Rumores

Rumor improvável do dia: Steve Ballmer na apresentação da WWDC

Fiquei em dúvida se colocava este artigo na categoria ‘Rumor’ ou na ‘Humor’…

As constantes “previsões” de analistas são algo que nunca levei fé, pois a grande maioria simplesmente não se realiza. O problema é que os vários sites que as reproduzem cegamente esquecem de destacar este detalhe depois. Ontem, um desses “analistasfez a previsão mais improvável (e por isso mesmo, engraçada) do ano: o presidente da Microsoft, Steve Ballmer, estaria lado a lado de Jobs na apresentação da WWDC no dia 7 de junho.

Isso mesmo: a mesma pessoa que riu do telefone da maçã quando foi lançado e disse que “a internet foi criada para o PC, não para o iPhone“. Ele teria o tempo de 7 minutos para falar do novo Visual Studio 2010, cuja nova versão seria capaz de criar aplicativos nativos para iPhone no Windows. Além disso, ele poderia anunciar também uma versão oficial do MSN para iPhone.

Mas nada disso faz o menor sentido. Veja as razões que fazem que isso seja 99,9% improvável de acontecer.

Steve Ballmer no palco

Os dois Steves (Ballmer e Jobs) são pessoas que gostam de estar em primeiro plano, serem os astros da festa. Jobs nunca se arriscaria a deixar Ballmer entrar no palco e tentar roubar a sua cena. Um homem que já se mostrou imprevisível e que é exageradamente energético, que alfinetou a Apple todas as vezes que falou nela, poderia repetir isso em pleno “território inimigo”, sem que ninguém pudesse fazer nada.


(fonte)

Alguém imagina ele entrando assim no palco? 😛

Se fosse para um simples anúncio da Microsoft, qualquer outro diretor (mais moderado) da empresa poderia ir, como já aconteceu no passado.

Ferramenta extra para desenvolvimento de apps

Uma ferramenta de desenvolvimento de aplicativos para iPhone que funcione no Windows é o sonho de muita gente, tanto que já popularizou fakes pela internet. Mas se um dia isso acontecer, será com uma ferramenta proposta pela própria Apple e não uma feita por terceiros.

A prova está nas próprias palavras de Jobs, ao justificar a regra que proíbe o uso de ferramentas da Adobe no desenvolvimento de apps: “Não podemos estar à mercê de um terceiro decidir SE e QUANDO irá disponibilizar novos melhoramentos do sistema para nossos colaboradores” (leia “Steve Jobs publica carta aberta explicando a relação entre Apple e Adobe“). Permitir agora que o Visual Studio faça a mesma coisa que a Adobe se propôs, seria infantil e anularia os fortes argumentos de Steve Jobs. Em outras palavras, um tiro no pé.

Além disso, a Apple estaria colocando de vez para escanteio o Mac como plataforma. Por que ela faria isso? A App Store ainda é um sucesso de público e de desenvolvedores, ela simplesmente não precisa de uma ferramenta para Windows. Não teria o menor sentido.

Então é impossível disso acontecer?

Nada é impossível. Mas se acontecer, a justificativa deverá ser muito forte para explicar, pois ATUALMENTE, nada disso faz sentido algum. Concordam?

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.