Curiosidades

Apple Music: perguntas e respostas

Muita gente ainda está se perguntando, “mas o que é esse tal de Apple Music que todo mundo está falando?“. Por isso, segue abaixo algumas perguntas feitas pelos nossos leitores e as respostas, baseadas em nossas descobertas e informações fornecidas pela própria Apple.

O que é o Apple Music?

É um novo serviço de streaming de música, lançado no mundo todo pela Apple. Ele permitirá que você escute a música que quiser, mesmo nunca a tendo comprado ou baixado. Funcionará no iPhone, no iPad, no iPod touch (todos eles precisam estar com o iOS 8.4 instalado), no Mac, no Windows e, futuramente, em dispositivos Android e na Apple TV.

O que é streaming?

É a transmissão direta da música entre o servidor e o seu dispositivo, através da internet. O arquivo não precisa estar no seu aparelho para ser escutado, o que permite você ter à disposição milhões de músicas sem ocupar espaço. Porém, a Apple dará a opção de baixar as músicas que você desejar para que sejam escutadas off-line, sem precisar de internet.

Quanto custa o Apple Music?

O serviço funcionará no modelo de assinatura mensal. Você paga todo o mês para ter acesso a ele; o dia que resolver não pagar mais, basta cancelar a assinatura e aí você não terá mais acesso às músicas, apenas aquelas que você já possuía antes.

Na maior parte do mundo, o preço mensal será de US$9,99. Em alguns países, este preço será menor, para se adequar ao mercado local. Felizmente o Brasil é um deles e o valor cai pela metade: US$4,99, que é similar ao que outros serviços cobram por aqui.

Há também o plano familiar, por US$7,99. Ele permite que até 6 contas diferentes possam utilizar o Apple Music, sem misturar playlists, favoritos e preferências do usuário. Mas para quem pensa em comprar este pacote para compartilhar com os amigos, um alerta: ele usa o Compartilhamento Familiar do iOS, que além de dar acesso a todas os aplicativos comprados, também permite comprar novos aplicativos no seu cartão de crédito, sem precisar de autorização (que só é pedida para contas de menores de 13 anos).

Três meses de teste

Você poderá aproveitar o serviço completo, sem pagar nada, durante os primeiros três meses de uso. Depois disso, a assinatura é cancelada e você perde o acesso às músicas.

O período de testes tem propagandas entre as músicas?

Não.

Depois dos três meses grátis, eu preciso anular manualmente a assinatura? (atualizado)

Sim. Segundo as telas do novo serviço, no momento que você optar por se inscrever no período grátis, estará realizando a confirmação da assinatura. Para não pagar, você precisa cancelar até 24h antes do período vencer.

Eu não possuo cartão de crédito vinculado à minha conta da App Store. Posso aproveitar os meses gratuitos?

Não. No momento de se inscrever no Apple Music, você já precisa confirmar o seu cartão de crédito. Se você não tiver um, não poderá aproveitar nem o período grátis.

Como acessar o Apple Music?

Você não precisará instalar nenhum aplicativo extra para escutar as músicas do serviço. No iPhone, iPod touch e iPad, todas elas estarão disponíveis no app nativo Música, que foi todo reformulado para integrar as suas músicas com as da Apple. Porém, é obrigatório que o sistema do aparelho seja atualizado para o iOS 8.4, senão, não será possível se conectar ao serviço. Se quiser ouvir as músicas no Apple Watch, basta transferi-las do iPhone.

No Mac e no Windows, o acesso se dá pelo programa iTunes. No Android, a Apple pretende lançar um aplicativo separado especial até o final do ano. Também será possível acessar as músicas pela Apple TV, em um futuro próximo (novo sistema, será?).

Se eu não tiver assinatura, o que poderei usar?

Sem uma assinatura paga, é possível escutar a rádio Beats 1 normalmente, além de conseguir acompanhar seus artistas favoritos pelo Connect.

O que é a Beats 1?

É uma rádio transmitida pela internet, 24h por dia, com programação criada por uma equipe especializada. Terá a apresentação de três DJs diferentes, separados por cidades: Nova York, Londres e Los Angeles. Será toda em inglês.

O que é o Connect?

É uma nova rede social criada pela Apple, com o objetivo de conectar os artistas com seus fãs. Nela, eles poderão postar informações exclusivas, como letras de músicas, fotos de bastidores e o que mais quiserem. É uma espécie de MySpace readaptado à linguagem atual. A diferença é que só poderá postar conteúdo no Connect os artistas reais, autorizados pela Apple. Pessoas “comuns” não poderão criar perfis, reduzindo a zero a chance de aparecerem contas fakes.

Eu tenho o iTunes Match, o que acontece?

Vida normal. Um serviço não interferirá no outro. Mas como o Apple Music também coloca na nuvem todas as músicas que você possui na biblioteca, parece não ter muito sentido seguir pagando os dois serviços se você optar pelo Apple Music.

Eu já pago pelo Spotify. Devo mudar para o Apple Music?

Isso quem tem que decidir é você. Aproveite os três meses grátis do Apple Music para conhecer o serviço e, depois do teste, você terá condições de avaliar qual é o melhor para você.

Como eu transfiro minhas playlists do Spotify para o Apple Music?

Provavelmente você terá que fazer isso manualmente. Até existe uma ferramenta online que faz isso automaticamente, mas ela recebeu tantas visitas que está fora do ar e não funciona no momento. Mesmo assim, era preciso ter uma conta no Beats Music, o que não é possível fazer fora dos Estados Unidos.

O AC/DC vai estar disponível no Apple Music?

Vai. 🙂

Estou testando o beta do iOS 9. Poderei ter acesso ao Apple Music?

Eddy Cue afirmou que será lançado um novo beta do iOS 9 que trará compatibilidade ao serviço, mas não precisou QUANDO isso acontecerá. Pode ser hoje, ou não. Na semana passada, a Apple já liberou um beta.

Poderei transferir as músicas off-line baixadas do Apple Music para o iPod nano?

Não. As músicas podem ser baixadas para escutar off-line (sem internet), mas ficam exclusivamente no aplicativo que você a baixou. No computador, se baixou pelo iTunes, ela não poderá ser retirada de lá e nem transferida. Quando você não tiver mais uma assinatura do serviço, não poderá mais escutá-la, pois ela não será sua.

banner_iThing

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados