Rumores

Análise dos rumores sobre o próximo iPad Air 3

Nós aqui do Blog do iPhone não gostamos muito de falar de rumores, por vários motivos. Primeiro, porque muitos deles não possuem suporte jornalístico suficiente para serem considerados como verdadeiras notícias. Afinal, publicar algo só porque apareceu em um desconhecido site da Ásia não é motivo para aquilo ser credível, e hoje em dia é o que acontece bastante na blogosfera mundial. Segundo, porque os rumores tem várias fases, e não queremos hoje informar uma coisa e semana que vem informar outra diferente, só usando a desculpa do “rumor”. Um exemplo disso é o tal iPhone de 4 polegadas, que já chamaram de iPhone 7C, 6C, e agora chamam de 5se. Qual será o nome na semana que vem? Enquanto a Apple não confirma seus produtos (ou não são encontrados em um bar), nada disso é notícia de verdade, do ponto de vista jornalístico.

Mas há rumores que atingem uma fase avançada, que juntam elementos suficientes que permitem pelo menos serem considerados. É o caso do iPad Air 3 (ou seja lá como a Apple pretende chamá-lo).

Mini iPad Pro

Um rumor passa a ganhar credibilidade quando sites de confiança começam a trazer novas informações para enriquecê-lo. Ontem, o conceituado Engadget (o qual temos um enorme respeito) publicou imagens que seriam do projeto de um novo iPad com tela de 9,7 polegadas (mesmas dimensões do atual iPad Air 1 e 2). Confira:

iPad Air 3 esquema

O site garante que recebeu as imagens de uma fonte bastante confiável e já considera como um real “vazamento“, não apenas especulação. Este tipo de projeto em 3D é muito comum em empresas que produzem capas e que recebem com antecedência da própria Apple este tipo de informação.

Segundo os desenhos, o dispositivo é bastante similar a um iPad Pro, em tamanho reduzido, um pouco mais grosso de espessura e com 4 alto-falantes nas laterais. Isso inclusive se encaixa com os boatos de que o próximo iPad Air seria compatível com o Apple Pencil e teria um conector lateral para teclado externo. Além disso, seria o primeiro tablet da Apple a trazer um flash LED fotográfico na câmera traseira.

Para reforçar ainda mais este boato, já começam a aparecer em sites chinês capas para um suposto iPad Air 3, com as mesmas especificações do desenho acima.

2749729218_1986888946 2751800532_1986888946

Portanto, são várias informações concordantes de fontes diferentes, o que fortificam ainda mais o rumor.

Evento de março

Quando Steve Jobs lançou o iPad, ele escolheu a época de março/abril para lançar novas gerações do tablet, pois no final do ano já tinha o iPhone e o iPod e assim a Apple dividia as novidades no ano, parecendo que sempre tinha coisa nova. Tim Cook mudou isso e passou o lançamento dos iPads para outubro (e decepcionou lançando dois iPads diferentes no mesmo ano, em 2012), com o argumento de que faria sucesso nas vendas de natal. Os problemas desta estratégia são vários: primeiro que nem todos tem grana suficiente para comprar um novo iPhone e um novo iPad no natal, tendo que escolher entre um dos dois; segundo, que colocando todos os lançamentos para o segundo semestre faz com que se fique 6 meses sem falar de novidades da Apple, diminuindo a velha sensação de que a empresa está sempre lançando coisas novas. E isso provavelmente é responsável pela atual sensação de que a Apple está inovando menos que antigamente.

Desde o início do ano, há boatos de que a Apple agora estaria preparando um evento especial para março, para apresentar novidades. Primeiro se cogitou em uma nova geração de Apple Watch, mas com a publicação do beta do iOS 9.3, com diversas funcionalidades novas para o iPad (inclusive multi-usuários para ambientes escolares) começou-se a cogitar que estaria vindo um novo iPad já no começo do ano, mudando o clássico calendário de lançamentos. Se isso realmente for verdade, desta vez Tim Cook fez a coisa certa e não lançou nenhum novo iPad Air em outubro, para não repetir o erro de 2012. Seria patético se o iPad Air 3 fosse lançado no ano passado e o 4 lançado agora, apenas 5 meses depois.

Especula-se que a data do evento possa ser no dia 15 de março de 2016.


Claro que tudo isso é rumor e nada foi confirmado oficialmente. Mas sabemos que, nos últimos anos, muita coisa tem vazado antes da Apple apresentar ao público. No momento, só nos resta esperar, segurando as expectativas para que não haja nenhuma decepção com coisas que a Apple nunca prometeu.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Marlon Fuhlendorf

    Tenho o air 2, não pretendo trocar, pq pra mim ele é excelente! Mas se tivesse dinheiro e o som desse vier no nível do pro, eu trocaria! hahaha

  • Diego

    Segundo comentário hehehe

  • Lampião

    Não vejo nada de errado em noticiar rumores. Pelo contrário, atiça ainda mais a curiosidade do leitor em tentar prever o que os engenheiros da maçã guardam a sete chaves. E daí que o rumor não vai se concretizar? Apesar de tudo, nunca a apple perdeu sua filosofia de tentar nos surpreender.

    • Wanderley Gigante

      Concordo. Não vejo nada demais em publicar o rumor desde que ele seja publicado como rumor e não como notícia de fato como alguns sites de quinta fazem. O rumor não deixa de ser notícia é como. C mesmo disse mantém a curiosidade aguçada fora que serve como um termômetro para propia Apple ver o que o mercado está pedindo, ou não.

      • Viny Azevedo

        Concordo!!! #menosminini

    • Lucas Souza Freitas

      Isso é choro, porque as notícias aqui SEMPRE saem atrasadas! Agora tá usando essa desculpa pra quase 2 meses depois vir falar no novo iPhone… Deveriam se dedicar mais ao site ao invés de ficar só publicando pseudo promoção da MMSTORE.

      • Harrison Walnut

        MMSTORE?! tá no site certo moço? Kkkkkkkkk

    • Diego Azevedo

      O problema é quando o rumor não tem base nenhuma. Diversos sites jogam rumores absurdos em busca de cliques, sem qualquer tipo de filtro. Cria expectativas em torno de nada, e todo mundo fica desapontado no final. O que o BDI faz é filtrar os rumores com maior embasamento, fontes, imagens… e só então publicar algo crível (que mesmo assim pode não acontecer).

      Um bom exemplo disso é o rumor do iPhone mini, que perdurou do iPhone 3 até o 4S, sempre falando “A grande novidade esperada para este ano é um iPhone com tela menor”… Nunca fez sentido, as imagens eram photoshopadas, e todo ano os grandes portais postavam como se fosse notícia confirmada por fontes dentro da Apple.

      • Wanderley Gigante

        Não sei Diego. Não acredito que um rumor simplesmente brote do nada. Acredito que em algum momento a Apple testou um iPhone Mini, afinal a gente sabe de milhares de projetos que a Apple testa e nem veem a luz do dia (de imediato lembro do iPad com duas portas de dados). Muitas coisas ela pode entender no decorrer do caminho que não valem a pena. Acho o rumor é válido sim, desde que se tenham a decência de dizer logo de cara que é um rumor.

        • Diego Azevedo

          Bem, brotar do nada é relativo. Publicar um rumor baseado em uma imagem borrada em um site desconhecido (como a imagem em anexo – de meados de 2012), é “do nada” para mim. Está mais para boato do que para um rumor.

          Eu acredito que existem agências de notícias menos preocupadas com verificar minimamente um rumor antes de publicar como notícia. Por exemplo, ao receber uma imagem da “carcaça do novo iphone”, verificar se a imagem não foi manipulada, ou se ela contradiz o que o portal publicou na semana anterior.

      • Lampião

        Um rumor que vem ganhando força ultimamente é o de que a apple removerá o conector de 3,5mm (fone de ouvido) por supostamente impedir que o iPhone 7 seja fabricado ainda mais fino. Boa parte dos sites especializados já se manifestaram sobre o assunto, inclusive sopesando os prós e os contras de tal iniciativa. Sinto falta da opinião do BDI sobre o assunto, uma vez que é algo que poderá se tornar padrão na indústria, além de mudar toda uma “cultura”.

        • Lampião, eu fico realmente muito feliz em saber o quão é importante nossa opinião para você. Muito obrigado pelo prestígio e confiança. Sério mesmo. 🙂

          Nós já comentamos sobre esse rumor ainda em novembro. Talvez tenhamos sido uns dos primeiros a falar sobre o assunto: http://blogdoiphone.com/2015/11/rumor-do-dia-proximo-iphone-podera-nao-ter-entrada-para-fones-de-ouvido/

          • Lampião

            My bad! Realmente tinha esquecido que o BDI já tinha tratado da polêmica. E eu até tinha lido a matéria (risos). É que somos diariamente bombardeados por informações e às vezes fica difícil lembrar quem veiculou a matéria. O BDI nunca me decepciona!

  • Hades666

    “flash LED fotográfico”, únicas vezes que usei o iPad para bater fotos foi para fazer anúncio do iPhone. Aff…

    • hecnpo

      A única utilidade que vejo é para escanear documentos sem ter aquela sombra que o device faz.

    • Ubirajara Batalha

      Melhor ter a não ter! Você pode não ver uma boa funcionalidade, mas sempre tem quem use a câmera e queira, então existir esse flash não vai te fazer nenhum mal, muito pelo contrário, vai beneficiar quem queira usar! De repente com isso até as pessoas usem mais a câmera do iPad, talvez seja essa a ideia deles!

  • Arley Martins

    Tenho o air 2, antes eu tinha o ipad 2. Não há necessidade de trocar com frequencia. IPAD aguenta 4 anos numa boa. Ja iphone o bom se tiver grana é atualizar a cada 2 anos. A apple tinha que lançar ipad a cada 2 anos, porque é um equipamento que demora bem mais a defasar e a evolução não é tão grande quanto Smartphone.

  • Diego

    Sétimo comentário

  • Carlos Alberto

    Tenho um iPad 4 64GB e ainda hoje estou plenamente satisfeito com o desempenho que ele me proporciona e com todas as possibilidades. Além do espaço de sobra que tenho pra carregar todos os meus documentos, fotos e mídias. A capacidade de produção de conteúdo é imensa e a visualização é super confortável. Imagina então usuários do iPad air 2 que tem um chip extremamente poderoso e é o primeiro iPad com processador de 3 núcleos. Por isso, acho que o período ideal para atualização doa iPads por parte da Apple seria de 2 em 2 anos. Vide o iPad mini 2 e 3 que possuíram o mesmo chip A7, acrescentando apenas o touch id.

    • Não posso dizer o mesmo do meu iPad 3 LE 🙁

      • Carlos Alberto

        Neste caso do iPad 3, o grande problema dele é justamente o que ele tem de vantagem com relação ao iPad 2: tela retina. O chip A5X, mesmo que superior ao A5 não consegue muito bem dar conta da tele de resolução tão alta. Uma pena, mas somente tem um desempenho satisfatório até o iOS 6. Além do mais foi um aparelho meio problemático na questão do superaquecimento.

        • Henrique A.

          Ué, a diferença do 3 para o 4 é apenas o conector Lightning, não?

          • Carlos Alberto

            Não. O iPad 3 usa chip A5X e o iPad 4 usa o chip A6X. A GPU também tem o dobro de potência. Só um acréscimo: o A6X é o último e mais potente processador 32bit dos aparelhos com iOS.

            • Henrique A.

              É verdade! Valeu!!

  • Felipe Scavacini Romanatto

    Vendi meu iPad Air 2 e estava pronto pra compra o iPad Pro, mas vou esperar ver o que vem no Air 3. Provavelmente vira um Pro em tela menor, daí a decisão vai ser pela tela maior.

  • Marcio Quio

    Existe algum rumor forte sobre o Apple Watch ter uma nova geração?

  • Leonardo Negrisoli

    Adorando ler isso agora ahaha 🙂