Aplicativos

Aplicativo Evernote reduz funções para quem tem o plano gratuito

O aplicativo Evernote (link) é uma das mais populares ferramentas de produtividade do mundo mobile hoje em dia. Ele concentra, em um só lugar, suas notas, ideias, imagens, documentos, facilitando muito a organização de projetos, além da enorme praticidade em compartilhar isso com outros membros de sua equipe.

Ele sempre disponibilizou várias funções de graça, com algumas mais elaboradas apenas nos planos pagos. Mas aos poucos, eles estão limitando as coisas para os usuários gratuitos, para incentivar a passagem para o plano Plus ou Premium.

Esta semana, eles anunciaram que a sincronização de notas entre dispositivos agora não poderá ser com mais de dois aparelhos. Ou seja, se você quiser que suas notas sejam sincronizadas no iPhone, no iPad e no computador (ao mesmo tempo), terá que aderir a um plano pago.

Para quem paga em dólar, a coisa piora, pois os preços dos planos aumentaram. O Plus passou de US$3 para US$4, enquanto que o Premium aumentou de US$6 para US$8. No Brasil, felizmente os valores não mudaram e continuamos pagando o menor preço do mundo: R$4,50/mês pelo Plus e R$9,00/mês pelo Premium. Os planos anuais são ainda mais vantajosos.

Segundo o próprio Evernote, eles estão fazendo isso para melhorar ainda mais o serviço e oferecer ferramentas com qualidade aos seus usuários.

No plano gratuito, é possível organizar notas e capturar páginas web, além de imagens. Se você está trabalhando em um projeto, pode organizar tudo e compartilhar documentos e textos com outros usuários, de forma fácil. O porém é que você tem um limite de upload de 60MB por mês, o que pode ser pouco se você usar muito o serviço. No plano Plus este limite aumenta para 1GB e no Premium é de 10GB, que são renováveis a cada 30 dias. Ao assinar o Plus, é ilimitado o limite de apenas dois aparelhos, além de ter suporte a notas offline e poder enviar notas por email.

Evernote

Quem quiser experimentar um mês grátis do plano Premium, com todas as funções liberadas, pode fazer a inscrição através de nosso link, para decidir se vale a pena ou não para você. O Evernote realmente ajuda muito quando se precisa de agilidade e praticidade em projetos com mais pessoas. É ele que usamos aqui no blog para todos os nossos projetos.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.
  • Anderson Campos

    Ainda acho um preço desproporcional para um usuário comum, como no meu caso.

  • Titanium

    nossa q tiro no pé… assim todo mundo vai passar a usar o google drive que tem as mesmas funçoes que isso dai

  • Estou no meu limite de assinaturas… Playstation online, Spotify, Netflix, Amazon Prime, iCloud e ainda peguei uma outra que não vou falar o nome kkkk

    • PoderosoCastig4

      ( ͡° ͜ʖ ͡° )

    • Rob Simões 

      Mesmo problema aqui.

      • Rob! Estou pensando em dar uma nova chance para o Apple Music. Por uma questão de sinergia de sistema integrado e pela perspectiva de um melhor uso da bateria (e por ter mais músicas).

  • hecnpo

    Google Keep é suficiente pra mim.

  • Mauricio

    Google Keep no iOS é horrível. Ao menos quando eu tentei usar, era. Ficava travando demais. Será que está melhor hoje em dia?

    • João Galdino

      Tb achava a mesma coisa no inicio. Instale agora e veja a diferença! Se não gostar, desinstala de boa. Vale a pena uma conferida. 😉

      • Mauricio

        Obrigado pela dica, João. Vou baixar para testar.

  • Henrique A.

    Tenho o plano Premium desde janeiro (grátis, numa promoção para 1 ano).
    Já tentei migrar tudo meu para o Evernote, mas não consigo. Pelo menos para mim não se demonstrou um serviço pratico…

    • Rob Simões 

      Nem pra mim. Também já tive o Premium por um ano e até hoje não consegui entender pra que serve esse serviço nem porque falam tanto dele.

  • Thiago Moraes

    Eu uso muito o google Keep e também tenho usado mais o Notas da própria Apple e tem servido muito bem para as coisas básicas que preciso, nunca usei esse evernote.

  • Projeto BDI 8.0… Humm, curioso! 😛

  • Prefiro o one note…

  • Alexandre Soares

    Já tentei usar várias vezes e não me adaptei, acho mais pratico o notas ou até mesmo o Google Keep.

  • Thiago Buccos

    Legal, mas para mim não vale a pena. Por não ser um hard user, larguei o Evernote de mão quando começaram com isso de planos diferenciados.

  • Matheus

    Eu nunca fui fã do Evernote. Sempre utilizei o OneNote. Mas confesso também que deixei pela complexidade.

    Atualmente estou usando o Notas da Apple devida a rápida integração entre iPhone, iPad e Mac.

  • RACLA

    Eu estou transferindo todas as minhas notas para o Google Drive. Ele me atende e é de graça.

    • Julyanne

      Verdade. O GDrive é de graça, estável, tem espaço razoável (15 gigas), você carrega todo tipo de arquivos lá, etc. Eu converto todos os textos que preciso ler para áudio, carrego para o GDrive e baixo no celular, para ouvir enquanto trabalho. Nunca me deixou na mão.

  • Anderson Olliveira

    Pago e Evertone fazem 5 anos, ė um dos melhores serviços que ja usei,vale muito a apena não só pela facilidade do app, mas por todo cenceitonde vida que ele agrega com o serviço.

  • Alecs Lima

    Jura que é essa a forma da empresa conseguir assinantes? Tirar aquilo que oferecia, mas continuar oferecendo mediante pagamento?!
    Usava o Evernote para organizar minha vida, não excedia os 60mb/mês, mas usava em todos meu iDevices e Mac. Não compensa eu pagar por algo apenas para ter a conveniência de mais telas. Para hard users, a história pode ser outra…
    Ontem migrei tudo para o Apple Notas, me atende e fora a sincronização perfeita com o iCloud!

    • Rob Simões 

      Pois é. Eu não preciso dos recursos Premium, mas preciso de sincronia em todos os meus devices. Tentei usar o Evernote várias vezes mas não consigo ver porque ele é tão essencial assim para alguns. O app Notas do iOS está cada vez melhor, supre as minhas necessidades e funciona muito bem em todos os meus devices. Também acho isso um tiro no pé essa atitude. Se eles querem mais assinantes que criem recursos realmente indispensáveis para assinantes pagos.

    • Gustavo Rezende

      Eu uso o Evernote diariamente e bem antes de o Notas nativo do iOS ter a serventia que tem hj. Como não ultrapasso os 60 MB/mês e apesar de já o ter sincronizado no iPhone, iPad e MacBook, hj não o uso mais no tablet, assim versão gratuita ainda me atende bem. A única coisa q me incomoda é não ter as notas offline, mas não o acho insubstituível, tanto que vou até testar o Google Keep.

  • Rob Simões 

    De tempos em tempos eu tento usar esse app mas acabo desistindo já que o app nativo Notas faz tudo o que eu preciso, que é só guardar umas notas de vez em quando, e fazer uns desenhos.

    Com essa atitude de não poder usar entre o iPhone, iPad e Mac não devo voltar mais.

    Eu não me importo de pagar por bons serviços, mas já assino coisas DEMAIS. Apple Music, Netflix, Office 365, Adobe, iCloud, PlayStation Plus, Globo Play, Globo Digital, Qello, Esporte Interativo, revistas diversas, etc, etc, etc. Juntando todas essas assinaturas vai uma boa grana. Então decidi só continuar assinando coisas que realmente não dá pra fixar sem. E ainda não consegui achar um motivo pra assinar esse Evernote.

    • Gustavo Rezende

      Olá Rob, creio q você não veja tanta utilidade no Evernote por não usar alguns recursos dele que são muito úteis e não existem no Notas como organização por cadernos e tags, extensões de captura para navegadores para salvar páginas web e principalmente o compartilhamento de notas e cadernos q é excelente para trabalho em equipe.

  • Marcelo

    Tirando meu da chupeta.

  • Julyanne

    Não vou pagar coisa nenhuma. Tem o OneNote, que tem as mesmas funções e mais: vc acessa às notas offline (no Evernote, só online). E digo mais, não vai demorar muito pra que limitem ainda mais as contas grátis, diminuam o espaço, etc. etc. Não vou perder mais tempo com esse serviço. Fico com o OneNote ou Google Keep.