Fotografia

Modo Noite do iPhone 11 é um “game changer”, diz o fotógrafo Austin Mann

Austin Mann é um fotógrafo profissional bastante conhecido, especializado em tirar fotos de belos lugares do mundo. E não é à toa que a Apple decidiu emprestar para ele um exemplar do novo iPhone 11 Pro para mostrar antecipadamente ao mundo do que a câmera tripla do dispositivo é capaz de fazer.

E para ele, o novo modo Noite é uma das novas funções mais empolgantes do aparelho.





Antes de tudo, é importante não confundir o “modo Noite” com o novo “modo escuro” do iOS 13. São duas coisas completamente diferentes. O primeiro está disponível apenas nos novos modelos 2019 do iPhone e permite realizar fotos claras e nítidas mesmo em ambientes com pouca luminosidade.

Austin diz que é comum ouvir muitos sempre perguntarem “Como tirar boas fotos em baixa luminosidade no iPhone?“. Segundo ele, o modo Noite dos novos modelos é a resposta para esta pergunta.

Ele normalmente usa um iPhone XS, e mesmo se tratando de um aparelho recente, ele se impressionou com a diferença, de um ano para outro, das imagens capturadas em ambientes escuros.

O fotógrafo também destaca a diferença entre o mesmo tipo de recurso existente em outros smartphones, como o Pixel 3:

“Uma coisa que eu amo na abordagem da Apple ao modo Noite é o equilíbrio estratégico de resolver um problema técnico e se preocupar profundamente com a expressão artística. Quando você olha para a imagem abaixo, fica claro que a equipe deles não adotou a abordagem de deixar a noite parecer dia, como alguns de seus concorrentes.”

O Pixel 3 é um dos que possui um modo de captura de imagens no escuro similar ao que a Apple fez agora. Porém, em certos casos, a solução do Google parece exagerar um pouco no clareamento das fotos.

Quem fez este teste foi a iJustine, que saiu pelas ruas fazendo fotos simultaneamente em um iPhone 11 Pro Max e um Pixel 3a XL. Confira os resultados:

Pelo que se percebe no vídeo, quanto mais escuro for o ambiente retratado, mas a imagem ficará parecendo “luz do dia”.

Tanto no Pixel 3 quanto no iPhone 11, a função na verdade é resultado de um processamento de várias imagens, exatamente como faz o aplicativo NeuralCam que falamos aqui. A Apple diz que, para um resultado com alta qualidade, é necessário um hardware potente como o novo processador A13 Bionic. No futuro, faremos testes para averiguar se realmente há diferenças entre o modo Noite nativo e o aplicativo.

Fonte
austinmann.com
Tags

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Hugo Medeiros

    Tem algum vídeo ou matéria com teste comparativo entre a câmera do Iphone 11 e a do Iphone 11 Pro?

    Procurei, mas não encontrei nada específico.

    • Creio que são equivalentes, pois as cameras são as mesmas. Só o 11 não tem telephoto, e o 11pro tem.

      • Hugo Medeiros

        Estou achando isso também. Mas vi que o Pro supostamente faria uso das 3 câmeras com o objetivo de obter melhores resultados.

        Para mim, a prioridade é a qualidade das fotos. E se o único diferencial do Pro for mesmo a lente 2x, não valeria a pena pagar tanto dinheiro a mais só por isso.

        • Tem mais diferenças: a tela (amoled no pro, lcd no 11), e o acabamento mais premium também.)

          • Hugo Medeiros

            Verdade. Mas isso, para mim, não chega a ser relevante. Não pagaria a mais por isso.

            • daniel s

              acho que em qualidade vão ser similares.

  • realmente parece empolgante, mas a Apple dizer que só pode ser feito no novo processador é um absurdo, no máximo ia ocorrer do iphone xs, por exemplo, demorar mais 20% no processamento (coisa de milésimos de segundo), já que a diferenca em processamento do a12 pro a13 não é tão grande. Mas aí quem quer muito esse recurso não iria ter que comprar outro aparelho, certo?

    • Pedro Augusto

      Penso a mesma coisa…por isso não liberarm pro XS…

      • O que é uma grande bola fora, porque tiraram o XS de linha, então seria ao menos respeitar aqueles que o compraram no passado, sem forçar a atualizar um aparelho com no máximo doze meses de vida. O modo noite da Samsung chegou ao S9 também, poderiam ter limitado ao S10 mas entregaram aos donos do flagship anterior.

  • Tiago Albuquerque

    “No futuro, faremos testes para averiguar se realmente há diferenças entre o modo Noite nativo e o aplicativo.”

    Muito bom!

  • Vendo o video da iJustine fiquei muito surpreso com o resultado.

    Esperava que fosse funcionar, mas não neste grau…

  • Só lembrando que no modo noite do iPhone 11, não há necessidade de manter o aparelho estático por alguns segundos para o processamento da foto. Clicou já está pronta.

  • Ideal Digital

    Esse função da câmera ficar na tela toda é apenas do 11 Pro ou um recurso do iOS 13?

  • Luciano Assunção

    Acabei de baixar o NeuralCam. Achei o resultado bom, mas as cores não são tão boas iguais ao da Apple. Sinto que ele amarela/esverdeia um pouco as fotos.

    • Rodrigo Pimenta

      Pra testar tem que fazer com os dois lado a lado. Aí podemos ver de fato como ficará.

      • Luciano Assunção

        Seja como for, achei os resultados péssimos desse app.

        • Rodrigo Pimenta

          Decide aí, primeiro vc diz que é bom, depois péssimo.. 😅

  • Franklin Almeida

    Baixando……

  • Misael

    o pixel 3 com apenas uma câmera me surpreendeu mais que o iphone 11 pro.

Back to top button
Close