Curiosidades

[prognósticos] O que esperar da WWDC 2011

Faltando apenas algumas horas para o início da abertura da WWDC 2011 (World Wide Developers Conference — Conferência mundial de desenvolvedores de iOS e Mac OS), nada melhor do que fazer nossa tradicional lista do que deve ou não ser apresentado nesta edição, baseado nos anúncios já feitos e nas vozes de bastidores que correm por aí.

No ano passado, a Apple foi muito criticada pelos desenvolvedores por dedicar a WWDC 2010 quase que exclusivamente para o iOS. Cogitou-se a realização de outra conferência naquele ano ou até mesmo o fim anunciado do Mac. Em 2011, a Apple parece querer reparar esta má impressão, direcionando o evento totalmente ao software. Nem o tradicional “novo iPhone” terá espaço.

A pauta da apresentação já foi anunciada pela própria Apple: iOS 5, Mac OS Lion e iCloud serão os temas centrais da apresentação. Mas será que teremos o tradicional One More Thing, com alguma surpresa escondida na manga da camiseta preta de Steve Jobs?

Apresentação

A keynote (apresentação de abertura) será comandada por Steve Jobs, mas deve contar também com outros executivos da empresa, como Scott Forstall (responsável pela equipe de desenvolvimento do iOS), Phil Schiller (responsável pelo marketing de produto) e talvez também Tim Cook (braço direito de Jobs) para falar dos resultados dos últimos 12 meses. Talvez [o até então desconhecido do público] Craig Federighi (responsável pela equipe do Mac OS) também apareça para falar do Lion.

Até última ordem, não haverá transmissão ao vivo por vídeo ou por áudio em nenhum lugar. As únicas duas vezes que a Apple fez isso (no ano passado), ela avisou somente 4 horas antes; por isso, fique ligado aqui e no nosso Twitter, onde avisaremos se algo mudar. Seja como for, uma cobertura completa, minuto-a-minuto e em português, será feita por nós em nossa página live.blogdoiphone.com.

Lion

A nova versão do Mac OS X Lion (exclusiva para computadores Macintosh) é muito esperada por trazer uma grande mudança ao sistema. Além de novas tecnologias, muitas funções e detalhes de interface gráfica foram herdadas do iOS (leia “Apple usa características do iPad para construir seus computadores do futuro [vídeo]“). Muitos consideram como o primeiro passo para a unificação completa dos dois sistemas (iOS e Mac OS), o que permitiria, no futuro, que se  pudesse rodar programas de computador no iPad, por exemplo.


Apresentação Back to the Mac, em outubro de 2010

Provavelmente saberemos já a data de lançamento, se é que ela não acontecerá durante o próprio evento, com venda online direto na Mac App Store. Ontem, alguns boatos começaram a afirmar que ele pode acontecer no dia 14 de junho.

iOS 5

Outro anúncio que poderemos ter certeza que acontecerá é o novo iOS 5, com a apresentação das novidades que prometem fazer o queixo da gente cair. De novo.

Difícil adivinhar todas as surpresas, mas algumas já possuem ares de verdade. Um exemplo disso é o reconhecimento de voz, evidenciado pelos testes vocais que a Apple realizou no Brasil (leia “Faculdade de SP busca colaboradores para projeto de comando de voz no iOS“). Ele poderia servir para comandos de voz no sistema, permitindo ditar textos e mensagens também. Veja aqui um conceito da proposta.

Também acredita-se que haverá alguma forma de sincronização sem fio (leia “Vazamento de informação na App Store dá a entender que iOS terá atualizações automáticas“), de alguma forma integrada à evolução do MobileMe.

Mas não será para logo que os usuários poderão colocar as mãos no novo sistema. Provavelmente apenas uma versão beta será disponibilizada exclusivamente para os desenvolvedores (só funciona em aparelhos cadastrados) e seu lançamento público deve ficar para setembro. O Blog do iPhone tentará colocar as mãos nele antes, para trazer a vocês todas as novidades. 😉

iCloud

Ninguém tem certeza do que é exatamente, mas se sabe que tem algo a ver com servidores “na nuvem”, que permitem o armazenamento de dados e informações na internet. Ou seja, em vez de guardar as coisas no seu computador, iPad ou iPhone, elas seriam armazenadas no novo (e gigantesco) data center da Carolina do Norte, considerado o maior já construído.

Obviamente isso não serviria para aplicativos, mas sim para mídias. Por exemplo, você poderia escutar sua música de casa pela internet, sem precisar que ela fique ocupando espaço no aparelho.

O iCloud pode ser uma evolução do serviço MobileMe, que deixaria de existir. Engraçado é ver que, há um ano atrás, esse era uma das novidades já esperadas: MobileMe gratuito e serviço iTunes.com na nuvem. Se acontecer agora, virá com 12 meses de atraso.

iPhone 4S

Nunca existirá um iPhone 4S. Quer apostar? 😉

iPhone 5

É muito, mas muito pouco provável que seja desta vez que conheceremos o iPhone 5. A não ser que a Apple mudasse completamente sua forma de agir, ela não lançaria um novo iPhone sem uma nova versão do iOS, e como não existe ainda nenhuma versão beta para os desenvolvedores, não há como lançá-lo neste mês.

Geralmente o beta fica em circulação durante dois meses, o que significaria em agosto, data comercialmente horrível para lançar qualquer novo produto. Por isso, setembro parece ser a data mais provável.

Como acompanhar a apresentação?

Como sempre, o Blog do iPhone está fazendo a cobertura completa do evento, trazendo todas as novidades. Você pode acompanhar o que acontecer minuto-a-minuto na apresentação de Jobs em nosso endereço especial live.blogdoiphone.com, a partir das 13h30 desta segunda (horário de Brasília), além de todas as notícias referentes à conferência, aqui no Blog. Fique ligado. 😉

Imagens: Blog do iPhone

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar