Notícias

Segundo analista, Apple pode desistir definitivamente do Touch ID a partir do ano que vem

Ming-Chi Kuo é um conceituado analista da KGI Securities, famoso por acertar muitas predições sobre a Apple. Há vezes em que ele erra, mas em uma boa porcentagem dos casos ele acerta o que prevê, baseado em informações da indústria.

Agora, Kuo prediz que o Touch ID deixará de vir em novos iPhones a partir de 2018.

Nós prevemos que todos os novos modelos de iPhone em 2018 provavelmente abandonarão o reconhecimento da impressão digital. Acreditamos que esta mudança permitirá que todos os novos modelos tenham uma vantagem competitiva através da diferenciação, atrás de uma experiência de usuário integrada de design de tela cheia e câmera TrueDepth / Face ID / aplicações de AR.

A predição, na verdade, é meio óbvia. No momento que a Apple falhou ao não conseguir colocar o sensor de digitais sob a tela e optando por eliminá-lo do iPhone X, parece um caminho natural a partir de agora este ser o novo padrão.

Na verdade, esta era a grande expectativa do ano sobre a Apple: se ela conseguiria ou não implementar um sensor de digitais embaixo da tela. Ela vem pesquisando esta tecnologia há anos e até registrou várias patentes (1, 2, 3) ilustrando como ela funcionaria no iPhone. E os investimentos não foram pequenos: em 2014 ela chegou a adquirir uma empresa que estava com estudos avançados de scanners sob a tela. Tudo indicava que este seria o caminho para o futuro do Touch ID.

Porém, com a chegada do iPhone X, a Apple meio que assumiu não ter sido capaz de transformar tanto investimento e estudo em algo eficiente. O celular com tela que cobre toda a frontal e sem nenhum botão seria o produto ideal para estrear este tipo de tecnologia, e o X sendo lançado sem ela comprova o fracasso de anos de pesquisa e aparentemente o fim definitivo do Touch ID.

O que é lamentável. O Touch ID foi uma das grandes inovações do iPhone 5s, com uma rapidez e confiabilidade inexistentes no mercado na época. A ideia de colocá-lo sobre o botão de Início faz com que nem nos demos conta de que o iPhone está sendo desbloqueado. Tornou-se uma ação tão integrada e natural que é bem comum esquecermos que há um scanner de digitais ali. Rapidamente ele virou referência de autenticação biométrica para toda a indústria e a fabricação de sensores de digitais explodiu depois disso.

Aparentemente o que estaria atrapalhando uma implementação do Touch ID sob a tela seria uma outra funcionalidade, o 3D Touch (função que reconhece pressões mais fortes na superfície), que faz com que a tela fique mais grossa, dificultando assim um sensor de digitais na mesma tela.

O que você iria preferir: ficar sem 3D Touch ou sem Touch ID?

O Face ID promete também ser maravilhoso e mudar toda a indústria. Aliás, é engraçado como todos os concorrentes correram para estudar soluções similares exatamente no dia em que a Apple fez sua apresentação no início de setembro.

No momento em que este artigo está sendo escrito, ainda não sabemos se a solução é mesmo confiável, pois não foi testada pela grande massa de usuários. Só podemos supor (como a Apple) de que ele não terá brechas de segurança e substituirá com vantagens o toque físico, servindo como nova referência em autenticação biométrica. E neste caso, é lógico pensar que os próximos iPhones (e até mesmo iPads e Macs) tenham o mesmo sistema de identificação.

Parece-me que a única motivação da Apple voltar a estudar soluções com um sensor de digitais seria se o reconhecimento facial acabasse não se mostrando assim tão eficiente no uso prático. Caso contrário, poderemos dar adeus ao nosso querido e amado Touch ID. E a declaração de Kuo seria apenas um aval para um final anunciado.

Tags
Mostrar mais

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos Relacionados

  • Adriano Arcuri

    Eu estou torcendo muito para que o Touch ID venha em 2018 sob a tela. Que ela consiga deixar tanto o Facial quando o Touch ID, afinal, quanto mais segurança melhor.

    • Fabio Ricardo Bulgaron

      E a Siri ainda fazer 3 perguntas pra confirmação de identidade! :p

      • Daniel Alves de Andrade

        E depois de responder pra Siri tem q entrar com o número do token que a Apple vai enviar pro email

        • Cristiano Silva

          E ainda vai ter que confirmar endereço do cartão de credito junto com CPF.

          • Vitor Menezes

            E digitar, também, o endereço completo com CEP, número de RG com órgão emissor e data de emissão. E como forma opcional, quem quiser pode cadastrar o número da CNH.

            • Erick Duarte

              kkkkkkk

        • Bruno Rafael Vicente

          e esperar que o auditor da Apple venha até sua residência para checar que é realmente você usando o aparelho

    • Guilherme

      Eu nao quero um celular me filmando sem saber o tempo todo. Aliás isso abre uma discussão bem grande para privacidade.

      • Ciro

        O seu próprio celular te “filmando” você não quer. Agora nas ruas, shoppings, etc, vc está sendo filmado o tempo inteiro, e sem saber por quem de vdd. Certinho!

        • Guilherme

          Uma coisa é pegar informações e saber q1uem você é. Outra é invadir sua privacidade e filmar sua cara, sabor onde voce está e tudo isso.

          Tenho um amigo meu que colocou uma fita preta em cima da camera só por causa disso, eles usam a camera enquanto você acha que está desligada segundo ele.

          • André

            Isso é tão Black Mirror.

  • Fabio Ricardo Bulgaron

    Esse é o caminho natural: novas tecnologias vão substituindo as antigas. Só acho que não deveria ser assim tão rápido, afinal, um ano com o FaceID funcionando só no iPhX me parece pouco tempo pra ter certeza se o consumidor vai aprovar esta inovação.

    • ThiagoBarros

      Concordo com você quando diz a respeito de ser pouco tempo para testar uma nova tecnologia desse porte, principalmente pelo fato do IPX me parecer ser de um nicho bem pequeno da sociedade. Principalmente se estamos falando de Brasil, com preço bem acima de qualquer media e precedentes.

  • Jhon

    No dia a dia eu fico reparando como seria desbloquear o iPhone pelo Face ID e me parece bem menos prático, mesmo imaginando que o campo de detecção dele é bem grande.
    O principal exemplo pra mim é quando estou dirigindo (vamos ignorar a parte de que eu não deveria usar o celular dirigindo), seria impossível desbloquear o iPhone com o Face ID, já com o Touch ID eu só coloco o dedo no botão home sem nem precisar olhar pro celular.

    • Carlos Magno Duarte

      Também tenho essa percepção. No trabalho mesmo, pra ler uma mensagem com o celular em cima da mesa, simplesmente coloco o dedo, sem precisar direcionar pro meu rosto…

      • Marlon Fuhlendorf

        Mas você não precisa direcionar o rosto, só olhar pro celular. No video da apple, eles mostraram isso… https://uploads.disquscdn.com/images/dfd153857ae97c129aa6fdc4a526285e3af208fea8cb45a97eb6618bca0f2e73.jpg

        • Estan Duarte

          acho que o campo de visao nao passa de 90º.

          • Até porque, se passar de 90º o rosto começa a ficar na traseira do aparelho…

            • Jhon

              Na verdade pra passar pra traseira do aparelho teria que ser 180º.

            • Não, Jhon. Se estamos falando de ângulo em relação à frontal da tela, 0º seria com o aparelho de frente para você, 90º seria com ele na horizontal para você. Tudo o que passar disso (inclusive os seus 180º, começa a ser a traseira do aparelho.

            • Estan Duarte

              Acho que ele quis dize do angulo de atuacao da Deph camera. Voce olhar para o aparelho a 90º seria a vista lateral com ponto de referencia frontal. No caso da Deph camera ela teria 45º. Eu ri porque confundi o numero quando comentei e voce corrigiu com uma piada kkkkkk

            • Jhon

              Ah sim, entendi o que você quis dizer. Mas como o Estan falou em campo de visão isso seria o campo que o Face ID enxerga, uma faixa onde ele irá conseguir te reconhecer.
              Se ele, por exemplo, enxerga de 0º até 90º ou de -45º até 45º esse campo é de 90º. Um campo de 180º seria ele enxergando de -90º a 90º.

            • Estan Duarte

              kkkkkkkkkkkkkkkk

        • Jhon

          Mesmo assim, o celular vai ter que ter um angulo bem aberto pra pegar tudo e mesmo assim eu acho que não será suficiente. Imagina o celular na mesa bem à direita, será que ele vai conseguir identificar seu rosto bem o suficiente pra desbloquear?

          • Estan Duarte

            Exato, essa experiencia de uso ficara comprometida. Eu considero o iPhone exatamente experiencia de uso, o que faz toda a diferenca dele para os demais.

        • Jhon

          Ai é só alguém pegar o iPhone e virar ele um pouquinho pra você que poderá usá-lo sem você nem perceber. Pra mim continua sendo bem menos prático que o Touch ID, mas vamos ver quando ele for de fato lançado.

    • Vítor

      Exatamente, eu faço o mesmo, o Face ID nunca vai dar conta da praticidade que é o Touch ID, também vejo a mesma situação no trabalho, quando só preciso dar uma olhada de canto em algo, também acho que seria um problema para quando eu quiser desbloquear o iPhone rapidamente pra alguém.

      • Jhon

        Pra desbloquear pra outra pessoa vai ser bem mais trabalhoso mesmo. Quando estou dirigindo mesmo que o passageiro precisa desbloquear meu celular, eu só coloco o dedo sem tirar os olhos da estrada, com o Face ID a pessoa vai ter que ficar colocando o celular no meu rosto enquanto dirijo? Isso não me parece muito prático.

        • Luan

          fora que se algum parente ou amigo engraçadinho apontar ele pro seu rosto,vai desbloquea-lo contra sua vontade!

    • Só usando pra saber… é muita teoria pra algo que ninguém tem noção da prática…

      Eu no carro, uso quase atrás do volante, fixado na ventarola do ar condicionado…. pra este meu cenário provavelmente não vai funcionar… tem na frente obstáculos como a palanca do pisca alerta e a própria direção do carro…. Mas… eu também não sou nada funcional, escondo o iPhone ali atrás exatamente por causa de assalto, pra não chamar atenção, nem eu consigo ver direito o Waze nele… uma pessoa “normal” não coloca esses obstáculos na frente 🙂

      • Estan Duarte

        Parece pratico o posicionamento.

      • Jhon

        No meu caso eu uso o celular entre as pernas e quando pego pra usar deixo ele bem baixo, quase no mesmo lugar, assim como no seu caso o Face ID provavelmente teria problemas.
        Pode até ser que pra maioria não haja tanto problema, o questionável é que no caso do Touch ID ele é prático tanto para a maioria quanto nesses casos especiais.

  • Estan Duarte

    O que mais atrai no iPhone eh a engenharia do software ocultar engenharias de hardware, isso o iPhone faz perfeitamente. O touchiD, como a materia falou eh muito natural e voce esquece que usa celular com senha. A jogada da Apple eh apresentar tecnologias que tornem tudo natural, voce nao pensa nas senhas, na memoria, na camera, em ajustes, em especificacoes. Voce simplesmente usa. Se o FaceiD vir dessa forma natural sera uma alegria, mas se for algo que voce precise lembrar de ajustar o celular com “jeitinho”, sera frustrante no dia a dia comparado a experiencia do TouchiD.
    Confesso que ainda nao me acostumei com esse novo iPhone, aprovei o gesto do botao Home.
    Off: Esse Disqus esta saltando a pagina na digitacao. Poxa!

    • Jhon

      Usar o touch ID é 100% natural, isso é perfeito.
      Espero que com o Face ID não precisemos treinar o corpo pra desbloquear o celular. Mesmo que a gente se acostume e fique automático isso de pegar o celular e já mirar o rosto já será inferior ao Touch ID.
      Falando nisso eu só lembro do jeito que eu viro o pulso pra olhar a hora no Apple Watch, não é só virar o pulso igual em um relógio normal, eu dou tipo uma jogadinha pra ele acender a tela. Isso é automático e não me incomoda, mas não é a experiência ideal.

  • Marcel Franca

    Na minha opinião em nada adianta tanta segurança se a Apple continua ignorando o mais simples: não permitir desligar o aparelho enquanto ele está bloqueado. Lembro que desde a época do iPhone 4 que paguei pelo tweak jailbreak que impedia dês desbloquear e ainda enviava uma foto com a localização do aparelho para meu e-mail ficava me perguntando pq a Apple não pode fazer isso. Só que adianta desbloqueio por senha, digital, face ou sinal de fumaça se caso você perca ou seja roubado uma ação simples te impossibilita de recuperar seu aparelho?
    Mas voltando ao tema, até sentir como vai ser esse face id na prática eu continuo achando o Touch ID uma ferramenta mais prática (talvez menos segura que o novo método) e preferiria seu uso sob a tela no lugar do touch 3D se fosse pra escolher um dos dois.

  • Thiago

    prefiro Touch ID do que o 3D Touch.

  • Matheus Rodrigues

    3D Touch acho legal, mas dispensável. Touch ID já acho necessário e seria bem estranho acabarem com ele.

  • ThiagoBarros

    Devemos lembrar que recentemente, creio que semana passada, saiu um nota oficial da Apple dizendo que o 3D Touch iria voltar em uma nova atualização. Isso vem de encontro exatamente o que foi colocado neste post, onde o Ilex nos faz o questionamento entre 3d touch ou o Touch ID.
    Só saberemos em breve, ou não tanto assim.

    • Jhon

      Só pra deixar claro, não foi o 3D Touch que voltou no 11.1, foi a multi tarefa ativada pelo 3D Touch, no resto do sistema o 3D Touch estava funcionando normalmente.

  • Alisson Rocha

    Preferia ficar sem o 3D Touch… para mim é quase inútil…

    • Estan Duarte

      As vezes acho sensivel demais ou demente demais, parece que preciso quebrar o celular para ativar o abrir, depois do pic e pop kkkkk acho a terceira pressao do 3D touch muito dificil e ela eh bem interessante no Safari para evitar abrir abas.

  • André

    Sem sombra de dúvidas prefiro o Touch iD. Para mim, o 3D Touch não é tão funcional e útil quanto o Touch iD. Espero que o Face iD seja tão eficiente (ou mais) do que o Touch iD.

  • Alex iPilot

    Acho MUITO natural que a Apple tenha resolvido não lançar as duas novidades juntas no mesmo modelo! Ela sempre fez assim… Na minha opinião, o Touch ID poderia ter vindo no 5 e o Touch 3D poderia ter vindo no 6, mas ela os deixou para os modelos “S” seguintes… Desta forma, acredito que o Face ID e o Touch ID sob a tela estarão juntos no “iPhone XS” em 2018.

  • Deivd Thonni

    O que você iria preferir: ficar sem 3D Touch ou sem Touch ID?
    Eu prefiro o Touch ID sem dúvida. Não me imagino sem essa funcionalidade! Se a Apple não conseguir implementar o Touch ID no ano que vem então que lance só o Touch ID no lugar dos iPhones. Hehehehe

  • Daliton da Silva

    Tou cuidando do meu iPhone 6s da melhor maneira possível! o último com a incrível tecnologia que permite escutar música com fones de ouvido que não precisa carregar, e com touch id que não precisa nem olhar para o aparelho para desbloquear!

    • Daliton da Silva

      o SE é capado, touchid de primeira geração

  • Alex iPilot

    É OFF, porém interessante : outro dia foi comentado que a Vivo retirou da App Store o Vivo TU GO, pois a razão é que a Vivo está disponibilizando agora o WiFi Calling direto no iPhone!!! Muito bom!!!

    • E quem usava no iPad? Era uma mão na roda, chamada via Wi-Fi não é toma boa, às vezes tu não quer ser incomodado e coloca no modo avião e usa a internet, mas agora…

  • Luan

    Bom,eu acho melhor o sensor de digitais. Se você estiver usando um capacete,ou uma máscara (halloween,festa fantasia ou etc),ou estiver com o rosto coberto,como vai desbloquear a tela??? eu gosto de desbloquear o iphone sob a mesa e agora,vou ter que levantá-lo e olhar pra ele? É interessante essa tecnologia,é sim e vindo da apple poderemos esperar ótimos resultados. mas poderia ter os dois métodos juntos,afinal o touch id já e um sucesso.

  • Caio Ferreira

    Esse Face ID com certeza é muito melhor do que o Touch ID o que acontece é que as pessoas tem uma resistência a mudança natural, quando começar a usar vamos realmente entender o quanto é melhor.

  • Andre

    Preferia que continuassem batalhando pelo touch ID sob a tela… até abriria mão do 3D touch por isso…

  • Só eu que não estou conseguindo desativar o acesso a central de controle na tela bloqueada no iOS 11 ?

  • Vitor Menezes

    Podem me julgar, mas eu passo RAIVA com o Touch ID, principalmente com os dedos suados/molhados, o que provavelmente não aconteceria com o Face ID.

  • Juliano

    Ficar sem o Touch ID é muito pior q o 3D Touch, até porque até hj o 3D Touch n passou de uma tecnologia “legalzinha”.

  • Daniel De Paula

    O fato de ter que olhar para a tela para desbloquear o aparelho já revela a inferioridade do Face ID. Nada vai substituir o bom e (ainda não) velho Touch ID!

  • Ikari Gendo

    Ruim que a Apple coloca o usuário numa sinuca de bico. Para ela o usuário Apple vai ser eternamente Apple, só porque ela acha. Eu estou em duvidas se na migração do meu 6s continuo para o 7 ou vou para concorrência, já que o diferencial não existe mais… Mas o que me entristece é saber que o Touch ID saiu por estética, trocaram o botão por um por uma “testa” que vai virar um incomodo em videos full screen… Apple sendo Apple…

  • Nickolas Gabriel Pires

    já tem um smartphone com impressão debaixo da tela se chama: X20 Plus UD. espero que a apple não mate a impressão digital.