iOS

Tempo de Uso, Limites de Apps e Hora de Repouso: como funcionarão os novos controles parentais do iOS 12

No início do ano, a Apple prometeu que iria melhorar o controle parental do iPhone e iPad, para se adequarem ao estilo moderno de uso que as crianças (e até adultos) fazem de aplicativos e redes sociais. E já no iOS 12 a empresa está apresentando uma maneira dos pais controlarem muito melhor o uso que seus filhos fazem dos smartphones, sem precisar impedi-los de ter um acesso comedido à tecnologia.

Confira neste artigo um apanhado das novidades que o novo sistema traz.


A nova funcionalidade Tempo de Uso (Screen time em inglês) foi pensada para que pais e responsáveis por menores possam controlar o tempo que as crianças mexem no iPhone (ou iPad). Ele permite estabelecer períodos limitados de uso de aplicativos, e inclusive determinar horários em que eles deixarão de funcionar (como por exemplo, durante a noite ou período escolar). Tudo isso incorporado direto no sistema, sem a necessidade de instalar aplicativos para isso.

Relatório de Uso

A função cria relatórios semanais sobre o tempo de uso do aparelho. Você assim sabe quais apps e sites são usados e visitados com mais frequência, quantas notificações estão chegando e quantas vezes você pega e usa um aparelho com o iOS.

O Tempo de Uso não é nenhum aplicativo e nem está tão evidente assim que você liga o seu iPhone ou iPad. Ele deve ser configurado nos Ajustes do sistema, de acordo com suas preferências.

A função cria um relatório detalhado mostrando quanto tempo você gasta em cada aplicativo, dividindo-o em categorias como jogos, redes sociais, produtividade, etc. E você ainda acompanha o uso em todos os seus dispositivos conectados na mesma conta iCloud, inclusive os de familiares.

Além de saber quanto tempo é gasto em cada aplicativo ou site, você pode também limitar o uso em cada um deles. Por exemplo, se seu filho acessa o Facebook pelo navegador, você pode impor um limite diário de acesso. Passou aquele limite, acabou a cota do dia.

Pelo menos durante os testes da versão beta do iOS 12, este bloqueio de sites só foi possível pelo Safari. Ou seja, mesmo com o bloqueio nos Ajustes, se tentar acessar o site em outro navegador (o Chrome, por exemplo),  é possível abri-lo normalmente. Não sabemos se com o lançamento da versão final isto será alterado, mas uma alternativa é bloquear o uso de outros navegadores que não sejam o Safari.


Além do relatório de uso, a função é dividida em quatro seções.

→ Repouso

Nesta parte, você vai estabelecer um período em que o celular ou iPad não deverá ser usado. A única exceção será para telefonemas e aplicativos permitidos (que veremos logo adiante), o resto ficará sem poder ser aberto durante o horário de repouso. Claro que o responsável poderá desabilitar o limite a qualquer momento introduzindo a senha das restrições.

→ Limite de Apps

Aqui você determina limites de tempo que cada aplicativo ou site pode ser acessado durante o dia. Ao final do período, o app fica indisponível até o dia seguinte.

→ Sempre Permitido

Você pode estabelecer todos aqueles aplicativos que não sofrerão limitação de uso, mesmo fazendo parte de categorias limitadas. Por exemplo, o aplicativo Telefone, caso você queira que seu filho possa sempre se comunicar.

→ Conteúdo e Privacidade

Esta seção substitui as Restrições do sistema, que todos já conhecemos. É aqui que você define diversos parâmetros, como tipo de conteúdo e aplicativos nativos que podem ficar disponíveis (como App Store, por exemplo).


O Tempo de Uso é ótimo para que todo mundo entenda melhor e gerencie o uso do seu iPhone ou iPad, mas pode ser especialmente útil para crianças e famílias. Os pais podem acessar o Relatório de Atividade dos filhos direto dos seus dispositivos iOS para entender onde eles gastam o tempo e assim gerenciar limites para eles.

O iOS 12 é esperado para setembro.

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar