Notícias

A verdade sobre o suposto desbloqueio brasileiro do iPhone 3G

O blog Macmagazine publicou hoje informações que obteve  junto àquela empresa (me recuso a fazer propaganda aqui) que afirma ter conseguido desbloquear o iPhone 3G. Diz a matéria que a solução seria graças ao uso de um cartão do tipo TurboSIM, que permitiria usar o chip de qualquer operadora. Se isso for verdade, não existe desbloqueio nenhum nesta história toda.

Os cartões tipo TurboSIM foram muito usados na época que ainda não havia desbloqueio para os aparelhos que vinham com o firmware 1.1.2 de fábrica. Existem vários tipos, mas em geral trata-se de uma espécie de adesivo que você cola no chip e que faz o telefone pensar que o cartão SIM é o original. Não é um real desbloqueio, pois ele apenas engana o iPhone e pode ser desabilitado pela Apple em uma posterior atualização do firmware.

Alguns dias atrás (portanto antes da empresa brasileira) os usuários do fórum americano hackintosh.org tentaram o mesmo método usado nas versões precedentes, mas conseguiram fazê-lo funcionar apenas parcialmente no novo iPhone. Muitas funções restam limitadas, como a impossibilidade de usar o SMS e a rede 3G. Ora, ora, parece muito com a declaração feita pela tal empresa, que afirma que “ainda possui dificuldade na transferência de dados pela rede 3G“…

Se o tal “desbloqueio brasileiro” for baseado na técnica copiada do site Hackintosh, ele ainda não é uma solução viável. Não é um desbloqueio verdadeiro, pois só ativa parte do aparelho, além de deixá-lo muito instável. Pode servir para mostrar o iPhone em um vídeo durante algum minutos, mas não para usá-lo no dia-a-dia.

Outra coisa que não bate é que eles afirmam que seu “método pioneiro” funciona somente no 3G. Ué? E o vídeo anterior que mostrava um iPhone EDGE, desbloquearam como? Hummm…

Ou seja, a minha impressão continua a mesma: estão querendo fazer nome enquanto não sai uma maneira efetiva (seja pela Dev Team, seja pelo Geohot) de desbloquear o 3G, para aí sim oferecer o desbloqueio propriamente dito (usando a solução criada por outros para isso).

Não me parece muito ético esse tipo de prática, apesar de concordar que, como técnica de publicidade, é bem eficaz.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • iLex. O pior de tudo é que essa empresa está tendo inúmeras matérias falando da façanha deles (até mesmo em sistes americanos) porém em todos eles é declarado o uso do TurboSIM. O pior? Vão vender o TurboSIM pela “bagatela” de R$ 400,00 a R$ 600,00…

    Creio que essa empresa se assemelha a Microsoft, afinal eles copiam as idéias (e produtos) de outras empresas, fazem a mesma coisa de uma forma mais complicada e cara e com uma enorme campanha de marketing conseguem vender e tomar o mercado!

    Abraços!

  • Thiago

    Ufa. Finalmente alguém postou com a RAZÃO. É uma piada o que o pessoal desta “empresa” está fazendo… Sujando o nome do Brasil desta maneira, perante toda a comunidade mundial, com essa “solução” fajuta para desbloqueio do iPhone 3G. O pior de tudo é que blogs tidos como conceituados e de credibilidade como o Macmagazine e também o Techguru espalham aos quatro ventos o que seria “o primeiro desbloqueio de iPhone 3G no mundo”.

    Uma pena mesmo! Continuamos aguardando por uma solução SÉRIA, EFETIVA, e principalmente DE GRAÇA para desbloqueio do iPhone 3G.

  • Lucas Algarra

    Perfeito!!!

  • Marcos Petry

    Parabéns pela matéria. Ridículo é ver uma matéria falando desse acontecimento e ‘dessa empresa’ num veículo que ‘deveria’ ser de total credibilidade como o IDGNOW.
    Será que eles fazem o meu iPhone 2.5G funcionar tb por 600 reais? he he he..piada…

  • Marcos Petry

    Para ler mais…
    http://www.modmyifone.com/forums/news/237341-3g-2-0-iphone-unlocked-via-sim-adapter.html

    ” This unlock method has been used in the past using Turbo Sims, Hyper Cards, and Stealth sims. It isn’t a true software unlock which we expect to see from the devs soon.”

  • Kapela

    Eu acabo de postar um comentário parecido com essa matéria, no blog TechGuru, na matéria dizendo que os Brasileiros são os pioneiros.
    Segue o link da matéria:
    http://www.techguru.com.br/exclusivo-Brasileiros-sao-primeiros-mundo-desbloquear-iPhone-3G.htm

  • Marcos Petry

    Ahhh Kapela …menos né? Se eu fosse vc, nem teria feito o post, sem estar realmente bem informado sobre o tal desbloqieio ‘fake’…
    Eu fui o primeiro brasileiro a comer maças…..

  • Pingback: Neeonline - Desbloqueio do iPhone 3G - Round 1()

  • IphonetrueBR

    AWE GALERA, EM RESPOSTA E ESSES PALHAÇOS DO DESBLOQUEIO BR TA AI UM VIDEO BEM HUMORADO PARA TODOS DESFRUTAREM, PLZ ESPALHEM PR ATODOS XDDD

    http://youtube.com/watch?v=yQshyRbGdt4

  • IphonetrueBR

    Pod postar quando quiser o vídeo ai, fiz justamente pra mostrar com humor a sacanagem que esses caras tão fazendo.

  • Juliano

    ficou comigo haeheaheahae

  • Fui hoje conferir pessoalmente essa estoria. Si , ele fez funcionar com o tal do adaptador, pero no o 3G. O cara parece entender do assunto…

  • Duty

    Desbloqueio do iPhone 3G confirmado com X-SIM:
    http://www.iclarified.com/entry/index.php?enid=1546

    Detalhe pessoal, tenho uns 30 X-SIM, aqui na minha gaveta.

    Duty

  • Pingback: Dev Team mostra avanços nas tentativas de desbloqueio do iPhone 3G | Blog do iPhone()

  • Robson

    Eu estava usando meu iphone normalmente e estava desbloquiado, di repente ele nao quis entrar mais no telefone e eu nao sei como fazer para ligar pois ele nao abre a pagina das teglas digital, ele recebe ligaçoes normal. Se alguem poder mim explicar como eu fazer eu agradeço. Obrigado …

  • nelson

    Eu comprei um iphone 3G 16Gb branco em uma loja de Hong Kong, totalmente desbloqueado, por 9600 Hong Kong Dollars, ou seja, U$ 1.100,00. Segundo o vendedor eles estão vendendo o Iphone desbloqueado a vários dias, quer dizer, se os caras do BR dizem que foram os primeiros do mundo, estão bem desinformados.