CuriosidadesNotícias

Ladrões de iPhone são presos em Florianópolis graças à ajuda do GPS e do Mobile Me

A função “Buscar meu iPhone“, introduzida no OS 3.0, acaba de funcionar efetivamente pela primeira vez no Brasil. Uma quadrilha inteira foi presa esta semana em Florianópolis, SC, graças ao recurso de localização do aparelho por GPS criado pela Apple.

Find My iPhone

O Find My iPhone (buscar meu iPhone) é uma função associada ao serviço pago Mobile Me. Ele é capaz de dizer, em tempo real, onde se localiza o aparelho, apontando no mapa.

Com isso, a polícia pôde rastrear e localizar uma quadrilha que furtava pertences de carros no litoral da capital sulista. Enquanto um agente ficava monitorando o mapa no computador da central, outros policiais se dirigiam até o local, onde se descobriu outros objetos roubados.

Os policiais brasileiros se impressionaram com a tecnologia:

Parece um recurso do futuro, mas que já está disponível no dia de hoje.

Veja a matéria divulgada pelo Jornal do Almoço, um programa diário da RBS TV de Santa Catarina:

Tecnologia que nós temos à disposição há bastante tempo. 🙂

Se você ficou interessado pelo serviço de localização, saiba que o Mobile Me (link) possui uma taxa anual de US$99,00, mas pode ser provado gratuitamente por dois meses. Conheça mais sobre o Find My iPhone em nosso artigo anterior.

Em um país onde a segurança não é a prioridade dos políticos, pode ser um ótimo investimento.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Davi

    ooolha eu moro em floripa 😀
    que diver hahahah

  • Artur

    xDDD esse kra pagava todo mês a licença do Mobile Me….haham….axo q fui eu q deu a idéia presse artigo 😛

    • A ‘licença’ é anual, não mensal.
      E você foi o último a sugerir a matéria, vááááááários leitores mandaram a sugestão antes.
      Obrigado a você e a todos eles. 😉

  • EDST

    Uma pergunta: Para usar esse mobile me você precisa instalar algo no iPhone?

    • Não, ele vem integrado com o sistema 3.0, todo mundo pode ter. Mais detalhes nos links da matéria. 😉

      • EDST

        Bom saber, todas as pessoas que perderam o iPhone ou foram roubadas podem pagar os 100 dólares e ter o aparelho de volta.

      • EDST

        Só para confirmar, então se o meu iPhone for roubado eu posso aderir o serviço sem ele em mãos?

        • Não, ele só funciona se você cadastrar o aparelho ANTES. Mais detalhes nos links da matéria. 😉

          • Reinaldo

            Tenho um problema com esse recurso. Acabei assinando “sem querer” pois deixei passar o período de testes sem que percebe-se. No entendo como já tinha pago resolví ficar com ele só que nesse período troquei de celular e mesmo configurando novamente a conta ele não reconhece mais dentro do Mobile Me. Alguém sabe de algo?

            Obrigado.

    • Não, você tem que configurar o MobileMe no seu aparelho – obviamente deve ter ele em mãos. E o MobileMe é uma suíte online que integra serviços de sincronização via Push, e-mail, disco virtual e mais, não é apenas isso de encontrar o aparelho.
      http://www.apple.com/br/mobileme

  • Rafael

    uma pena a Apple ter a cara de pau de cobrar por esse serviço

    • É verdade!
      Mas o mais absurdo é cobrar pelo iPhone! Muita cara de pau!!!!

    • Ela não cobra por esse serviço, ela cobra pelo MobileMe inteiro, que é um serviço de “cloud computing” (ou seja, você paga por um espaço nos servidores da Apple).
      Informações em http://www.apple.com/br/mobileme/ 😀

    • dinho

      eu também acho um cumulo a concessionária da ferrari me cobrar pra eu poder sair com um carro la de dentro. Mas fazer o que né :\

  • Moro em Florianopolis tambem fiquei sabendo dessa, nao os LADROES sao muito burros depois dizem que ladrao sabe tudo é to vendo ae o que eles sabem roubaram o iphone e esqueceram que da de procura o telefone kaka Sao muitos burros

  • Stefano Angelo

    Não tem nada a ver com o tópico, mas vamos lá:

    “iPhone passa o Windows Mobile no mercado

    De acordo com um relatório divulgado nesta semana pela comScore, o iPhone superou a fatia de mercado do Windows Mobile nos Estados Unidos pela primeira vez.”

    Aproveitando… Um Feliz Natal a todos.
    🙂

  • André Henrique

    Rapaz!!! naum sabia q esse serviço ja estava disponível no Brasil!!! muito bom saber que alem de estar disponivel ele ja provou sua eficiência!!!!
    Bah US$99,00 por ano nem é tão caro assim!

  • Giancarlo

    Moro em Floripa também, mas seria interessante divulgar que existem aplicativos para a localização do aparelho em caso de furto. Não me recordo o nome, mas sei que o ícone é um espião, depois dessa vou comprar um desse.

  • Andre

    A única coisa chata do Mobile Me é que você paga U$99,00 só pelo rastreamento. Pois as outras funcionalidades você já tem de graça pelo Google.

  • chrisant

    Via Cydia tem o Cylay… é gratuito e faz a mesma coisa.. nunca usei o mobile-me .. mas o cylay funciona perfeitamente…

    Abraços

    • Janja Boy

      Boa dica! 😛

    • Janja Boy

      A dica é boa, mas, é um devorador de bateria!!!

  • Clemente

    Aí pessoal, já tenho essa assinatura do MobileMe à 3 meses e é muito interessante, pois você fica com contatos, e-mail e Calendário sincronizados (iPhone, Site MobileMe e PC ou Mac), basta inserir um contato no iPhone e ele já vai para o site e para o micro quando você ligá-lo. Dá também pra bloquear o iPhone até que você consiga recuperá-lo ou em caso de não consiguir pode dar o comando para apagar tudo o que tem nele. O único inconveniente é que para deixar o serviço funcionando no iPhone, tem que ligar o Push e isso come muuuuiiiita bateria.. abs.

  • Bruno

    cade os nokia man’s agora neh???
    HAHAHAHAHAHA

    • Procurando seus celulares, ora essa! haha

    • jef_spfc

      para Nokia com Symbian S60 tem também algo assim mas nao formata só passa posição e o numero do cel caso mudem de chip

      Recurso barato e bem completo mas nem um dos 2 é eficaz pra recuperar
      se o ladrão saber o q fazer…
      pode acabar os 2 se fudendo um com peso de papel
      e o outro sem o cel, muitas x cheio de informações

      eu tenho um de cada, configurei senha e etc
      e no 5800 tem mensagem q bloqueia o cel e se mudar chip pede senha tb
      ao ligar tb pede senha, a senha é dificil de quebrar mas nao impossivel

  • Lucas Cherubini

    Minha cidade pioneira no combate a furtos de iPhone haahauauauahahaau quem sabe agora os bandidos tenham medo de robar iPhone… Assim meu querido fica mais seguro ainda xP

  • carloS

    Fico em duvida uma coisa, como é o funcionamento dele? se o cidadão que achar (roubar) desativar o serviço de localização? ele depende do serviço esta ativo para o gps funcionar? depende de um plano de internet para enviar uma mensagem e apagar os dados?

  • Daniel Ricarte

    Mas como eu estava vendo no link da matéria, esse serviço pode ser desativado pelo próprio aparelho :s
    E outra, se o ladrão tiver conhecimento sobre o iPhone, ele pode restaurar o aparelho, evitando o rastreamento, certo?
    Acho que nem tudo é 100% :\

  • Rafael Scott G. M.

    Quem sabe assim, acabam os roubos de aparelhos celular. 😀

    Se bem que sempre inventam algo pra burlar, infelizmente…

  • Welton

    Pessoal tem problema de leitura é? aeuheauea.. as mesmas perguntas \o/

  • Eduardo FSO

    Mas o Find my iPhone só funcionou pq os bandidos não desligaram o celular, certo?
    Então se os bandidos desligam o celular, não funcionaria, só quando eles ligassem o celular com o mesmo chip ou com outro, pois ele rastreia o IMEI, é isso?
    [Se tudo acima estiver certo] Logo, se você tiver seu iPhone roubado, não pode pedir para a operadora bloquear o IMEI, que se fizer isso, já era…?

    • Pessoal, nenhum sistema de segurança NO MUNDO é infalível. O Mobile Me não faz milagre, como cadastrar o aparelho DEPOIS de ser roubado ou de indicar a localização dele mesmo desligado.

      Acho que vocês estão exagerando nas expectativas.

      O importante é que a maneira como ele funciona geralmente é desconhecida pela enorme maioria dos ladrões brasileiros. Se for alguém que entende de iPhone, vai saber fácil como desabilitar o serviço. Mas a grande chance é de que ele funcione na maioria dos casos.

      Mas se todo mundo ficar aqui apontando as técnicas de como desabilitar, aí neguinho vai descobrir e popularizar a técnica.

      Por isso, sejam inteligentes. 😉

  • Rilton

    Esse recurso de localização de celular, não é exclusivo do Iphone não, o que basta é a boa vontade da policia em fazer uma investigação mais séria quando se dar queixa de furto ou roubo, crimes mais graves como sequestro ou assassinato, a policia consegue com a ajuda da operadora, rastrear qualquer aparelho pelo IMEI, basta ele está ligado.

  • Fisioamore

    “… via satélite!”

    Acho que é por triangulação de antenas da rede celular!!!

    • GPS é por satélite!!!!!!

  • Michele

    Excelente, queria isso no meu carro

  • Alex iPilot

    Eu preferi gastar essa grana fazendo seguro total, assim nem preciso contar com a Policia para (tentar) “resgatar” o iPhone. Sei de carros que tiveram o resgate negado.

    Se me roubarem, já vai tarde, com a indenização do seguro troco por um mais novo e ainda sobra $$$ para outro seguro.

    Não teria coragem (nem $$$) para usar um iPhone se não fosse assim. Acabei de segurar minha nova máquina fotográfica também. Reagir a assalto nem pensar!

    • Olha, então indique um seguro total para iPhone, porque os que existem atualmente possuem cláusulas demais nas entrelinhas. Se você não for assaltado de mão armada ou coisas assim, eles não te reembolsam…

  • Alex iPilot

    iLex, eu fiz com a Luma Seguros – http://www.lumaseguros.com.br – com apólice emitida pelo Banco Real, cobrindo roubo, furto qualificado (com arrombamento) e danos (com franquia). Clausulas “normais” de qq seguro de equipamento, inclusive a depreciação do bem. Só precisa ter nota emitida com meno de 90 dias. Fecham negocio no mesmo dia, por email, sem complicação. Nota 10. Recomendo.

  • Fabio

    Eu acho legal deixar minhas história aqui, para ver como nem sempre a polícia está afim de ajudar…

    ———————-
    Recentemente tomei uma multa e uso de celular ao volante e como aumentou o valor da multa, preocupado em não tomar mais uma, ao ver meu celular tocando e ver que era relativo a trabalho resolvi encostar próximo a um posto de combustível ali perto. Assim que parei o carro não deu tempo nem de colocar o aparelho no meu ouvido, já ouvi o som metálico batendo no vidro do carona, e não querendo arriscar tomar um tiro por algo tão pequeno abri o vidro. Logo que abri já ouvi o “passa o celular” ao que nem pensei 2 vezes e vi o rapaz indo embora na direção da Héllio Pelegrino. Duas moças que estavam próximas e acompanharam a ação estavam incrédulas, e me perguntaram se eu havia sido roubado, pois fora tudo tão rápido que acharam que o rapaz tinha somente me cumprimentado. Ao afirmar que tinha sido vítima do roubo, elas falaram que nos últimos minutos o mesmo rapaz já tinha feito mais 3 vítimas ali perto. Isso ocorreu na segunda-feira, dia 14 de dezembro por volta das 17 horas.

    Esta é somente mais uma história de violência que sofremos em São Paulo. Sinceramente, por já ser vitima “experiente” de roubo (já que ando muito na rua, me exponho mais) não só não reagi como não fiquei bem tranqüilo após o roubo, inclusive tendo uma serenidade que estranhei após o episódio. Agora vem a parte que me revoltou e que me fez escrever.

    Logo após que fui roubado fui à 27ª Delegacia (Campo Belo). Lá informei que havia sido vítima de assalto a mão armada e, que apesar de não ter sido um objeto de grande valor – um celular – eu teria como indicar à polícia a posição do ladrão, já que eu assino um serviço Mobile Me. Em resposta fui informado que a delegacia não dispunha de computador com acesso a internet, então perguntei se haveria um telefone que pudesse usar, pois através de parentes eu poderia pedir para informar a localização do celular, e consequentemente do bandido, ao que fui informado também que NÃO HAVIA telefones na delegacia…

    Aí veio o mais absurdo: um PM me sugeriu que eu pegasse essa minha “facilidade” e que através de um outro celular (de parente, amigos) eu fosse rastreando o meu aparelho, e que quando achasse ele e o bandido, que eu ligasse para o 190 e solicitasse o flagrante. Eu fiquei sem reação com a sugestão, tanto que só fui me lembrar de ver o nome do soldado que me fez essa estúpida sugestão umas horas depois.

    Pior que a sensação de ser roubado e a certeza que isso vai continuar, pois mesmo eu informando que tinha como dar de bandeja a localização do aparelho (e muito provavelmente do bandido ou de algum receptor, ou no pior dos casos o lixo, pois corre-se esse risco), que poderia tirar da rua um marginal que já tinha assaltado outros, e quem sabe já não teria baleado alguém, e eu estava hoje no meu dia de sorte. Enfim, o descaso com o qual fui tratado, e de certa forma o preconceito, pois, sendo de classe média, eu tive ainda que escutar para não me preocupar, já que eu compraria facilmente outro aparelho, é muito frustrante.

    Que bom que em Floripa funcionou…

  • Thiago

    ainda bem que eu tenho o MobileMe, Find My iPhone e Undercover.

  • Thiago

    Aff, aqui em Teresópolis ele não funciona direito não.