Eventos

Apple faz mini evento surpresa para lançar novos computadores com chip M2

Havia um tempo em que a Apple fazia eventos importantes para o lançamento de novos produtos. A imprensa era chamada para assistir em um palco o que a empresa tinha para revelar.

Com a pandemia de COVID-19, esse formato teve que ser alterado para não presencial. A solução encontrada foi fazer apresentações em vídeo pré-produzidas. E o formato deu tão certo que a Apple adotou isso para todos os seus eventos.

Nesta terça (17), em uma época bem atípica para lançamentos de novos produtos (desde a apresentação do primeiro iPad, em 2010), a empresa divulgou uma espécie de mini evento no novo formato de vídeo, para revelar novos Macs mini e MacBooks com potentes chips M2 e suas variações Pro e Ultra.

O evento tem pouco mais de 18 minutos e apresenta novas versões de seus macs portáteis.

O Mac mini, que finalmente ganha um processador Pro que o faz ter uma performance 14x maior (!!!) que a geração anterior, além de MacBooks Pro com versões para os novos processadores.

Ads

Se ajuste confortavelmente e assista ao evento:


O que significa este tipo de evento?

Qual a significância do evento de hoje? Bem, isso pode indicar algo que já desconfiávamos desde a primeira vez que a Apple tentou esse formato. Lembra?

A Apple adotou definitivamente a pré-produção de vídeos como forma de apresentar novos produtos. Com isso, ela consegue passar a sua mensagem do jeito que definir, sem margens a imprevistos fora do script.

E com isso, ela tem inclusive mais liberdade no seu calendário, sem precisar se ater a épocas específicas para seus lançamentos. Em qualquer época, inclusive em pleno janeiro, ela pode lançar suas novidades de acordo com seu planejamento de marketing.

O showman Steve Jobs

Na época de Steve Jobs era diferente porque ele sempre foi um verdadeiro showman no palco. Ele encontrava maneiras sedutoras e cativantes de mostrar um produto de maneira excepcional, e a simbiose com a plateia presencial fazia toda a mágica acontecer.

Essa semana completou-se 15 anos da apresentação do primeiro MacBook Air, em que Jobs surpreende a todos tirando o laptop de dentro de um envelope pardo, de tão fino que era. Foi uma das apresentações mais sensacionais já vistas, que não teria o mesmo impacto se fosse revelado em um vídeo pré-gravado, sem plateia.

Infelizmente a Apple não pode mais contar com o talento de Steve Jobs para isso. Então o novo formato parece ser a melhor opção que ela tem atualmente.

Últimas unidades! Suporte Apple Watch

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo