Notícias

Veja a tabela oficial de preços do iPhone 8 no Brasil

Conforme já imaginávamos, a Apple começou hoje a pré-venda do iPhone 8 no Brasil, com lançamento definitivo na próxima sexta, dia 3 de novembro. O calendário é o mesmo do iPhone X em outros países, que também tem sua pré-venda marcada para hoje.

Com isso, os preços oficiais foram divulgados. Confira:

iPhone 8 iPhone 8 Plus
64 GB R$‎ 3.599,10 R$‎ 4.139,10
256 GB R$‎ 4.319,10 R$‎ 4.859,10

Esses são os preços à vista, com algumas lojas dando um desconto um pouco maior para quem paga tudo de uma vez. Já quem prefere (ou não tem escolha) parcelar em 2 ou mais vezes, os preços oficiais são estes:

iPhone 8 iPhone 8 Plus
64 GB R$‎ 3.999,00 R$‎ 4.599,00
256 GB R$‎ 4.799,00 R$‎ 5.399,00

Como sempre, fazemos um comparativo do preço em dólar no dia do lançamento, para entendermos se os valores seguem uma tendência ou não. A seguir, nossa análise.

Preço nas alturas

Se formos comparar o valor em dólar do modelo básico do iPhone, ele voltou aos altos patamares de 3 anos atrás, ultrapassando a casa de US$1.200.

Abaixo, você vê a nossa tabela comparativa desde 2010, tomando como base a cotação do dólar comercial convertido no dia do lançamento. Não são consideradas taxas extras como IOF e valor maior do dólar paralelo. É apenas uma referência. (Se você estiver lendo este artigo no iPhone, coloque a tela na horizontal para visualizar toda a tabela)

Modelo e lançamento Preço em Reais Convertido em dólar (na época)
iPhone 4 (17/09/2010) R$1.799 US$1.045
iPhone 4s (16/12/2011) R$1.899 US$1.080
iPhone 5 (14/12/2012) R$2.399 US$1.153
iPhone 5s (22/11/2013) R$2.799 US$1.233
iPhone 6 (14/11/2014) R$3.199 US$1.229
iPhone 6s (13/11/2015) R$3.999 US$1.057
iPhone 7 (04/11/2016) R$3.499 US$1.076
iPhone 8 (03/11/2017) R$3.999 US$1.215

E isso que o dólar disparou nos últimos dois dias aqui no Brasil, porque senão este valor seria bem maior. Não sabemos as razões da empresa ter voltado a aumentar os preços, mas é possível que ela esteja prevendo um aumento cambial nos próximos meses.

É importante também destacar que o preço base nos EUA aumentou US$50 este ano. Mesmo assim, a diferença em dólar da conversão em Reais foi maior que isso do ano passado para este.

O iPhone sempre foi caro, mas desta vez está pesando ainda mais no bolso do brasileiro.

Disponibilidade

A pré-venda é apenas um ato formal. Diferente dos outros anos, não há escassez de estoques e deverá ser fácil encontrar o modelo que se deseja nas lojas. Há muitos usuários preferindo aguardar pelo iPhone X (sem data ainda para ser lançado por aqui) e outros que preferem esperar pela versão do ano que vem.

Eis o link de algumas lojas que já estão disponibilizando a pré-venda do iPhone 8:

Características

Se você quiser conhecer mais sobre o iPhone 8, nós fizemos alguns artigos sobre ele aqui no Blog:

E se você já for garantir o seu e estiver procurando acessórios para ele, nós já temos em nossa loja. 😉

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Marlon Iago

    No final das contas, os preços nem são tão astronômicos como da forma que cogitavam ser!!!

    • Você não está confundindo com o iPhone X?

      • Claudio

        iLex, o Watch chega dia 17/11 apareceu no site da Apple BR… Mas sem preço… tem ideia de qual será o valor?

    • De certa forma, eu também pensei como você, sabia…!? Mas acho que estamos olhando para o preço com desconto. Uma amiga comprou o iPhone 6S novo dela há pouco tempo por R$ 3.000,00 e eu vendi o meu iPhone 7 Plus 256GB usado por R$ 3.000,00 (desconto familiar).

      • Alexandre Soares

        Pagar R$ 3000,00 em usado tem que ser louco …

        • Rob Simões 

          Já conheci muitos loucos então pois vendi dois iPhones 6 Plus e três iPhones 6S Plus por esse preço com um ano de uso cada.

    • Estan Duarte

      Kara eu sempre olhei o valor a vista e confesso que gostei de nao ser tao absurdo. O iPhone 6S me fez quase falecer, dai a Apple lancou o iPhone 7 com valor mais decente. E como o amigo falou ali embaixo, 1.799 em 2010 eh o mesmo 3.999 hoje.

    • Eduardo Edu

      É ilusão, 8+ 64GB está mais caro que o 7+ 128GB lançado ano passado. Teu Real está comprando menos.

  • Edson Paulo Motta Lacerda

    – Para quem esta nadando em dinheiro ou quer fazer a maluquice de se endividar ok. Mas com esses preços extorsivos praticados aqui no Brasil não compro nem a pau juvenal.

    • Leonardo Negrisoli

      Arranjar um jeito de comprar fora é a melhor coisa.
      Continua caro, mas o tiro é de raspão ou pelo menos em um órgão não vital rs

      • Michel Peron

        Preços do iPhone 8 no Paraguai hoje:

        iPhone 8 – 64gb US$ 775,00 -> R$ 2.627,25
        iPhone 8 – 256gb US$ 935,00 -> R$ 3.169,65

        iPhone 8 Plus- 64gb US$ 885,00 -> R$ 3.000,15
        iPhone 8 Plus – 256gb US$ 1.095,00 -> R$ 3.712,05

        Conversão do dólar na loja: 3,39

        • José Carlos

          Na divisa com Foz do Iguaçu ou Ponta Porã esses preços?

          • Michel Peron

            Ciudad del Este na divisa com Foz do Iguaçu.

        • Leonardo Negrisoli

          Caros, mas melhor do que no Brasil.
          Eu geralmente compro nos EUA, o que da certo alívio.

  • Fazendo uma regra de 3 superficial, o iPhone X viria para o Brasil custando:

    – 64GB: R$5175 (à vista) ou R$5750 (à prazo). O valor “comercial” seria de 5799;
    – 256GB: R$5883 (à vista) ou R$6536 (à prazo). O valor “comercial” seria 6599 (considerando a diferença “fixa” de 800 reais entre as capacidades dos iPhones 8 e 8 Plus);

    A conta foi feita usando o valor do iPhone 8 Plus como base. Usando o valor do iPhone 8, a diferença fica em torno de 50 reais, o que mostra uma certa consistência.

    O que acha, iLex?

    • Eu acho que vem mais caro, infelizmente.

      • Testei a regra de 3 com a diferença entre os modelos “normal” e “plus”, e entre as capacidades também, pra ver se a lógica funcionava na precificação. E todos os testes funcionaram. O único motivo para vir mais caro seria a alta demanda e provável escassez do produto. Vamos aguardar os próximos capítulos! 😛

        • Eu sempre acreditei que o preço mais alto do X seria também para minimizar a procura de um aparelho difícil de fabricar. Se o 8, que está sobrando, veio por esse preço, imagine o X que deve ser lançado por aqui só de boca, sem quase nenhum estoque…

          • Seria legal se o blog fizesse os cálculos considerando todos os impostos, como já fez anteriormente, para saber por quantos dólares o iPhone está vindo para o Brasil (antes dos acréscimos das taxas e impostos).

      • Evertonhxc

        Apple está usando a calculador dela mesma, com bug que soma 1+2+3=26

        • Ri alto aqui! 🤣🤣🤣

      • Alex iPilot

        Também acho! A regra de formação de preço aqui para esse tipo de produto é: o valor mais alto onde ainda for possível encontrar comprador… 6599 e 7999

        • Cara, eu insisto em sempre discordar desse argumento. É comum ouvir as pessoas reclamando (com razão) dos preços praticados aqui. Acontece usar essa “regra” é uma burrice do ponto de vista do marketing. Não tem motivo ALGUM para a Apple querer lucrar mais num país como o Brasil. Se ela pode vender mais lucrando a mesma coisa que lucra nos EUA, porque não o faria???

          Os nossos impostos são os grandes vilões, não adianta. Aproximadamente 46% do valor do iPhone é imposto. Faça o cálculo: pegue o valor do iPhone 8 à vista, tire 46% e converta pra dólar. Você vai ver que eles lucram MENOS aqui do que nos EUA, e não o contrário como normalmente leio.

          • Alex iPilot

            Concordo com o absurdo dos impostos mas observe dois pontos: eu disse “para esse tipo de produto”, me referindo ao que eu penso ser classificado como ‘DE ALTO LUXO” aqui no Brasil… Eu colocaria por exemplo os MacBooks e o Ipad Pro além dos Watch e do novo X”, para não citar o que também acontece com os automóveis…

            Outra coisa, se retirar 46% cai para o preço de vitrine nos EUA… E o imposto brasileiro para fabricantes é sobre o preço de CUSTO… Quem calcula e paga sobre o preço de vitrine é o consumidor que compra em loja e traz como bagagem acompanhada.

            • Sim, mas em cima do preço de custo com os devidos impostos tem que ser adicionado o lucro. Se esse lucro for colocado em reais, a empresa ainda tem que pagar mais impostos para levar esse dinheiro para fora do país. Acaba sendo elas por elas, não?

            • Alex iPilot

              E agora lembrei da fábrica em SP! E aí? Ainda fazem alguma coisa por lá? Não havia redução de impostos???

            • Há. Mas ainda há o custo Brasil, mão de obra muito mais cara que a chinesa, custos de logística e infraestrutura também mais cara que a chinesa e os mesmos impostos incidindo sobre as peças importadas (já que a Foxconn só faz a montagem aqui). Em junho foi anunciado que a fábrica brasileira fechará as portas, já demitiu centenas de funcionários, justamente por não ser tão vantajoso produzir os aparelhos aqui.

    • Marcelo

      Não entendi essa sua conta de valor “comercial”..
      O valor com final 99 é sempre o a prazo (que serial o oficial), o a vista é esse a prazo com 10% de desconto.. Se seguir essa sua logica o a prazo que ficaria 5799 (isso se não arredondarem pra 5999) e ai o a vista seria 5219,1 (5399,10)

      • Exatamente, Marcelo! Falha minha, calculei o comercial em cima do valor à vista, o que de fato não faz sentido. Corriji o comentário. Valeu! 😉

  • Leonardo Negrisoli

    Gastar R$1.799 em 2010 era tão pesado no bolso quanto R$3.999 hoje…
    Triste realidade de preços do Brasil

    • Exatamente! Boa colocação, a inflação no Brasil é surreal.

      • Leonardo Negrisoli

        Além da inflação tem toda a questão econômica e cambial que impactam diretamente nesses preços aí…
        Queria hj poder gastar “””””””””Só””””””””” 1.799

  • Triste ver que o 4 mil reais de hoje é o 2500 que paguei no lançamento do 5s. Nossa moeda desvalorizou, não foi o preço dos iPhones que aumentou.

    • Eric Stephani

      É verdade, 4 mil reais é muita coisa mesmo… Um cálculo interessante é corrigir esses R$ 1.799 de 2010 por alguns índices (09/2017):
      – IGPM: R$ 2.699,59 (50,06%)
      – IPCA: R$ 2.809,73 (56,18%)
      – INPC: R$ 2.814,13 (56,43%)
      Não sou economista, mas pelos valores obtidos dá pra ver que o peso da inflação na composição do preço.

    • Márcio Angeli

      Valores corrigidos pela inflação (IPCA) desde as datas de lançamento:
      iPhone 4: R$ 2.803
      iPhone 4S: R$ 2.719
      iPhone 5: R$ 3.252
      iPhone 5S: R$ 3.605
      iPhone 6: R$ 3.871
      iPhone 6S: R$ 4.394
      iPhone 7: R$ 3.578
      iPhone 8: R$ 3.999

  • Gustavo Andrade

    iLex, você lembrou de considerar que o iPhone nos EUA aumentou 50 dólares no preço? A comparação não pode deixar de levar isto em consideração, pois não aumentou só aqui, lá também. Isto pode se dever a algum fator que encareceu a produção, aumentando o valor aqui de lançamento por um outro motivo.

    • BS

      Ia comentar exatamente isso!!!!

    • Vitor Sá

      Lembrei disso também! Ele realmente não poderia chegar pelo mesmo valor que o anterior.

    • Realmente, informação importante, Gustavo. Incluí no texto.

  • Victor Wagner

    O valor que considero (pra sofrer menos) é a diferença que vou ter que inteirar. Vou vender meu 7 plus de 256GB que comprei bem (3200,00) e inteirar pra pegar o X no Paraguai. Assim dói menos no bolso e o psicológico fica menos abalado.

    • André Pelegrini

      Comprar smartphone nem deveria ser sofrimento no Brasil. Já começa errado daí

  • Juliano

    O problema da comparação é que as versões de um ano pra outro não se repetem. Por exemplo, o Iphone 8 n te dá a opção de versão com 32gb. Daí é difícil fazer uma rigorosa comparação de preços.

    • Mas nem teria como comparar assim. O preço da memória flash altera de ano em ano, 16GB em 2010 não tinha o mesmo valor de custo que em 2017.

      O cálculo é pura e simplesmente para sabermos o quanto estamos pagando hoje com as opções que se tem, nada mais.

      • Juliano

        Não sei o valor da memória muda tanto assim não.
        Até porque a Apple costuma reduzir o preço do aparelho atual e lança o novo com os preços do antigo nos lançamentos nos EUA.

  • luiz felipe

    Como sempre falo, é melhor comprar uma passagem pros eua, pegar um hostel para 2 noites, comprar o aparelho e fazer um tour por lá.
    Outra coisa que a Apple faz é desmerecer os modelos antigos quando lançam um novo, me sinto como se usasse um Huawei. Tá faltando Steve lá.

  • Dhuanny Almeida

    Saudades daquele iPhone 4 a R$1700

  • Rodrigo Itatani

    Mãe do céu hahahahahah

  • Thiago

    um iPhone 8 importado sai realmente mais barato? estou pensando em pegar um iPhone 7, mas será que vale mais a pena investir logo no 8?

    • Douglas Knewitz

      No 8 não, vc vai pagar mais caro, por nada! Pega o X, que dai vc vê a aconomia e a diferença dele pro 7.

      • Thiago

        eu realmente queria muito um X, mas por esse preço… não sei se compensa, mas vamos ver né, quem sabe! Valeu pela dica. 😉

  • Douglas Knewitz

    Deviam trocar o real por dólar, não tem benéfico nenhum pra nós continuar com real! Ano passado, paguei mais de 900, só em imposto no 7+, imagina no X ( 2000, em imposto),no 8 vai bater a casa do 1100/1200, só em imposto! O que torna o iPhone caro Brasil são os altos impostos + o dólar alto + instabilidade econômica + sem-vergonhice. Onde já se viu um governo levar metade da sua compra em impostos, é inadmissível! Mas infelizmente só vai piorar a cada ano, vai chegarão dia em que iPhone vai custar 10 mil o modelo de entrada! Isso não deveria ser normal!

  • Renato Mendes

    U$ 700 x importação x cotação dólar = esses valores aí, não entendo tanta reclamação com os fabricantes… tem que reclamar com quem adm a merda desse país.

  • Jay Silva

    Que deus tenha piedade de pagar esse valor absurdo em um iPhone.
    Antes ao menos dava para justificar o valor alto quando o iOS realmente era muito superior ao Android. Hoje em dia sequer podemos usar essa desculpa.
    Simplesmente não consigo entender a compra de um iPhone 8 sendo que um S8 custa menos e realmente tem muita coisa nova e legal. E de brinde não vem com o péssimo iOS 11.

  • Jonatas

    Ainda bem que comprei o meu i8 nos EUA 😉 senão: esquece…

  • Jeff

    Vou ficar com o meu 📲7 mesmo.

  • Duane

    Estou muito feliz com meu 5S+Jailbreak
    Pagar R$4000 em um celular é ridículo.

  • Lucão Arruda

    piada esses preços, aqui no brasil voce sempre paga 2 iPhones: um pra você outro pro politico, assim como tudo, por isso estamos tao ferrados

  • Letícia Tibério

    Meu 6S de 64GB estava 4.300 quando peguei em 2016. Hoje o 8 de 64GB está 4.000… Vale a pena a troca? E, economicamente falando, o valor do 8 é justo quando comparado ao valor do 6S de 2016?

    • Da uma pesquisada de preço no forum do Mac Magazine. Eu já comprei com o vendedor William e na tabela atual o 8 de 64GB ta de 3.299 + frete c/seguro

  • Jose Paulo

    A apple vendia o 4S a 2599 , esse preço era de operadora.