Notícias

Celular Droid tem espaço limitado para aplicativos: somente 250MB

Droid: com teclado e limitado

No início deste ano, tive a oportunidade de usar por dois dias um celular com o sistema Android. Era o G1 (chamado também de GooglePhone), o primeiro modelo com este sistema operacional. Como era um aparelho de testes, não quis desembalar o cartão de memória que vinha com ele, o que me fez descobrir mais tarde que isso me impossibilitava de colocar músicas, filmes e fotos no aparelho.

Isso mesmo, você só pode sincronizar arquivos multimídia no memory card, ele não permite colocá-las na memória interna. Mas então para que memória interna?

Para os aplicativos. O que eu não sabia é que o contrário era verdadeiro.

O site AndroidandMe divulgou uma informação muito importante. O Motorola Droid, que supostamente é o mais moderno celular com Android atualmente, possui uma limitação grave: permite instalar no máximo 250MB de aplicativos.

Com uma ROM interna de 512MB, metade dela é dedicada ao sistema. Como os aplicativos do Android Market não podem ser instalados no cartão de memória, só resta para eles a outra metade.

Isso é muito espantoso, ainda mais vindo de um celular cuja campanha publicitária o eleva a “iPhone killer“. Se formos considerar alguns aplicativos conhecidos do iPhone, seria possível instalar o Real Racing (138MB), o Rolando 2 (98MB – sem as compras in-app) e mal sobraria um lugarzinho para o Vade Mecum (13MB).

Aplicativos de navegação com mapas incluídos nem pensar. O NDrive Brasil, por exemplo, tem 240MB quando baixado, mas fica maior quando descompactado. O Sygic Mobile Brazil, 270MB. Agora dá para entender a preocupação da Google em criar um aplicativo próprio de GPS baseado na internet… 😉

No iPhone (e iPod touch), o disco interno é dividido em duas partições. A primeira é de 512MB (como a do Android), e é destinada somente para o sistema (estamos falando de aparelhos sem jailbreak). A segunda partição é formada pelo resto que sobra do disco, que pode ter 8GB, 16GB, 32GB ou 64GB, dependendo do modelo, e tudo isso pode ser usado para aplicativos. Uma diferença enorme entre os dois sistemas.

Capacidade do iPhone

Uma das aclamadas vantagens do iPhone é justamente a App Store e sua possibilidade de instalar vários aplicativos, multiplicando muito as funções do aparelho. É impressionante um celular que quer competir com ele falhar justamente neste ponto, limitando a instalação de programas extras.

A Google já está trabalhando em uma maneira de consertar o problema. A comunidade já encontrou uma maneira de hackear o sistema e contornar a falha.

via

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados