “rastreamento” do indivíduo. Mas claro, com a demora tradicional da Apple em comentar este tipo de coisa, a polêmica se mantém viva e forte.

Talvez vocês se recordem de outra paranoia midiática que ocorreu com o iPhone 4, considerada a mais famosa delas até hoje: o antennagate. Em julho do ano passado, quem lia os jornais ficava com a nítida impressão de que o novo aparelho tinha um problema grave de design e que deveria ser recolhido pela Apple. O Blog do iPhone foi um dos únicos sites do mundo a dizer que tudo era exagero e que o problema não acontecia na proporção em que a mídia pregava. Até chegamos a reverter o dinheiro do bumper para nossos leitores, pois nunca tivemos o tal problema (confira o teste que fizemos com diversas operadoras brasileiras). Hoje, vários de vocês possuem o iPhone 4 (que não foi alterado desde então) e podem comprovar com os próprios olhos o que defendíamos, é ou não é?

Não é fácil nadar contra a corrente e afirmar algo que a grande mídia discorda; muitos haters nos chamam de fanboys e parciais por isso. Mas felizmente, depois do nosso desabafo da semana passada (leia “A historinha sensacionalista do rastreamento do iPhone que compromete sua privacidade“), vários outros especialistas também tomaram a mesma posição, destacando que o problema não é limitado ao iPhone e acontece em todos os atuais smartphones. Até mesmo o Windows Phone faz a mesma coisa (mas ninguém se importa porque falar dele não atrai leitores). 😉

O importante é saber que este problema sempre existiu e não é novidade, mesmo que alguns veículos de comunicação queiram que você pense o contrário.

Processos e pedidos governamentais

Claro que há quem se aproveite de toda a polêmica para tentar aparecer e tirar alguma vantagem nisso. Nos Estados Unidos, dois cidadãos resolveram entrar na justiça contra a Apple por violação de privacidade. Aliás, abrir processos é quase um esporte nacional nos EUA, e é interessante de perceber que os jornais e sites que divulgam esta “notícia” não voltarão atrás depois, se a Apple ganhar o processo. Claro, notícia que afirma que a Apple tem razão não atrai leitores.

Na onda, diversos políticos na França, Alemanha, Coreia do Sul e Estados Unidos estão tentando pedir uma explicação direta da Apple sobre o “grave” problema. Se eles estão tão preocupados com “a privacidade do cidadão”, porque não lutaram por isso antes? Porque deixar o fenômeno de rastreamento crescer e se transformar em algo “comum” como é hoje?

Aberturas de processos judiciais geram notícia e atraem leitores. A conclusão deles e o veredito final, quando é favorável ao réu, não.

Por que há um rastreamento?

Ok, a mídia está dando um peso exagerado ao assunto, mas de fato existe um rastreamento no nosso iPhone (e em outras marcas também). Por que isso?

A função de localização na verdade facilita bastante nossa vida cotidiana no smartphone. É através dela, por exemplo, que o aparelho determina mais rapidamente qual o satélite está mais próximo para o uso do GPS, ou qual antena de telefonia usar. Isso, além de nos poupar tempo, economiza também bateria, algo importantíssimo em dispositivos móveis. Também podemos usar a localização em diversos serviços, como o Google Maps, Foursquare e até nas fotos que tiramos com o aparelho. Tudo isso é uma vantagem, não um problema.

Claro que isso também permitiria que informações mais pessoais, como número de telefone e nomes, fossem transmitidos para alguma empresa, mas todos os atuais fabricantes negam que isso aconteça, reforçando que as informações transmitidas são sempre anônimas. A Apple envia algumas informações a cada 12h, enquanto dispositivos com Android fazem isso diversas vezes em cada hora do dia.

O problema a se questionar, talvez, seja o motivo pela qual um arquivo do iPhone guarde informações de meses, quando poderia estocar apenas as dos últimos dias. Muitos acreditam que isso pareça mais um bug do que algo proposital, coisa que pode ser consertada em uma próxima atualização do iOS.

A Apple vai se explicar?

A polêmica cresceu tanto que, cedo ou tarde, ela terá que vir a público se explicar. Mas o discurso já podemos até adivinhar: “o problema não existe e isso acontece com todos os smartphones”. Qualquer semelhança com outra explicação será, obviamente, mera coincidência. 😛

Como não ser rastreado pelo meu iPhone?

Você acabou visitando um lugar que não quer que ninguém descubra e tem medo que algum familiar possa mexer no seu iPhone e rastrear por onde você esteve? Bem, há pequenas soluções que podem apagar seus rastros do aparelho.

Desligar o serviço de localização não adianta, ele continuará registrando seus passos. Porém, se você acabou de estar em um lugar que quer que ninguém saiba, veja os passos a seguir:

1. Antes de ir ao tal lugar, sincronize seu aparelho com o seu iTunes, gravando assim o backup dele.

2. Vá onde você deve ir, sem culpa (ou se tiver culpa, não responsabilize o iPhone).

3. Quando voltar para casa, não sincronize o aparelho ao iTunes. Em vez disso, plugue o cabo USB e restaure o backup antigo, clicando com o botão direito do mouse em cima do nome do seu aparelho.

Pronto, assim ele não terá registrado os últimos lugares que você foi desde a última sincronização. Claro que se você tiver mensagens SMS recebidas ou ajustes alterados neste meio tempo, também serão perdidos.

Para se livrar de todas as localizações presentes do aparelho, uma restauração completa sem utilizar o backup antigo também resolve. Há também algumas soluções para aparelhos com jailbreak que interrompem o serviço de localização.

Conclusão

Ainda veremos muita repercussão deste assunto polêmico. Mas pelo menos você agora terá condições de ler estas notícias com olhos críticos, sabendo que não é nenhum fim de mundo isso e se preocupando com o que realmente importa: a luta contra todo o sistema de localização dos smartphones, que interferem sim em nossa privacidade, mas hoje são considerados “normais” por causa da evolução tecnológica.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Mais um texto ótimo para colocar mais uma pedra encima desse mimimi. 😛

    • Em cima. Sério???

      • A palavra “encima” vem do verbo “encimar” conjugado ou na terceira pessoa do singular do indicativo ou na segunda pessoa do singular do imperativo. Tem significado de “colocar em cima de”, “coroar”, “algo situado acima de”, “elevar”. (embora, o mais apropriado a minha frase seja “em cima”, o qual é antônimo de “embaixo”) 😉

        • Johnny Mallenge

          Logo, como é um verbo, a construção correta seria “Uma pedra para encimar o assunto”. Não nesse caso, em que o correto é mesmo “em cima de”.

          O antônimo de embaixo é “sobre”, não encima. Não existe encima como substantivo. Está errado.

          • Se “sobre” é sinônimo de “em cima” e “sobre” é antônimo de “embaixo”, logo “em cima” é antônimo de “embaixo”. Foi o que eu tinha dito.

            • Thiago

              Princípios de Indução Matemática aplicada em gramática.

            • Eu aprendo tanto nesse blog!!!

            • Seus mentecaptos, energúmenos, bisbórrias de assaz ignorância, poupem-nos de seus exacerbados comentários! 😛 (brinks, tá)

            • Isabela

              Aprendo tanto com esse blog (2).

              Hoje já posso dormir tranquila. aprendi um verbo novo: encimar. adorei.

            • Joelfefa

              UAHuhaA, genial esses caras conversando! xD

            • Pabloabugo

              Errado. São duas palavras, como mencionado, não um substantivo.
              Johnny: Like!

            • Claudio Viana

              Se existe o verbo encimar, então “encima” é o verbo conjugado na 3ª pessoa do singular: Ele encima.
              Ex.: Eu encimo, Tu encimas, Ele encima, etc. Se não existe o verbo ou se vc não usou a palavra com verbo, caso ele exista, então está errado.

          • dougcaragua

            hahahahaha

            Fatality

          • Fernando

            Hehe, o Gabriel tá dando uma de Lula, negando até a morte.
            Mas aceite, se equivocou quanto ao “encima”. 🙂

        • Thiago

          Como explicar um erro de maneira culta.

          • Gente, sem grilo, pode assumir.. foi a autocorreção do iPhone q fez isso…

            • Danilo Fonseca

              Legal foi que o iPhone não corrigiu o “mimimi”…

              Rrssrrsrsss… a reportagem tá ótima e os comentários… são impagáveis… quase morri de rir.

        • Jorge

          ahahhaha não adianta vir com essa “enrolation”, tá errado e ponto final. DUVIDO achar essa palavra em um dicionário. Menos vergonhoso é admitir logo o erro….

  • Bruno Santana

    Na minha opinião, acho um exagero todo esse alarde criado sobre a localização de nossos iPhones. Não dou a mínima se ficam me espiando. Isso que sou casado!

  • fernando

    duvido que a ideia por trás dessa massa de dados seja para rastrear os donos de iphone…
    mas seria muito mais transparente por parte da apple (google ou ms se fizerem o mesmo em seus OS) ter uma simples opção de não salvar essas informações.

  • George

    Já havia lido uma matéria semelhante em um outro blog e realmente apesar de interfirir na privacidade do úsuario também é uma boa ferramenta em caso de possiveis roubos ou algo afim, mas não acredito que isso seja um bug e sim algo proposital.

    Segundo que eu li na outra matéria essa geolocalização estava sendo utilizada como modo de conhecer o mercado consumidor de um determinado local, mas realmente ainda vai gerar muita polêmica

  • Vitor

    Parabéns pela excelente reportagem iLex.

  • Bruno

    Se nao curtem isso tudo, podem me dar seus iphones que aceito de boa

  • Jovas

    Quem não deve não teme; alguém foi pego em flagrante fazendo coisa errada (vide “chifre”) e agora tá chorando…

    • Leonny Dalmaso

      Resposta perfeita! ;D

  • Leandro

    como faço pra criar esse mapa de onde meu iphone esteve? maneiro…

    • Thiago

      Tb gostaria de saber..

  • Heleno

    E esta cheio de oportunista querendo tirar vantagem disso tudo.

  • Jordany

    Ponto crítico muito bom ;D

  • Junior Manoel

    A mídia sabe que qualquer noticia envolvendo a Apple “vende” jornal por menor que seja, eles vão ficar enchendo o saco agora com essa historinha de rastreamento pra tirar vantagem disso. O Android faz a mesma coisa mas quase nem se fala nele.

    • Valton

      Alguém ainda “compra” jornal?

      😛

      E se não quer q saibam onde tu foi, deixa o iPhone em casa.

  • Andre Leoncio

    Vou rastrear minha esposa hehehe

    • Rafael Housan

      kkk mta gente vai fazer isso! mas quem é enciumado e/ou desconfiado já registra o iPhone do conjugue no seu findmyphone… online baby… rs

      • Aninha

        Pode usar o app da google ‘latitude” tambem!!!

  • Marcus Malacarne

    Como já disse no outro post, eu não me importo se alguem está me rastreando com isso, até porque para que alguem conseguisse fazer isso, teria que ser alguem muito próximo (que tenha acesso à minha casa) e para estes, eu não tenho nada a esconder.

  • Thyago Furtado

    Excelente matéria!

  • Um fato importante que muitos não se dão conta é que mesmo as pessoas que não possuem smartphones estão sendo rastreadas e registradas a todo momento,por exemplo quando vc usa seu cartão de crédito, ou quando vc usa seu celular pra fazer uma ligação.

    • JP

      Não precisa nem fazer ligação para ser rastreado pela polícia. Basta estar com o celular ligado conectado a rede de celular que a policia tem como saber por onde você andou.

  • Daniel

    Gostei do mapa do metro de Paris! 🙂

  • Pedro Alberto

    Eu acho um exagero descabido, parece que a concorrência tem uma equipe para “procurar escândalos” ligados a Apple, no intuito de tirar o credito da empresa.
    Hj vindo para o trabalho, fui visto por pessoas que nAo me conhecem, fui rastreado por radares onde o meu carro passou, quem passa na rua pode levantar o pescoço e ver o que eu estou fazendo, em fim, to “andando” se o Google e a Apple sabem onde eu estou? Desde que essa informação fique restrita as empresas e nAo sejam usadas de maneira alguma, se sabem o meu nome bom, se nAo sabem, bom tb…
    Quem quer “privacidade” e conviver em uma sociedade, compre uma burca preta e se esconda das pessoas, nAo use celular, nAo olhe para os lados, ou melhor ainda: nAo saia de casa mais (isso inclui ficar sem conexao com o mundo).

  • John

    Vcs acham que as pessoas importantes não tem lá no fundo medo que descubram onde andaram?haha imagina o obama sabe que a Apple pega as informacoes de localizacao dele…kkkkk é tenso! ;/

    • O Obama não tem essa preocupação com os dispositivos da Apple.

      • Jorge Alende

        O mesmo não se pode dizer dos agentes secretos dos EUA ou dos bandidos famosos… estão todos no mesmo saco.

        Fato: a ética da apple é limitada. Como a da mídia que apoiou as atrocidades praticadas pela gestão Bush e a prisão de guantanamo.

        • D4n

          Concordo plenente… E essa matéria do blog é apenas pertinente se partirmos do princípio de que a ética da Apple é verdadeira…
          Vejam só… O próprio Windows registra o tempo todo o comportamento de seus usuários…
          Há também evidências de que as redes sociais fazem o mesmo…
          Conclusão: não adianta mais fazer alarde ou choradeira. Se alguém quiser fugir deste grande BBB que este mundo se tornou, terá que encerrar sua conta bancaria, cancelar seus cartões de credito e seus serviços de internet e celulares, e então viver como um “homeless”.

          • Rafael Housan

            Muitos pessoas por ai nem imaginam o que grandes corporações e governos sabem e registram a nosso respeito. Google e FB são só alguns exemplos. Os objetivos não são sempre os piores, mesmo muitas vezes sendo. Como citado, Google e FB sabem e se esforçam todos os dias pra saber tudo de você. Querem apenas saber isso com objetivos comerciais (será?), pois conhecendo vc as propagandas serão cada vez mais direcionadas, eficientes e consequentemente mais rentáveis. O problema é onde toda essa info pode parar, pois governo, por lobby, pode muito bem ter fácil acesso a tudo.

            Essa “locationgate” é ridícula, mídia gananciosa. Um grão de areia perante toda a vigilância que existe, o olho que tudo vê.

      • Kerllon Ricardo

        O Obama pode não ter mesmo… Mas que tal dar um iPhone para o osama?!?! Rss

        • Patrick

          Obama usa um Blackberry

  • Pessoal,
    Parabéns pela excelente matéria!

    Acredito que a geolocalização venha trazer mais benefícios do que problemas (apesar de concordar que deveria ter uma opção para desabilitar essa opção nos smartphones).

    Considerando um exemplo extremo, a geolocalização pode ser uma ferramenta importantíssima na localização de uma pessoa sequestrada ou desaparecida, não acham?

    []s…

  • Thiago

    Não sendo com más intenções, não me importo se outras pessoas sabem aonde estou.

  • Rodrigo Schneider

    Depende do ponto de vista! Da mesma maneira que alguém pode ser acusado de ter estado em algum lugar indevido, o mesmo dispositivo que irá “entregar” o usuário, poderá salvá-lo de alguma acusação.

    Vai que você é acusado de ter ido algum lugar que não deveria (e que na verdade não foi) e quem estiver acusando não acredita em você. Pronto, no iphone está a prova que você não foi!

    Brincadeiras a parte…

    Mas sério, se alguém tiver que ser vigiado/espionado realmente será mais confiável colocar um investigador atrás dessa pessoa.

    Alguém aí está preocupado que a esposa pegue o seu iphone e olhe no arquivo interno do iOS por quais antenas você passou???

    Coisa cabulosa essa notícia! Chega a ser ridículo!!!!

  • janisonjunio

    Quanto mais a Apple cresce mais alarde aparece.

  • Allan

    Hmmmmm ir aonde?
    Mas é serio, já fizeram tanto com o antennagate que nem mais acredito nisso. E Alias vi um galaxy hoje. A interface è idêntica, atè no layout do teclado.

  • Giorgi

    Isso sem falar das milhares de câmeras públicas de segurança que existem por aí em locais públicos… Teoricamente é possível rastrear todos os passos de alguém com imagens, que pode ser muito mais comprometedor do que a simples localização…

    Gostaria de ver todos os donos de GPS veicular entrarem na justiça também…

  • opatriota

    A empresa mais comentada do momento e a que mais fez na aérea da tecnologia. Obrigado Apple

  • Victor

    mas como acessar essas informaçoes no iPhone para saber por onde ele passou?está bem escondido em algum arquivo?

  • “O Blog do iPhone foi um dos únicos sites do mundo a dizer que tudo era exagero e que o problema não acontecia na proporção em que a mídia pregava.”

    /o/o/o/o/o/o/o/

  • rmartinsjr

    Se não quiser ser rastreado, deligue o serviço de localização. Mas por que ninguém fala sobre as Operadoras fazerem o mesmo com a ajuda das ERBs? Quando o celular muda de uma antena para outra, fica registrado na Operadora que consegue fazer a triangulação do sinal e saber onde estamos. Esse não tem como desligar!

  • Felipe

    Caro iLex, reparei que usando o iPhone tracker no meu backup, ele não mostra precisamente onde estive, mas apenas os locais das antenas ao qual o meu iPhone Registrou. É isso mesmo? Se for, não vejo tanto problema assim, afinal, qual distancia o iPhone pode está de uma antena e registrado nela? ví no iPhone tracker locais que nunca passei, mas está registrado! 😉

    abs e parabéns pelos excelentes artigos!

  • Carlos Schmitt

    Quantos desses que criticam essa “invasão de privacidade” estão constantemente atualizando o facebook e twitter com seus dados pessoais, familiares e cotidiano… ?

    • “Bouuuaaa!!!” 😉

    • fabiomoreirao

      Mandou bem Carlos!

  • Valdery Brito

    Quanto alarde sobre esse assunto. Só fico preocupado se um dia eu for sequestrado e o “localizar meu iphone” não funcionar.. Quanto ao resto acho uma bobagem… Mas tá valendo…

    • Valdery,

      Se o “localizar meu iPhone” não funcionar nesta situação, aí sim seria um problema, hein?!? 🙂
      Brincadeiras à parte, é muito importante estas “discussões” para até mesmo trocarmos informações úteis!

      []s a todos!!!

  • Como se essa localização funcionasse direito… Quando estava em barueri até anteontem, meu iTouch dizia que eu ai da estava em Tatuí (estava lá no feriado e SEM internet (estranho oO), já ontem estava no centro de barueri, beleza, ele acertou, a faculdade fica em Santana de Parnaíba, por volta das 23h voltei para barueri (casa), e lá estava o iPod dizendo que ainda estava em santana, raramente ele acerta a localização. iTouch 4 con iOS 4.3.1

    • Ednilson Rosa

      E tem GPS no iPod Touch?? Acho que a localização, neste caso, é baseada em wi-fi, que é bastante imprecisa, não?

  • Rapha1996

    Falar do WP7 realmente não atrai “audiência”

    /

  • Marco Toyota

    Se quiser fazer um ‘passeio’ sem ser localizado é bem simples: desligue o aparelho.

    • Não esqueça de não utilizar cartão de crédito nem cheque, não ir nem de avião e nem de onibus, evitar compras onde possuem câmeras de segurança.
      Hoje em dia é difícil se esconder completamente. tem que planejar muito. 🙂

      • Marco Toyota

        Bem lembrado!!

        Melhor ir de bike, usando uma máscara do Tiririca e pagar em cash 🙂

  • Ah mídia quer escândalo mesmo, pra que dismitificar se posso polemizar e ganhar audiência?

  • Ale

    Essa da geolocalização parece ser bobagem mesmo.

    Vamos ao que realmente importa: Como se obtem o arquivo e como gera esses mapas legais? 😛

  • Um iPod touch não pode saber sua localização se não tiver Wa-Fi correto?

    • Rapha1996

      Correto!

  • fernando

    eu nem preciso fazer isso nao vou a lugares ”que nao podem”…
    mesmo assiim ainda gosto do iphone .

  • Vejo uma ótima ferramenta para a polícia. Quantos casos poderão ser elucidados apreendendo os smartphones dos acusados e vendo onde ele esteve nos últimos meses. É claro, tudo com mandado judicial.
    Peritos criminais, fiquem atentos.

    • Ale

      Mas as operadoras já tem essa informação, graças às antenas, e isso já é usado (ao menos nos EUA, não sei se no Brasil).

      A precisão é menor, mas na grande maioria dos casos já é mais do que suficiente.

  • VERDADE : a midia fofoqueira e amadora só procura falar mal por conta da inveja

  • Paulo Rogério

    Desligar o celular da menos trabalho do que ficar realizando backups e restaurando o mesmo.

  • Adarley

    Mais uma excelente matéria! O Blog está de parabéns mais uma vez!

  • Alan Giovanne

    iLex,
    Olha o blog ganhando novos conceitos aí rs…! É um “sobe” e “desce” c/ a gramática que quem leu ficou zonzo (adjectivo: atordoado; tonto; estonteado).
    hehehe

  • matheus

    Que que tem a apple nos rastrear? nada ha ver, garanto que não há um 24 hrs olhando todos os iphones do mundo onde eles estão indo e bla bla bla.
    Isso tambem é até bão, pois em caso de perda etc. perlo menos vamos saber onde foi e tal’s.
    aff a midia sempre com suas polemicas com coisinhas atoa.

  • RASCHER

    “É através dela, por exemplo, que o aparelho determina mais rapidamente qual o satélite está mais próximo para o uso do GPS”

    Quem disse que Iphone ou QUALQUER OUTRO celular existente faz comunicação DIRETA com os Satélites em Órbita ?

  • Lagpsye

    Como diz o título iLex, PARANOIAAAAAA PURA.

    • Fernando Itocazo

      Rascher, qualquer aparelho com GPS faz comunicação (unidirecional) com satélites em orbita…

      Desligar o aparelho faz parar a geolocalização né?

    • Fernando Itocazo

      Rascher, qualquer aparelho com GPS faz comunicação (unidirecional) com satélites em orbita…
      Desligar o aparelho faz parar a geolocalização né?

      • RASCHER

        O que é o GPS ?

        O sistema GPS (Global Positioning System) é composto actualmente por 24 satélites activos e 3 de reserva colocados numa órbita a 20.200 km de altitude, e distribuídos por 6 planos orbitais diferentes para que qualquer ponto da superfície da Terra esteja, em qualquer momento, “em linha de vista” com pelo menos 4 satélites.

        “GPS” dos celulares fazem comunicação por TRIANGULAÇÃO e não DIRETA COM O SATÉLITE !

        Você está completamente equivocado !

        SE INFORME !

        • Enrrique Blasto

          Realmente o GPS real utilizado muito pelos engenheiros e fiscais na área de Engenharia, onde fazem inspeção In-Loco tem sua comunicação direta com o satélite, mostra a quantidade no visor e a intensidade do sinal de cada um. Os celulares, Smartphones e geral usam as torres das operadoras ( triangulação ) como dito pelo RASCHER para informar a sua localização.

          O sistema de achar o o Iphone pelo MobileME não funciona se você não estiver com uma rede Wi-Fi ou pacote de dados da operadora, ou seja, se deixar o celular em modo avião no meio do deserto, lógico que nenhuma operadora pegaria, como diz um amigo meu JÁ ELVIS rs.

          Com um GPS REAL no meio do deserto ou em qualquer lugar do planeta terra você consegue sua localização sem precisar de absolutamente nada, nem plano com nada. O aparelho se comunica com os Satélites.

          Não acredito tanta gente assim fique achando que celular tem antena de GPS real.

        • Axel

          Quem precisa se informar melhor é você.
          Os smartphones possuem, sim, um chip de GPS como qualquer “gps real” da vida e funcionam sem sinal de rede celular, faça o teste. O seu argumento de que o MobileMe não funciona sem rede de dados é furado pois é óbvio que ele precisa de uma rede de dados para enviar a localização de onde seu aparelho está.

  • Dougla$

    Baixei o programa indicado e vi no mapa as informações e cheguei a conclusão : não e muito preciso e não tem todos os registros. Fiquei três dia em uma cidade distante da
    que resido e nada apareceu…

  • Eric

    Gostei do comentario do amigo acima. Se gosta de privacidade assim, pq n para com orkut e facebook? Agora o antennagate existe. N adianta testar no meio de grandes centros. Va no interior um pouquinho afastado da torre para ver

    • Se precisa ir no fim do mundo, com sinal fraco, para que o sinal caia, então você concorda comigo que não existe antennagate, né?
      Se não sabe o que é, sugiro dar uma lida nos artigos do ano passado. 😉

      Abra sua mente. Não fique limitado. Busque conhecimento. 😛

      • Brunolv

        O “problema” da antena nunca me afetou no meu uso diario, porém quando fui a uma praia mais distante da cidade, mas que ainda possuia um sinal relativamente bom (2, 3 barras) e rede 3G, bastava eu segurar o iPhone por alguns segundos e o sinal caia completamente e o 3G também. Pra conseguir navegar na internet por um tempo maior eu tinha que deixar o aparelho sobre a mesa.

        Repito, nao me afeta no meu uso diario, mas notei que em um local mais distante da cidade (mas nao totalmente isolado) o sinal cai ao segurar o aparelho.

        • Eric

          Ja li bastante sobre o assunto iLex… Oq acontece é o seguinte: o iphone é um telefone correto? (eu tenho iphone 4). No interior, onde o sinal é um pouco mais fraco, a mão no telefone interfere eeeeeee muuuito…. E no iPhone 3gs que eu tbm tenho, nao me da problema algum…. Uso numa boa… Acho q limitado ta sendo a sua visão. Que só ve o seu caso… Então o Antennagate existe, e tem varios aqui que concordam com isso.

          • Eric

            Agora, quanto ao rastreio das torres… Dane-se.. To cagando e andando… Tem aquele ditado… Rsrsrsrsrs… Quem não DEVE não TREME.. KKKKKKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Eric, vou explicar melhor, pois você continua não querendo entender.
            Como você disse, em lugares de sinal fraco, colocar a mão na antena interfere muuuuito. Eu nunca disse o contrário, aliás, fizemos aqui um teste com todas as operadoras onde concluímos exatamente isso, na época.

            O antennagate, como definição dada pelo próprio Jobs, inclusive, foi o fato da mídia na época, em peso, dizer que o então novo iPhone 4 tinha um problema grave nas antenas. Eles afirmavam que a Apple deveria fazer recall de todos os aparelhos, porque uma “falha no projeto” fazia com que apresentasse este grande “defeito”, sendo impossível de usar o iPhone 4. Na época, no Brasil, ninguém ainda tinha o aparelho na mão, o que fez muitos acreditarem que o iPhone 4 tinha defeito e não funcionava.
            Isso é o que se chama antennagate, o escândalo comparável ao Watergate (por isso o nome) e não o FATO de que, em regiões de fraco sinal, o telefone perder sinal ao ser tocado na lateral, onde existe a antena e que QUALQUER OUTRO CELULAR também perde o sinal quando se coloca a mão na antena. Aliás, fomos os primeiros a fazer um teste com todas as operadoras sobre isso e a chegar a essa conclusão, como indica o link na matéria.

            Concorda comigo? Falei alguma besteira?
            Entende a diferença entre antennagate e o problema de perda de sinal ao tocar nas antenas?

            • Eric

              So pra finalizar… Exatamente. Quando toca na antena. No 3GS a antena é interna…. Rsrsrssrsrs…. Por exemplo, onde eu vou no interior, que o sinal NÃO É tão fraco assim, de 3 a 4 barrinhas no 3gs para abaixar o sinal, só colocando as DUAS MÃOS embaixo do aparelho pro sinal cair UMA BARRINHA. No 4, segura normalmente com a mão esquerda, cai cai cai até morrer o sinal. Agora, achar que isso não é defeito grave PARA UM TELEFONE é se fingir de cego. Gosto do iPhone 4, tanto é q dei meu 3gs pra minha noiva pra ficar com o 4. E só um retardado mental, nao entendeu que oq diziam é q o telefone não funcionava em certos aspectos. E não em todos os aspectos. Assunto encerrado.

            • Eric, você tem toda a razão. Venda seu iPhone e compre um Android. Muito melhor e funciona perfeito, não é como a droga do iPhone que não funciona.
              Desculpe se eu, na minha ignorância, duvidei da sua nobre sabedoria.

  • Maucwb

    Isso tudo é pra quem tem culpa e medo de ser descoberto fazendo algo errado. Esta é uma tecnologia que pode ajudar em muito, é mais fácil reclamar, mais os pontos positivos são muitos.
    Eu quero usar esta tecnologia, principalmente porque meu pai tem mau de Parkinson e ainda acha que pode sair a rua sem acompanhante, mas com estes celulares eu posso acompanhá-lo e saber se realmente ele chegou no consultório e se conseguiu voltar pra casa. Quantas pessoas com diabetes desmaiam na rua e familiares só encontram eles depois de horas e com este equipamento podemos localiza-los em segundo.
    Na medicina é possível junto com este tipo de recurso mais o monitoramento cardíaco do Iphone(em desenvolvimento) realizar um acompanhamento medico online.

    No âmbito policial identificar os últimos passos de uma pessoa seqüestrada, usar a informação para condenar um homicida ou inocentá-lo. Ou você acha que rico não mata? No smartphone de um drogado teremos como localizar os possíveis pontos de droga. Ou você acha que um traficante usa um tijolo ou um celular de ultima geração.

    E seria muito mais fácil condenar o deputado assassino de Curitiba mostrando por onde ele andou e em quanto tempo ele fez o trajeto até matar os ocupantes do carro em que ele bateu.

    Num país de primeiro mundo a possibilidade de sincronizar seu celular com as linhas de ônibus/metro e saber onde pegar o próximo ônibus/metro e calcular o tempo para você chegar até o ponto de encontro.
    Para realizar um resgate de desaparecidos ou determinar a localização de uma pessoas em algum desastre natural.

    A tecnologia existe pode ser bem aproveitada só falta existir os programas que possibilitem isso.

    • Homero Machado

      Maucwb, gostei muito do seu comentario.

  • Hugo

    Não sou fã incondicional da Apple mesmo tendo um 3GS e um 4G. Pelo contrário, não suporto as limitações impostas pela ampresa nos quesitos Hardware e Software… Porém, isso é pura idiotice sensacionalista… Se for pra pensar assim, TODOS (Eu disso TODOS) os usuários de celular vão entrar na justiça pois as operadoras podem muito bem salvar as localizações de seus clientes apenas pelo sinal GSM ou outra tecnologia… É fato!

  • Monty

    Só consigo enxergar desvantagens para criminosos (o que torna o ‘rastreamento’ positivo).
    Sinceramente, o que isso afeta, no dia-a-dia, as pessoas ‘de bem’? (ok, tirando os que têm namoradas/esposas paranóicas e hackers) 😛

  • Carlos Arcas Neto

    Parabens. Excelente materia. Muito bem redigida.

  • “Quem não deve, não teme”, rastrear ou não rastrear, cada um com a sua consciência, se for para algum lugar que não queira que alguem saiba, ou se responsabiliza por este ato, ou não leva o iPhone e pronto !!

  • Albert Mascarenhas

    Isso é sem dúvida uma extrema invasão!

  • Geyzon

    Até agora ninguém explicou como é possível ver esses mapas. Se alguém souber e quiser se habilitar a responder agradeço.

  • Cristiano Botelho

    Não concordo com os panos quentes que o BDI esta colocando no assunto nem na comparacao com o antenna gate.

    A apple ou qualquer outra não tem nenhuma justificativa para armazenar tal informação. Pra mim isso é hoje uma desculpa que o arquivo existe mas não usamos para nada e em um futuro próximo ele passe a ser usado despercebido por nós pois o “bafafa” já acabou.

    Em relação ao AntennaGate até me surpreende o BDI, pois as últimas atualizações do IOS acabaram com o sinal do meu celular e de 90% das pessoas que conheço que possuem Iphone. Pra mim está claro que existe SIM um problema com o sinal/antena do Iphone e até agora não vi qualquer noticia do BDI sobre o ESSE problema que tem afetado a grande maioria dos usuários…

    • Cristiano, o problema do sinal atual parece estar muito mais relacionado a bugs no iOS (como sempre apontamos aqui, sem pano quente nenhum) do que com o fato de um “erro de projeto das antenas” (definição do que foi argumentado no Antennagate, caso você não tenha se informado direito). Por isso, não tem sentido o que você falou, mostrando uma análise superficial do problema.

      Você pode não concordar ou dizer que colocamos “panos quentes”, mas por favor, use bons argumentos.
      Os seus são fraquinhos.

      Ouvi o mesmo papinho de quem reclamava na época do antennagate, por pessoas que nunca mais tocaram no assunto depois que se comprovou que era exagero.
      Então, sem essa de panos quentes, porque não é nada original. 😉

      • Thy

        O que eu não entendi foi essa frase:

        “A Apple jura de pé junto que não recolhe estas informações, ou quando recolhe, o faz anonimamente, sem identificar o usuário”

        Eles não sabem se recolhem ou não a informação? hum……deixa pra lá.

        Sua análise foi perfeita quando questiona porque se mantém um histórico.

        “Muitos acreditam que isso pareça mais um bug do que algo proposital, ” aí essas pessoas já estão querendo nos chamar de otários…então é um bug muito bem programado rs

        Antennagate: OK foi feito todo aquele bafafa mas eu me pergunto, porque o Iphone Verizon não possui aquela linha????? Será que é só pelo fato de ser CDMA? me parece uma desculpa, mas enfim….como diria Jobs “We are not perfect”

        Discordo dos comentários do amigo acima de que o blog colocou panos quentes, pois o primeiro parágrafo é claro… Duvido que o blog tenha intenção de defender a Apple em qualquer sentido afinal não possui proucuração para tal….e a parte inferior mostra “Este site não é associado à Apple Inc.” acho que isso já diz tudo…

        • Cristiano Botelho

          Ilex,
          foi apenas uma critica, não precisa ficar nervoso.

          O que me questiono o tempo todo é como um sistema maduro como o IOS 4.3 me aparece cheio de BUGS relacionados a sinal/antena…. Prefiro acreditar em erro de projeto como já foi provado do que osprogramadores da Apple estejam babando no trabalho….

          • Críticas são sempre bem-vindas, quando possuem coerência.
            Mas com a quantidade de trolls que recebemos todos os dias (que não aparecem ao grande público, pois senão chocaria muita gente), o mínimo que se espera são argumentos coerentes nestas críticas.

            Eu estou longe de ser uma pessoa perfeita e erro muito. Mas falar que se colocou “panos quentes” só porque discordou do texto, é como chamar de feio e bobo alguém que não gosta. Fica infantil.

          • Não achei minha resposta “nervosa”. Críticas são sempre bem-vindas, quando possuem coerência.
            Mas com a quantidade de trolls que recebemos todos os dias (que não aparecem ao grande público, pois senão chocaria muita gente), o mínimo que se espera são argumentos coerentes nestas críticas.

            Este é um lugar de discussão, certo? Ou você quer falar o que bem entende e não quer ser contra-argumentado, achando que quem o faz é “nervosinho”?
            Eu rebati teus argumentos e você mudou de assunto. Não estamos falando de iOS aqui (que já falei, o 4.3.x tem vários defeitos, sempre que descobrimos algum apontamos aqui) e isso nada tem a ver com o antennagate, que, como o próprio nome fala, tinha a ver com a antena externa e o fato de tocá-la com a mão.

            Na minha opinião (e eu falo na maior calma do mundo), você falou besteira. E eu expliquei as razões porque acho isso. Agora você pode responder a isso com argumentos que me mostrem que eu estou errado, para que eu mude de ideia. É assim que funciona uma discussão democrática.
            Mas tem que ser argumentos dentro do mesmo assunto, senão perde o sentido. 😉

            Não considere uma ofensa eu responder ao que os leitores postam. Eu também quero participar das discussões aqui e acho que não falto com o respeito a ninguém, falto?

  • ixii, polêmica e tanto… =/

  • Sergio

    Não é o meu caso,mais se vc curte um Bamboa e tem uma mulher meio hacker pode acabar tendo problemas.

  • João Pacheco

    Agora sim, iLex. Gostei do post.

  • Junior

    Acho totalmente válido a idéia de que possamos ser rastreados automaticamente pelas grandes empresas. Não to nem aí com a privacidade, pois não devo nada ha ninguém e não tenho que se esconder. No mais, somos recompensados com novos aplicativos que usam sua localização em seu próprio benefício. Viva e exposição digital!

  • avafonso

    Duvido que os androids tb nao tenha essa fubcao.

  • Daniel Ricarte

    se quiserem realmente saber onde vc esteve, não vai ser o iPhone que vai te entregar…

  • Kyrii

    Como podemos definir:Mais jornalistas/blogueiros/mídia atraindo leitores……

  • Paulo Moreira

    Como sempre…..
    Erros, da nossa querida Apple são perdoados por aqui. Gostamos dela, amamos nossos iPhones (estou no 3o.).
    “Tudo” (e quando digo “tudo” na verdade é o que consigo) que leio por aqui, tento testar na minha vidinha pessoal.
    Antenagate, sim, o problema existe, o meu iPhone e de minha esposa some o sinal no estacionamento do prédio, já meu antigo Samung U600 funciona, todos da Vivo/RJ.
    Localização, minha privacidade, talvez com o tempo seja importante me preocupar, mas hoje já somos vigiados pelos nossos cartões de crédito, câmeras em elevadores, corredores, ruas, etc… Até nosso CPF temos de fornecer para nossas compras para emissão de NF´s.
    Gosto do blog para saber sempre das últimas notícias do nosso iPhone, sejam elas boas ou más.
    Ter iPhone é como ter Ferrari, você adora, ama, venera.
    Mas você ja andou num Mclaren F1, numa Lamborghini Diabolo, Aston Martin DBS, e etc, etc. etc…
    E entre esses milhonários veículos, alguns não tem vidro elétrico, cd player, desembaçador traseiro.
    É o que sempre digo;
    O Flash me faz falta? As vezes sim.
    Ser casado com o iTunes me irrita? As vezes sim.
    Ter de converter todas minhas mídias para assistí-las no iPhone me irrita? As vezes sim?
    Mas mesmo assim gosto muito do meu iPhone.
    E gostaria muito de ter uma McLaren F1 sem CD player.

    • Thy

      Concordo ue o blog não senta a lenha na Apple como algumas vezes eu faço mas leia os topicos do iOS 4.3.x de certa forma o blog mete o pau e com razão..

      Com relação ao sinal isso não é privilégio do iPhone..smartphones em geral tem recepção pior do que aquele celular mais simples por um simples motivo: as antenas são ativas ou seja requerem um fonte de alimentação, quanto mais fraco o sinal mais a antena consome de bateria para que o amplificador possa receber o sinal…em um celular comum isso é otimizado pois ele consome menos bateria que um smartphone pois possui uma tela menor, menos funções e 99% do seu uso é para ligações ou sms. Em um smartphone o uso é muito mais variado e a bateria se faz mais necesária para outras funções…desde que passei a usar smartphones noto que a qualidade da ligação é pior pios a amplificação da antena não é tão forte quanto nos celulares “comuns” para otimizar o uso da bateria…eu penso assim, se nós podemos definir a o brilho da tela poderíamos definir a carga à antena mesmo sabendo que o consumo de bateria será afetado…

    • Putz, mais um chato que não entendeu o texto.
      Onde, Paulo, que algum erro da Apple foi perdoado na matéria? Onde?

      Por favor, tire de mim essa impressão que tive que você não leu o texto, só o título.

  • romrocha

    Ilex, eu entendo seu ponto de vista. Mas não se esqueça que a Apple quer dominar as empresas, eu sou um dos analistas de uma grande empresa que quer adotar o Iphone e o IPAD no mundo inteiro e aos montes. Quando esbarramos em um problema desse, todo o processo é parado, pois em diversos países a questão de Data Privacy é lei e é levada a sério. Em diversos locais você não pode coletar dados do usuário (ou deve avisar e deixar claro tudo para o usuário), independente de quem acessa ou não. Por isso a Apple tem que se explicar e isso na opinião de qualquer Analista de Segurança da Informação ou Governo, é crítico sim. Não podemos aceitar isso como uma situação exagerada, o cenário aqui no Brasil é completamente diferente do exterior.

    • romrocha, que bom ver que você concorda com o que eu disse no texto. 🙂
      Mas isso não é nada novo, e se sua empresa não sabia que o iPhone/iPad fazia esse tipo de monitoramento, então é melhor você sugerir a troca do profissional de TI, porque foi incompetência dele não saber disso antes. Inclusive, sua empresa não poderá adotar nenhum outro equipamento do tipo, porque o Android, por ser aberto, é ainda menos seguro.

      Insisto, é exagerado sim o destaque que a mídia está dando, e só o está fazendo porque iPhone atrai leitor. Também insisto em que leia o primeiro parágrafo do texto, que concorda com o que você disse.

      • Poleto

        iLex, como sempre vc exagera nas respostas…

        Eu acho sim que eh um erro mto grave da Apple nao avisar explicitamente o usuario “leigo” que guarda tais informações… Ou todos aqui sāo profissionais de TI?

        • Poleto

          Outra coisa: a midia exagera mto no assunto, e claro que a noticia vende bastante sim… E mesmo assim a Apple demora bastante para se pronunciar sobre o assunto ou fazer alterações nas configurações do aparelho… Se a noticia nao repercutisse ou nao fosse grave ela demoraria ainda mais, ou mesmo nem daria bola

  • bom, mesmo que eles saibam tudo sobre nós….pra nos seguir e até acompanhar seria necessário uma equipe do tamanho do planeta…já imaginaram ?

  • TiãoGavião

    Eu não gosto, não quero e não permito qualquer tipo de rastreamento ou meus dados voando por ai, sem eu saber o permitir. A “nuvem” é outra que não tó gostando para onde ela tá indo ou levando os desavisados!!
    Tem que processar, pena que o Brasil não se consiga nada na justiça!!
    Temos que ter a opção de desativar de forma fácil e clara!!! Temos que ser informados quando um app, game, nuvem ou qquer outra coisa vai usar(guardar) e de que forma nossos dados vão ser usados, “claramente”!!

  • renann

    é só porque é iphone. Se fosse um nokia ninguem falava nada

    • TiãoGavião

      Falo de todo e qualquer um que invada minha privacidade!!!
      Gozado é como as pessoas se tornam ingenuas em nossos tempos e acham que as empresas pensam em facilitar a vida de seus consumidores, sem ganhar nada com isso. Exatamente isso que acontece com nossos dados de cpf, id, end., etc..são vendidos para todo mundo=Spam!! Isso as pequenas, imagine as grandes empresas..não contente com isso agora querem saber a onde eu ando!? Ninguem merece..

  • Marcus Alcazas

    É paranóia sim, se as empresas não fazem nós fazemos, vejam a noticia:Sony confirma: dados de usuários foram roubados durante a invasão da PSN.
    E aí que tal, não é a mesma coisa, ou melhor não é pior? Segurança hoje é artigo de luxo pessoal, como já dizia a ex prefeita Marta Suplicy: Relaxa e Gz…

  • Victor

    aonde acesso no iPhone para ver os registros de onde ele esteve?ou é pelo iTunes?

  • Henrique S. Baloneker

    Muito alarde pra pouca coisa…

    Esse é o meu dito em poucas palavras…

  • Xand

    Eu nao quero isso no meu !!
    Onde eu me junto ao processo ?

    • Fácil, escreva para a associação dos que não usam smartphones.

  • Leandro

    Ótima matéria, mas alguém poderia informar o software que mostra as localizações? Vou rastrear meus funcionários.kkkkk e tem mais, por analogia eu posso, pois o aparelho é ferramenta de trabalho e de propriedade da minha empresa. Alguém poderia então informar como faço para ter acesso as informações de localização de cada aparelho?

  • Ainda na mesma, estou em casa, o localizador do Twitter diz que estou na casa de um amigo (num bairro um tanto distante daqui).

  • RaphaTevfik

    Grande parte do que foi dito neste texto poderia ter sido escrito no primeiro ^^

    Parabéns, adorei, parabéns total!!

  • ziuL

    O que eu mais gosto de ver nos post do BDI são as respostas do iLex suhaushsaushauhs

    Eu nem to ligando se eles ficam vendo onde eu to, eu até acho que as conversas feita pelo celular são todas gravadas.
    Quem coloca adesivo da familia no carro não deve reclamar de invasão de privacidade.

    Muito bom o post iLex. Parabens 😉

  • João Diego

    Ainda continuo achando que a invasão da PSN foi bem pior!
    E não tá tendo esse escândalo todo.
    Imagina? Os dados dos cartões de crédito…aqueles cadastrados para compras online…isso sim é F#*a.

  • Rodrigo

    Este é só um dos tipos de monitoramento. Já somos monitorados há muito tempo e por diversas formas. Hoje, há câmeras em quase todas as ruas e estabelecimentos comerciais e residenciais. Os celulares, inclusive os sem GPS, sempre foram rastreados pelas redes de telefonia móvel, obviamente, sem a mesma precisão do GPS. Os satélites já nos monitoram há muito anos, com uma precisão ainda mais apurada que as dos dispositivos móveis. Enfim, não quer se rastreado, ligue para o Bin Laden e pergunte a ele como ele faz para se esconder, porque ainda não descobri.

  • Blirous

    Infelizmente não basta restaurar: todo mac intel (e gadgets) já vem com diversos identificadores únicos, desde o CPU, MAC address, e, o pior de tudo, um chip TPM/TCPA que serve de caixa preta inacessível aos usuários.
    O problema não está em uma geolocalização enquanto tecnologia: mas na união destas tecnologias e o poder político que isto dá às empresas de informática, como vimos no pequeno “sinal” dado pela microsoft à Siria, Myanmar, e países da revolução árabe após o que ocorreu na Tunísia e Egito.
    Todas estas tecnologias se intercomunicam, e não é nenhuma paranoia, mas perigo real às liberdades civis: faltou citar o ápice: desde o sandy-bridge, os CPUs podem receber um sinal remoto de desligamento que destrói para sempre o cpu e o chipset da placa mãe a ele ligado, tornando o pc/mac/gadget inutilizável para sempre (porém retendo suas informações).
    Põe isso nas mãos de um governo ou corporação com intuitos de controle social, e a tecnologia fica totalmente sob controle.
    “I heard from a friend…. that the revolution never happened…”

    • Anyushka

      Kkkkk q conspiração maluca e essa???

  • Anyushka

    Acredito q a Apple tenha feito isso para melhorar a performance dos algoritmos, e não é a única, basta pensar os provedores de internet sabem bem a localização dos computadores, assim conseguem calcular a velocidade da banda. Principio básico de física. Como disseram, quem não quer ser localizado hj em dia. Saia de casa só com RG e 10 reais e boas sorte!

    • Blirous

      E vale lembrar que identificação obrigatória (RG) foi parte de inumeros filmes de campanha de guerra contra a alemanha nazista; visto como absurdo abusivo na época, hoje prestes a ser implementado no mesmo país que condenou esta prática.
      Não sei o que é pior, o que está acontecendo, ou a passividade das ovelhas.

  • Sergio

    Desculpem mais o iPhone tem sim GPS com antena dedicada e tudo mais .
    Sei porque sou fazendeiro no MS .
    Lá no meio do pantanal não tem torre nem wifi e o aplicativo Motionx que é um GPS funciona normalmente .Com dados de lat long altitude e tudo mais .
    De fato o findmyiphone não poderia funcionar aí porque não tem como transmitir a informação obtida pelo GPS .
    Entenda a latitude e longitude obtida pelo GPS ,pelos satélites serão transmitidas via uma rede de dados (operadora) ou por uma rede wi fi.

  • Sérgio

    Tenho um iPhone 4, com localizador, MobileMe e tudo o que tenho direito. Uso constantemente. Acho bom demais, pois não tenho o que esconder.
    Quem tem o que esconder, compre um celular.

  • É lixado, porque vai-se a privacidade… digamos assim. MAS…. ao comprarmos terminais destes, com GPS e tal, sabemos que, no mínimo, ao usarmos o GPS, vamos ser localizados… portanto, é um pouco ridículo criticar esta atitude.

    A Google também o faz… etc etc. Mas por ser Apple, dá sempre que falar.

  • Alex

    Bem, meu único aparelho da Apple nao tem GPS, mas de fato no meu celular nexus s com android, quando o GPS fica habilitado em 1 segundo (literalmente) ele me acha no maps, mas quando eu desligo por algum motivo, demora mt pra me encontrar.

  • Lucas

    Gostei do assunto e do Blog, mas falar que o serviço de localização “economiza também bateria”, foi demais, o receptor quando habilitado, consome energia, desligando-o economiza-se a bateria!

    • Você entendeu errado. É bastante óbvio que a localização ligada gasta mais bateria do que desligada, mas a questão é mais profunda que isso.

  • Juliana

    Olá bom dia!

    Esse serviço de localizador acha um aparelho furtado?? Isso seria maravilhoso, porque eu perdi o iPhone 4s do meu marido e to desesperada!!!!!!

    Se alguém puder me ajudar, agradeço enormemente!!!

    Obrigada!