Opinião

A confusão de nomes entre a Apple TV, o Apple TV, a Apple TV e o Apple TV+

Até poucos anos atrás, quando alguém falava para você o nome “Apple TV”, era fácil associar à pequena caixa preta que se conecta à televisão e permite acessar diversos tipos de conteúdo multimídia.

Porém hoje, no final de 2019, é muito difícil você dizer Apple TV sem precisar explicar ao que você está se referindo, tamanho o número de serviços e produtos com a mesma nomenclatura.

Cadê a simplicidade que sempre foi característica da maçã?





Além do dispositivo que se conecta à televisão, o nome Apple TV também pode se referir ao aplicativo do iOS introduzido no iOS 10.2 e que começou a se chamar assim no iOS 12.3.

Apple TV também é o nome de um aplicativo na própria Apple TV (dispositivo), que serve para alugar ou comprar vídeos na iTunes Store ou sincronizar os vídeos assistidos entre iPhone/iPad e Apple TV (dispositivo). O app permite visualizar vídeos de diversos aplicativos de terceiros, como Globoplay, Amazon Prime Video, entre outros.

Também tem um aplicativo Apple TV para smart TVs, mas esta versão não permite visualizar vídeos de aplicativos de terceiros.

Tem também os Canais da Apple TV, que é uma maneira de assinar outros streamings sem precisar sair do Apple TV (app). Mas praticamente nenhum serviço no Brasil é compatível, então na prática pouca gente usa isso.

Apple TV Channels

E mais recentemente, temos o Apple TV+, que é um serviço de vídeo da Apple com conteúdo original. Você paga uma assinatura mensal para ter acesso a este conteúdo, e não precisa necessariamente ter uma Apple TV (dispositivo) para assistir. Mas precisa ter o Apple TV (app) no iPhone, no iPad ou na TV.

Com a Apple TV (dispositivo), você pode espelhar a tela do seu iPhone ou iPad, ou então enviar vídeos e sons via AirPlay. Mas não consegue fazer isso se só tiver uma smart TV com o Apple TV (app) instalado, a não ser que ela seja compatível com o AirPlay, mas aí não tem nada a ver com o aplicativo.

Resumindo: se você tiver uma Apple TV sem assinar o Apple TV+, poderá ainda acessar o conteúdo do Globoplay pelo Apple TV, mas não poderá assinar o serviço diretamente por ele, porque a Globo ainda não faz parte dos Canais da Apple TV. Mas se você não tiver uma Apple TV, pode ainda ter o Apple TV em uma smart TV, caso ela seja compatível, mas não poderá acessar vídeos do seu computador, pois isso somente quem tem uma Apple TV pode fazer.

Deu para entender a confusão?

No passado, a Apple já reutilizou nomes em produtos diferentes. É o caso do iBook (que foi um laptop e depois virou livro digital) e QuickTake (uma máquina fotográfica da Apple e hoje é uma função do iPhone 11). Porém, usar a mesma denominação para diversas coisas diferentes, ao mesmo tempo, acho que é a primeira vez.

Via
Título inspirado em um artigo de Dustin Curtis
Tags

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos Relacionados

Back to top button
Close