Notícias

Aumento de preços em aplicativos na Europa causa problemas para assinantes de revistas digitais

auto_renew_sub_off-1

Algumas revistas europeias estão descobrindo só agora o que nós já tínhamos descoberto em dezembro, com a Revista iThing. Com o recente aumento dos preços dos aplicativos na Europa, todos os usuários de lá que tinham uma assinatura de alguma revista digital, tiveram a opção de renovação automática desligada. Isto significa que os assinantes europeus deixaram de existir depois do dia 1º de janeiro.

Este é um comportamento padrão da Apple. Quando o preço de uma assinatura aumenta, todas as assinaturas são automaticamente canceladas e duram só até o fim delas. A renovação automática, que por padrão é ativada, é desligada para evitar que o cliente pague a mais sem saber. Ao mesmo tempo que isto é uma notícia relativamente boa para o usuário (que não corre o risco de pagar a mais, sem saber, pela assinatura), é também algo péssimo para os editores que trabalham na App Store. Em nenhum lugar a Apple deixa esta “regra” clara, nem no momento de modificar o preço, tanto é que nós fomos pegos de surpresa em dezembro ao ver todos os nossos assinantes desaparecerem de um dia para o outro. Agora, os editores europeus estão passando pelo mesmo baque.

É um duro golpe para quem trabalha com assinaturas. As pessoas muitas vezes são distraídas e não se dão conta que a assinatura encerrou-se, e a reconquista deles pode ser longa e demorada. Em nosso caso, só conseguimos recuperar cerca de 40% dos nossos antigos assinantes, o que nos está trazendo grandes prejuízos para continuar publicando a revista. E mesmo já tendo avisado do ocorrido, recebemos todas as semanas ex-assinantes perguntando por que a última edição está sendo cobrada. E como é a Apple quem controla as assinaturas (não temos acesso aos nomes e emails dos assinantes), nem podemos enviar uma comunicação direta a eles.

Agora, diversas publicações no mundo irão sofrer também com isso, com a potencial perda de assinantes na Europa. Inclusive se você é um assinante da Revista iThing e usa uma conta europeia da App Store, também terá que reativar a renovação automática se quiser continuar recebendo as novas edições.

O problema aqui, na nossa opinião, é a total falta de aviso por parte da Apple a respeito deste tipo de atitude. E no caso atual é ainda pior, pois foi a própria Apple quem aumentou os preços, provocando o cancelamento de todas as assinaturas no velho continente. Isso causa insegurança a desenvolvedores, pois é difícil criar um modelo de negócio em que não sabemos o que pode acontecer amanhã. Esta insegurança e aparente falta de organização pode ser mais um tiro no pé que a Apple está se dando, sem perceber.

Mais uma falha da Apple.

via MacRumors

Tags
Mostrar mais

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos Relacionados

  • Alexandra

    Realmente, deve ser uma mão e tanto conseguir o retorno todos os assinantes! 🙁

  • João Lucas

    Vejo a Apple mais “desmazelada” de um tempo pra cá. Talvez não seja a expressão certa, mas é a minha opinião. Eu acho que de uns 3 anos para cá, muita coisa parece ter mudado. Eu me tornei um usuário Apple na época do iPhone 4 e do lançamento do iOS 5, foi quando conheci esse blog.
    Não lembro nessa época de haver tantas falhas da Apple. O iOS era mais bem polido e a marca registrada da Apple era se importar com os mínimos detalhes. Sinto falta daqueles tempos.
    Claro que a qualidade dos produtos e dos softwares da maçã continua única, mas é só parar pra pensar quantos erros a Apple anda cometendo recentemente.
    Atualizações que travam o celular, lançamento apressado de sistema, ou até mesmo uma falta de aviso que pode prejudicar

    • Saulo Benigno

      Mas você sabe que isso não foi uma falha do iOS né?

      Assim como o Album do U2 ou falta de aviso… tem nada a ver com iOS 5 6 7 8 …

      • Henrique

        Nossa velho, onde vc leu isso? O João apontou itens que ele considera queda de qualidade, não que um seja causa de outro.

  • CHC

    Realmente, é no mínimo uma falta de respeito agir desta
    forma, entendo a situação do blog, perder 60% dos clientes da noite para o dia é
    muito complicado. Talvez agora acontecendo na Europa, as editoras se mobilizem
    e passem a exigir uma explicação/solução para o referido problema.

    • Saulo Benigno

      Exigir de quem? Explicação da Apple? Mas ela já explicou.

      • Edley Santana 

        Você leu o texto na parte onde está escrito: “Em nenhum lugar a Apple deixa esta “regra” clara, nem no momento de modificar o preço”. Ou seja, a Apple não explicou, logo tem a obrigação de explicar.

        • Saulo Benigno

          Claro que explicou, veja a foto, tem uma marcação em vermelho, explicando que o preço mudou e por isso o ‘automático’ foi desligado.

          Essa é a explicação dela. Judicialmente, foi explicado. Ela não tem obrigação nenhuma de falar mais nada que isso.

          Se você não está satisfeito com a explicação é outro problema. Mas seria um pouco complicado para Apple gerenciar todo tipo de motivo em que uma “revista” muda o preço de sua assinatura. Judicialmente isso abriria porta param muitos problemas. E no momento o único problema aqui é você não ter gostado da explicação e achar que ela tem “obrigação”. Ou seja, para Apple, problema nenhum.

          • Maxwel

            A “revista” não mudou o preço da assinatura, e sim a própria Apple, logo sendo ela a causadora do problemas, o mínimo (eu disse mínimo?) seria avisar os assinantes, e não deixar de lado. Fica dica.

            • Saulo Benigno

              Mas ela avisou.

  • Francis

    Preocupante isso para a equipe que produz a revista. Acho que agora só resta apelar para a galera dos distraídos providenciar a renovação, a fim de que o prejuízo do BDI não aumente. Mais uma falha braba da Apple. Eu sou iThing.!!!

  • Gustavo

    Acho que a maioria dos leitores das revistas que tem a renovação automatica desligada e não recontratam é porque não tem mais interesse (pois se tivessem interesse iam sentir falta no mês seguinte). Isso incomoda as editoras em que a renda dependem do descontrole dos usuários (as pessoas que só não cancelam por preguiça por exemplo) quando ao invés de reclamar deveriam investir em melhorar a qualidade para atrair os clientes de volta.

    • É, mas a história não é exatamente assim.
      É claro que se havia pessoas que assinavam “na inércia” sem nem mesmo ler mais a revista, é ótimo que estas não sejam mais assinantes, pois o ideal é que todos só assinem porque realmente querem.
      Mas tem leitores (e alguns já contaram isso para nós) que não ficam ligados quando sai ou não uma nova edição. Eles gostam de, quando tem tempo, parar e baixar todas as que não leram, para ler uma atrás da outra. Com a interrupção da assinatura, eles não terão mais direito às edições que forem lançadas e aí, quando se derem conta, terão que pagar mais caro pela edição individual.

      • Robinho Simões 

        Eu faço isso, só leio quando dá tempo, ainda mais porque assino várias revistas, não só a iThing, e mesmo com o aviso aqui acabei esquecendo de renovar na data certa e só quando fui baixar a última que não estava disponível é que renovei.

        Depois dessa tenho certeza que vocês não vão fazer um desconto desse nunca mais.

      • testehc

        É complicado isso. De certa forma a Apple não está errada. Mas poderia existir algum sistema que facilitasse a informação do aumento e da necessidade de renovar a assinatura caso queira continuar.

        De fato, muitas empresas são beneficiadas por assinaturas em que o leitor nem se quer sabe o quanto paga nem lê o conteúdo, e isso não é só para mídias digitais, ocorre também nas mídias física como jornais e revistas.

        Talvez ainda, valha a pena de verificar as assinaturas periódicas, ou seja, mensal, trimestral, semestral e anual. Assim o preço da assinatura seria fixa para esse período independente dos aumentos que seriam reajustados em um novo contrato.

        É um tema muito delicado, mas eu ainda concordo que no final o elo a ser beneficiado tem que ser o leitor. Na verdade acho que é um tema bem delicado, pois envolve dinheiro para os dois lados.

  • iRon

    Especulações a parte, se é ou não um leitor conectado ou distraído, a empresa tem um balanço no final do mês.
    Isso que a Apple fez, é lesar as empresas. Ninguém conta com isso.
    Queria ver um trabalhador perder 60% do seu salário do dia pra noite e ainda ter que ouvir comentario que tem que melhorar a qualidade!
    Falta muito as pessoas se colocarem no lugar do outro.
    Esse mundo que se diz cristão, muçulmano, evangélico, religioso me incomoda e por isso, Je suis Charlie!!!

    • Danilo Araujo

      A Apple não lesou ninguém,ela protegeu na verdade.
      Porque muita gente só se daria conta do aumento quando conferisse a fatura do cartão,isto é,as pessoas que conferem….
      Ela parou e garantiu que todo mundo que tinha acordado um preço pagasse por ele até o final da vigência,agora,se a pessoa não procurou a revista novamente pra ser assinada com o novo valor o problema é da Apple?

    • Saulo Benigno

      Dificil comparar isso com a lei trabalhista, mas… veja o problema.

      Imagina do dia para noite a assinatura sair de 99 centavos para 5 dólares e ninguém ser avisado disso.

      Do dia para noite a Revista X passou de 99 centavos para 5 dólares e todo mundo automaticamente aceitou isso, sem falar nada. Ela, judicialmente, não pode fazer isso.

      Entendeu? Tu já viu a quantidade de processo que a Apple iria levar se fosse assim?

      O problema aqui é que ela não avisa que mudou, ela simplesmente cancela a assinatura e espera o usuário ir lá ver que foi cancela, ela não avisa que foi cancelado, precisa de um movimento do usuário para saber isso.

      Ela não lesou ninguém.

  • Elcin

    Falta de uma mensagem:
    _______________________
    | O valor de sua assinatura |
    | foi alterado, |
    | deseja manter assinatura? |
    | |
    | | Cancelar | Ver | |

    Se tocar em ver joga pra tela de manter assinatura e pede senha appstore

    simples assim!

    • Francis

      Perfeito! Foi isso que aconteceu comigo e com os demais assinantes que resolveram permanecer. Simples mesmo.!!

  • Danilo Araujo

    Já faz mais de um mês que a Apple fez isso,se os assinantes de fato sentissem falta das assinaturas ja teriam notado,afinal,se você assina algo é pra ler.
    Se cortarem seu salario ou sua luz..quanto tempo você demoraria para perceber?Imediatamente porque você fica em cima disso,os assinantes que não voltaram são aqueles que assinaram por osmose.

  • Antonio Frederico

    Quando lançaram o iPhone 6 com aquela câmera “saltada” para fora do aparelho, ali eu vi que alguma coisa na Apple mudou. Steve Jobs JAMAIS permitiria isso. Do resto, não me surpreendo com mais nada.

    • Foi EXATAMENTE o que eu pensei também, Antonio.

    • Saulo Benigno

      Como assim jamais? Porque ele não permitiria?

      Qual o problema da câmera ser saltada?

      • Antonio Frederico

        Jobs jamais permitiria fazer um iPhone com a camera saltada desse jeito, ficou horrivel isso, eu não estou julgando os beneficios que porventura essa artimanha deve ter trazido, como aliar uma camera boa a um corpo magro, porém tenho convicção de que Steve Jobs faria o pessoa se virar ou ele mesmo com a capacidade que tinha iria trazer alguma outra forma de fazer isso. Posso estar enganado, pois não podemos julgar uma coisa que não aconteceu, mas conhecendo Steve Jobs (pelo menos pelo trabalho e modo de pensar dele) ele não iria para esse lado. Logo, com ele na Apple, o iPhone seria um pouco diferente.

        • testehc

          Na vdd eu acho que essa conversa de “Se Steve Jobs estivesse vivo…” já deu. Sabemos que ele foi um gênio e revolucionador para a tecnologia, mas também não é só por causa disso que nunca erraria em um produto, tanto é que errou em várias coisas antes de acertar.

          Desculpa as palavras se estiver sendo rude, mas Steve Jobs morreu e acabou. Ficar pensando que se ele estivesse vivo ele faria melhor, é muito achismo e muito “se”. Ou seja, ninguém nunca vai saber, pensa na possibilidade de que ele poderia ter feito melhor, como também poderia ter feito pior.

          • Dorinhavasc

            “Moço” …. Tu deves ser novo por aqui heim?!?
            Essa história se Tio Jobs estivesse vivo já existe aqui antes mesmo de sua morte 😉
            E isso não vai mudar…

            Outra Jobs era um perfeccionista de 1ª linha! 🙂

        • Saulo Benigno

          Como assim horrível? Qual o problema da camera saltada?

          Porque ele não faria assim? Qual o problema ele encontraria nisso?

          Eu ainda não entendi. Eu não acho horrível. O problema é você achar horrível?

        • Marcus Paulo

          Antônio, o iPod touch também tem a câmera saltada.

      • Andrieux Querido

        Concordo, já que ter um Iphone 6 – 6 Plus sem Capinha seria loucura, pois é super escorregadio. e a Capinha tampa a Lente Câmera saltada.

  • Andrieux Querido

    Ótimo artigo.

  • O meu diz que não tenho assinatura e não me da opção para assinar. Até mandei e-mail pra vcs com Prints de tela.

    • Assim realmente fica difícil voltar a assinar… 😛
      Email respondido.