Notícias

Diversos modelos do Apple Watch se esgotam em poucos minutos da pré-venda

Começou nesta madrugada (4h no horário de Brasília, 8h no de Lisboa) a pré-venda do tão esperado Apple Watch. Mas acordar cedo (ou dormir tarde, para quem mora nos EUA) não foi garantia de conseguir comprar o relógio. Nos primeiros 3 minutos, vários modelos já tinham se esgotado, principalmente da coleção Sport.

Foi questão de minutos: quem perdeu tempo preenchendo endereço e número de cartão de crédito, viu seu pedido pular para 4-6 semanas. E isso para quem tentou comprar pelo aplicativo da Apple Store, que entrou no ar mais ou menos no horário. Quem esperou para comprar no site (que só ficou disponível 12 minutos depois do previsto), já ficou sem nenhum modelo da coleção Sport.

Compras pelo site americano da Apple não permitem a entrega em endereços fora dos Estados Unidos. Mas muitos brasileiros planejam suas viagens bem na época do lançamento e compram antes pelo site para entregar no hotel. Geralmente há a opção de pegar na loja, mas ela estava desativada desta vez, o que pegou muitos de surpresa.

Para piorar, quem conseguiu garantir o seu a tempo, está sem saber quando o relógio chegará. A Apple não entregará todos os produtos no dia do lançamento, avisando que ele pode chegar entre o dia 24 de abril e 8 de maio. Para quem fica pouco tempo lá, pode voltar para casa sem o relógio.

Pouco menos de uma hora depois do início da pré-venda, já tinha relógio com disponibilidade somente para junho. Ou seja, deverá demorar bastante para o lançamento em outros países (como Brasil e Portugal) acontecer.

watch-prevenda1

Rumores cogitavam a pouca disponibilidade do Watch no dia de lançamento, mas a Apple parece ter realmente exagerado nesta dose. Em um lançamento tão importante, de um produto chave para ela (afinal, ela está entrando oficialmente em um novo mercado), é um pouco inadmissível disponibilizar tão poucas unidades assim, em relação à gigante procura que era esperado. Muita gente sem dúvida ficou frustrada por não ter conseguido comprar o modelo que queria. Por mais que a procura tenha sido grande, ela parecia ter tido tempo suficiente para preparar um bom estoque para o lançamento; afinal, ela apresentou em setembro e tinha prometido o lançamento para o começo do ano. Já estamos na metade do semestre e, mesmo assim, há “poucos” produtos disponíveis.

Seja como for, quem estava esperando um fracasso de vendas para o novo Watch, errou. Não sabemos ainda se os estoques acabaram porque foi uma procura gigante ou porque a Apple fabricou pouco por não esperar tantas vendas assim no lançamento (ou ainda, o velho marketing de restringir os estoques para gerar procura), mas seja qual a razão, a procura é sim enorme e ele deve bater todos os recordes de vendas da curta história dos smartwatches já no primeiro final de semana. Ele deve mostrar até aos mais céticos que veio para ficar e tomar sua posição no mercado.

Minutos antes do início da pré-venda, a cantora Katy Perry postou em seu Instagram o seu exemplar de ouro, que recebeu da Apple.

watch-ketyperry

Ah, e para quem estava se perguntando se a Apple conseguiria vender os modelos Edition… O mais caro, de US$17.000, já tinha vendido tudo e a previsão de entrega era para agosto, no momento de publicação deste artigo.

watch-prevenda3

Claro, isso provavelmente se deve ao fato da pouca disponibilidade deste modelo para venda online; nas lojas especiais ele deverá continuar disponível. #fikadika 😉

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados