Opinião

Algo que a Apple precisa melhorar: carregamento rápido da bateria do iPhone

Alguns modelos de smartphones com Android gostam de se vangloriar de uma coisa que o iPhone ainda não tem: o carregamento rápido da bateria. E isso realmente faz diferença no dia a dia do usuário, principalmente quando você acorda de manhã e se dá conta de que esqueceu de colocar o telefone para carregar e precisa sair em meia-hora para não se atrasar no trabalho.

Este tipo de tecnologia já existe há algum tempo, mas a Apple está demorando para adotá-la no iPhone. Por que?

Qualcomm Quick Charge™

Alguns dispositivos com Android usam como processador o Snapdragon da Qualcomm, empresa que desenvolveu uma maneira de carregar rapidamente a bateria. Chamada de Quick Charge, a tecnologia só é compatível com processadores licenciados pela marca.

Nem todos os dispositivos com Snapdragon são compatíveis com o Quick Charge, apenas os modelos mais caros, justamente pelo fato da Qualcomm cobrar alto (e antecipadamente) seus royalties.

A questão é que, desde o iPhone 4, a Apple resolveu desenvolver seus próprios processadores (A4, A5, etc), sem licenciar a tecnologia da Qualcomm. E com as recentes brigas que as duas empresas estão tendo nos tribunais, isso parece cada vez mais distante.

Enquanto para as outras fabricantes é fácil adotar a solução já pronta, para a Apple a coisa fica mais complicada, pois ela mesma precisa criar uma solução própria para isso, compatível com seus processadores.

Carga rápida

Na verdade, o iPhone há tempos já possui uma maneira de recarregar de forma mais rápida que a maioria dos dispositivos com Android. Isso porque ele aceita corrente de 2,1A, enquanto os Androids sem Quick Charge só aceitam 1A.

Isso pode ser constatado ao conectar o iPhone com o carregador do iPad. Ele recarrega bem mais rápido do que com aquele que vem na caixa original do aparelho, justamente porque fornece mais corrente. Mesma coisa caso você use a saída USB do Mac. Isso não danifica o iPhone porque ele tem um processador interno que regula a quantidade de energia absorvida pelo dispositivo. Então 2,1A será o máximo que ele irá aceitar, mesmo que tiver mais corrente disponível.

Isso mudou um pouco com o lançamento do iPad Pro, que traz conexão Lightning USB 3.0 para transferência rápida de dados. Em testes feitos com um carregador USB-C de 29W da Apple, o iPad levou a metade do tempo para uma carga completa do que normalmente leva com seu carregador original. Até o momento em que este artigo está sendo publicado, o iPad Pro é o único dispositivo que possui esta conexão rápida Lightning USB 3.0. Se o novo iPhone tiver ela também, pode mudar o jeito que o recarregamos.

O carregador de 29W não vem na caixa do iPad e é muito provável que não venha também junto com o iPhone. Isto significa que teríamos que comprar o acessório separadamente.

Carregamento por indução

boatos de que o novo iPhone também seja compatível com recarregamento por indução, bastando apoiá-lo sobre o carregador (similar ao que acontece hoje com o Apple Watch).

Este tipo de carregamento é algo bacana, mas não passa disso. Você ainda continua tendo a necessidade de levar a base para onde for. Você não pode usar o aparelho enquanto carrega, pois ele precisa ficar apoiado na base, sem falar que o carregamento por indução é sempre mais lento que os feitos com um cabo. Claro que é interessante pensar que ele pode ficar carregando sobre a mesa enquanto não está sendo usado, e em situações específicas pode fazer a diferença, como por exemplo, na mesa de trabalho enquanto você está fazendo outras coisas. Também é bastante prático, pois não precisa ficar conectando e desconectando fios.

Muitos smartphones já possuem isso, mas não é algo revolucionário como aquela tecnologia realmente sem fio a qual comentamos aqui no início do ano, que carrega o aparelho por proximidade (sem encostar em nada). Se for mesmo verdade que a Apple estaria trabalhando nisso, daqui um ou dois anos poderemos ter reais novidades neste sentido.


O novo iPhone (aguardado para as próximas semanas) deve trazer boas novas em termos de recarregamento de bateria que, se não são revolucionárias, pelo menos prometem facilitar a vida dos usuários da maçã. Claro que sempre há aquela pequena esperança de que Tim Cook tenha alguma carta escondida na manga e nos surpreenda com algo realmente novo. Mas o melhor é sempre segurar as expectativas, para que elas não cresçam demais.

Tags
Mostrar mais

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos Relacionados

  • @danyllorosa

    Essa questão de carregamento sem fio é algo bastante complicado de apontar. Tem que vir algo para revolucionar. Mesmo assim acredito que esse lançamento de 2017 ainda serão cabo Lightroom

  • Hugo Pires

    Isso faria toda a diferença. A bateria do iPhone demora horas pra carregar o que o Galaxy S8 demora O1 hora. E ainda tem o Quick-Charge sem fio (vendido separadamente). Seria legal se a Apple parasse de correr atrás da concorrência em tantos quesitos e assumisse de vez a posição #1 em todos eles. Parece má vontade por parte da maça.

  • Marcelo Fellippini

    Minha opinião é que a Apple perdeu o “timing” da inovação, e vem a muito tempo só copiando alguns bons recursos. Se tudo que vem sendo falado desse novo modelo de iPhone for verdade, só vai colocar novamente na briga pela inovação, porque mesmo não inovando a tempos, sempre tem vendido muito, a qualidade é incomparável em relação aos outros aparelhos.

    • Guilherme Bezerra

      perdeu o timming no lançamento do iphone 7, quando lançou um aparelho requentado com outras cores.

  • Cristiano Silva

    Viu só??? Antes todos copiavam a Apple, hoje a Apple copia os outros.

  • Ué, com a tal famigerada bateria em L do iPhone 8, vai dar pra fazer.

    Assim como no Beats X (que tem duas baterias) o tal do iPhone famoso poderia ter uma na horizontal que com 10 minutos de carga desse 3 horas de uso e a outra lenta comum…

  •  lover

    Realmente é bem chato ficar 3 horas esperando um iPhone carregar! Mas acho que ela já descobriu algo pra acelerar, prq no AirPod,10 minutos já são suficientes pra dar uma boa carga.  investe muito em pesquisas que levam anos pra chegar em um produto final, isso quando chega.
    Eu tenho minhas dúvidas sobre esse iPhone novo, duvido que venha munido de muitos recursos, acho que esse ano ela apresenta uma forma de carregar o iPhone mais rápido, ano que vem carregamento por indução… tudo junto eu duvido.

  • Thiago Ciopék

    O carregamento rápido é algo muito útil e que pelo menos o iPhone 7 deveria ter na minha opinião já que ele foi lançado meses depois de muitas empresas disponibilizarem esse recurso em seus dispositivos, mas é o que foi dito em comentários anteriores, a Apple realmente perdeu o ´timing´da inovação, é capaz do iPhone 8 vir sem o carregamento rápido mas vir com o carregamento sem fio (claro que eles vão primeiramente querer lucrar com seus acessórios e Docks para carregamento que vão custar o olho da cara aqui no Brasil) para aí sim quem sabe no próximo ou na versão S lançar o carregamento rápido, só quem tem a versão Plus (até mesmo modelos anteriores) sabe da demora que é para carregar o aparelho de 0 a 100% até mesmo em Modo Avião, o jeito é esperar para ver, são muitas especulações para esse próximo modelo.

  • Wrecked Machines

    quick charge da qualccom é uma das unicas coisas que sinto falta do android, meu moto z carregava bem rapido 20 minutos dava uma boa carga, já com meu 6s eu fico sempre com receio entao não deixo ele com menos de 40% se rolar alguma coisa urgente e eu fiar longe da tomada preciso estar com um bom numero de porcentagem na minha bateria, agora falando neste carregador do IPAD, alguém sabe onde posso comprar um ? um original ou similar de boa qualidade.

  • Gabriel

    Beleza, pode não ser a coisa mais conveniente, mas iria deixar universal o assunto “carregador em lugar publico”.
    A Apple cria moda, e ela adotando o Qi, como a Samsung ja fez nos mais modernos, teriamos carregamento sem fio nas mesas de restaurantes, em mesas de reunião, casas de amigo que não tem o cel igual ao seu.
    Eu acho um barato e iria ficar muito feliz se ela adotasse o Qi.

    • O meu medo é ela adotar um padrão proprietário.
      O Apple Watch tinha tudo para ser padrão QI, mas não é. Não tem como carregar o relógio em uma base de outro dispositivo. 🙁

      • Gabriel

        Sim, e se não me engano, o padrão do carregamento do Watch é igual ao do Qi, mas com uma coisinha ínfima diferente que o faz ficar “exclusivo”.
        Era de se esperar né, ainda vale sonhar que se tornarão realidade os rumores fracos que ela irá adotar USB-C.

      • Guilherme Bezerra

        Mas até ai os androids wear e o gear s3 também tem carregamento próprio certo? ou são universais?

  • Fabio Ricardo Bulgaron

    Uma dúvida: o iPhone SE também suporta o carregamento mais rápido com tomada 2.1A?

    • Sim, todos os iPhones desde o modelo 4.

  • D’alessandro Mangueira

    Quando eu quero carregar rápido o iPhone pulso ele no carregador do iPad que é de 2.1A. Não tem mistério. Qualquer bateria extra tem uma saída de 2.1A, gente! Acho que é uma preocupação boba pq quem tem um iPhone pode até não ter uma super carga rápida _ coisa que eu não concordo… – mas as outras vantagens fazem as pequenas desvantagens inócuas. Quer carregar rápido? Desligue ou deixe seu iPhone no Modo Avião. Ou use uma carregador de 2.1A ou de iPad.

  • Juliano

    O tempo de inicialização do Iphone tb poderia melhorar, assim como o tempo de atualização de IOS.

  • Luis Cesar

    A tecnologia QC tem suas vantagens, mas…da mesma forma em que a carga vem, vai na mesma velocidade, além do smartphone esquentar demais. Ela é interessante para aquela “carguinha” rápida antes de sair de casa. Como um carregador padrão, não curti. Quando eu tinha um Moto X Force eu fiz testes e constatei isso. Diversas pessoas em grupos de tecnologia também relataram o mesmo.

    Do jeito que a Apple é conservadora na questão da segurança dos usuários, Eu acho mais plausível ela adotar tecnologia semelhante ao Dash Charge da OnePlus. Nela se mantém a tensão e aumenta consideravelmente a corrente (4A). Essa forma garante uma carga rápida, porém mais duradoura, já que a tensão se mantém em 5V.

    Os carregadores oficiais entregam até 2.1A. Mas com cabos e carregadores certificados de marcas como Anker e Aukey, dá pra conseguir 2.4A. Já fiz o teste em meu iPhone 6s com os acessórios da Aukey e sim, tem uma diferença considerável no tempo de recarga. Ganha-se aproximadamente 15 min em relação ao de 2.1A, já que essas marcas possuem tecnologias nos carregadores que evitam oscilação, entregando sempre a carga máxima.

  • Marcel Franca

    Quando carrega o iPhone na bateria externa é super rápido. Desconfio até se é de verdade, mas por não ser de uma marca qualquer fico mais tranquilo.

    Quanto ao carregamento por indução sempre considerei uma tecnologia “Oooh bacana” mas nada demais já que a única diferença é que não tem um cabo plugado nos fundilhos do celular. Pensando agora na apple talvez ela retirar a entrada do fone tenha muito a ver com isso pois liberaria a porta lighting para usar exclusivamente pra fones com melhor qualidade.

    Gostaria de aproveitar pra tentar tirar uma duvida que um amigo me perguntou: existe algum outro jeito de não receber notificação durante uma ligação sem ter que ativar o modo silencioso antes de atender? Nunca parei pra pensar nisso até pq nunca me incomodou mas depois que ele me perguntou fiquei a observar isso kkkkk

  • kyloren

    kkkkkkk apple sempre atrasada..
    qm sabe no iphone 20 vcs tenham isso

  • Paulo Fernando

    Não concordo com o carregamento mais rápido no USB do Mac… pelo menos o meu iphone7 demora bem mais no imac do que no carregador normal.

  • Anderson Camões

    Na minha opinião a Apple deveria ter, no mínimo, uma das seguintes coisas:
    Bateria que durasse o dia inteiro sem preocupação.
    Carregamento rápido.

    A primeira seria o ideal. A segunda pra mim é um paliativo porque me obrigaria a sair de casa com um carregador.

    Power bank pra mim nem pensar. O aparelho é fino para eu ficar com um troço pendurado.

    • Bateria do SE nunca me deixou na mão.

      • Thiago Andrade

        O melhor projeto, sem dúvidas.

      • Anderson Camões

        Nunca tive um Se. A partir do 6+ que esse problema de bateria persiste e ninguém da jeito.
        É só vc ver quantos usuários de iPhone andam com powerbank ou capa com bateria.
        Até aquele médico famoso do programa Botched usa uma capa com bateria no iPhone dele.

        • Guilherme Bezerra

          Eu andava com um powerbank o dia todo quando tinha meu iphone 6s, quando troquei para o S8 eu tive uma folga de bateria absurdamente maior da quase um dia inteiro com uso moderado.

          Eu comprei duas bases Q.I e deixo na minha mesa ai adeus powerbank de vez sempre chego em casa com 65% 60% e é suficiente para aguentar uso até meia noite quando eu vou dormir.

          detalhe. eu uso a economia de energia, mas deixo bluetooth e gps sempre ligados.

  • Eu

    Eu acho que antes da Apple pensar em recarregar os seus telefones ela tinha que pensar em melhorar a qualidade dos fios dos carregadores e do fone de ouvido, que são de péssima qualidade, não conheço nenhum que não tenha problemas com esses cabos depois de 2 a 3 anos de uso!!! Até os carregadores de telefones vagabundos dão infinitamente menos problema do que os da Apple!

    • Fabio Ricardo Bulgaron

      Então vc vai conhecer um agora :p Tive um 4S por 4 anos e o cabo pifou com pouco mais de 3. Agora tenho um SE há mais de 2 anos e o cabo está normal. Meus fones nunca deram problema, mas admito que não sou um heavy user.

      Penso que nisso influi dois fatores: perfil de uso e sorte (ou azar) mesmo de pegar algum acessório propenso a dar problema.

      • Guilherme OS

        O meu fone tem 3 anos e está de boa, mas meu cabo… Pqp todo remendado por descascar. E conheço muitos donos de iPhone que o cabo do carregador começou a se desmanchar. Parece que a borracha que eles usam no cabo, depois de um tempo começa a “apodrecer” e daí já era, começa a descascar com um dobra mínima. A antes que digam que eu não tenho cuidado com as coisas, você se surpreenderia se visse meu iPhone 5s que desde 2014 até hoje está intacto sem praticamente nenhum risco na carcaça de alumínio (e olha que usei capinha durante pouco tempo).

    • Fabio Kuwahara

      Os meus cabos lightning já estão quase todos remendados, os 30 pinos, mesmo com mais uso, continuam intactos, sujos, mas intactos.

  • Lu Lu

    O iPhone demora um tempo terrível para carregar no carregador original. Se você estiver precisando do telefone com urgência,vai ficar na mão. Realmente é frustrante. Um dia cheguei em casa e fiquei sem carga,pois deixei o 4G ligado. Surgiu um convite para uma festa em 1h. Coloquei logo o iPhone na tomada e fui me arrumar. Quando fui tirá-lo 1 hora depois,ele tinha apenas 56% de carga.

    • Guilherme Bezerra

      é frustrante mesmo, nessas horas que o quick charge salva sua vida em 15 min

  • Marco Aurélio Chilá

    Não sofro com a bateria do 7 Plus não. Aguenta o dia todo e quando não dá conta tenho um carregador portátil que carrega até 2x a bateria do iPhone. No carro um carregador veicular e em casa o carregador do iPad que apesar de custar caro vale a pena. Aliás, cabos e carregadores alternativos são a maior burrice que a gente faz quando compra. Sei que às vezes não temos dinheiro mas a qualidade é tão inferior que se percebe no tato que o produto não é de qualidade.

    • Anderson Camões

      Aguenta o dia todo porque você carrega no carro. Como eu. Se um dia eu esquecer de carregar no carro já era. Acaba a bateria enquanto eu estiver na academia ainda.

      • Marco Aurélio Chilá

        Mesmo quando não carrego no carro aguenta sim. Só com o portátil já resolve qualquer problema. Mas não deixo de concordar que eu até aceitaría o iPhone 7 com a espessura traseira toda igual se esse espaço fosse ocupado pela bateria.

        • Anderson Camões

          Aí sim ficaria top!

  • Sempre achei o iPhone mais rápido na hora de carregar comparado ao Android que não possui carregamento rápido. Porém, se a Apple adotar essa tecnologia com certeza fará uma grande diferença na vida dos usuários.

  • Nandico

    Corrigindo: Algo que *os smartphones* precisam melhorar: a *duração da bateria*.

  • Ramon Erik

    Peguei meu primeiro iphone esse ano, estou com um Iphone 7, e sinto falta principalmente do carregamento rápido. Antes de mudar pro IOS eu estava com um LG G5SE, a tela dele é QHD e conseguia as mesmas horas de autonomia de bateria que consigo hoje no Iphone 7 que a tela é somente HD. Ou seja, a apple deixa muito a desejar em relação a bateria, infelizmente. Outra coisa que eles poderiam melhorar era pelo menos colocar uma tela FULL HD na versão normal do Iphone.

    ps. ainda tenho o carregador rápido que tinha do meu antigo celular, será que conectando o cabo lightning do Iphone nele conseguirei carrega-lo um pouco mais rápido?

    • Anderson Camões

      Sim, mas não na mesma velocidade. Ele carregará até 2,1A

  • Ricardo Pagano

    Sei que no computador, claro, isso para quem deixa carregando no computador, existe um programa chamado Asus Ai Charger que de fato carrega a bateria mais rapidamente do iPhone, serve em todos os computadores com windows

  • Hades666

    Samsung S8 com seu carregador por indução super rápido é excelente. Tenho comprovado isso no dia a dia, praticidade de não ficar conectando cabos no celular já vale a coisa.

  • Hades666

    Tenho os dois é confirmo o S8 funciona que é uma blz. Saido de iPhones e seus problemas de carregamento, baterias, fios, iTunes, etc…e pegando um S8 é só alegria.

    • Guilherme Bezerra

      O s8 é muito bem acertado mesmo, eu troquei meu 6s + apple watch por S8 + gear s3 e é só alegria.

  • Só um alerta…
    Eu carrego o iPhone com carregador de iPad as vezes quando preciso dar uma carga rapida.
    Mas não faço isso uma rotina, pois ele reduz a metade da vida útil da bateria
    no meio iPhone anterior a bateria viciou muito rápido justamente por deixar carregando a noite com esse carregador.

  • Caio Iamondi

    Ta aí um dos fatores que também me fez trocar o iPhone 6s pelo Galaxy S8 que atualmente estou usando. Logicamente que, a rotina de cada um que mostra se a necessidade é alta ou não desse recurso. No caso da MINHA rotina fez total diferença e é muito bom experienciar uma carga sendo completa de 5% a 100% em menos de 1 hora e meia na tomada. Fora utilizar ele por mais horas do dia sem ter que volta-lo na tomada (obviamente celular novo influencia muito).
    Eu realmente espero que esse recurso venha para as próximas gerações do iPhone porque vai com certeza me trazer de volta para Apple pois já tenho algumas saudades hahahahaha.

  • Leonardo Uroz

    Eu já tive 02 Iphones e migrei para Samsung. O motivo da troca? Bateria e seu rápido carregamento. Tanto S7 edge quanto o S8+ te fornece quase a totalidade de carga em 1 hora ou menos. Aquele café da manhã, escovar os dentes e em 20 minutos e você já tem mais meia bateria no mínimo carregada. Esse sistema fast charger ainda é valido para carregadores de indução e veicular. ou seja, acordou, tomou café e foi dirigindo, bateria 100% carregada pelo seu sistema de rápido carregamento. É uma mão na roda e uma comodidade que foi altamente decisiva para minha migração de marca. Era terrível eu viver com cabos a longas horas buscando uma carga para meus Iphones. Mas ainda, eem tempo, destaco que ambas marcas possuem excepcionais aparelhos! Hoje feliz com minha linha S, mas sempre atento as novidades da Maça que sempre admiro também.

  • André Abreu

    Tenho um carregador 2A 5V original da Samsung , será que ele vai carregar mais rapidamente o iphone 6s que acabei de comprar? O carregador original tem apenas 1 A né? O que vcs acham?

    • Sim, pode usar sem problemas.
      Depois nos conte seus testes! 😉

  • Minha dúvida é: Tenho um carregador de um antigo aparelho com saída 2.1A. Eu posso usar esse carregador para acelerar o carregamento do meu i7? É seguro?

    • Sim, é seguro, desde que este carregador seja de confiança (com certificação de alguma agência reguladora, como Anatel, FCC ou EU).