Notícias

O sensacionalismo continua: mídia destaca mais um francês cujo iPhone “implodiu” (atualizado)

Como assim, "implodiu"?

A coisa já virou palhaçada. Ontem um site francês anunciou que mais um cidadão daquele país sofreu com a “implosão” (repare que agora o nome é outro) do seu iPhone enquanto digitava um SMS a sua mulher. A vítima, um segurança de um supermercado do sul do país, diz que começou a ouvir um barulho quando viu a tela do iPhone se despedaçar. Com isso, um pedaço de vidro foi projetado e acertou em cheio seu olho, mas ele não ficou ferido.

A história começou mais uma vez a ganhar as páginas de sites e jornais do mundo inteiro, porque publicar notícias sem averiguar a verdade parece estar virando prática ultimamente na internet.

Veja agora porque os casos dos “iPhones que explodiram” foram tratados exageradamente pela imprensa mundial e sites na internet.

Primeiro vamos estudar melhor o último caso. Yassine Bouhadi, 26 anos, denunciou o acontecido a um pequeno jornal chamado Midi Libre, na cidade de Gard. A história já começa estranha, porque o normal seria reclamar com a Apple, não com o jornaleco. Ele conta que seu aparelho implodiu do nada, ficando com a tela toda quebrada. Um caco de vidro teria atingido seu olho (como que uma implosão pode projetar algo?), mas ele mesmo tirou o objeto com uma pinça de sobrancelha (!!!). Ele não se feriu e declara ainda que não quer dinheiro e nem ressarcimento, apenas que a Apple troque seu aparelho por um novo.

As perguntas que não querem calar: como é que alguém consegue, sozinho, tirar um caco de vidro do próprio olho com uma pinça de sobrancelha??? E se o iPhone dele realmente teve um problema técnico (e nesse caso grave), por que não exigir uma explicação da Apple, afinal é seu direito, não? Só querer um aparelho novo e tudo fica resolvido realmente é estranho demais.

Dono do iPhone que "implodiu"

O fato é que depois do caso de Aix-en-Provence, que comentamos aqui, outros 4 casos parecidos apareceram, todos do sul da França (!!!). Para quem não sabe, os sulistas do país (da França, não do Brasil :P) são conhecidos lá como os malandros que querem levar vantagem em tudo, sendo origem de vários golpes. Apesar de muito dessa imagem ser preconceituosa, o fato é que é coincidência demais os mesmos casos ocorrerem no mesmo lugar, não acontecendo mais em nenhum outro lugar do mundo.

O que é mais indignante é ver sites publicando irresponsavelmente a notícia de “explosão” de iPhones, sem nem averiguar antes. Já na notícia anterior deixamos bem claro: “são casos isolados“, palavras essas que foram depois repetidas pela Apple. Aliás, muitos publicaram que “Apple assumiu as explosões”, quando na verdade, a única coisa que ela disse foi que estava a par dos casos e que esperava para analisar os aparelhos para ver se era algum defeito de fábrica.

Mas é muito mais fácil ler em outros sites e republicar, afinal só a palavra “explosão” já atrai muitos leitores. E que se dane a boa informação.

Não me interpretem mal, o objetivo aqui não é menosprezar ninguém. É só um desabafo de alguém indignado com o que lê por aí…

ATUALIZAÇÃO:

Segue um vídeo de um telejornal francês (sem legendas desta vez) mostrando outros casos e dizendo que iPhones explodem por causa da bateria…

httpvh://www.youtube.com/watch?v=DtDmEMcgJM0

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados