Dicas

Entenda o risco de se usar VPN para driblar o bloqueio ao WhatsApp

Desde a primeira vez que o WhatsApp foi bloqueado pela justiça no Brasil, muitos sites e redes sociais passaram a difundir “truques” para fazer o aplicativo voltar a funcionar, driblando a imposição judicial. A mais comum é o uso de aplicativos comuns de VPN (Virtual Private Network, rede virtual privada), que na realidade desvia a conexão do celular para um servidor no exterior e acessa o serviço de lá, como se o usuário estivesse em outro país onde o WhatsApp não é bloqueado.

O problema é que, fazendo isso, você está entregando de bandeja todos os seus dados, entre senhas, emails, contatos, fotos e mensagens, para desconhecidos que podem, na teoria, fazer o que quiserem com essas informações.

O Blog do iPhone aproveita este momento em que muitos estão alvoroçados com o que está acontecendo com o WhatsApp e explica melhor como funciona o VPN e os riscos que ele oferece.

O que é VPN

As conexões VPN são muito usadas no mundo corporativo, para interligar remotamente computadores dos funcionários com os da empresa, facilitando assim o acesso aos dados. Se você se conecta à rede privada da sua empresa, você estará protegido por toda a segurança oferecida por ela, pois a conexão passa somente por servidores privados, com o objetivo único de compartilhar documentos de trabalho.

Mas este tipo de conexão também pode ser usado para “enganar” sistemas que exigem que usuários sejam de determinada região para utilizar seus serviços. Por exemplo, muita gente usava desta artimanha para assistir à filmes da Netflix americana quando o serviço ainda não estava disponível no Brasil. O usuário usava um VPN público que fazia seu IP parecer que ele estava se conectando pelos Estados Unidos, o que liberava o serviço. Este truque é antigo e muito usado em vários sites que limitam a zona geográfica.

Driblando o WhatsApp

O mundo hoje é mobile e muita coisa fazemos diretamente em nosso celular. Temos quase tudo nele, desde senhas até documentos de trabalho ou acesso a sites e redes sociais. Por isso, o cuidado com o acesso a ele é um debate intenso hoje em dia, a ponto da Apple peitar o FBI para defender isso.

Com o bloqueio judicial do WhatsApp, todas as operadoras nacionais foram forçadas a bloquear o serviço no Brasil. Isto significa que, se você estiver em território nacional, não conseguirá receber ou enviar mensagens pelo aplicativo, que nem conseguirá se conectar.

E é aí que alguns sugerem o uso de programas de VNP: usando uma conexão que passe por um servidor localizado em outro país onde o WhatsApp não é bloqueado, pode-se receber e enviar mensagens normalmente.

VPN WhatsApp

O problema

O grande risco é que, no momento que você cria uma conexão por VPN com a internet do seu celular, toda a rede começa a passar por um servidor distante antes de chegar ao destino, e isso não se limita apenas ao WhatsApp. E considerando que geralmente você não sabe quem está controlando o tal servidor distante, tudo pode estar sendo observado, sem você nem mesmo saber.

O WhatsApp recentemente começou a encriptar suas mensagens, assim como o iMessage sempre fez, então na teoria não teria problema. Porém, todo o resto das coisas que você faz na internet ficam expostas, mesmo as conexões que o celular faz em segundo plano, sem você saber. Emails que recebe, conexão em serviços e redes sociais, senhas, tudo o que você estiver fazendo enquanto existir a conexão VPN, será transmitido para um servidor desconhecido antes de chegar ao destino. Deu para compreender o grande risco que existe aí?

Os melhores aplicativos de VPN são pagos: eles criam uma conexão criptografada entre você e o servidor, impedindo que os dados sejam desviados ou coletados no meio do caminho. Porém, há muitas opções gratuitas na App Store (e na internet) que não tomam esse cuidado, criando uma conexão sem segurança alguma. É importante lembrar que não existe almoço grátis: se está de graça, eles ganham dinheiro de outra forma que nem sempre fica claro para o usuário.

Então o que fazer?

Mas então, como driblar a decisão judicial e usar o WhatsApp com segurança?
Bem, se você não é um técnico de TI ou entendido capaz de identificar um VPN de confiança ou não, então o melhor é não usar métodos inseguros e esperar o serviço voltar a funcionar no país. Como não há uma fórmula para garantir que “este serviço é seguro, este outro não é“, o melhor é não arriscar. Querer dar o “jeitinho brasileiro” pode ser pior para a segurança de seus dados e de suas fotos, que correm o risco de cair nas mãos de desconhecidos.

Se a comunicação com seus contatos é assim tão importante, uma solução, mesmo que temporária, é instalar aplicativos alternativos de comunicação. Afinal, não foi o WhatsApp que inventou este meio de troca de mensagens, que existe há muito tempo, desde a época do ICQ. O Telegram é um dos melhores, apesar que nessas épocas ele não consegue dar conta do enorme número de inscrições ao mesmo tempo. Para quem usa o Facebook, o Messenger é a opção mais fácil e direta para conversar com os amigos.

Alternativas existem, você só precisa abrir a sua mente e se dispor a usar apps diferentes que, muitas vezes, podem lhe surpreender positivamente. Aprender coisas novas todos os dias é uma maneira saudável e rica de se viver. 😉

Conteúdo original © Blog do iPhone

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Andrsonsp

    Boa ????????

  • André Silva

    Risco existe em qualquer rede publica, nem por isso as pessoas deixam de acessar um WiFi “di grátis”.

    • Igor Volanski

      Complemento ainda que a internet é uma grande rede publica, portanto não precisa nem utilizar wifi gratis pra estar vulnerável !

  • Igor Volanski

    Desculpa redatores do blog, mas não concordo com o que está escrito. Todos os argumentos são inválidos, pois os sites devem criptografar comunicação importante, por exemplo números de cartão de crédito, por isso existem comunicações utilizando o protocolo HTTPS, dessa maneira mesmo utilizando VPN essa comunicação estará protegida. Caso você digite seu número do cartão de crédito em um site que não ofereça https o problema é enorme com ou sem VPN, pois a comunicação trafega via internet e pode ser interceptada de qualquer maneira. O texto ainda fala de SMS, algo que nem internet usa, portanto nada tem haver com VPN. Na verdade um dos maiores problemas de se usar VPN é se o host alterar o direcionamento e te apresentar páginas falsas, porém essas páginas JAMAIS terão o certificado digital do destinatário, portanto problema que também pode ser contornado. Em resumo, enviar informações sensíveis não criptografadas via internet é um problema enorme com ou sem VPN.

  • Igor Volanski

    Nossa que estranho, escrevi várias linhas de mensagem aqui mas sumiu, será que foi algum bug ?

    • Provavelmente sim.

      • Igor Volanski

        Opa, bom saber, achei que tinha chateado você iLex, no qual de maneira nenhuma é minha intenção. Escrevi algo contrário a opinião do site mas com o intuito de informar os colegas leitores deste excelente blog. Parabéns por todos os artigos, mas este em especial eu achei falho e resolvi comentar em posição contrária. Sendo algum bug como ambos acreditamos ser, postarei novamente. Obrigado pela atenção.

        • Igor Volanski

          Desculpa redatores do blog, mas não concordo com o que está escrito. Todos os argumentos são inválidos, pois os sites devem criptografar comunicação importante, por exemplo números de cartão de crédito, por isso existem comunicações utilizando o protocolo HTTPS, dessa maneira mesmo utilizando VPN essa comunicação estará protegida. Caso você digite seu número do cartão de crédito em um site que não ofereça https o problema é enorme com ou sem VPN, pois a comunicação trafega via internet e pode ser interceptada de qualquer maneira. O texto ainda fala de SMS, algo que nem internet usa, portanto nada tem haver com VPN. Na verdade um dos maiores problemas de se usar VPN é se o host alterar o direcionamento e te apresentar páginas falsas, porém essas páginas JAMAIS terão o certificado digital do destinatário, portanto problema que também pode ser contornado. Em resumo, enviar informações sensíveis não criptografadas via internet é um problema enorme com ou sem VPN.

        • Fabio Bobrow

          O iLex apaga comentários que ele não concorda? Quanta democracia nos comentários…

          • O Fábio Bobrow fala o que não sabe e acusa os outros injustamente? Quanto recalque…

          • Gabriel

            E eu pensando que no fórum de coisas do iPhone e tecnologia eu ia ficar sem ver mimimi da esquerda. Estava errado…

          • Caro Fabio Bobrow, eu gostaria de entender a razão da sua agressão gratuita. Você nem estava envolvido na conversa, caiu de paraquedas e já partiu do pressuposto de que o comentário foi apagado só porque o conteúdo era [supostamente] contra o que foi escrito, o que prova que você realmente não conhece o blog e deve estar FRUSTRADO com algo paralelo. Julgar a situação sem saber a verdade é uma forma MEDÍOCRE de agir e pensar.

            Acho que você precisa de algumas aulas de democracia (você e grande parte da população brasileira). Apagar comentário não fere a quinta emenda da Constituição. Aliás, é esta mesma Constituição que nos dá o direito de moderarmos os comentários. Se vivêssemos em uma ditadura, talvez não teríamos controle do que é ou não publicado aqui nos comentários ou nos textos do blog.

            Você me escreveu um email agressivo, em que sugere que o comentário foi apagado e depois recolocado no lugar com uma justificativa pífia. Não precisamos de justificativas para apagar comentários. Como eu disse, o atual Estado de Direito nos garante a capacidade de decidir quais comentários serão ou não publicados aqui. Podemos apagar os comentários que quisermos, sem precisar de justificativa nenhuma, pois este blog não é financiado com verba pública e sim privada.

            Apagar intencionalmente um comentário e depois colocá-lo de volta com uma desculpa esfarrapada é algo bem infantil. Se faz sentido na sua cabeça, na minha não faz.

            Criar realidades paralelas em sua cabeça não lhe dá o direito de agredir ninguém, só porque você está escondido na internet. Talvez o dia que você crescer e ficar mais maduro, entenda isso.

            Claro que você está sendo bloqueado, não porque não somos democráticos, mas porque nossos leitores não merecem ter que aturar haters. E nós aqui fritamos haters no ácido.

            Se você teve dificuldades em entender o que realmente aconteceu aqui, eu desenho pra você:
            http://blogdoiphone.com/wp-content/uploads/2014/04/free_speech.png

        • Igor, por alguma razão seu comentário caiu no Spam, sinceramente não sei porque. Tive que aprová-lo manualmente.

          Aqui incentivamos o debate de ideias, e se você nos acompanha há algum tempo deve já saber disso. É expondo ideias diferentes que conseguimos conversar sobre elas e tentar chegar a um denominador comum, para que todos aprendamos. O problema é que nem todo mundo na internet sabe aproveitar iss de forma madura. Alguns discordam de forma agressiva, ou atacando o autor ou desmoralizando o que foi escrito sem apresentar argumentos construtivos. E muitos haters (como a caso do Fábio aí em cima) se aproveitam de momentos assim para soltarem seu veneno contra alguém que eles nunca viram na vida. Pessoas frustradas que nunca construíram nada na vida, que usam o anonimato para despejarem seu ódio. Vai entender.

          • Igor Volanski

            Certíssimo iLex ! Obrigado pela atenção.

  • Lázaro Monteiro

    Eu utilizo o serviço pago de VPN do Avast. Acho que não é qualquer serviço. Tem muitos apps grátis por aí, esses sim tem riscos altos, mas também tem VPNs de confiança. Se for pensar desta forma que o texto apresenta, melhor jogar meu roteador, PC, smartphone tudo fora e voltar a usar cartas e telegramas, mesmo correndo o risco de os mesmos serem interceptados no caminho. ????

    • Muitas pessoas, senão a maioria, não sabem dos riscos de uso de um VPN. Como você separa o servidor confiável? Existem milhares de alternativas e, nesses tempos, recomendadas aos montes pela internet. Assumir que todos sabem tanto quanto você é um erro gigante, e pode fazer com que as pessoas acabem expondo seus dados pessoais sem nem saber. O BDI informou os riscos de um VPN, e quem achar que consegue ir atrás de um confiável, que vá. Na dúvida, não seja ansioso e espere; é a dica LÓGICA a se dar para usuários comuns.

      Além do mais, como já disse anteriormente, enviar uma mensagem usando o Whatsapp através de um VPN tem grandes chances de ser inútil, pois o destinatário pode não ter instalado um VPN e vai acabar recebendo só daqui a 3 dias. Mais fácil usar outra forma de comunicação, não?

  • Jeff

    Será que o VPN PAGO do AVAST é perigoso?

    • Lázaro Monteiro

      Eu uso Avast Secureline, um app de VPN pra iPhone. Ele é pago. Não acredito que uma empresa de segurança que é conhecida no mundo todo vai roubar minhas informações. Isso vale é claro, caso acesse algo sem criptografia, coisa que eu acho praticamente impossível acontecer. Já imaginou nosso app do banco não possuir acesso criptografado? Estaríamos lascados. Piada desses blogs que escrevem apenas com o intuito de gerar pageviews.

      • Piada é achar que um post informando sobre os possíveis riscos de se usar um VPN tem mais intuito de gerar pageviews que as manchetes: “descubra como desbloquear o Whatsapp usando VPN!”.

  • Fernando Amaral

    A justiça determinou que o blogdoiphone ficasse fora do ar esses dias ? kkkkkk

  • Hades666

    Sempre um prazer ler seus artigos…… 😀

  • LessTech

    Mais ou menos.

  • Igor, a impressão que tive é que você considerou que o texto afirmou que o VPN é o demônio virtualmente encarnado e que prega ficar longe disso, para não ter pesadelos à noite. Mas não foi isso que o texto disse ou quis dizer.

    A intenção dele é simplesmente fazer um contraponto com vários sites que simplesmente ensinam a baixar qualquer app de VPN gratuito e instalar no celular, sem nem conhecer qual a sua origem. O texto quer mostrar que, ao estar fazendo isso, seus dados estão passando por um servidor que pode ser manipulado se não for de confiança.

    Redes públicas de WiFi oferecem o mesmo risco? Sim, mas neste texto focamos no VPN, não em WiFi públicas ou diversos outros riscos para os usuários. Senão, o texto poderia ficar confuso e não ajudar ninguém.

    Achei exagerado você afirmar “todos os argumentos são inválidos”, porque senão você estaria dizendo que o VPN é sempre algo seguro e que deve ser usado por todos, sem medo de riscos. E acho que a verdade está bem longe disso.

    • iLex, discordo em partes com você, acho que existe sim um risco de se usar VPNs, assim como é um risco colocar qualquer dispositivo na internet, e VPNs são de certa forma seguras, assim como firewall (que pode se tornar um risco ou não), eu entendi o texto, e está bem explicado e os argumentos são válidos sim, o único problema é que ele mete medo nas pessoas como se o VPN fosse um bixu de 7 cabeças e sem controle nenhum, se aquela empresa de VPN é séria ou não, não sabemos, aquele browser novo de uma empresa nova é seguro? não sabemos, so testando e pesquisando pra saber. Acho que as pessoas tem liberdade de usar VPNs sem medo, mas com ressalvas, pesquisar é sempre bom antes de usar qualquer coisa na internet.

      • Gstvo

        Desculpa Junior e Igor, mas a abordagem do texto é completamente válida, pois a VPN (Virtual Private Network), nada mais é que um túnel com duas pontas, uma delas a tua estação, e a outra o ponto que deseja chegar, é uma rota direta até o destino especifico, sem passar por centenas de servidores da rede.
        O exemplo foi bem claro, o funcionário se conecta do lugar onde estiver, por meio da VPN à empresa, evitando assim o trafego “publico” da rede, para se conectar a rede privada da empresa e assim usar com segurança os recursos privados daquela empresa.

        Mas veja bem, tu baixará um aplicativo que monta uma VPN, para ela te enviar a um destino desconhecido, uma rede privada, montada na pqp onde tu nem imagina onde estão, quem são, se são idôneos, se estão de má fé, não consegue julgar se é uma armadilha não.. Porque é assim que funciona na rede vocês sabem os de má fé se utilizam de armadilhas, fraudando sites, enviando e-mails, spam, fazendo tu clicar naquelas porcarias para baixar os programinhas maliciosos, roubar dados, informações… e é isso que a reportagem esta abordando.
        O que é bem diferente de tu estar navegando na internet, tu não esta sendo arremessado a um possível covil (está bem, algumas pessoas fazem isso mesmo na internet, mas é outra questão).

        Pelo meu entendimento, ficou bem claro a abordagem da matéria, quanto a integridade dessas empresas que jogam as VPNs como um anzol, só esperando ser fisgado…

    • Léo Coast 

      “Se não… O texto poderia ficar confuso, e não ajudar ninguém”

  • Diego Silva

    Uma dúvida:
    Instalei um app VPN apenas para testar. Usei por apenas uns 10 minutos e desinstalei o aplicativo.
    Seria indicado um reset no aparelho para limpar qualquer risco ou só a desinstalação do app basta?

    • Alvino Prado

      A desconexão já basta.. Se já desinstalou então, já era..

    • Além de desconectar, é importante apagar o perfil que o aplicativo instala no seu celular.

  • Carlos Alberto

    Parabéns pelo trabalho de conscientização iLex. Afinal, 72 horas não matam um ser humano que tem uma expectativa de vida de mais de 74 anos.

  • Guilherme Aportas

    Cara o desenvolvedor do telegram deve ser algum dos integrantes do blogdoiphone

    • Quem dera. Se eu ganhasse um décimo da grana que eles ganham, já ficaria feliz. Você não?

      Não entendo os fãs do WhatsApp se sentirem agredidos quando falamos do Telegram. É um fenômeno que merece estudos.

      • Interessante você tocar nesse assunto. Saberia me dizer qual é o modelo de negócios do Telegram? No site eles se limitam a dizer que “receberam uma doação generosa”, que vai manter o aplicativo por “um bom tempo”, mas mesmo doações de investidores visam um ganho em algum momento, não?

        Em tempo, a queda do Whatsapp foi excelente: vários amigos se deram conta do quão melhor o Telegram é.

      • Guilherme Aportas

        Nao estou me sentindo agredido nao ilex akakkaka apenas brinquei pois vcs sempre recomendam eles

  • Boa parte das pessoas não tem mente aberta quando o assunto é app de mensagens. Existem um monte, e entre os mais conhecidos e ‘segunda opção’ são Telegram, Viber, Hangouts e Line. Eu não uso nenhum desses porque nem o próprio WhatsApp me faz tanta falta, então seria só ocuparia memória tê-los instalados. Mas se caso eu precisasse, com certeza iria baixar os citados pra quebrar o galho.

  • Carlos

    O artigo traz bom argumentos e realmente deve-se ter cuidado na escolha de um provedor de VPN. Porém uma VPN ainda é a melhor maneira de garantir a privacidade dos dados em uma rede pública, já que toda a informação é criptografada e não pode ser interceptada. Eu utilizo um provedor pago há anos em qualquer rede wi-fi aberta ou fora da minha rede doméstica. Os bons provedores não armazenam suas informações ou logs de acesso. Pesquisar é fundamental.

    • Rei/SP

      Carlos! por gentileza, poderia citar qual é o provedor de VPN que Vc utiliza e está satisfeito com o serviço deste? obrigado.

      • Carlos

        Olá Rei, estou utilizando a PIA – Private Internet Access. Estou no terceiro ano e bastante satisfeito, Eles possuem servidores no Brasil então a conexão é bem rápida no uso normal, para ter privacidade de acesso. Se for conectar em outro país (por exemplo nos EUA para utilizar o Pandora) a velocidade cai, mas é ainda suficiente para música e vídeos.

        • Rei/SP

          Obrigado!!!

    • KB

      Concordo… Pesquisa é imprescindível… um ponto de partida para quem quiser é checar as análises trazidas neste site:
      https://www.privacytools.io

  • Thiago Melo

    iLex você crucifucou as VPNs cara!! Na minha opinião, você poderia sim ter colocado os riscos, que existem, mas também poderia ter apontado os benefícios de ser usar VPNs de empresas confiáveis, principalmente a seguranças dos dados em redes Wi-Fi públicas, já que muitos serviços confiáveis de VPN criptografam os dados, assim como poderia ter citado algumas delas de exemplo caso as pessoas quisessem usar.

    • Acho que você pulou a frase do texto que diz: “Se você se conecta à rede privada da sua empresa, você estará protegido por toda a segurança oferecida por ela, pois a conexão passa somente por servidores privados, com o objetivo único de compartilhar documentos de trabalho.”.

      Thiago, eu sei que você está analisando o caso através do nível de conhecimento que você tem, mas nem todo mundo tem o mesmo nível que você, muito pelo contrário.
      A grande massa que usa redes sociais não costuma entender muito do que é ou não confiável, muito menos identificar isso. Só querem usar e pronto. É claro que quem entende de redes sabe que há VPNs confiáveis e seguras, mas o que se vê na internet hoje é um julgamento bem superficial do que é ou não confiável, feito por pessoas que não entendem disso. Sugerem qualquer VPN da China só porque o app é gratuito e não precisa pagar nada, fazendo centenas de pessoas usarem sem saber.

      Eu acredito que, depois deste texto, muita gente ficará atenta ao usar uma rede VPN e até mesmo se informar mais profundamente o que é e como funciona.

  • Diego Azevedo

    Olá Igor,

    Bem, de fato, usar qualquer serviço que transmita informações sensíveis sem o uso de HTTPS é problemático, com ou sem VNP. Mas, sejamos sinceros, usando uma VNP você está entregando esses dados de bandeja direto para um servidor, o que é ainda mais problemático.

    Ao usar uma VNP, você está redirecionando todo o tráfego por outro computador. Isso torna trivial a obtenção de informações pessoais por alguém mal intencionado. Diversas lojas, por exemplo, mantêm apenas a comunicação com a operadora do cartão de forma criptografada, mas a página com o carrinho de compras é comunicada via HTTP. As informações do que eu compro e valores que eu pago não são algo que eu queira entregar de bandeja para alguém.

    Então o artigo está certo. Se o usuário se preocupa com sua privacidade, redirecionar todo o tráfego do celular para um servidor desconhecido é uma decisão temerária. Alguns sites e serviços vão se utilizar de medidas para proteger seus dados, enquanto outros não. E em ambos os casos, é possível obter metadados do que você usa na internet. Então, caso você não possua conhecimento técnico na área, não utilize uma solução milagrosa que viu em um fórum qualquer. Utilize outros serviços e/ou espere o serviço ser liberado.

    • Igor Volanski

      Se a comunicação não é HTTPS você já está entregando isso de bandeja para o mundo. O texto foi extremamente infeliz ao dar exemplos como o número do cartão de crédito, SMS etc… O Google sabe muito bem disso é até a pesquisa pode ser feita em https. A VPN somente torna o serviço de um sniffer mais fácil.

    • Igor Volanski

      Existem sim riscos em utilizar VPN, mas não esses descritos. SMS não utiliza internet é um site que não use HTTPS para dados do cartão deve ser evitado com ou sem VPN!

  • Neto Herrera

    Povo tem mania que complicar as coisas. Não entendi o motivo de tanta discussão sobre o post. Foi bem claro em alertar que o VPN não é seguro, porém não ser seguro não quer dizer que você será afetado, pode ser que sim, pode ser que não, e no artigo não afirmou que sim… E em nenhum momento disse também que redes públicas de Wifi eram seguras, pois este não era o assunto do post.

  • Marcelo Tcacenco

    Redatores do BLOG, o correto não seria “desbloqueio” onde se le bloqueio “…. estão ansiosos pelo bloqueio do whatsapp” localizado no 3. paragrafo ?

    • Na verdade, muita gente está ansiosa esperando o desbloqueio do WhatsApp. Neste sentido, a frase não está incorreta, no meu ponto de vista. 🙂

      • Marcelo Tcacenco

        Concordo com vc.. porem no blog está falando do bloqueio e não desbloqueio… “este momento em que muitos estão ansiosos pelo bloqueio do WhatsApp e explica melhor como funciona o VPN e os riscos que ele oferece.”

        • Não, o artigo está falando sobre VPN. O que fala de bloqueio é o outro artigo. 😉

  • Rafael silva

    Meu WhatsApp não parou .

  • Alexandre

    Minha dúvida como leigo, essa possível exposição de dados com a utilização VPN é apenas do que foi transmitido ou o conteúdo dos dados armazenados no iPhone também ficam expostos?

    • Depende.
      Por exemplo, se você não transmitiu nenhuma foto, mas possui algum aplicativo que sincroniza automaticamente suas fotos com a nuvem, pode ser que naquele momento de uso as imagens foram transmitidas pela rede e aí passaram pelo servidor terceirizado. Se o aplicativo não criptografou estas transmissões, as fotos ficaram expostas.

      Mas resumindo a resposta, apenas os dados transferidos pela rede é que passam pelo outro servidor. Eles não tem a capacidade de invadir seu celular.

      • Alexandre

        Obrigado iLex, me tranqüilizou ?

  • Gustavo Santos

    O artigo apenas “explica” para os leigos que usar VPN pode ser um risco, não afirma isso, logo não vejo nada inválido no que está escrito. Claro que se você tem instalado no seu celular só apps que usem criptografia e só acessa sites com protocolo HTTPS pode até se dar o luxo de usar uma VPN “não segura” e é claro que mesmo não usando VPN e acessando sites normais você está correndo o mesmo risco de usar VPN “não segura”. Então não vejo o porquê de atacar o artigo, é apenas informação, quem sabe o que é uma VPN lê o título e nem precisa ler o artigo, quem não sabe é bom ler apenas isso.

  • engraçado que ninguém comenta que o WhatsApp funciona normalmente pela rede WiFi…

    • Pablo Rangel

      ta funcionando nao. so se seu provedor nao for uma das grandes.Vivo, net, tim e tal ta tudo bloqueado. Algar parece q nao tava na liminar e ta rolando. Qual a sua?

      • eu me refiro a internet Wi-Fi, de um roteador, não a do próprio celular… Tanto minha internet da GVT, quanto da RMS (fibra ótica de uma empresa local) funcionaram o zapzap normalmente. O @SamuEX tmbm estava assim 😉

  • Danilo

    Pessoal, o sonho do Telegram acabou,Whatsapp voltou.
    Vida normal

  • VPN é mais fácil e seguro que ensinar e explicar a mãe a digitar o e-mail e a senha a Apple Store e não do e-mail pessoal!!!

    Galera, VPN não é totalmente como diz no texto podem usar tranquilo, usem com moderação, que aliás, é apenas um serviço que não está funcionado e não a internet em geral!!! Com um simples toque na opção de desligar vc desconecta e volta a navegar ao normal. Não precisa acessar o site de banco no VPN.

  • Mariana Fontes

    Se for pensar em vulnerabilidade ninguém mais acessa Internet. A questão é atualmente o WhatsApp é o principal meio de comunicação mundial,e só aqui no Brasil o tão respeitável judiciário nos privou do serviço, ninguém está falando em utilizar vpn para cometer algo inlicito!O navegador Tor,que defende o direito do anonimato ao navegar na Internet usando como meio camuflar o ip,noticiou com grande estranheza essa ditadura a qual estamos sendo impostos, afirmando que nunca viram tal coisa ocorrendo em qualquer outro país! Pode não ser totalmente seguro como foi bem explicado, seria interestante se o editor tivesse acrescentado que existem programas ,que se usados em conjunto oferecem uma maior proteção!