Curiosidades

[curiosidade] Veja o que se falava do iPad antes de ele ser apresentado ao mundo

iTablet conceito

Aproveitando o aniversário de 3 anos de lançamento do primeiro iPad, fizemos um levantamento de algumas notícias que mostram o que se falava do suposto tablet antes dele ser apresentado ao mundo, no final de janeiro de 2010. E algumas coisas são bem interessantes.

Este artigo de dezembro de 2009 é o primeiro no qual tocamos no assunto de um possível tablet da Apple. Os rumores já estavam correndo há algumas semanas, mas só naquele momento começou-se a se cogitar que o novo produto poderia funcionar sob o iOS. Até então, o consenso era acreditar que rodaria uma versão do Mac OS X, com programas normais de computador.

Além de várias coisas escritas ali que acabaram acontecendo, é impressionante como o conceito feito pelo artista Jesús Diaz (do Gizmodo americano) ficou muito similar ao iPad mini lançado dois anos e meio depois.

MacTablet

Logo depois, descobriu-se que a Apple havia registrado o domínio islate.com, despistando todos sobre o futuro nome do tablet. Bastou isso para que começasse a aparecer diversas versões de domínios à venda no eBay por 1.000 dólares, se aproveitando dos prováveis nomes. É importante destacar que, naquele momento, tudo ainda era rumor e não havia nenhuma confirmação de que a Apple iria mesmo lançar um tablet.

Mas o mais engraçado foi ver os concorrentes da Apple tentarem correr atrás de algo que nem existia ainda. Na CES 2010 muitas empresas apresentaram projetos de tablets, do nada, só baseado nos rumores da Apple. O desespero deles era apresentar algo para poderem dizer que saíram na frente da Apple daquela vez. Depois do dia 27 de janeiro, todos os projetos apresentados na CES foram abandonados e refeitos em cima do que a Apple apresentou.

No meio daquele mês, a Gawker (que mantém vários sites americanos, inclusive o Gizmodo) ofereceu suborno a qualquer engenheiro da Apple que permitisse mostrar com antecedência o tal produto que seria lançado. Obviamente os advogados da Maçã proibiram. Coincidência ou não, naquele mesmo ano (três meses depois) o Gizmodo pagou US$5.000 para ficar com o protótipo do iPhone 4 encontrado em um bar.

Naquela época, havia muita informação ao mesmo tempo e era difícil coordená-las para prever o que viria, mas o que tínhamos certeza é que o novo aparelho estava vindo para revolucionar. Sabíamos que a concorrência iria acabar seguindo os mesmos passos da Apple e dizer que a Maçã não havia criado nada, e foi por isso que fizemos um texto falando daquele momento histórico.

Os tablets já existem há dez anos e ninguém ainda criou nada revolucionário com eles para o grande público. Escrevam esta frase para poder relê-la daqui a 2 anos… (link)

Dias antes da histórica apresentação, algumas referências de um dispositivo com tela grande rodando iOS já começavam a ser descobertas, e uma foto divulgada pelo Engadget mostrou o tablet momentos antes da keynote. Mal sabíamos que ali também era possível ver o iPhone 4, lançado 5 meses depois.

iphone-itablet-size-comparison-600

O resto é história. 🙂

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar