Notícias

Wall Street Journal e NPR preparam versões sem Flash de seus sites

A tendência evocada no caso da Virgin Airlines parece estar pouco a pouco se concretizando. Dois gigantes norte-americanos, Wall Street Journal e NPR (National Public Radio) acabam de anunciar que colocarão em prática versões de seus sites para o iPad, sem nenhuma utilização da tecnologia Flash (incompatível com o iPhone OS).

Ao serem acessados pelo iPad, os sites redirecionarão automaticamente para as versões customizadas.

O risco (para a Adobe) é que eles consigam evidenciar que é possível viver sem problema nenhum com a ausência de Flash, e visto que o formato das páginas para o tablet não são muito diferentes das dos navegadores normais (ao contrário do iPhone), com o tempo elas poderão substituir de vez os atuais sites, excluindo cada vez mais o Flash.

Principalmente se a moda pegar…

via

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Tomoi

    Muito bom

  • q

    Uma vez me disseram que nada poderia substituir o Flash.. Tsc.. Tsc…

  • Quando cursei Web Desing meu professor disse que “Agora que Adobe™ comprou a macromedia” todos os sites serão em Flash.

  • Engraçado, parece que o mundo se adapta ao iPhone, e não o iPhone ao mundo…

    Isso pode ser bom ou ruim!

  • Marcos

    Olha, acho que tem uma confusão ae. Uma coisa é vc substituir pequenas animações e uma ou outra interatividade de baixo nível. Só que o flash é MUITO mais do que isso. Em alguns casos ele é insubstituível sim. Sua capacidade de criar animações, interatividade, manipulação de vídeos, banco de dados, enfim conteúdos ricos… AINDA não tem para ninguém…..e o HTML5 está apenas gatinhando. Então será uma batalha muito grande para a APPLE derrubar o Flash, se é que ela vai conseguir.
    Abs,

    • O Flash, insubstituível?
      Essa é boa…

      PS: trabalho com Flash.

      • iLex o que o Marcos tentou dizer é que: Atualmente não existe outra tecnologia que se iguale ao Flash para conteúdo rico tanto na internet quanto fora dela, e isso é fato.

        Mas daí a dizer que o Flash é insubistítuível, é forçar demais; é o mesmo que dizer que os Blackberrys são os melhores smarthphones do mercado. Not! O iPhone prova que isso não é bem assim. E o mesmo vai acontecer com o Flash: não hoje, não amanhã; mas um dia, e para sempre! Hehehehehe

      • Agora eu pergunto: o HTML5 vai substituir o Flash?

        Acho que essa história que Steve Jobs criou (depois que ele citou que o HTML5 vai fazer o flash sumir, todo mundo comeu a “pilha”) em torno do HTML5 está tornado cada vez o foco do HTML5 muito ligada aos produtos Apple e não de forma geral, ou seja, a Apple utiliza um codec, Firefox e Google outra e assim vai as incompatibilidades.

        Acho que algo acrescenta, o HTML5 vai sim, facilitar desenvolvedores (front-end principalmente), porém não vai substituir o Flash só por causa dos vídeos da internet. Falo vídeos, pq todo mundo só cita isso para dizer que o Flash vai ser substituido por HTML5.

        ps: sou desenvolvedor front-end e apoio o HTML5!

    • JulianoR

      concordo plenamente…
      mas acho que a grande questão aqui é: 97% do uso do flash na web se baseia em que uso? aqui vai minha visão:
      – anuncios
      – vídeos
      – galerias de fotos
      – menus flutuantes(se bem que esse já tem caído em desuso nos últimos anos)

      os outros 3% seriam jogos, sites 100% flash, etc… oq definitivamente é uma minoria qnd comparado ao amplo uso dos anuncios, vídeos, etc…

      e oq importa é isso: 97% do uso do flash pode ser substituido pelo HTML5.

      • JulianoR

        antes que perguntem: 97% é um mero chute meu… mas acho que dificilmente esse número seria inferior a 95%, por exemplo. mas enfim, puro achismo baseado em anos de navegação, hehe.

  • Enfim, o que realmente é Flash? E HTML 5? To meio perdido…

  • Cassio

    Nunca vi o Flash como sendo algo bom para nada.
    Ele pode ser bom para animações, porque de resto, sou mais o próprio HTML/ASP/PHP ou o que for….
    Se você quer atingir a grande massa, fuja do Flash (ou de qualquer outro plugin proprietário). Agora, se você ainda é um cara/empresa que pensa que só existe IE no mundo, então, sinto muito – o mundo mudou e você ficou para trás.
    Tchau Flash!! Não vou sentir saudades.

  • Andre

    Eu preferia que a Apple colocasse logo flash no seus produtos e que essa guerra acabasse. Não tem o porque de ser contra o Flash, eu adoro o Flash. E não me faz mal nenhum. Olhem o site do Grooveshark, ele é maravilhoso, e não seria tão bom se não usasse Flash/Flex. Eu gosto muito dele.

  • OmarBH

    Pode ter a ver com a questão do Jobs dizer “não” a tudo que importe em menos lucros. O mundo vai se dobrar ao iPhone? Quem sabe? O fato é que da mesma forma que imposto alto não casa com lucro, investimentos investimentos de adequação a padrões de mercado também não são bem vindos na Maçã. Se alguém quiser investir na adaptação do Flash para o iPhone, e a Adobe parece não querer fazer isso, a Apple ficará feliz. Mas duvido que ela coloque U$1,00 dela e de seus acionistas nisso. Enquanto isso, sites com menor dependência do Flash vão, sabe-se lá com que interesse, anunciando que passarão a dispensá-lo, até o Campo de Distorção da Realidade da Apple, pela repetição incessante desse procedimento, convencer o mundo de que o Flash não é bom ou não é necessário. Mas se a Adobe (apesar de ser muito improvável) gastar alguns milhões de dólares e adaptar o Flash aos interesses da Apple, o discurso pode até mudar…

  • Johnatan Matos

    Engraçado, parece que o mundo se adapta ao iPhone, e não o iPhone ao mundo…

    Isso pode ser bom ou ruim! [2]

    Dai eu me pergunto… pq a Apple vai se preocupar, se os outros ja se preocupam e se desdobram para se adaptar à ela…?