Dicas

Assistência técnica “autorizada” ou “especializada”? Qual a diferença?

É muito comum vermos assistências técnicas com o logotipo da maçã na porta e já pensarmos: “É da Apple“. Porém, o fato é que muitas empresas não autorizadas usam indevidamente o logotipo da empresa (e de outras marcas) para promover seus serviços.

Entenda a diferença entre autorizada e especializada, para não acabar colocando o seu aparelho em risco nas mãos de quem você não conhece.





Antes de tudo, é importante deixar uma coisa clara: assistências especializadas são muitas vezes uma alternativa para fugir dos altíssimos preços das assistências oficiais. Portanto, não há nada de errado você procurar uma, quanto tem a plena consciência das diferenças entre uma e outra. O problema é quando você leva seu aparelho achando que está entregando para uma assistência oficial da Apple, pois as consequências podem ser bem diferentes.


Assistência Autorizada

As assistências técnicas que fazem parte do programa de Centro de Serviço Autorizado Apple (AASP) são empresas terceirizadas que possuem contrato com a Apple para fornecer serviços de manutenção e reparo. Elas possuem técnicos treinados pela Apple e, portanto, são reconhecidos pela empresa de Cupertino como aptos a realizar qualquer tipo de reparo em seus dispositivos. Vários procedimentos de segurança devem ser seguidos e respeitados conforme regras internas e só elas podem adquirir peças originais diretamente da Apple. Ou seja, se você trocar uma tela em uma loja não autorizada, terá a certeza de que aquela tela é uma “genérica”, e não a original do iPhone.

Para as autorizadas, a Apple fornece acesso a um conjunto completo de informações e ferramentas relacionadas a produtos, reparos, serviços, desmontagem, solução de problemas e informações de atualização, além de suporte técnico local disponível para os técnicos certificados. Ou seja, mesmo um modelo que acabou de ser lançado, os técnicos já conhecem todos os mínimos detalhes por dentro.

Os preços das peças e serviços de manutenção são tabelados, e os valores também costumam ser “padrão Apple”, ou seja, bem mais alto que em lugares alternativos.


Assistência Especializada

As assistências que são apenas especializadas são, como o nome diz, especializadas em arrumar equipamentos. Os técnicos geralmente são experientes em desmontar e arrumar aquela determinada marca, porém seu conhecimento não vem de documentos técnicos oficiais. Como não seguem um padrão estabelecido pela fabricante, acaba que cada assistência especializada treina seus técnicos da forma que achar melhor. Este aprendizado pode vir de fontes alternativas (como YouTube ou troca de informação com outros profissionais), ou até mesmo pela chamada “mão na massa” ao arrumar dispositivos de clientes.

As especializadas não são obrigadas a seguir nenhum protocolo de segurança ou padrões pré-determinados pela marca, tendo assim muito mais liberdade para agirem conforme seus conhecimentos e experiências.

Esta falta de padrão faz com que acabe se tornando uma verdadeira loteria o usuário escolher uma assistência especializada. Ela tanto pode ter profissionais realmente competentes como também pode ter técnicos que trabalham de forma mais amadora.

A grande vantagem das especializadas sem dúvida é o preço, bem menor que o das autorizadas. Porém, grande parte disso se deve ao uso de peças “alternativas”, que raramente possuem a mesma qualidade da peça original, muitas vezes reduzindo assim a vida útil daquele conserto.


Mas afinal, qual escolher?

A escolha entre uma ou outra vai depender de uma série de fatores, inclusive da sua situação financeira. A resposta óbvia sempre tende a optar pela solução mais barata, até porque alguns valores de reparos oficiais chegam a causar indignação muitas vezes, de tão altos. É comum vermos situações que, por causa do estrago de uma única peça, a autorizada sugere trocar o aparelho todo por um preço fixo, geralmente bem mais do que você esperaria pagar.

Como dito antes, há dois pontos a serem considerados no momento de se escolher uma assistência especializada não oficial: a confiança nos profissionais disponíveis e o uso de peças não originais nos consertos. E como não tem como saber isso com antecedência, o aparelho pode apresentar resultados diferentes depois de um tempo de uso. Na hora da entrega, o aparelho funciona que é uma beleza, mas não dá para garantir que aquela nova tela ou bateria trocada irá aguentar 100% depois de um ano.

Vale ressaltar que há muita gente que usa assistências paralelas com um resultado excepcional. Porém, o que estamos afirmando é que não tem como você saber quais as de qualidade antes de experimentar. O ideal é sempre você tentar conseguir recomendações de alguém que confia (e experimentou) antes de entregar seu aparelho a um profissional não autorizado.

Já se dinheiro não é problema para você, ou se você acha que vale a pena pagar mais pela garantia de ter um serviço qualificado e com peças originais (que na teoria livrarão você de futuras dores de cabeça), a escolha certa é buscar uma assistência oficial autorizada. Neste outro artigo nós já ensinamos como você pode procurar uma na sua cidade ou próximo de você.

Portanto, a dica de ouro é a seguinte: preste atenção sempre nas palavras autorizada e especializada. Agora que você sabe a diferença entre uma e outra, terá condições de fazer suas escolhas de forma consciente. Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares, para que mais gente conheça as diferenças e saiba o que fazer em caso de necessidade.

Fonte
Conteúdo original © Blog do iPhone
Tags

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Lindemberg Martins da Silva

    so sei que quando fui trocar a bateria do meu iphone 8 plus na loja autorizada da apple aqui em fortaleza, avaliaram meu celular e viram que estava intacto ,pois caso tenha alguma trinca a tela pode quebrar na abertura,abriram o celular na minha frente pra eles mesmo constatarem que o celular é original ou nunca foi aberto por terceiros me mostraram por dentro ,a cola que é propria da apple ,levaram pra dentro voltei 3 horas depois ja com a capa anti impacto na mao pra colocar logo o celular,pois nao confio num celular tao grande sem capa nem por um minuto….por fim no dia seguinte verifiquem na emenda da tela um minusculo trincado ,fui la e expliquei que nao daria pra quebrar com uma queda , que tinha colocado a capa logo quando recebi etc…mas dizeram que nao poderiam fazer nada… infelizmente aguardando julgar no juizado especial… https://uploads.disquscdn.com/images/6d86fd217ac82b86e652563e89e5314104d6833fd73736dc4be0607c890fda1a.jpg https://uploads.disquscdn.com/images/23614c3475eb369f52c9696d4267be0f2a9e36aa7e040cd2274d00e62b1f6256.jpg https://uploads.disquscdn.com/images/fbc5d685cf9762e19fb112dfbfeef7a8ea26bba2d3f114a851c2b244f70c198c.jpg

    • Eduardo Vieira

      Você anexou essas fotos no processo? Se sim, infelizmente já mostra que não foram eles… pois a capa amarela está com o risco exatamente aonde tem o quebrado.. as vezes pode acontecer assim… chave no bolso… ou bater em algo mesmo no bolso… infelizmente…

      • Paulinho Henrique

        Exatamente, pelo foto da pra vê nitidamente que não foi os técnicos. infelizmente foi mau uso

    • TimeloRegoFundo

      que burro! kkk.. vai perder esse processo facilmente por ter produzido prova contra ele mesmo…

  • Grifo Servtel

    Já vi muitas vezes assistências não autorizadas fazerem serviços de reparo complexos, que a autorizada não faz. Por exemplo, reparos na placa principal, reballing e trocas de componentes na placa. Eu entendo que a Apple muitas vezes por querer garantir e ser mais prática, prefira não reparar e sim trocar os componentes internos. Mas no final a impressão que passou, é que seus técnicos geralmente são mais qualificados para trocas de componentes em vez de reparos mais precisos.

    Se por exemplo um iPhone 6 chega em para uma assistência Oficial com falha no sinal e fora de garantia, muito provavelmente eles iriam passar troca da placa principal ou o aparelho todo, sendo que em muitos casos é só trocar um circuito integrado que muitas não autorizadas o fazem por e média 250 a 350 reais.

    • Eduardo Vieira

      O problema è ter a ferramenta para fazer… mais da metade com o tempo a solda solta ou da problema… infelizmente… notebook já fiz muito disso… 90% voltava com problema… imagina um celular que è menor ainda… solda de frabrica è complicado refazer…

      • TimeloRegoFundo

        nada como uma máquina de solda de componentes smd… é caro mas quem investe nisso e em treinamento consegue reparar com certa facilidade..

        • Eduardo Vieira

          sim, mas pensa comigo, se a apple libera trocar os componentes, como ela vai se certificar que as empresas estão fazendo certo? não tem como, por isso é mais facil trocar a placa toda… como disse nosso amigo acima…

          • TimeloRegoFundo

            acredito mais que seja por motivo economico… é melhor pra eles venderem uma peça inteira ao invés de apenas micro componentes pra reparo (que não são fabricadas pela propria Apple). Além disso, eles tbm podem manter um padrão no reparo, seguindo protocolos e procedimentos..

  • BS

    Aqui na minha região tem uma assistência especializada que tem uma prática que não consigo entender como fazem…. Na troca de telas eles tem a paralela, com três meses de garantia (o outros problemas que já conhecemos) mas também oferecem uma tela original, com um ano de garantia, e obviamente bem mais cara (e garantem também que é original….).
    Porém sei que original é só na autorizada… Questionei eles e eles disseram que tem um fornecedor que entrega peças originais…
    Ai me pergunto, aonde conseguem esse fornecedor? Pra mim são peças do mercado negro ou roubadas…
    Resultado, não levei na loja, apesar de ser uma loja muito bem apresentada…
    Alguém sabe se existe essa possibilidade de conseguir peças originais legalmente, apesar do iLex mencionar no artigo que não?

    • Tirado do site oficial da Apple:

      Somente os Centros de Serviço autorizados (ASPs) podem obter peças junto à Apple diretamente para efetuar reparos

      https://support.apple.com/pt-br/aasp-program

    • Eduardo Vieira

      possivelmente retirando de produtos vendido por ai… eles bancam a garantia de 01 ano… o preço da peça é baixo… eles aumentam por que tem que bancar a garantia e tambem para se passar por um produto oficial… acredito que até mesmo seja roubado… infelizmente não tem como saber a fundo…

      peça 100% original com garantia de procedencia, só na ASP mesmo.

  • Marco Aurélio Chilá

    Meu irmão aprendeu da pior forma possível. A tela dele deu problema já fora da garantia. Aí ao invés de pagar 1700 na Apple retail store na época, ele foi na famosa loja que arruma iPhones na Santa Ifigênia, aqui em São Paulo. Trocaram a tela por um preço muito menor e ele achou que tinha feito um ótimo negócio. Porém quando olhou mais atentamente, a tela não estava centralizada na carcaça e se percebia que estava maia para a esquerda. Além disso o Touch ID parou de funcionar, junto com pequenos problemas que apareceram. Resumindo, para ficar realmente bom, ele teve que levar para trocar de novo, e resolver os detalhes acabou gastando o que teria gasto na Apple. Ele teve que levar o celular em um lugar que soldava um componente na placa. O Touch ID eu lembro que não tinha como arrumar. Então, eu até acho que os preços da Apple são altos, porém a dor de cabeça zero após um reparo, tem um valor que muita gente esquece. Além de que os reparos na Apple retail store podem ser parcelados em até 10x se a pessoa desejar.

Back to top button
Close