AppleOpinião

Por que a Apple não colocou um Touch ID no botão lateral do iPhone 12?

Quando a Apple lançou em setembro o iPad Air com um sensor de digitais no botão lateral, muitos brilharam os olhinhos na época.

Será que isso seria implementado também nos iPhones de 2020?

Alguns se empolgaram em teorias imaginárias. Afinal, com o uso de máscaras na pandemia, o Face ID enfrentou seu maior desafio, se mostrando ineficaz nesta situação. Que momento seria mais perfeito para o retorno do Touch ID?

Mas o iPhone 12 chegou e nada de sensor de digitais no botão lateral. E isso indignou alguns.

A razão disso não ter acontecido pode ter uma lógica: a de que a Apple ainda não desistiu de colocar o Touch ID direto na tela.



A pandemia seria motivo suficiente para a Apple ter mudado de ideia e colocado o sensor no botão lateral. Porém, ela não teve tempo para isso.

Os projetos de novos iPhones são desenvolvidos com muitos meses de antecedência. Geralmente o design final é fechado um ano antes, para permitir a fabricação de peças e partes do aparelho.

A pandemia estourou no mundo em março, e isso fez com que ficasse impossível mudar o projeto do iPhone 12 naquele ponto. Se mesmo sem mudanças, o lançamento atrasou em um mês, imagine se o projeto tivesse sido alterado.

Mas então por que isso já não estava no projeto inicial do iPhone, visto que o novo iPad Air já iria trazer o sensor no botão? Não seria a lógica?

A Apple não implementou no iPhone porque já tinha outros planos para ele.



Novas patentes

Algumas patentes recentes reforçam que a maçã ainda continua tentando uma maneira eficiente e segura de colocar o Touch ID incorporado à tela do aparelho.

Isso é um sonho antigo da empresa e já comentamos bastante sobre isso aqui no BDI.

A Apple foi uma das primeiras a imaginar esta tecnologia. Porém, não conseguiu alcançar uma qualidade aceitável e foi adiando sua implementação, o que deu lugar a outros concorrentes lançarem suas soluções antes.

A patente de agora é mais uma de tantas sobre isso, e sabemos que registros de ideias não são certeza de que elas algum dia serão implementadas.

Porém…

Mesmo tendo sido revelada somente agora, esta patente teve seu registro em junho de 2019.

O analista Ming-Chi Kuo já disse que prevê alguns iPhones com Touch ID sob a tela em 2021.

Quando a Apple aproveita na prática alguma ideia patenteada, isso costuma acontecer de 1 e meio a dois anos depois do registro.

Se juntarmos as previsões de Kuo (que costuma errar muito pouco) com o timing da patente, pode ser que vejamos algo a respeito já no “iPhone 13”.

Será?



E quanto à pergunta do título?

A pergunta continua: mas por que a Apple, nesse meio tempo, já não implementou o sensor no botão lateral do iPhone 12?

No projeto original, fica óbvio que a maçã optou por não colocar o Touch ID no botão. E faz sentido quando analisamos o histórico de decisões da Apple.

Se seus planos forem de implementar um sensor sob a tela em 2021, o iPhone 12 seria o único a ter um sensor na lateral. E este tipo de quebra de padrão não tem nada a ver com a empresa.

A Apple costuma seguir uma coerência em seus produtos, e implementar funções para descontinuá-las na geração seguinte não faz parte da filosofia da empresa.

Isso seria normal em outras marcas, mas não na Apple.

Então, é bem provável que esta seja a razão do iPhone 12 não ter vindo com scanner na lateral: os planos são que o próximo iPhone introduza um novo Touch ID, que deverá ser usado também nas futuras gerações.

Resta saber se a Apple irá conseguir dessa vez. E eu torço muito que sim, pois não aguento mais ter que digitar a senha toda vez que meu iPhone não me reconhece de máscara.

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo