Saúde

App de rastreamento de COVID no Brasil foi oficialmente um completo fracasso

O Blog do iPhone comentou aqui, ainda em novembro, sobre as diversas falhas que o aplicativo Coronavirus – SUS apresentava na funcionalidade de rastreio de infectados entre a população.

Agora este número é oficial: nem mesmo 2% da população usou o aplicativo, o que o tornou completamente inútil e um completo desperdício de dinheiro público.



Os dados foram fornecidos pelo próprio Governo, através da Lei de Acesso à Informação. Um grupo de pesquisa do Rio Grande do Sul solicitou a informação em novembro de 2020 sobre o número de downloads efetivos do aplicativo tanto na App Store quanto na Play Store.

E o resultado é decepcionante.

TOTAL DE DOWNLOAD ANDROID: 8.55 MILHÕES
TOTAL DE USUÁRIOS ATIVOS ANDROID: 1.52 MILHÕES
TOTAL DE DOWNLOADS APPLE: 1.98 MILHÕES
TOTAL DE USUÁRIOS ATIVOS APPLE: 2.29 MILHÕES

Não dá para entender por que há usuários ativos de iPhone em maior número que os downloads, mas esses foram os números fornecidos pelo Governo.

Se somarmos os downloads de Android e iOS, até a data da divulgação (10/11/2020), foram 10,53 milhões de apps baixados, mas apenas 3,81 milhões de usuários ativos.

Isso equivale a um pouco mais de 1,5% de toda a população brasileira, número insuficiente para qualquer resultado efetivo no combate à pandemia.

Esses são números de novembro, mas não há nada que nos faça acreditar que eles tenham melhorado desde então. E as causas são muitas.

Descaso do Governo

Como já levantamos naquela época, não há nenhum incentivo por parte do Governo para o uso do aplicativo. Nada. Dinheiro foi gasto no desenvolvimento dele, porém não houve nenhuma preocupação em incentivar o uso ou até mesmo explicar para a população como o app funciona.

Além disso, há centenas de casos de usuários que relatam não ter conseguido cadastrar seu teste positivo de COVID no sistema do SUS, o que impede que o aviso de rastreamento funcione. Já outros dizem que o aviso só chegou após algumas semanas, inutilizando completamente a iniciativa.

Ajuda tecnológica

O sistema de rastreamento de contato foi uma iniciativa conjunta da Apple e o Google para oferecer uma solução tecnológica no combate à transmissão do vírus. A ideia era que quanto mais pessoas usassem em uma comunidade, mais fácil seria para identificar casos positivos e isolá-los, dificultando assim que o vírus se difundisse.

Porém, claramente não houve nenhuma vontade do Governo Federal brasileiro em difundir este método de controle de contágio.

Então fica a pergunta no ar: por que o nosso dinheiro foi gasto nisso, se nunca houve uma real intenção de evitar o contágio?

Via
UOL
Fonte
Lei de Acesso à Informação

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo