Notícias

Apple SIM fica disponível em mais de 90 países

Você se lembra do Apple SIM? Nós já falamos dele aqui e se trata de um cartão SIM (conhecido no Brasil como “chip de operadora“) que não é atrelado a nenhuma operadora e pode ser usado em vários países diferentes. Este SIM, que até agora só funcionava nos EUA e no Reino Unido, ganhou suporte a diversos outros países nesta semana. No Brasil, ainda não.

O chip não pode ser usado para chamadas de voz, apenas para planos de dados, mas facilita muito a vida de quem viaja para o exterior e precisa se conectar na internet. Ele vem dentro do iPad Air 2 e do iPad mini 3 (ambos na versão Wifi + Cellular) comprados nos EUA, mas agora também podem ser comprados separadamente em qualquer Apple Store em países que oferecem o serviço. A Apple publicou uma lista deles aqui, todos situados na Europa, África, Ásia e Caribe. Na América do Sul, apenas Suriname, Guiana e Guiana Francesa é que são compatíveis com o serviço.

Apple SIM

A ideia é o possessor do chip chegar a um país em que seja compatível com o serviço e poder contratar, diretamente do iPad, um plano de dados para usar a internet, sem precisar correr atrás de chips pré-pagos locais. A Apple fez acordo com a T-Mobile e a GigSky para viabilizar o serviço, permitindo contratar planos de alguns dias, uma semana ou até um mês. Os preços da GigSky podem ser vistos aqui, dependendo do país.

GigSky

A única coisa chata é que, depois que você escolhe uma operadora, o chip fica preso a ela. Por exemplo, se você escolher a GigSky, só poderá usar ela nas próximas viagens, sem poder trocar para a T-Mobile, por exemplo. Se estiver nos Estados Unidos e escolher primeiro a AT&T, não poderá trocar mais, não podendo usar na Europa. Neste caso, se quiser usar outra operadora depois de escolhido, terá que comprar outro Apple SIM card. Os iPads comprados não na Apple Store, mas em lojas de operadoras, também poderão vir com o Apple SIM preso à ela.

Tirando estes detalhes, a iniciativa parece ótima e promete facilitar a vida de quem viaja com o iPad. Por enquanto, apenas o iPad Air 2 e o iPad mini 3 são compatíveis com o Apple SIM e, portanto, ele não irá funcionar em iPhones e em outros modelos de iPads. A Apple está tentando incorporar aos poucos este serviço, para não comprar briga com as operadoras. Mas quem sabe, no futuro, tenhamos apenas um único chip universal para poder escolher a operadora que quisermos?

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.
  • Ana

    Como sempre, ”o Brasil ainda não”.

    • Leonardo Negrisoli

      Pois é…

    • Danilo

      Com as frescuras da ANATEL é capaz de nem chegar, coisa que ajuda o cliente não pega aqui.

      • Lauro

        Mas pelos preços apresentados aqui acho que nem vale a pena, no caso dos Estados Unidos. No mês passado comprei um chip pré pago por 60 dólares, com 4 GB de dados e falar ilimitado para qualquer fone nos EUA durante 30 dias.

        • Gustavo Bretas

          Também não vi vantagem… paguei 30 libras no plano ilimitado por 30 dias em Londres.

        • Felipe

          Olha o Print ali, US$10 por 40mb em 3 dias, achei bem caro esse planos do Apple Chip…

        • Lauro. Que operadora foi essa que você conseguiu esses preços?

          • Lauro

            AT&T

            • Hummm, me interessei! Eu to pagando $45 ilimitado na AT&T, mas tenho apenas 1.5GB (que não é mta coisa). Eu pagava $60 na T-Mobile (ilimitado para qualquer país), mas eles bagunçaram minha fatura, aí eu portei.

    • Pivatt0

      Não sei porque lembrei do “Hoje não, hoje não, hoje sim” da Formula1
      rsrsrs

    • Fábio

      Alguém sabe se existe algum site onde eu possa comprar o chip para ser entregue no Brasil?

  • Vinicius Marques

    A ideia a principio era bem interessante, mas agora com essa de amarrar você na operadora é tão chato que perdeu todo o encanto desse Apple SIM. Se for pra ficar amarrado, deixa que eu compro direto na operadora né!

  • Ótima iniciativa. Principalmente por começar em iPads mais antigos, pra dar uma alavancada nas vendas. Hahahahaha

  • Leonardo Vieira

    Portugal já está!! 😀

  • Lauro

    iLex, no mês passado comprei na Apple dos EUA um iPad Air 2 e ele veio com esse chip. Inseri o chip da Vivo no Ipad que funciona perfeitamente, mas sempre que conecto o iPad no Itunes recebo aviso no Mac dizendo que há atualizações de operadora, eu confirmo a atualização, mas nunca atualiza. O arquivo de configurações da operadora existente no iPad é Carrier. Será então esse o motivo de o iPad não atualizar as configurações para Vivo?

    • Alexandre Baumgarten

      Boa pergunta, o mesmo acontece comigo.

      Ja tentei de tudo para atualizar.

      Como resolver isso????

    • Maycon Stones

      Meu iPad Air (1) modelo ANATEL também fazia isso. Acho que isso tem a ver com os arquivos de configuração da VIVO porque sempre aparecia essa mensagem. Agora que mudei pra TIM não tenho mais esse “problema”.

  • Gabriel Moura

    Nem pra Apple fazer os iProdutos já com 3g dela, com uma assinatura, semelhante ao Apple Music.

    • Vinicius Alves

      Isso depende de uma infraestrutura bilionária em antenas, servidores, contratos e coisas que não a interessam muito. Além de que isso provavelmente só seria implementado, se a Apple cogitasse isso, em alguns estados dos EUA.

      • Gabriel Moura

        É… tem esses pontos, mas teoricamente a experiência do usuário ficaria muito melhor. Além de que a Apple precisa arrumar um buraco pra enfiar esses 200 bi rsrs

      • Luiz Claudio Eudes Corrêa

        Só usarem rede de outras operadoras, nos EUA existem 4 rede de operadoras e o resto (tirando algumas locais) são MVNO utilizam rede de uma das 4 grandes operadoras (maioria na sprint) e revendem o serviço com o nome deles

  • Arley Martins

    Brasil sempre fica fora de tudo. Ninguem quer investir nesse paisinho cheio de impostos, ladroes e politicos corruptos, vide operação lavajato, CBF e Brasilia.

    • WhatsApp Messenger

      Hum, engraçado você escrever isso justamente no ano em que a Apple inaugurou uma nova loja no rio de Janeiro…
      Enfim, corrupção, impostos e ladrões existem em todos os lugares, como o caso da FIFA, que é recente. Pelo menos a parte da corrupção vem, aos poucos, sendo investigada e os culpados julgados no Brasil.

      • Arley Martins

        Apple veio na contra mão. O que vejo diariamente é ferias coletivas, demissão de muita gente, muitas empresas fechando. Alguem ta afim de investir no pais?? Basta ler as noticias. Se o governo não se esperta a coisa vai fica pior do que ja esta. A loja da Apple em SP fui 2 vezes e o que mais vejo é gente visitando, porem raramente comprando mesmo estando em um shopping de alto padrão o pessoal esta meio cauteloso em gastar $$$.

        • WhatsApp Messenger

          Não disse que isso não acontece no Brasil, só NÃO É SOMENTE AQUI. Aliás, você pode citar essas muuuuuuitas empresas que estão fechando e demitindo pessoas diariamente?

        • Deivid Cavalcante da Silva

          Voce por acaso tem lido noticias internacionais? Isso tudo esta acontecendo em todos os paises, pois estamos a beira de uma crise mundial.

          • velociround

            Não, cara. Não.

            O Brasil está em crise. Não é uma crise mundial.

            • Deivid Cavalcante da Silva

              Primeiro que eu nao moro no Brasil. Eu vejo as noticias do Brasil e sei que o Brasil esta em crise, mas nao eh apenas o Brasil em crise nesse exato momento. Quase toda a Europa, EUA , China teve contracao na taxa de crescimento, etc. Melhor voce se informar melhor para nao falar besteira.

    • Francis

      Só não entendi porque vc colocou Brasília neste seu rol de coisas ruins do Brasil.!!

      • Arley Martins

        Brasilia é onde mora nossos maravilhosos políticos.

        • Francis

          Mas ela não tem culpa desses maravilhosos políticos, oriundos de toda parte do Brasil, serem da forma que são, né?

        • VW20vT

          E a culpa é de vocês que os mandam pra cá. A cidade não tem nada a ver, ela é apenas um reflexo do país.

        • Luiz Claudio Eudes Corrêa

          Moram não, só é onde se reúnem (quando vão)

  • Roberto

    Preço absurdo, voltei da europa fazem 2 semanas, em portugal comprei 2gb por 20 euros, na alemanha foram 50 euros por 3gb, na espanha foram 2gbs por 25 euros se não me engano. Todos Vodafone no proprio aeroporto. E a vivo querendo me cobrar 30 reais por 50 MB/dia, por isso é bom se informar a comodidade na maioria das vezes sai muito mais caro.

  • Guilherme Carvalho

    Não acho útil fui para europa paguei 15 euros, 1g e 60 minutos, acho mais util se o iPhone pudese colocar dois SIM isso é util em qualquer pais.

  • Vitor Carvalho

    Achei caro pros EUA, a T-Mobile tem planos pre pagos mais atraentes

  • “A única coisa chata é que, depois que você escolhe uma operadora, o chip fica preso a ela.”

    Uai, ai eu penso, qual a diferença de ir na própria operadora e comprar o SIM? Sem contar que fica bem mais em conta, a TMobile por exemplo tem plano de 5 GB por 35 dólares, bem mais barato que esses ai.

    • Felipe

      Eu pensei isso, a utilidade desse chip seria justamente poder trocar de operada facilmente…

    • C.S.

      Pois é, eu também não vi diferença.

  • Franklin Amaral

    Se o intuito era portabilidade, erraram em bloquear com a primeira operadora cadastrada.

  • CFN

    Suriname?!?
    Aí foi fod…

  • Douglas

    Alguém sabe dizer se esse SIM card expira após alguns meses sem colocar créditos?
    Isso é o que ocorre com os chips de operadoras, geralmente 6 meses sem utilizar, o chip não pode ser mais utilizado. Aí deve-se pagar mais uns U$ 15 por um novo chip.
    Se não tiver prazo de validade, o SIM card da apple acaba sendo interessante. Senão, seria melhor comprar direto das operadoras por incluir um pacote de voz e ainda assim ser mais barato.

    • Vitor Carvalho

      Pelo site da T-Mobile o plano de dados para tablet expira após 12 meses em colocar créditos

  • Rodrigo

    Nossa a coisa mais ridícula e fácil de se fazer é comprar um sim no próprio aeroporto em qualquer lugar do mundo por um terço do preço da Apple. Isso até parece piada.

    • Rodrigo, você fala como se a Apple fosse quem cobrasse os preços e ficasse com o dinheiro. Na verdade, ela apenas criou um SIM que permite ser associado “on the fly” com uma operadora escolhida pelo usuário. Ela no momento fez parcerias com poucas empresas, acredito que por questões fortemente burocráticas (as operadoras lutam muito para não alterar o status quo, em que elas ganham fortunas). Se estas empresas cobram caro, a decisão é delas, não da Apple.

      O importante é que este pode ser um primeiro passo para, quem sabe no futuro, o sistema todo ser mais aberto e aí sim podermos escolher entre diversas opções sem precisar ficar procurando chip no aeroporto (porque, ao contrário do que você afirma, NEM SEMPRE é tão fácil e já fui em muito aeroporto que simplesmente não havia nenhuma loja de operadora).

      É claro que, quem encontrar maneiras mais econômicas de ter acesso à internet, deve fazê-lo e, se você se informar um pouco mais, verá que a PRÓPRIA APPLE sugere isso.

      • Vitor Carvalho

        Ilex será que a Apple não fica com nenhuma %? Porque pergunto isso, no print aparece ai 1GB 30 dias U$50.00.
        No site da T-Mobile tem o plano 7GB 30 dias por U$50, 7x mais dados pelo mesmo valor.

  • Rodrigo

    Aqui na Austrália 4GB 30 dolares em qualquer buteco ou posto de gasolina.

  • Jonathan J.

    40MB = 10 dólares =SSS

  • steang

    Ao observar os planos, eu não vi vantagem. Ainda prefiro um plano pre-pago.

  • Junior Ferreira

    Compro um chip que me permite escolher a operadora, e depois disso não posso mais trocar? Então é melhor eu escolher a operadora e comprar o chip direto na operadora, que provavelmente é muito mais barato, hahahaha. Se pudesse ‘trocar’ de operadora, seria interessante, desse jeito, é inútil. 🙂

  • djgigio1976 .

    Imagino que se la nos USA 1Gb custam 50 dolares , transformados para o real corresponderia a 150 reais, isso se fosse o mesmo valor,mas como no Brasil tudo é caro e uma merda, poderemos ver 1 GB por uns 300 reais, barato pra caramba, rsrsrs