Notícias

[exclusivo] Faculdade de SP busca colaboradores para projeto de comando de voz no iOS

Parece que está se confirmando a informação publicada em primeira mão pelo Blog do iPhone na última sexta (25), sobre um projeto no Brasil para implementação de comandos de voz em português no sistema do iPhone, iPod e iPad (leia “Apple estaria realizando estudos regionais no Brasil para comando de voz no iOS“). Uma faculdade de São Paulo está convocando alunos para testes do mesmo tipo.

Nesta manhã, um professor da FCA (Faculdade de Comunicação e Artes) do Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (em Salto, SP) publicou em seu Twitter uma convocação entre seus alunos para participarem de um “projeto do iPhone – etapa SP“. Outras capitais também possuem projetos similares.

O valor (R$ 50) bate exatamente com as informações que divulgamos anteriormente. O teste é feito com estudantes, para determinar o sotaque da região e adaptá-lo à futura função de comando vocal. O responsável pela convocação chega a dizer que seria “um aplicativo de comando de voz“, sendo um projeto internacional.

É de se admirar a quantidade de informações liberadas publicamente, coisa totalmente atípica da Apple. Projetos deste tipo costumam ser guardados a sete chaves pela empresa.

Há um certo tempo, vozes de corredor comentam em uma possível implementação de comandos vocais no sistema do iPhone. Será que já teremos algo do tipo no próximo iOS 5?

Conheça mais detalhes do projeto em nosso artigo anterior.

Conteúdo original © Blog do iPhone

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • André Sotéro

    Que beleza!!

    Tomara que dê tudo certo!

    Como sempre o BDI saindo na frente com a informação!

  • Ederlon Soares

    Show, tomara que façam isso aqui em Manaus, porque estarei dentro.. Na mosca, BlogdoiPhone 😉

  • Claudio Viana

    Pessoal, olha aí esse comentário sobre o tão falado concorrente de peso do iPad (o xoom): resumindo o que você vai ler “Não tá com nada”. É mais uma amostra de precipitação da concorrência desesperada. Realmente muito Xoombrega.
    http://meiobit.com/81793/cinco-minutos-com-o-motorola-xoom/

  • se a intenção da apple era guardar segredo ou não, os responsáveis pela convocação do pessoal pra emprestar a voz soltou tudo..

    • Marcus

      Pois é…. Talvez a idéia fosse manter segredo sobre isso, mas o professor “abriu a boca” e disse mais do que devia.

  • Manoel Junior

    iLex, Mantenha o post atualizado caso apareçam outros comunicados nas demais regiões do Brasil!

    • Rafael Scott

      [2]

  • Breno Barros

    “É de se admirar a quantidade de informações liberadas publicamente, coisa totalmente atípica da Apple. Projetos deste tipo costumam ser guardados a sete chaves pela empresa.”

    iLex, dadas as dimensões continentais do nosso Brasil, com tantos sotaques e regionalismos, dificilmente um projeto como esse seria de pequeno porte. Mesmo assim, imagino que o projeto abranja as macroregiões, somente. Explico-me: Comandos divididos entre as regiões N, NE, SE, S e CE. Duvido muito que os idealizadores estejam dispostos a distinguir manaura, paraense e maranhense, por exemplo, até porque isso poderia acrescentar vieses à função, e torná-la passível ao erro.

    A Apple está de parabéns pela iniciativa!

  • zigfrid

    e eu ainda procuro por algum programa no IOS q faça reconhecimento de texto em portugues e transforme em texto tipo o ViaVoice q tem no windows (lembrando q já vi programa do tipo mas q faz isso online e só em ingles)

    • Fisioamore

      É só colocar essa função que existe desde o iPhone 3GS!!

      VoiceOver

  • Opa se vier em BSB to dentro, risos

  • Rodrigo

    iLex…
    Só vi agora esse post, mas, apenas para corroborar com o fato, aqui em Porto Alegre também occoreu esse mesmo tipo de ação. Foi realizado no Centro Universitário Metodista do IPA, com os alunos do curso de Música, só não sei informar se eles receberam o incentivo de R$ 50,00. Enfim, apenas mais uma informação. Caso existam dúvidas de leitores que não acreditem, tenho contatos de coordenadores, alunos e professores que participaram!

    Abraços