Apple Watch

O watchOS 7.2 permite que o ECG funcione com frequências cardíacas de até 150 BPM

 

O ECG no Apple Watch foi lançado no Series 4, sendo capaz de registrar os sinais elétricos gerados pelo corpo de uma pessoa durante um batimento cardíaco, usando dois pontos de contato.

Mas desde o lançamento, a Apple mesmo admitia que o relógio poderia apresentar uma leitura “inconclusiva” ao tentar registrar com uma frequência cardíaca abaixo de 50 BPM ou acima de 120 BPM, o que significa que não pode ser usada de forma tão eficaz por aqueles que tomam certos medicamentos ou atletas de elite.

Com a chegada do watchOS 7.2, isso muda e ele se torna capaz de detectar fibrilação atrial em frequências cardíacas mais altas do que era antes.



De acordo com o site MyHealthApple, a Apple solicitou ao FDA (o equivalente norte americano da ANVISA) uma atualização de seu aplicativo de ECG em agosto e obteve a aprovação para suas alterações.

Essas alterações incluem a capacidade de fazer uma leitura de ECG de até 150 BPM.

Além disso, alguns dias atrás, foram encontradas referências a uma nova versão do algoritmo de ECG no iOS 14.3 e watchOS 7.2. De acordo com a documentação de desenvolvedores para os lançamentos mencionados acima, a Apple desenvolveu um novo algoritmo que o Apple Watch usa para medir ondas de eletrocardiograma (ECG).

A atualização para o watchOS 7.2 é esperada para esta segunda (14), ou mais tardar nos próximos dias.


Via
MyHealthyApple

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo