Aplicativos

Spotify anuncia grandes mudanças, e passará a oferecer podcasts e vídeos

Em um evento realizado nesta manhã em Nova York, o Spotify anunciou diversas novidades bastante interessantes, em uma decisão corajosa que irá ampliar seu negócio de atuação. Agora, além de contar com um acervo de milhões de músicas, o Spotify também passará a oferecer podcasts e conteúdos em vídeo, além de trazer uma ferramenta de reprodução de música bastante inovadora para quem costuma correr para se exercitar.

A convite da assessoria de imprensa do Spotify, o Blog do iPhone acompanhou a transmissão ao vivo das novidades, que você confere a partir de agora.

Para quem ainda não conhece, o Spotify é um dos principais serviços de streaming de música no mundo. Presente em 64 países, o serviço chegou ao Brasil em novembro do ano passado (para ler o artigo que fizemos a respeito da chegada do serviço, siga este link), e foi rapidamente adotado pelos brasileiros.

No entanto, com o crescimento de outros serviços de streaming de música como o Rdio e Deezer, e com a perspectiva da entrada da Apple neste mercado após a compra da Beats (dona, claro, do Beats Music), o Spotify se viu em uma situação delicada, e resolveu expandir os seus negócios para tentar se manter relevante e à frente da concorrência.

Now

O primeiro anúncio foi o Now. Aqui, o usuário irá encontrar playlists para diferentes situações e partes do dia, como por exemplo Primeiras Horas da Manhã, Indo Para o Trabalho, Jornada de Trabalho, Hora de Deitar, etc. Nestas playlists, junto das músicas, os usuários poderão ouvir podcasts e assistir a vídeos. Se você escolher a playlist Primeiras Horas da Manhã, por exemplo, irá ouvir músicas adequadas para este momento do dia, além de podcasts e vídeos de notícias para já começar o dia bem-informado. Já no final do dia, irá ouvir músicas relaxantes, e podcasts e vídeos bem-humorados para desestressar.

Video da Vice em reprodução no app

Playlists temáticas sempre fizeram parte do acervo do Spotify, e são usadas por milhões de pessoas todos os dias. O que difere as playlists do Now em relação às playlists tradicionais é justamente a presença dos podcasts e vídeos permeando a programação musical. O Spotify firmou parcerias com dezenas de produtores de conteúdos, como por exemplo o Comedy Central, Vice,  ESPN e MTV para oferecer uma gama bastante ampla de conteúdo para os usuários. Além disso, alguns conteúdos irão aparecer no Spotify antes de serem liberados em outros veículos, o que oferece uma vantagem interessante para o serviço.

Parceiros Spotify

A segunda novidade irá agradar a todos que costumam ouvir músicas enquanto correm. Agora o Spotify trará um novo item no menu chamado Running. Bastará ativar esta função, escolher um estilo musical (ou deixar o Spotify fazer isso para você), começar a correr, e em poucos segundos o aplicativo irá identificar o seu ritmo, passando a reproduzir músicas cujas batidas tenham a mesma frequência das suas passadas.

Spotify Running

Ainda sobre o Running, a empresa apresentou algo bastante inovador, e definiu a novidade como “uma nova forma de reproduzir música“. Composições musicais foram criadas especificamente para esta função, e a promessa do Spotify é que estas músicas sejam remixadas e reorganizadas de forma instantânea e natural conforme o usuário for variando o seu ritmo de corrida. Mais do que simplesmente acelerar ou diminuir a velocidade de reprodução da música, o aplicativo irá “compor” a música de forma instantânea com base no seu ritmo.

Esta função contará inicialmente com 6 destas composições “modulares”, e uma delas foi composta por ninguém menos do que o DJ Tiesto, que inclusive subiu ao palco para falar a respeito da novidade. Confira um vídeo promocional feito pelo Spotify para divulgar a função Running e suas composições originais.

Agora, para a parte ruim. Todas estas novidades serão lançadas somente em 4 territórios: Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Suécia (terra natal do Spotify). Eles disseram que em breve outros países passarão a contar com as novidades, mas não deram datas específicas.

No entanto, mesmo olhando de fora, é curioso ver o mercado de streaming evoluir desta forma. Não é sempre que uma empresa muda o seu foco de atuação de maneira tão abrangente. Resta torcer para que esta evolução não demore muito tempo para chegar por aqui. 😉

Tags
Mostrar mais

Marcus Mendes

Publicitário formado pela ESPM-SP. Além do seu trabalho como motion designer, contribui com o Blog desde 2012 e é também um dos editores da Revista iThing. Não sabe dizer o que faz no tempo livre por não saber o que isso significa.

Artigos Relacionados

  • kaipira

    Com os planos e pacotes que as operadoras brasileiras oferecem , o streaming é proibitivo se vc não quiser pagar os zóio da cara para ter uma franquia que aguente vc correndo por aí todo dia, sem estar no wifi

    • Murilo Herrmann

      concordo. qualquer plano comum de 3G/4G não sobrevive a uma rotina diária de corrida.
      Não sobrevive nem a uma espiada no Facebook pra falar a verdade

    • Rafael Tavares

      Eu tenho um plano na Claro de 2 Gb e ele resiste bem minhas corridas, até porque as musicas mais frequentemente tocadas acabam ficando armazenados no iphone, economizando dados. Mas não impede de você criar uma playlist e pedir pra ser disponibilizado offline. Eu uso o Deezer e Spotify, mas só pago a assinatura do primeiro.

    • Salun Marvin

      Eu sempre tenho minhas playlists preferidas offline no Spotify, não uso plano de dados com ele de jeito nenhum. Vamos ver se os vídeos também serão disponibilizados offline, se forem, será bem interessante para uma viagem, ou o trajeto no ônibus.

      • Jonas

        Tomara.

    • Gabriel dos Anjos

      Se você for premium poderá ouvir as músicas offline. Você pode baixar as músicas para o seu celular. Então, não vai ter gasto com a sua franquia de 3G/4G.

    • kaipira

      Galera que respondeu, concordo com a lista offline e concordo, mas o running, pra pegar dados da sua corrida e escolher a música, pelo menos a principio eu acredito que vai precisar dos dados pra decidir música batida e tal, e trocar dados com o spotify pra ir aperfeiçoando a funcionalidade (tipo a Siri) Como os mixes tb serão no tempo de corrida acho q a principio precisaria

  • Wellsfreitas

    “Resta torcer para que esta evolução não demore muito tempo para chegar por aqui”.. ja atualizei no meu i6 e ja ta rodando!

    • Murilo Herrmann

      Well, você usa Apple ID brasileiro ou americano?
      Só por curiosidade, pode ser que isso foi o fator decisivo

      • Wellsfreitas

        brasileiro

        • Wellsfreitas

          Aqui aparece assim..

          • Atualizou aqui também, mas não apareceu a função vídeo.

            • Wellsfreitas

              vai em “configurar” lá aparece a opção se quer ou não testar as novas funções

            • @tobimeira

              atualizei, e não nada disso de testar novas funções 🙁

          • não apareceu aqui.. nem nas configurações

    • Gabriel

      Acabei de testar a corrida e funcionou legal. Amanhã testo ele melhor.

      • Daniel Alencar

        eita

    • Jean Marcel Martins

      Qual a versão do seu spotfy?

  • Triste, já falei do Spotify um milhão de vezes e não me convidam pra algo assim.

    • Anderson Camões

      Spotify premium é o que há! Depois disto é bom alterar a qualidade das musicas para extremo. A diferença é absurdamente melhor!

      • Não sabia que existia isso! Obrigado! E fone de ouvido, eu malho e gostaria de comprar um wireless, uso atualmente o da Apple, mas quero um com noise reduction. Alguma sugestão? Jarv? Jlab? JayBird?

        • Rob Simões 

          Bluebuds Jaybird X. Este é o fone. Depois de usar dezenas de fones Bluetooth de todos os tipos não tenho a menor dúvida. Ele é extremamente superior, mas bem caro.

        • Alexandre

          Concordo com o Rob. JayBird é perfeito para corridas. Tinha pesquisado antes de comprar mas o próprio funcionário da Apple de Orlando me indicou ele no lugar do Powerbeats 2, que é da própria Apple. Sem arrependimentos

        • Anderson Camões

          Não conheço. Nem uso fone de ouvido. Uso no carro, meu fone da Apple nunca foi usado.

        • lcesar

          perfeito rob… e por ficar preso na parte de trás da cabeça não fica atrapalhando nem pra correr e nem na academia. e o som é bem legal também. não me arrependo de ter comprado

      • McKoe

        O que eu não entendo é o consumo alto de dados do Premium mesmo com as músicas baixadas offline. Vou nas configurações do iPhone ver o consumo de dados e o Spotify tá lá no topo, consumindo MUITO.

        E não adianta configurar no aplicativo para sincronizar músicas só pelo Wi-Fi, o problema só é resolvido bloqueando acesso de celular para o app nas configurações do iPhone.

    • McKoe

      Não entendi seu comentário “não me convidam para algo assim”. Qual convite?

      O que vale a pena fazer para reduzir custo é o plano família. Juntei 4 amigos e para cada um deles a mensalidade fica em R$ 7,50.

      • Eu estava brincando, com fundo de verdade, nada demais. Excelente dica, quando acabar o meu plano de R$ 1,99 daqui a três meses vou segui-la. Obrigado por compartilhar essa orientação.

  • É uma digna lição. Se vai dar certo só o tempo irá dizer, mas definitivamente eles estão fazendo a lição de casa para saber lidar com os concorrentes. Muitas empresas (para não dizer a maioria) tem que levar isso como lição. Seriamente.

  • Danilo

    Estou testando o Google Play Music e estou gostando bastante,ganhei 3 meses gratis.tem varios artistas lá que não tem no Spotify.

  • Bruno Serrão

    Agora é só esperar o Jovem Nerd migrar para o Spotify e dar adeus ao iTunes.

  • Mas a pergunta que não quer calar é:
    A conversa do Marcus e do iLex sobre o Watch, foi ou não um podcast?

  • Tarlan Brunet

    Uma pena ainda não terem adicionado a opção de carregar a própria biblioteca de músicas pros servidores deles, tipo iTunes Match (coisa que Google e Deezer já oferecem há um tempo!). Pra mim só falta isto pra abandonar o iTunes de vez.

    • Thiago

      Se não me engano na versão do OS X tem essa função.

      • Tarlan Brunet

        na verdade o que o app faz é facilitar o mix da biblioteca local com o app no smartphone, mas não fica carregado no servidor para você ouvir ou baixar onde e quando quiser, tal como o Match.

        • Thiago

          Ops, ok! Desculpe o engano 😡

          Mas o Deezer sim tem essa função. Porém nenhum app se compara ao Spotify em termos de design, usabilidade e provavelmente conteúdo.

          • Tarlan Brunet

            sim, sim.

  • CHC

    Olha, gosto muito do Spotify, mas pagar 14,90 por mês para ouvir música é demais.

    • Ricardo Cavalli Schmitt

      Não acho. Escuto durante todo o dia, no trabalho, indo/voltando dele e as vezes a noite antes de dormir. Sem reclamações.

    • Eles garantem uma experiência que vai alem de simplesmente ouvir musica.
      Eu acho que vale.

      • Chicão

        Um serviço de música que garanta um experiência além de ouvir música?
        Amigo, o nome disse é hype.
        Nada mais, nada menos.

        • Cara, vc precisa conhecer melhor o serviço pq passa longe de ser “hype”.
          Algumas coisas que vao além de simplesmente apertar um Play:

          – Criar, compartilhar e acompanhar playlists / radios (inclusive por redes sociais)
          – Download de albuns para ouvir offline
          – Apps internos do Spotify para ter acesso a letras e mais informaçoes da banda que vc curte
          – Usar o iPhone para controlar o spotify em outro dispositivo (uso isso mto)
          – Fora os recursos como Top lists do mundo / descobrir musicas novas / etc…

          Bem, acho que isso é muito mais do que “simplesmente” ouvir música num player qualquer. (como é hoje no iTunes)
          Por isso acho que R$ 14,90 (menos que um CD por mes) pra ter acesso a um ótimo acervo e com mtos recursos… na boa: Tá barato.

          • Chicão

            Amigo, conheço o Spotify desde antes dele desembarcar no Brasil.
            Conheço todas essas funções.
            Sou assinante dele e do Google Music.
            Já fui assinante do Deezer e Rdio.
            Conheço-os muito bem.
            E nada disso seria responsável por uma experiência que vai além de ouvir música.
            Sinto muito, mas é hype mesmo.

            • Nao tem pq sentir nada amigo.
              Curta sua experiencia (da musica) e eu curto a minha (que vai alem dela).

              Se nao entendeu, sussa.
              Segue o jogo. Abs!

    • Marcelo Munhoz

      Pode não parecer, ser músico é profissão. Editar, mixar e distribuir música, também.
      E veja só, regulamentada no mundo todo! 🙂 (: Logo, ouvir música de forma legal está sujeito a cobranças. Ouvir música, não uma, duas, ou um álbum; mas muitos álbuns de diversos artistas por R$14,90 é um preço justo. Acho. Talvez não seja justo o valor repassado aos artistas.

      • Rafael Tavares

        Sem mencionar que hoje em dia por R$ 14,90 o cara compra um CD e olhe lá! 😛 No Spotify o cara tem milhares de músicas!

        • Artur Oliveira

          Milhões!

    • Tarlan Brunet

      14,90 chega a ser menos que um CD por mês e você pode ter acesso a milhares de CDs, ou seja vale sim a pena, a não ser é claro que você ouça uma música aqui e outra só no final do dia, ai realmente não compensa pagar.

    • Rob Simões 

      Realmente, é barato demais. Pago isso e pagaria até o dobro pelo excelente serviço que eles prestam.

    • Quanto fã do Spotify! Então vou me juntar ao coro e dizer, está mais barato que aquela sua promoção de fast food.

    • Gustavo Rezende

      Preço é relativo. Não acho barato, mas também não é caro, para a realidade brasileira de preços acho justo. Sai caro para mim porque ouço pouca música durante a semana, se ouvisse mais compensaria o preço. É como assinar TV, se vc mora só e não tem muito tempo para ver, é caro pagar para mal assistir à noite e um pouco no final de semana, mas para quem tem família que passa o dia em casa a mesma assinatura já vale muito a pena.

  • koiann

    Caraca, que massa em!!! o/

  • Elton Fabricio

    Eu era assinante do Spotify no começo e depois de uns meses migrei pro Deezer. Porém, eu já estava considerando voltar pro Spotify desde o mês passado…
    Essas mudanças me fizeram decidir, vou voltar e já até achei um serviço online que migra as playlists de um serviço pro outro.

    • Ow..
      Qual serviço que vc achou que migra as playlists ??

      • Elton Fabricio

        Opa… segue:
        Deezer > Spotify = Usespotify
        Spotify > Deezer = spotizr

  • kaipira

    Galera que respondeu, concordo com a lista offline e concordo, mas o running, pra pegar dados da sua corrida e escolher a música, pelo menos a principio eu acredito que vai precisar dos dados pra decidir música batida e tal, e trocar dados com o spotify pra ir aperfeiçoando a funcionalidade (tipo a Siri).
    Como os mixes tb serão no tempo de corrida acho q a principio precisaria

  • Rob Simões 

    Sou assinante premium do Spotify desde o primeiro dia disponível no Brasil e considero ele o melhor serviço de streaming existente, mas essas novidades não me empolgaram em nada, pois eu não tenho o menor interesse em consumir videos e podcasts que eu não escolhi no meio das músicas. Já o recurso running parece ser legal, mas obrigatoriamente consumiria dados durante a corrida, já que ele vai escolhendo e criando conforme o ritmo, e isto não combina com as franquias ridículas de internet das operadoras brasileiras.

    Aguardando o lançamento do serviço da Apple pra ver se ela consegue me tirar do Spotify. Acho que só a Apple pode conseguir isso.

  • Jeff Dias

    Eu sigo feliz no 8tracks

    • Gustavo Rezende

      Estou começando a testar ele.

  • Maycon Stones

    Só eu que sinto falta do Spotify na Apple TV?
    Tudo bem que dá pra fazer streaming pelo iPad/iPhone/iPod, mas acho que diretamente nela seria muito prático.

    • Gustavo Rezende

      Não. Rs

  • Gustavo Rezende

    Já uso o Spotify e vou tentar aproveitar a promoção de R$ 1,99 por mês se ainda estiver valendo e passar para Premium.
    Para quem não quer gastar com assinatura e tem muitas músicas, o Google Play Music hoje é uma ótima opção, até mesmo para backup.
    Você pode subir suas próprias músicas para ouvir por streaming e também mantê-las offline no celular.
    Detalhe, o serviço aceita 50.000 músicas, e sendo originais (até onde sei), estando todas certinhas com tags e tudo mais, existindo a mesma música no acervo do Google ele nem faz o upload e já as disponibiliza na sua biblioteca.

  • No meu não aparece não (Y)

  • José Vitor Fonseca

    Ok, mas ainda estou esperando o suporte para Chromecast!

  • Daniel Brito

    Soh falta funcionar no chromecast 🙁

  • Ademar Junior

    Acabei assinando o Deezer por conta da parceria com a TIM onde não descontam da minha franquia, como onde moro o sinal 4G é ótimo, nao tenho de ficar lembrando de sincronizar musicas quando estou em Wireless. Seria 100% se a parceria fosse com o Spotfy, mas fazer o que srsrsr.