Curiosidades

Estes podem ser os preços dos aplicativos no Brasil em 2018

Com a notícia de que a Apple irá adotar o Real como moeda nas lojas virtuais no Brasil, muita gente ficou apreensiva em relação ao valor que os aplicativos irão custar a partir de agora. Será que a conversão será feita com qual valor? E os impostos, irão encarecer muito?

Felizmente já podemos ter uma ideia de quanto poderá ser a conversão, de acordo com o valor que a empresa já revelou para o Apple Music.

No final desta tarde, diversos usuários que hoje assinam o serviço de músicas da maçã receberam um email que informa que o valor será convertido em reais em breve. O plano Individual que atualmente custa US$4,99 por mês passará a custar R$16,90. Com isso, já é possível imaginar como os preços podem ser convertidos.

E a perspectiva é ótima. Isso porque hoje, com o câmbio do cartão de crédito (que varia entre os bancos) e mais o iOF de 6,38% de compras em dólar, o preço já é mais caro que isso. Ou seja, é bem provável que pagaremos menos que hoje em aplicativos, músicas e livros.

Pegando o preço da assinatura do Apple Music como referência, fizemos uma conta rápida, despretenciosa, apenas para ter uma noção de como podem ser os preços. Veja o resultado que chegamos:

CAMBIO COM IOF (HOJE)

VALOR PROVÁVEL (2018)

USD 0,99

R$‎ 3,62 R$‎ 3,90

USD 1,99

R$‎ 7,27 R$‎ 6,90

USD 2,99

R$‎ 10,94 R$‎ 10,90

USD 3,99

R$‎ 14,60 R$‎ 13,90

USD 4,99

R$‎ 18,25 R$‎ 16,90

USD 5,99

R$‎ 21,90 R$‎ 20,90

USD 6,99

R$‎ 25,56 R$‎ 24,90

USD 7,99

R$‎ 29,22 R$‎ 26,90

USD 8,99

R$‎ 32,88 R$‎ 30,90

USD 9,99

R$‎ 36,54 R$‎ 34,90

É importante destacar que estes não são os valores oficiais, e até janeiro o preço do dólar pode sofrer fortes alterações, modificando estes valores. É apenas uma estimativa.

Mas a brincadeira já serve para nos mostrar que os preços podem não ser tão absurdos quanto muitos podiam imaginar. Pagar R$3,90 por um aplicativo não parece nada absurdo, principalmente se ele nos trouxer diversão ou nos for útil em alguma tarefa que precisemos. E este valor pode ser ainda menor se os desenvolvedores adotarem o Alternative Tier que provavelmente incluirá o Brasil (leia mais sobre isso aqui).

Enquanto a Apple não revelar os preços definitivos, ficaremos na expectativa e torcendo para que eles sejam mesmo acessíveis, para que possamos aproveitar o máximo de aplicativos por um preço que cabe no bolso.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados