App Store

Apple disponibiliza modelo mais barato de anúncios na App Store

Há pouco mais de um ano, a Apple iniciou algo diferente na App Store para ajudar os desenvolvedores a divulgarem melhor seus aplicativos. Ela passou a permitir pequenos anúncios pagos no campo de busca, quando o usuário procura por algum app ou palavra. Você talvez nunca tenha visto isso porque no momento está disponível apenas em alguns países.

Agora a Apple está oferecendo uma maneira um pouco mais barata de fazer estes anúncios, algo que pode beneficiar pequenos desenvolvedores.

O Search Ads funciona assim: quando você digita uma palavra no campo de busca, se houver algum anúncio relacionado a ela, ele é mostrado no topo da lista. Por exemplo, a palavra “calculadora” pode mostrar um aplicativo relacionado a isso como primeira opção, mesmo ele não sendo o mais baixado ou popular.

O desenvolvedor que quiser pagar para o seu app aparecer como primeiro da lista de buscas pode definir diversas palavras diferentes para serem relacionadas, assim como definir a região em que os anúncios serão divulgados (por exemplo, se quiser que apareçam apenas em Nova York ou outra cidade) ou o dispositivo que poderão aparecer (iPhone e iPad ou somente um deles). O dev também conta com estatísticas completas para entender qual a melhor estratégia a ser adotada, ao analisar o que funcionou ou não.

O Search Ads da App Store por enquanto está disponível apenas nos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, Canadá, México e Suíça.

Mas agora a Apple decidiu introduzir um modelo mais básico deste formato, para desenvolvedores menores. O Search Ads Basic permitirá colocar anúncios que só terão custo se o usuário baixar o aplicativo (diferente do outro modelo que cobra do desenvolvedor sempre que o anúncio aparece). O desenvolvedor escolhe o aplicativo a ser promovido, estabelece um budget mensal (quantia que pretende gastar naquele período) e o preço unitário (CPI, custo por instalação) que está disposto a pagar por cada download.

O que determinará qual anúncio irá aparecer (em relação a outros anúncios) é um combinado de relevância do aplicativo nas palavras que foram buscadas e o CPI determinado, além de outros fatores.

A desvantagem é que o desenvolvedor não terá todas as opções de configuração que o plano Advanced oferece, como escolha das palavras-chaves, segmentação de público e relatórios detalhados.

Mesmo assim, parece ser uma boa opção para desenvolvedores menores que não contam com orçamento suficiente para bancar grandes campanhas. Além do mais, o dev só paga quando alguém baixa o aplicativo, o que pode significar um bom custo/benefício.

Inicialmente, o plano Basic do Search Ads estará disponível apenas nos Estados Unidos.

E você? Acharia bom que este tipo de publicidade chegasse na App Store brasileira?

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados