Opinião

[Opinião] Uma lista de desejos para o iOS 9

Está chegando a hora! Falta menos de 1 semana para o keynote de abertura da WWDC, que trará tudo (ou quase tudo) que a Apple vem planejando para a próxima versão do iOS e do OS X.

Se você é leitor da Revista iThing e leu a edição 19 publicada em janeiro, deve se lembrar do texto de opinião em que eu comentei que seria interessante se a Apple parasse de trazer anualmente um caminhão de novidades incríveis implementadas pela metade, e ao invés disso se concentrasse em lançar grandes atualizações do iOS focadas exclusivamente em melhorias do que já existe no sistema.

Qualquer tentativa de adivinhar ou prever o que será apresentado na segunda-feira não passaria de chute. Há, claro, rumores de todos os tipos, e por vezes contraditórios. Alguns sites internacionais conseguem postar no mesmo dia um rumor de que o iOS 9 não terá nenhuma novidade, e horas depois postam outro rumor que diz que o iOS no iPad será redesenhado, permitindo que mais de um aplicativo rode ao mesmo tempo na tela. Tem rumor para todos os gostos.

Porém, desde janeiro eu venho anotando ideias e observações a respeito do que poderia melhorar no iOS. Sempre que algo me incomodou ou que eu pensei em uma sugestão de melhoria para alguma função já existente no iOS, esse pensamento foi para a lista. E agora, chegou a hora de compartilhar esta wishlist com vocês. Confira agora meus desejos para o iOS 9, e não deixe de comentar o que você também gostaria de ver no keynote de segunda-feira. 😉

Siri

A Siri foi uma das maiores revoluções desde o próprio iPhone. Porém, ela está parada no tempo. Enquanto a Cortana e o Google Now só chegaram ao mercado como resposta à assistente da Apple, hoje eles estão bem mais evoluídos do que a Siri. Mas para melhorar não precisa de muito.

Wishlist iOS 9: Siri

Primeiro, falta uma maneira de ativar e interagir com a Siri exclusivamente por texto. Por vezes estamos em um ambiente silencioso, e por algum motivo precisamos usar a Siri. Hoje ou você deixa de usar a assistente, ou você decide usá-la e se torna o chato falando com o celular num ambiente que antes estava silencioso, seja no trabalho ou deitado na cama. Se fosse possível ativar a Siri e interagir com ela por meio de texto, este problema estaria resolvido.

Segundo, também já passou da hora da função ‘E aí, Siri’ funcionar o tempo todo, sem a necessidade do aparelho estar conectado à energia. O único motivo que consigo pensar para esta limitação, é que a função ‘E aí, Siri’ gastaria muita bateria se ficasse ativa o tempo todo. Porém, se outras plataformas conseguem fazer isso, não dá pra imaginar que a Apple não consiga.

E por último, a Apple precisa desenvolver uma forma de fazer a Siri obedecer somente aos comandos da voz do dono do aparelho. Hoje qualquer pessoa que diga ‘E aí, Siri’ pode ativar a função sem mesmo estar segurando o iPhone, o que é um problema não só de usabilidade, mas também de segurança. São frequentes casos de podcasts que citam o nome da função, ativando centenas de iPhones de ouvintes ao redor do mundo. Isso não deveria acontecer.

Mensagens / iMessage

Quem usa muito o iMessage sabe como ele anda meio abandonado. Existem muitos problemas pequenos que acabam tornando o uso frequente do aplicativo de Mensagens uma experiência um pouco frustrante.

Wishlist iOS 9: Mensagens

O principal problema diz respeito a conversas em grupo. Quem tem o iMessage ativado no Mac, iPad, e no iPhone usando tanto o próprio número de telefone quanto a Apple ID, certamente já passou por isso: você recebe uma mensagem de uma das pessoas do grupo, responde, e ao invés da sua resposta ir para a conversa já aberta, o iMessage abre uma nova conversa, com todos os integrantes do grupo. Isso é profundamente irritante, e precisa ser resolvido.

Outro problema bem frustrante para quem usa o iMessage em todos os seus aparelhos é o que chamo de “Função Retrospectiva”. O que acontece é o seguinte: você liga seu Mac ou iPad pela primeira vez depois de dias sem usar o aparelho. Em seguida, começa a receber uma chuva de notificações, com todas as mensagens que você recebeu desde que usou o aparelho pela última vez. E isso não acontece em segundo plano, como seria o normal. As notificações chegam e são anunciadas, exatamente como se fossem notificações novas. Você passa minutos revendo todas as mensagens que recebeu durante dias. Nada legal.

Agora, sugestões de melhorias: primeiro, seria ótimo se fosse possível selecionar somente parte de uma mensagem recebida. Quem usa autenticação em dois passos e está acostumado a receber códigos de verificação por SMS sabe como seria bem mais fácil poder copiar o código e colar no campo de verificação, do que ter de memorizar o número e precisar digitá-lo no campo aberto. Mesma coisa com endereços. Se você recebe uma mensagem com um endereço junto de um texto enorme, seria legal poder copiar somente o endereço para colar no campo de digitação do GPS.

Falando em identificar partes específicas de um texto, seria utilíssimo poder cadastrar palavras-chave que não quero ver no meu iMessage. Quem costuma receber SPAM de baladas, festas, ofertas de apartamentos ou tv a cabo no celular sabe do potencial que esta ideia tem. A Apple vem se esforçando para ajudar a impedir SPAM na plataforma de mensagens, mas esta função faz falta.

Por último, seria ótimo poder marcar uma mensagem como favorita, para poder encontrar mais facilmente depois. Se você já passou um tempão procurando por uma mensagem específica dita há 6 meses por algum amigo, sabe do que estou falando. A ferramenta de busca do iMessage é totalmente quebrada, e marcar mensagens como favoritas seria uma boa alternativa.

Widgets da Central de Notificações

Novidade no iOS 8, os Widgets da Central de Notificações ainda estão bem aquém do seu potencial. Aplicativos como o Launcher, por exemplo, poderiam ser bem mais úteis se pudessem acessar todos os ajustes do sistema. No entanto, o acesso que a Apple dá ao sistema ainda é superficial, limitando um pouco a usabilidade dos widgets.

Se os desenvolvedores já conseguiram criar ferramentas utilíssimas mesmo com todas estas limitações do sistema, mal posso esperar para ver o que eles conseguirão criar se a Apple relaxar um pouco mais em relação ao controle que Widgets podem ter no sistema.

Complicações na Tela de Bloqueio

(aquelas informações extras além das horas que aparecem na tela do relógio)

Depois da chegada do Apple Watch, aprendi que as complicações são uma maneira bem útil para descobrir pequenas informações de uma maneira rápida.

Wishlist iOS 9: Complicações

Adicionar pequenas informações como a temperatura atual ou então o gráfico de atividades físicas do relógio diretamente na tela bloqueada do telefone seria ótimo, e espero que a Apple resolva pegar emprestada esta função tão útil do Apple Watch para implementá-la no iOS.

Teclado

Quando a Apple mudou o visual do iOS com a introdução do iOS 7, ela fez uma decisão muito específica que me dá dor-de-cabeça até hoje: ela mudou o desenho do botão Shift do teclado, adotando um visual que confunde muita gente. Antes era bem fácil saber se o botão Shift estava ativado, mas hoje é quase impossível bater o olho no botão e saber se ele está ativado ou não. Quem aqui nunca precisou digitar, deletar, tocar no botão, digitar, perceber que o botão havia se desativado sozinho, deletar de novo, digitar, etc… até conseguir fazer algo tão simples quanto digitar uma palavra com (ou sem) letra maiúscula?

Wishlist iOS 9: Shift

A tecla Shift já virou piada, e existe até mesmo um site que tira sarro da situação: é o Is My Shift Key On or Not. Aparentemente, ele foi criado para servir como um guia rápido para você saber qual é o Shift ligado, e qual é o Shift desligado. Mas se você atualizar a página algumas vezes, perceberá que as palavras “On” e “Off” mudam de lugar. É exatamente assim que eu me sinto. Nunca sei quando o Shift está ativado ou não, e quando eu acho que entendi, o iOS me prova o contrário.

Wishlist iOS 9: Shift ativado

O que a Apple poderia fazer é exibir o teclado inteiro com letras minúsculas quando o shift está desativado, e com todas as letras maiúsculas se o Shift ou Caps estiverem ativados. Isso já acontece quando você toca e segura teclas como por exemplo a letra A, trazendo o menu de caracteres especiais. Dependendo do estado do seu Shift, as letras irão aparecer minúsculas ou maiúsculas. Por que não adotar isso para o sistema inteiro?

Saúde

Muita gente sequer sabe que o aplicativo de Saúde existe, ou para que ele serve. A impressão que dá é que a Apple fez o aplicativo para o iOS 8, e nunca mais pensou a respeito dele. Se compararmos este aplicativo com as funções de saúde do Apple Watch, que te incentivam a ficar ativo e saudável, propondo desafios e exibindo o seu desempenho, certamente este aplicativo seria mais útil.

É justo mencionar que a proposta da Apple é que você use o aplicativo conectado a outros sensores de saúde, e que o app seja somente uma central que agrupe e catalogue todas as informações coletadas por estes sensores. Mas a realidade é que uma parcela ínfima dos usuários faz isso, e para a maioria das pessoas o aplicativo nunca é acessado.

Armazenamento do iCloud

Ah, o iCloud… Quem chega hoje ao mundo da Apple e do iOS não sabe, mas antes do iCloud a Apple apresentou um serviço chamado MobileMe, que se propunha a fazer mais ou menos a mesma coisa que o iCloud faz hoje: ele centralizaria as suas informações, e todos os seus aparelhos iriam funcionar de forma integrada. Chegou email no Mac? Ele aparece no iPad e no iPhone. Comprou uma música no iPhone? Ela aparece nos seus outros aparelhos.

O problema foi que o serviço funcionou tão mal, que o próprio Steve Jobs veio a público reconhecer que a Apple havia feito bobagem. Foi algo muito pior do que o problema do lançamento do Apple Maps. E o iCloud chegou para substituir o MobileMe, numa época em que serviços como o Dropbox ainda não eram muito utilizados pela maioria dos usuários. Confira no vídeo abaixo o momento em que Steve Jobs tira sarro do MobileMe na introdução do iCloud:

Quando o iCloud apareceu foi ótimo, porém hoje o mercado já está muito diferente. O espaço oferecido pelo plano gratuito do iCloud é minúsculo, e os preços dos planos pagos são muito maiores do que os da concorrência. Hoje é possível ter dezenas de GB de armazenamento gratuito em serviços como o Box, Google Drive ou Dropbox, e muita gente armazena suas fotos e arquivos nestes lugares ao invés de recorrerem ao iCloud. Isso sem dizer que o Flickr dá 1 TERABYTE de espaço gratuito para que todos possam armazenar as suas fotos.

Enquanto isso, no mundo do iCloud, você só tem direito a 5GB, e precisa pagar preços bem acima da média do mercado para ter mais espaço livre. Faz sentido a pessoa comprar um iPhone ou iPad de 128GB de capacidade, e só ter direito de usar 5GB no iCloud? Como ela irá fazer backups do aparelho? O que a Apple poderia fazer aqui é aumentar um pouco o armazenamento gratuito do iCloud, ou então fornecer um armazenamento gratuito proporcional à capacidade somada dos seus aparelhos. Quem tem um iPhone de 64GB e um iPad de 128GB deveria ter mais espaço gratuito do que quem tem um iPhone de 8GB, por exemplo.

Fotos

A Apple vem investindo bastante nos apps de fotos do iOS e OS X, e fora o problema de armazenamento que eu citei há pouco, estou relativamente satisfeito com as fotos no meu iOS. A única coisa que eu gostaria de poder fazer é separar os screenshots que eu tiro nos meus aparelhos do resto das fotos. Se todos os screenshots do iPhone, iPad e Apple Watch fossem armazenados numa pasta chamada Screenshots, ao invés de irem parar junto de todas as fotos que eu tiro no dia-a-dia, seria perfeito. Quem sabe isso não aparece?

Spotlight

Spotlight no Mac

Quem usa o Spotlight do Mac sabe como ele é útil para fazer cálculos e conversões. Se você abrir o Spotlight do Mac e digitar 7*8, verá na lateral a resposta 56. Se digitar 1 USD, verá o valor do dólar em diversas moedas. Se digitar 32 milhas, verá esta unidade convertida em diversas outras. Mesma coisa com unidades de temperatura, pesos, etc. Isso é bem útil no dia-a-dia, e faz uma falta danada no iOS. Um Spotlight no iOS tão poderoso quanto o Spotlight do OS X seria perfeito. Hoje nós brasileiros sequer podemos contar com a busca nativa do Bing, que é algo que já deixou de ser novidade há muito tempo para usuários do iOS nos Estados Unidos.

Central de Controle

A Central de Controle é uma mão na roda no dia-a-dia. Ligar ou desligar o WiFi, colocar o aparelho em Modo Avião, ou ajustar o brilho, sempre rapidamente, ajuda muito no dia-a-dia. Mas a exemplo da Siri e do app de Mensagens, a Central de Controle parou no tempo. Ela poderia ser ainda mais útil, me dando por exemplo a possibilidade de acessar a área de Ajustes > WiFi diretamente a partir da Central, ou então me levando diretamente para a área de Bluetooth para eu poder parear um aparelho novo de uma forma mais eficiente.

Outra coisa que faz muita falta é eu poder adicionar, remover, ou substituir funções. Eu nunca usei o Não Perturbe, e gostaria de substituir por 3G/4G, por exemplo. Bem que a Apple poderia passar a oferecer este recurso. Tenho certeza que não sou o único que gostaria de poder usá-lo.

Perfis

Este pedido é velho, mas continua sendo uma ótima ideia. Muita gente compartilha seu aparelho com outras pessoas. Seja um casal que usa o mesmo iPad, seja um pai ou uma mãe que empresta o iPhone para o filho pequeno brincar, sempre vemos situações assim. Seria ótimo se a Apple implementasse usuários diferentes no iOS, assim como acontece no OS X.

Se a mãe, por exemplo, está utilizando o usuário dela, ela tem acesso aos contatos dela, recebe as mensagens e emails dela, e vê os apps dela. Já se o filho usar o aparelho, utilizando um login só dele, ele poderia ter acesso somente aos aplicativos que a mãe escolheu, e todas as mensagens e emails que chegassem para ela iriam ficar em espera até que ela fizesse o login novamente.

Para famílias que compartilham um iPad, seria melhor ainda. Assim as músicas do filho adolescente não apareceriam junto das músicas do vovô, os aplicativos da filha não iriam encher toda a tela do iPad no momento em que a mãe fosse usar, etc. Este recurso é bastante aguardado por milhares de usuários, e bem que este poderia ser o ano da sua chegada.

NotificaçõesWishlist iOS 9: Notificação

Com a chegada do iPhone 6 e do 6 Plus, a Apple implementou a função Alcançabilidade, que traz o conteúdo para baixo quando se toca duas vezes no botão Início. Porém esta função não ajuda quando recebemos notificações. Mesmo ativando a alcançabilidade, a notificação continua grudada no alto da tela, muitas vezes impossibilitando o usuário de ativá-la se estiver com uma das mãos ocupadas.

Seria interessante se a Apple testasse a opção de ativar as notificações no rodapé do aparelho ao invés do topo, para os usuários que preferissem. Desta forma, mesmo utilizando um iPhone 6 Plus com uma mão só, seria fácil para o usuário ativar ou dispensar uma notificação da mesma forma que usuários de iPhones menores sempre fizeram. Eu devo confessar que já derrubei meu iPhone 6 Plus no chão ao tentar alcançar uma notificação usando a mão que estava segurando o aparelho. E certamente não fui o único estabanado que fiz isso até hoje.

Já uma coisa que a Apple está devendo é a permissão para que desenvolvedores independentes usem as notificações com ações de forma plena. Eu adoraria poder responder uma mensagem do Telegram ou Google Hangouts diretamente a partir da notificação. Porém, por enquanto isso ainda não é possível. Está na hora da Apple deixar os outros devs brincarem com esta API. 🙂

Apps nativos

Quem aqui usa todos os aplicativos nativos no iPhone? Eu certamente não uso, e a maioria deles foi parar dentro de uma pasta que eu nomeei usando o logo da Apple. Isso nunca me incomodou, mas existe muita gente que adoraria poder se livrar de aplicativos nativos para liberar espaço na tela, e até mesmo de armazenamento no aparelho.

A possibilidade de deletar apps nativos é algo que acho difícil da Apple passar a permitir, porém se nos ajustes do sistema houvesse a possibilidade de esconder estes aplicativos, já ajudaria bastante a aliviar o stress de quem se incomoda só de ver o aplicativo de Bolsa de Valores, ou então o de ajustes do Apple Watch.

Ícones inteligentes

Este é um desejo antigo: seria ótimo se, por exemplo, o ícone do aplicativo Tempo mostrasse a temperatura e condição climática atual, ao invés da imagem padrão. Ou então que o aplicativo de Atividade mostrasse o status atual dos círculos de atividade do Apple Watch, ao invés dos círculos sempre completos. A Apple já deu sinais de que algo assim é possível, pois o aplicativo do relógio exibe os ponteiros do horário atual, inclusive o dos segundos. Se ela resolvesse adotar esta função para alguns outros apps, nos pouparia alguns segundos por dia sempre que quiséssemos checar uma informação simples rapidamente.

Ufa! É isso aí. Mesmo se o iOS 9 não trouxer funções novas, isso não significa que ele não possa vir cheio de novidades. E você? O que acha destas sugestões? Tem ideias de outras funções e melhoras que você gostaria de ver no iOS 9? Comente aqui embaixo. Vamos conversar. 😉

Tags
Mostrar mais

Marcus Mendes

Publicitário formado pela ESPM-SP. Além do seu trabalho como motion designer, contribui com o Blog desde 2012 e é também um dos editores da Revista iThing. Não sabe dizer o que faz no tempo livre por não saber o que isso significa.

Artigos Relacionados