História

Assim era o protótipo inicial do primeiro iPhone

Não é exagero e nem mentira dizer que o primeiro iPhone trouxe uma verdadeira revolução tecnológica no mundo dos celulares e, por que não dizer, da computação em geral. Ele trouxe conceitos que viraram padrão na indústria e ditaram o rumo de todo o mercado. Mas como criar um celular completamente diferente, se as peças ainda não tinham sido criadas? Como criar o sistema operacional de um produto que ainda não existia, coberto por diversos níveis de segredo total?

De fato, o primeiro protótipo do que seria o iPhone parecia mais uma placa de computador do que um celular.





Hoje em dia já sabemos, através de biografias e depoimentos em quem trabalhou na equipe, que o projeto original do iPhone levou 2 anos e meio para ser concluído, e as diferentes equipes (de hardware e software) não sabiam nada do que a outra estava fazendo. Entre eles só existia nomes códigos, como “M68” ou “Projeto Púrpura 2” e era assim que se comunicavam.

Com isso, para criar a primeira versão do iOS (que na época se chamava iPhoneOS), era preciso montar um protótipo funcional baseado em peças de computador. Este protótipo deveria fornecer memória interna, processamento, conectividade com redes Wi-Fi, Bluetooth, além de vários outros pormenores.

O resultado foi este:

Era uma placa de circuitos com tudo que era necessário para rodar o sistema: antenas de rede, entrada de cartão SIM, conector de 30 pinos e duas entradas micro-USB para instalar o sistema e configurar os componentes. Uma entrada de linha telefônica clássica (RJ11) também permitia que os engenheiros testassem ligações e qualidade de áudio das chamadas.

Diversos outros conectores serviam para debugging e testes variados. A tela do aparelho era coberta de plástico inicialmente, visto que a Corning ainda não tinha criado uma tela de Gorilla Glass para o iPhone (leia mais sobre isso aqui).

Foto de Tom Warren / The Verge

É fascinante ver hoje como a Apple conseguia manter seus segredos bem protegidos. Tanto que demorou 12 anos para conhecermos esta parte da história. Naquela época, mesmo que imagens desta placa fossem vazadas, nenhum veículo de mídia acreditaria que aquilo poderia ser um dia um celular que mudaria para sempre a história da telefonia.


– A história do Gorilla Glass e o iPhone
– Lista com 30 fatos curiosos sobre a história do iPhone
– 9 de janeiro: o dia que mudou a indústria de celulares

Via
The Verge
Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar