Apple TVNotícias

Não se iluda: quando o Apple Pay vier para o Brasil, deverá ser limitado a poucos cartões

Há tempos torcemos pela chegada do Apple Pay no Brasil, porém, alguns percalços ainda estão fazendo ele demorar para chegar por aqui. Muitos acham que a adoção da moeda local na App Store pode dar um empurrãozinho, mas o fato é que isto não influencia muito e a decisão está baseada exclusivamente na dificuldade de acordo entre os bancos e a Apple.

Alguns usuários estão conseguindo visualizar um aviso diferente quando se tenta cadastrar no Wallet do iOS um cartão brasileiro, mas isso só demonstra que o serviço, quando vier, será limitado a poucos cartões nacionais.

Em países em que o sistema de pagamentos da Apple está implementado, os usuários podem adicionar cartões de crédito no aplicativo Wallet do iOS, para usarem como forma de pagamento por aproximação. Quando o iPhone está configurado para o Brasil, esta opção não aparece, a não ser que você mude a região do sistema para Estados Unidos (ou outro país válido).

Mas algo de diferente está acontecendo. Durante um curto período de tempo, ao tentar adicionar um cartão Visa do banco Itaú, alguns usuários conseguiram ver uma tela diferente, em que mostra os Termos e Condições do pagamento com o cartão usando o “Apple Wallet“.

Imagem: @ApplePayBR

Mas não é qualquer cartão. O usado foi o VISA Platinum Personnalité, outros continuaram mostrando o aviso de que “Sua Administradora ainda não oferece suporte“. Se você tiver um VISA Personnalité e tentar agora, é provável que não consiga mais ver os Termos, porque aparentemente eles já alteraram o procedimento.

Isso só reforça uma velha desconfiança que afirmamos aqui há tempos: quando vier para o Brasil, o Apple Pay ficará limitado a poucos cartões. Então, se você é um dos que está entusiasmado com a chegada do sistema de pagamentos em nosso país, segure as expectativas pois você poderá ficar de fora quando isso acontecer.

E isso não é diferente de outros países do mundo onde o sistema já está funcionando. Com exceção dos Estados Unidos, as outras regiões oferecem pouquíssimas opções de cartões, com os grandes bancos geralmente ficando de fora.

Para se ter uma ideia, nem mesmo os concorrentes oferecem suporte a todos os cartões em nosso país. O Android Pay por exemplo só aceita cartões VISA do Banco do Brasil, Neon e Caixa. Ou seja, quem tem conta no Itaú, Bradesco, Santander ou outro banco/bandeira fica de fora. O Samsung Pay, que já está há bem mais tempo no país, é o que aceita mais bancos, mas também deixa de fora clientes do Itaú e Bancoob.

O MasterCard foi um dos que primeiro alardeou que queria adotar o Apple Pay no Brasil, mas aparentemente ele pode ficar de fora quando o sistema for implementado por aqui.

A guerra sempre fica no campo das comissões. A Samsung cobra baixíssimas taxas por pagamento realizado, o que faz ela ter uma ampla aceitação dos bancos. Já a Apple faz questão de garantir a sua parte no bolo, cobrando mais por pagamento. Quem paga essa taxa não é o consumidor e sim o banco e por isso esta queda de braço dura por tanto tempo.

É possível que tenhamos em breve o Apple Pay no Brasil? Sim, há tempos que isso é possível. Mas quando vier, fique preparado para talvez não ser incluído na festa, pelo menos não em um primeiro momento. Com a vinda do sistema da Apple para o Brasil é bem provável que pagamentos sem contato se popularizem e aí todos queiram fazer parte da brincadeira, com a questão das taxas ficando em segundo plano. Mas até lá, a Apple terá que provar para os bancos que esta taxa que ela cobra realmente vale por um serviço que compensa a todos, tanto o cliente quanto os bancos.

O cartão do Apple Pay Cash (ainda não disponível no Brasil) tem um efeito bacana de mudar de cor conforme movimenta o iPhone.

Uma publicação compartilhada por Blog do iPhone (@blogdoiphone) em

Fonte
Twitter ApplePayBR (não oficial)
Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar