Notícias

Biógrafo de Steve Jobs revela algumas críticas que o ex-CEO fazia a Tim Cook

Desde o anúncio da saída de Jony Ive da Apple, muita gente vem comentando que a empresa pode estar perdendo o resquício da alma criativa que existia no tempo de Steve Jobs e que por tanto tempo foi uma das características marcantes da maçã.

Em uma entrevista, o biógrafo oficial do co-fundador da Apple, Walter Isaacson, revela que suavizou alguns comentários que Jobs fazia a respeito de Tim Cook, pois não queria na época desviar o objetivo da biografia.





A entrevista ocorreu para o canal americano CNBC, em um programa que tinha como tema a saída de Jony Ive da Apple.

Isaacson afirma que praticamente todos os dias Steve Jobs passava parte do seu tempo atrás das portas dos laboratórios secretos de design, e fazia questão de estar inteirado em cada detalhe do que se estava criando.

“Ele ia de mesa em mesa com o Jony e sentia não apenas o fone [no caso dos EarPods], mas também o plug, o conector, a maneira como o fio era enrolado… Jobs sentia em seu interior o produto e isso era o que Jony Ive amava.”

Para o biógrafo, hoje as coisas não são iguais. Vemos uma empresa que executa tudo de forma excelente, porém não possui mais em seu núcleo as “duas almas gêmeas que vivem e respiram a beleza dos produtos”, como eram Jobs e Ive.

Isaacson revela que suavizou em seu livro algumas críticas que Jobs fazia a Tim Cook. Disse que diversas vezes Jobs confessou que Cook não era “uma pessoa de produto”.

“Steve dizia o quanto Tim Cook poderia fazer qualquer coisa, mas aí ele me olhava e dizia ‘… Tim não é uma pessoa de produto’.”

Na semana passada, Tim Cook declarou “absurda” a matéria do Wall Street Journal que afirmava que Jony Ive estava desanimado em trabalhar na Apple porque Tim Cook não era tão integrado à equipe de design. Isaacson comenta isso também.

“Repare que em nenhum momento Cook negou algum ponto específico do artigo. Ele não disse ‘estão errados sobre aquela reunião’, ou ‘estão errados sobre aquele produto’ ou ‘estão errados sobre Ive não trabalhar mais aqui’. O que ele disse foi ‘Vocês estão errados porque o artigo não entendeu a nova cultura da Apple’. Também achei interessante o próprio Jony Ive não ter dito uma palavra sequer para negar a história.”

Mais uma peça do quebra-cabeça para complementar o texto publicado aqui na semana passada.

Fonte
YouTube
Tags
Mostrar mais

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.
  • Guilherme Germano Klapper Juni

    Uma coisa é fato: infelizmente, a Apple não é mais a mesma após a morte do Jobs.

  • Fábio Jânio

    Pode? E ainda existe dúvida disso? Existem duas versões da Apple, uma com Steve Jobs é uma sem ele! Com todo respeito, mas a Apple de hoje perde de lavada para a versão que contava com a mente brilhante de Steve Jobs.

  • Apple é uma nova IBM ou uma nova Microsoft? Preocupado! Tragam o Scott de volta!!!

  • Julio Cesar

    O Design da Apple foi pro brejo com esse Tim Cook, no momento em que ele aceitou deixar protuberante a lente da camera traseira. A primeira versão disso no iPhone 6 é a coisa mais horrivel que a Apple já fez no iPhone. Hiperbolicamente, é como se houvesse um parafuso para fechar a caixa do iphone, mas com a cabeça do parafuso exposta, e depois ainda dizer que a case de proteção “amenizaria” esse problema.

Back to top button