Notícias

Steve Jobs tinha razão: Adobe abandona o Flash para dispositivos móveis

A falta do suporte à tecnologia Flash no sistema do iPhone sempre foi um ponto de discórdia desde o lançamento do aparelho original em 2007. Afinal, como a Apple poderia ignorar algo já tradicional na web, presente em milhares de banners e sites do mundo inteiro?

Pois a Adobe acaba de se render ao anunciar que está abandonando o desenvolvimento da tecnologia em dispositivos móveis, passando a dedicar-se ao HTML5.

O motivo do iOS (sistema que roda no iPhone, iPad e iPod touch) não ser compatível com Flash desde o primeiro dia de existência ficou muito claro desde a carta aberta que Steve Jobs publicou em abril de 2010, explicando que a Adobe ainda não tinha conseguido fazer com que a tecnologia rodasse bem em dispositivos móveis. Segundo ele, ela deixava o aparelho lento e consumia bateria exageradamente. E ainda afirmou que tudo era culpa da preguiça da Adobe.


Em vez de melhorar o Flash Mobile, a Adobe preferiu culpar a Apple

Na época da carta, a Adobe retrucou os argumentos, insinuando que a questão era puramente comercial, pois a Apple queria impor sua tecnologia QuickTime (leia “Entenda por que a Adobe provavelmente não tem razão em culpar a Apple“). Ela ainda fez uma campanha publicitária cara e boba, sem sucesso.

Alguns concorrentes da Apple até tentaram usar a compatibilidade com o Flash como diferencial, mas o uso prático do dia-a-dia mostrou que isso só deixava o aparelho mais lento (leia “Mas afinal, por que não roda Flash no iPhone e no iPad?“).

Agora, os profissionais que trabalham com Flash e que ainda insistiam em ver a realidade, terão que se adaptar aos novos padrões móveis (como HTML5 e CSS3) se quiserem permanecer no mercado. E visto que o segmento de tablets cresce a cada mês, parece mesmo ser o futuro daqui para a frente.

via ZDNet, dica do Rafael Ehlers

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Thiago

    Uhu! Ponto para o Steve! Vitória para os usuários!

  • tecpix

    Apple Chuta Bundas!

    Tava mais que na hora!

  • Caco Barreira

    Morreu sem saber desta noticia ótima. ele tinha razão, viram que defende essa p#rcari4 de flash

    • gebittar

      pior q nao… como “genio” ele sabia que isso iria acontecer…o famoso “dar tempo ao tempo” muitos que demoram para entender só isso!!!!

      abçs uhuuuu pra nos

      • Tiago

        Cara tb n é preciso ter raiva do flash para chamar de porcaria

  • Francis

    Mais uma prova cabal de que o homem sabia das coisas e não era apenas um visionário genial.

  • Cristiane

    Sou leiga demais para afirmar quem tem razão. Espero que as coisas se ajeitem e que os usuários dos dispositivos móveis possam ter acesso aos conteúdos da internet, seja lá com que tecnologia for, sem comprometer o desempenho do aparelho. Eu adorei o Flash-Branca-de-Neve Hahaha

    • Pablo Rangel

      Perfeito. Importante eh foco no usuario

  • Rodrigo

    Ponto pro steve! (2)

  • junior.geba

    Steve Foi um cara sempre muito a frente de seu tempo… sem duvidas….

  • Ricardo Leao

    Quem é o Visionário, quem é o Genio? Parabéns de novo Steve!

  • Tem mais de 2 anos que eu não uso mais o flash, por exigência do mercado mesmo!

    • Pode crer!

      O usuario final NUNCA perceberia isso, mas nos que desenvolvemos ja sabiamos que isso poderia acontecer desde 2009.
      Sou desenvolvedor e digo q qdo o HTML5 ficar pronto sera dificil ter uma linguagem q a supere.
      HTML5 ja esta sendo usado (chrome e opera) ha muito tempo e o CSS3 (opera) um pouco menos de tempo.

  • Fabrício Y.

    E aquela galera que defendia o Android dizendo que ele é melhor porque roda flash vai usar o que pra argumentar agora?? Hahaha.

    • Pedro

      É briga?

      • Fabrício Y.

        Briga? Não, afinal tenho iOS e Android. Gosto dos dois, mas tenho uma leve preferencia pelo iOS! Acho ele muito mais estável e confiável. Minha opinião….

  • Monaski

    Ele era o cara! 😀

  • Claudio Bauer

    Em minha opinião o Flash morreu há tempo. Só esqueceram de enterrá-lo.

  • Guilherme

    até morto o steve ainda CHUTA alguns trazeiros!

  • Steve Jobs sambando na cara das empresas mesmo depois de morto…

  • McKoe

    Ahahahahahahaaa!!! Qual vai ser o argumento “incrível” agora dos fandroids?

  • Marcus V. Grigolon

    Nada como um dia após o outro…

  • Insistem em NÃO ver a realidade, não?❌

  • McKoe

    Eu não canso de ler o segundo parágrafo!

  • Fábio

    A Adobe irá abandonar apenas o Flash player para dispositivos moveis.
    Irá focar no Flash como plataforma de desenvolvimento de aplicativo multiplataforma. Além do player continuar rodando nos navegadores.
    A idéia dele será fazer em uma única linguagem de programação aplicativos e site. Apenas compilando novamente.

    Como já disse não vejo isso como morte do Flash.

    • Aqui dá para discutir melhor, sem a limitação de 140 caracteres. 🙂
      Fábio, se for olhar friamente só o momento, sem tentar fazer uma perspectiva de futuro, você tem razão: o que morreu agora foi apenas o suporte Flash ao conteúdo em browsers de dispositivos móveis.
      Mas minha opinião, expressa no ultimo parágrafo do texto, é que esse é um sinal significativo de que a tecnologia em si está sim a perigo, tendo seu futuro comprometido.
      Se você imaginar que os dispositivos móveis começam a fazer cada vez mais parte de nossa realidade, e que a venda de computadores está em queda, dando espaço aos tablets, talvez chegue à conclusão de que, se a Adobe está parando agora de investir nele, o Flash ficará cada vez com menos mercado no futuro. Menos mercado significa também menos profissionais se dedicando a ele, o que faz a tecnologia perder sua força.
      Acho que a expressão “subiu no telhado” expressa bem esta ideia: ainda não morreu, mas pode ser o início do fim.

      Quanto eu te disse “vamos conversar daqui a 5 anos” não quis dizer que o Flash estará morto em 5 anos, mas que talvez lá você perceba que a tecnologia realmente tinha subido no telhado em 2011. 😉

      • Rickman

        “Pois a Adobe acaba de se render ao anunciar que está abandonando o desenvolvimento da tecnologia em dispositivos móveis, passando a dedicar-se ao HTML5.”, se vc se refere ao Edge, acredito que seja pra entrar em um novo mercado, mais se existe um anuncio oficial, por favor posta o link pra gente, eu pelo menos não consegui encontrar.

        Força ninja a todos.

        • A Adobe prometeu um anuncio oficial ainda esta semana. Por enquanto a informação está rolando apenas para os parceiros dela.

      • Gabriel Caires

        Na verdade só assumiram de fato a ferramenta realmente é, uma ótima ferramenta para gerar experiência e não distribuir conteúdo. Como ferramenta de animação e programação 2D é única, inclusive adotada em games grandes para consoles. O querido Gears of War 3 usa flash em seus menus… Crysis usa flash na interface… Unreal também… Conforme deixa bem claro o anúncio oficial http://blogs.adobe.com/flashplatform/ a idéia é deslocar os recursos que estavam sendo usando para manter o flash lite, para o melhor desenvolvimento do uso do flash como aplicativos… coisa que html5 é de fato ruim… ruim por culpa da própria apple, que no seu maravilhoso IOS5 teve a incrivel habilidade de PIORAR a performace da UIWebview (principal componente usado para se produzir aplicativos usando HTML5) em 20%… sendo que o safari teve uma melhoria de uns 5%… ou seja a própria Apple não apoia aplicativos feitos em HTML5 (estou me referindo aplicativos que vc tem que instalar e baixar e que teoricamente aproveitam melhor o hardware dos celulares).

        O caminho correto seria HTML5 para informação/serviço e flash como ferramenta de animação e interface 2D coisa que domina bem o mercado.

  • Roney Cezario

    E agora adobe?
    Dizer o que!!!

  • Galaor

    é claro que o steve tinha razão.

  • JP

    Quando havia posts a respeito desse assunto, tinha uma galera aqui que ainda insistia em defender o flash…. cadê eles?

  • Alan Cardeque

    O Flash roda no Android, mas não é não tão suave e rápido quanto é no computador. No Honeycomb, a exemplo, alguns banners em Flash são extremamente desagradáveis em sucessivas tentativas para fechá-los. Uma parcela de culpa está com os desenvolvedores, que fazem o possível e o impossível para dificultar o fechamento dos banners em telas touchs. Um detalhe interessante é que a Adobe libera, quase que semanalmente, uma atualização para o flash para o Honeycomb. Vai saber se isso é aprimoramente ou correção de bugs. Não percebi diferença alguma na autonomia da bateria durante a execução de sites em flash.

    Em tempo: Eu tenho um tweak instalado via Cydia chamado “FRASH” que permite a execução de sites flash em praticamente qualquer página do Safari. O frash não é tão perfeito assim, mas é uma prova conceito de que o iPhone poderia rodá-lo. Uma “toogle” permite que vc ative ou desative-o, a qualquer momento. Sinceramente eu não sinto falta do flash no IOS, instalei o frash só por curiosidade mesmo. Devo tê-lo usado não mais que 5 vezes nos últimos 6 meses.

    Alan Cardeque

    • Concordo plenamente.

    • clístenisCanuto

      ta aí. gostei do comentário. perfeito. rss
      tenho iPhone desde 2008 e não sinto nenhuma falta do flash nele. até pq prefiro o homem-aranha, super-homem, etc… rss

  • Alfredo

    A Adobe provavelmente ja tinha decidido isso ha tempos, mas nao iria dar este gostinho para o Jobs. E esperou ele ir…

  • ochato

    Pow! A Adobe esperou o cara morrer, só pra não admitir que tava errada.

  • Adilson Silva

    Acredito que eles queriam aceitar isso a MUITO tempo, mas não queriam dar o braço a torcer, como o Steve Jobs morreu, então eles pensaram e deram essa notícia. xD

  • Ricardo

    Kd os chatos que enchiam o saco falando que o iPhone/iPad era ruim pq não rodava Flash? Quero ver eles saindo da toca agora..
    🙂

  • George

    É aí que as coisas caem corretamente em seu lugar.
    Designer vai voltar a ser designer. Desenvolvedor vai voltar a ser desenvolvedor.

  • Nilemar de Barcelos

    Quem ainda defende o flash só pode ser leigo na área de desenvolvimento de softwares, só assim é concebível
    Qual o argumento dos droids agora? auehuiaeh

  • kakosapo

    CHUPA Adobe!!!
    Desde 2008 uso iPhone e nunca me sentí precionado por não ter Flash…

  • kakosapo

    Quis dizer pressionado…

  • Marcos P

    Adorei os quadrinhos. Gostava do The Flash, já o Flash…..

  • Fabio

    na real, nem sinto falta do flash no meu iphone.

  • Vitids90

    Chupa android!

  • Dorinhavasc

    Independente da morte ou não do Flash ( tadinho… Rsrsr)
    Espero que a Apple possa resolver, dar uma solução em fim com estes dispositivos móveis, e assim poder abrir e rodar vídeos.
    Fico danada de quando quero ver alguma coisa que me mandam e ou estou procurando e não consigo vê-lo no iPhone.

  • Victor Zavecz

    Putz, queria ver aquela propaganda do Xoom agora… #EpicFAIL

  • Sempre fui fã do Spider-man… Esse negócio de correr em volta dos inimigos é coisa de fruti… digo de “freshman”!
    Com certeza a Adobe dá sinais claros de que o flash móvel será, no futuro próximo, um Netscape Navigator, mIRC, ICQ…

  • Renato Faria

    Onde quer que o Steve esteja agora ele está segurando o cartaz: “EU JÁ SABIA!”

  • Anderson

    e o android, como fica com o abandono ta tecnologia?

  • Andre

    O que morreu foi ‘Flash Player’ para os dispositivos móveis e não a tecnologia Flash.

    Realmente é bem difícil navegar em ‘aplicações flash’ em um celular até pq a maioria não foi feita para dispositivos móveis e sim para Desktop. (E mesmo tendo um Galaxy S2 não é divertido navegar nestas aplicações)

    Apesar de trabalhar com Flash, html e CSS sei que o ideal para uma aplicação web é utilizar outras tecnologias que não utilizem o flash player.

    Porém a tecnologia Flash não se resumo ao Flash player e nem a banners e sites animados. Hoje com AIR podemos criar aplicativos utilizando o mesmo código para ANDROID, IOS e PlayBook. Claro que tem algumas restrições, mas muitas aplicações não devem nada para aquelas feitas nativamente.

    Nesta url tem um showcase de apps feitas com a tecnologia Flash:
    http://www.adobe.com/devnet/devices/samples.html

    E um dos melhores jogos mais populares do Ipad tb foi feito com Flash:
    http://www.gizmodo.com.br/conteudo/o-jogo-mais-popular-do-ipad-foi-feito-em-flash/

    Então antes de colocar que o Flash morreu seria legal dar uma pesquisada para deixar o pessoal bem informado e evitar comentários de quem apenas é fan da apple ou da adobe que não entende nada do assunto.

    • André, seria interessante você também ler o que os outros escrevem e tentar interpretar, pois vir já com pedra na mão “achando” que se falou algo não levará você a lugar nenhum.

      Me diga onde está no texto que o Flash morreu? Porque se tiver em algum lugar, eu arrumo, porque ele ainda não morreu.
      Se você REALMENTE tiver interessado em discutir e debater, sugiro ler o comentário que fiz acima para o Fábio.

      Porém, se você não está interessado em debater e parte do pressuposto idiota de que aqui só tem fanboy iludido, então o melhor é se retirar e procurar um lugar onde só tenha haters, aí sim você poderá desabafar toda essa raiva contida contra a “tirania da Apple” e ser correspondido. Há vários sites do tipo por aí.

    • Marcelo

      Desenvolvedor Flash detected. rs

      • Andre

        Sim sou sim. Sou desenvolvedor Flash, mas tb sou:
        Desenvolvedor HTML5, desenvolvedor Javascript, desenvolvedor PHP, desenvolvedor CSS e etc.

  • Gostei da 1ª Imagem. Auto-Explicativa! 🙂

  • Del Noronha

    Esperaram o homem morrer pra admitirem que tinham falado “mer…puuup” no passado. Steve não era apenas um visionário da tecnologia, era um mestre, é uma lenda, mais uma prova ai, tem trazeiro dolorido do chute que ele deu há tempos, só que admitiram só agora que doeu… Queria ver alguma coisa do Andróide, será eles vão comentar?

  • Gilberto Almeida

    R.I.P.

  • Sergio

    Lendo a biografia de Steve Jobs, vemos que a razão inicial (as técnicas também contam) de Jobs não permitir Flash no iPhone foi que a Adobe, antes parceira de Jobs, deixou a Apple na mão quando se recusou a fazer versão do Photosop para o Mac, Jobs nunca perdoou a Adobe.

  • LucasM

    Se Steve estivesse vivo ficaria feliz!

  • joey

    chupa sociedade

  • Pedro Mauricio Resende

    Na verdade só vejo pessoas e pessoas “idolatrando” o Steve Jobs, mas parem e pensem, será que o problema nao é o Flash mas sim o iOS ? Se ele (Jobs) disse que era culpa e preguiça da Adobe, porque ele mesmo nao resolveu a questão que durava por anos e anos, ou se ele era o “cara” como todos pensam, porque ele nao criou uma solução alternativa a este problema ? Alguem pode me responder ? Ele tinha a solução, mas levou com ele …. Nao discordo que ele (Jobs) e sua tecnologia revolucionaram e muito o mercado, mas tudo tem limite ….

    • Pedro, as respostas para TODAS as suas perguntas estão nos links do texto acima.
      Me parece (posso estar enganado) que você nem leu a carta do Jobs e nem viu o vídeo do Motorola Xoom (que não tem iOS) que o Gizmodo Brasil fez.
      As respostas estão aí, você só precisa ter interesse em responder as próprias perguntas. 😉

      Dica: não caia no erro de achar que quem fala bem da Apple é baba-ovo cego do Jobs e incapaz de pensar. O seu preconceito está cegando você e impedindo de ver que as respostas que você procura estão bem na sua frente.

      • Pedro Mauricio Resende

        Grande iLex.. Admiro sua sensatez ..
        Mas Opinião é Opinião .. Nao tem jeito …
        Eu tenho dois equipamentos Apple, e nao sou contra a Apple ou o Steve Jobs..
        Só acho que ele deveria ter “cedido” ao passado e investido no Futuro junto a Apple.
        Em uma coisa temos que concordar, ele (Jobs) teria capacidade para fazer isto funcionar (acho) ..
        Valeu Amigo !

  • Marcos Pezzotti

    Lembrei da piada qye me falaram hoje:
    “por que ninguém fecha o olho quando Steve Jobs tira foto?
    Por que ele não usa flash!”
    😛

  • Rodrigo França

    Sou desenvolvedor FLASH (as3), assim como javascript e varios outras técnologias, defendo o Flash em vários casos e ao mesmo tempo indico o uso de outras tecnologias (inclusive HTML5) para diversos casos.

    Como desenvolvedor desta tecnologia a quase 10 anos, devo dizer que nunca vi sentido algum no Flash Mobile, ninguém aqui precisa ser o Steve Jobs para saber que um site feito para um monitor que usa 1280×1024 para rodar um desktop/laptop com muito mais processamento fosse funcionar em um tablet/smartphone, isso era óbvio até demais. Pessoalmente, nunca vi o menor sentido nesse Flash Mobile, foi erro de estratégia da Adobe, que pelo visto está sendo corrigido.

    Ao contrário do que muitos pensam, este não é o fim do Flash, o Flash é o que muitos chamam de ecossistema, este ecossistema envolve o Adobe Flash, Flash Builder, ActionScript, Adobe Air, Flash Media Server, Flash Media Encoder e o bendito Flash Player, que é o grande vilão da história (ou era). Este ecossistema está muito longe de acabar, o Adobe Flash ainda é um grande ferramenta para designers e iliustradores (sim, muita gente prefere ilustrar no Flash do que no Ilustrator), o Flash Builder é uma IDE de desenvolvimento muito poderosa que trabalha com o Actionscript 3 e que por sua vez pode compilar o mesmo app/game para TODAS as plataformas do mercado, sem falar do Flash Media Server que é padrão para streaming de vídeo, tanto que o Google prefere o HTML5, mas os seus engenheiros preferem o Flash para este quesito.

    Acho que já ficou claro que o Flash (o ecossistema, não o player) vai muito bem obrigado, principalmente em games online, já que agora o player usa Aceleração 3D (e dando uma de Steve Jobs – o Visionário, acho que o Flash será a salvação dos games on-demand), e não sei se vocês sabem, mas o Unreal Toolkit (Ferramenta lider em desenvolvimento de jogos) anunciou a pouco tem o Unreal Toolkit For Flash e a Unity tb abandonou o seu player e vai portar o jogos diretamente para o Flash Player.

    Talvez o player morra sim, até no desktop, mas a má notícia para os haters é que a tecnologia ainda vai estar presente por muito tempo.

    Obs: Lí vários comentários sofríveis aqui, mas entendo que tem muito fanboy e muito devotos do Tio Jobs, mas pessoal, vamos deixar o haterismo de lado e por a cabeça para funcionar, busquem conhecimento.

    • Pedro MR

      Parabéns Rodrigo ..
      Matou a PAU !!

    • Ezequiel

      Parabéns !!

      O comentário mais sensato que eu li.

  • Roberto

    O Adobe seria de otima valia para nosos dispositivos mobiles, pois testei em um Windows Mobile e foi arretado ver paginas de
    internet em um celular, igualzinho a de um PC. Ate jogos em Flash eu jogava, escultava radios online e tudo mais!

  • Daniel

    Não é tanto que ele “tinha razão”, mas que sua empresa tem peso suficiente para influenciar a direção da tecnologia…

  • Sabia que não ia durar muito. Aquele vídeo do cara tentando entrar no Orkut por um Tablet Android postado aqui no blog há um tempo atrás pra mim foi um absurdo.

  • Willian Sousa

    iPhone sem Flash uma vez, sem Flash sempre 😛 Gostei do post!

  • Vagner B

    iLex como instalo html5 no iphone ios4.3.2 pois alguns sites não abrem no iphone ele diz que o html5 não é compativel com este dispositivo movel ?

  • Agora sim teremos uma briga justa. Lembrando que quem ganha nessa história somos nós, usuários de Android ou iOS.

  • Jonas

    Nesse tempo todo quem tinha iOS ficou sem entrar em um monte de site que usava flash. Era ruim, era, mas tinha lugar que usava e que ficava fora do alcance dos usuários de iPhone. E agora todos comemoram o finalzinho de uma tecnologia superada, ótimo. Mas falar que o melhor era nunca ter só porque acabou é burrice. É a mesma coisa que acontece com blu-ray. A Apple não coloca blu-ray nos seus macpro porque fala que não tem futuro. Certo, um dia o blu-ray acaba. Ela não diz, mas um problema sério é ter que pagar o direito da tecnologia para a Sony e abrir concorrência para o iTunes. Agora pensem: daqui a 7 anos o blu-ray acaba e todo mundo sai falando “ahhh, meu mac nunca teve, ele era visionário”. O comentário certo seria “seu mac era incompleto. Mas agora isso realmente deixou de fazer falta”.

  • “Agora, os profissionais que trabalham com Flash e que ainda insistiam em ver a realidade, terão que se adaptar aos novos padrões móveis (como HTML5 e CSS3) se quiserem permanecer no mercado. E visto que o segmento de tablets cresce a cada mês, parece mesmo ser o futuro daqui para a frente.”

    Discordo da sua afirmação.

    Dizer, que o profissional Flash deve parar de atuar na sua área, pra mim é baboseira. Não é porque o crescimento de tablets no mercado, que vai superar os de computadores portateis ou de desktops. Muito se discute sobre HTML5 e CSS3, padrões ainda que nem estão prontos, ou seja, tem muita coisa pela frente.

    Em relação ao desenvolvimento do Flash para dispositivos móveis, acho até certo a Adobe não colocar esforços para consertar bugs do player, perda de tempo. O que vai rolar é, “Exportar to HTML” dentro do Flash e pronto!!!

  • Christian

    Puts n estou mt confiante nesse html5 no meu ipad eu tenho um aplicativo chamado puffin, ele roda o flash bem, da para ver filmes online e videos do youtube que não funcionam no ipad, roda tambem qualquer aplicativo flash só q eles sao um pouco lentos, mas é um ótimo quebra galho

  • Anderson

    Depois que o Youtube começou a migrar pra HTML5 nem nos meus computadores eu uso mais!
    Sempre foi e sempre será um lixo, Assistir vídeos em Flash aumenta o trabalho de CPU até em computadores, imagina em dispositivos móveis.
    O Macbook esquentava pacas quando eu via vídeos em flash no vimeo, youtube e outros. E a bateria sumia!

  • Anderson

    Uma pena, Steve não estar vivo para ver essa notícia, e dar aquele risinho de canto de boca lendo as noticias em seu iPad, no café da manhã. rsrs
    Realmente uma pena. 🙁