AppleNotícias

Confira os detalhes revelados sobre o Apple Watch

Tim Cook apresenta o Apple Watch

A Apple acaba de anunciar todos os detalhes que faltavam a respeito do Apple Watch. Preços, disponibilidade e novas funções pintaram no evento. E você confere todas as informações aqui.

Desde setembro do ano passado, quando Tim Cook apresentou oficialmente o Apple Watch no que se mostrou um grande teaser de pouco mais de 1h de duração, as especificações do novo produto da Apple vem sendo alvo de especulações diárias. Mas com o evento de hoje, todas as grandes perguntas foram finalmente respondidas.

Relembrando o primeiro evento

No anúncio de setembro, descobrimos que existiam 3 opções (o que a Apple chama de coleções) diferentes de Apple Watch: o Apple Watch Sport feito de alumínio nas opções prateado ou cinza espacial, o Apple Watch feito de aço inoxidável e com a opção de cinza espacial, e o Apple Watch Edition, feito de ouro ou ouro rosa, ambas opções com 18 quilates.

Tim Cook apresenta as coleções

Para que fiquem bem em todos os tipos de pulsos, os relógios podem ser comprados em 2 tamanhos: 38mm e 42mm. A diferença pode parecer pouca, mas será determinante para a escolha de muitos usuários.

Tamanhos

Para acompanhar os relógios, a Apple apresentou uma grande quantidade de pulseiras que cobrem diversos estilos e aplicações. Desde o que ela chamou de esportiva, feita de um material chamado fluoro-elastômero, até uma pulseira de elos planos que leva 9 horas para ficar pronta e tem cada um de seus elos escovados à mão, as opções buscaram agradar a todos os gostos.

Pulseiras

Por fim, as funcionalidades apresentadas pela Apple incluíram um acompanhamento bastante abrangente das atividades físicas do usuário, contando desde o quanto ele andou, até mesmo os seus batimentos cardíacos.

As funções sociais marcaram presença, com a possibilidade de você enviar desenhos ou uma pequena vibração para o relógio de um contato, e também enviar o seu batimento cardíaco para alguém. Em conjunto com o iPhone, a Apple disse ser possível ver fotos e ouvir músicas.

Interações

No entanto, isso foi tudo o que ficamos sabendo a respeito do Apple Watch, o que nos deixou bastante ansiosos por mais informações . Mas o mistério acabou hoje.

Começando a falar do Apple Watch

Cook e Christy

Antes de nos tirar da nossa miséria e começar a falar sobre as especificações do relógio, a Apple separou uma parte do evento para mostrar as aplicações práticas que ele terá para quem é fisicamente ativo. Ao chamar a atleta e modelo Christy Burlington Burns ao placo, Cook conversou com ela sobre a preparação para uma maratona que ela fará em breve.

Antes disso, foi exibido um vídeo sobre como o Apple Watch tem ajudado Burns a se preparar para as maratonas e acompanhar seu desempenho durante as provas. Eles anunciaram que o site da Apple contará com um blog especial, que irá registrar o acompanhamento da preparação de Burns para a meia-maratona do Kilimanjaro. O blog pode ser acessado por meio deste link.

Interface e funções

Kevin Lynch

Para falar das possibilidades do relógio e as funções que podem ser exploradas, Kevin Lynch (que lembra  um pouco o Bill Gates) subiu novamente ao palco e exibiu algumas funções como uma consulta com a Siri, notificações que servem para ajudar o usuário a se manter ativo, checou a agenda do dia, deu Like em uma foto no Instagram, respondeu uma ligação direto do relógio, etc. Isso já havia sido mostrado no evento anterior, e não empolgou muito a plateia.

Ligação pelo relógio

Uma função legal que também já havia sido adiantada mas arrancou aplausos da plateia foi quando Kevin mostrou como seria possível utilizar o Apple Watch para abrir a porta de um hotel, sem sequer precisar passar pela recepção. Outro momento legal foi quando ele abriu a porta da garagem de casa de forma remota, com direito a um stream em vídeo do que estava acontecendo, direto no relógio.

Garagem

Bateria

Uma informação importante que faltou no último evento foi a duração da bateria. Hoje Tim Cook revelou que ela irá durar 18 horas, sendo o suficiente para aguentar o dia inteiro. Isso significa que, como muitos temiam, o relógio terá de ser recarregado todos os dias. O recarregamento será feito por indução, como já havia sido adiantado no evento de setembro.

bateria

Preços

Este deve ter sido um dos assuntos mais discutidos e explorados desde o evento de setembro. Tim Cook disse que o modelo mais barato do Apple Watch custaria U$349, mas não deu maiores detalhes, deixando a imaginação do mundo inteiro correr solta.

Preços

Finalmente, o mistério acabou e agora conhecemos os preços de cada modelo. O Apple Watch Sport irá custar U$349 para o modelo de 38mm, e U$399 para o modelo de 42mm. O Apple Watch custará entre U$549 (38mm) e U$1099 (42mm), dependendo da pulseira escolhida. Já o Apple Watch Edition, de ouro, será uma edição limitada, e custará a partir de U$10.000. Ele só estará disponível em algumas lojas.

Ainda não existe qualquer informação a respeito dos preços no Brasil. E com a imprevisibilidade da cotação do dólar, é bem possível que nem mesmo a Apple tenha batido o martelo em relação ao preço dele por aqui.

Pré-venda, início das vendas, e disponibilidade

Vendas: 24 de abril

A pré-venda irá começar dia 10 de abril, e o relógio estará à venda nas lojas de alguns países do mundo a partir de 24 de abril. Os países que irão receber a primeira leva do relógio são os Estados Unidos, Austrália, Canadá, China, França, Alemanha, Hong Kong, Japão e Reino Unido. Ainda não existe uma previsão para a chegada do Apple Watch no Brasil.

Tags
Mostrar mais

Marcus Mendes

Publicitário formado pela ESPM-SP. Além do seu trabalho como motion designer, contribui com o Blog desde 2012 e é também um dos editores da Revista iThing. Não sabe dizer o que faz no tempo livre por não saber o que isso significa.

Artigos Relacionados

  • Jayme Prado

    Ainda não me convenceu, esperando aparecer numa loja pra testar…

  • Joao Paulo

    Existe um lado bom e um lado ruim do Apple Watch pra mim. O ruim é que ele não me encheu os olhos, o bom é que não precisarei vender meu carro pra comprar um aqui no Brasil. Acho que tô no lucro!

    • Se ele não encheu seus olhos, por que irá comprar?

      • Luiz Felipe

        ostentação 🙂

      • Joao Paulo

        Achei que o fato de eu não ter que vender meu carro demonstraria que NÃO comprarei, talvez expliquei errado hahahah

      • Tom Martins

        Ele quiz dizer que não precisará mais vender o carro, pois não irá comprar o Watch jovem! Eee falta de entendimento

  • Rodrigo Brandão Ferreira

    Fiquei com pé atras… Não mostrou quase nada de diferente da primeira apresentação!

  • Igor

    Muita perfumaria e nada que me convença a comprar um outro gadget pra fazer coisas que meu iPhone já faz. Desenho fofinho na tela? Relógio com braço do Mickey como ponteiro? Algo pra monitorar dados de saúde (Nike Fuelband já faz isso há anos)? E de quebra ainda tem que carregar o negócio todo dia e não sabemos nem se é a prova d’água. Palhaçada, desnecessário até não poder mais. Vamos esperar a segunda geração porque nada me convence a desembolçar 1200 dilmas pra algo tão inútil.

  • Weliton Junior

    Posso ser sincero ? Ainda prefiro o Moto 360….
    fiquei bastante ansioso com o rumor do Google testar o Android Wear em iPhones.
    Se isso realmente vingar, eu compro o Moto 360 na mesma hora…

    Não abro mão do meu iPhone… mas esse Apple Watch foi vergonhoso.

    A Apple já foi bem melhor, em reinventar produtos. Neste ela só copiou mesmo…

    • copiou? eles falaram q demorou anos pro iWatch ser feito, as fabricantes só começaram a fazer dps dos rumores e patentes que surgiram do apple iWatch.. então na vdd, o moto 360 q é uma cópia

    • Danilo Ribeiro

      Se você não viu nada de útil no Apple Watxh, poderia me dizer o que viu no Moto 360?? Pq sinceramente, comprei um e vendi com 3 semanas pq não tinha nada de útil nele… A tela é ruim, com aquela faixa preta cortada embaixo e umas aberrações cromaticas que apareciam nas bordas!! Disponibilidade de aplicativos ainda bem limitada (acredito que o Apple Watxh no dia do lançamento já deverá ter mais aplicativos disponíveis que o Android Wear)… Acompanhamento de saúde e fitness? Esqueça no Moto 360… Um relógio com frequencímetro que não mede a frequência em tempo real? Pra que então? Imagina que tenho que parar a corrida, relaxar o braço pra medir os batimentos e depois retomar o exercício!!!

      Não To dizendo que o Apple Watch é maravilhoso não, aliás, ainda acho que os wearebles não acharam seu lugar no mercado atual, mas se não curtiu o Apple Watch, pode esquecer o Moto 360, pois ele é bem inferior (nem comentei sobre o processador de mais de 4 anos atrás que deixa o relógio lento). Só o monitoramento de atividades físicas tempo real já deixa o Apple Watch bem à frente do Moto 360!!!

  • Fabio Correa

    Muito caro e limitado.
    Será um fracasso de vendas.
    Apple está ficando muito olho grande.
    Lembra o que ocorreu quando Jobs foi dispensado da empresa. Inflaram os preços e a empresa afundou.

    • Marcus Mendes

      Isso me lembrou o review do primeiro iPod feito pelo Slashdot, que em 2001 ainda era um site relevante: “Sem wifi, menos memória interna do que um Nomad. Tosco”.

      ‘O que é um Nomad?’ Exato. 😉

      • CDelm_

        só que a diferença é que o iPod podia ser usado sozinho… o Apple Watch exige obrigatoriamente um iPhone para desempenhar a maior parte das suas funções, logo, já nasce limitado e dificilmente será a revolução nos vestíveis que tanto falam… a Apple devia ter feito um produto independente… assim, quem tivesse Android, Microsoft, o que fosse, poderia comprar…

    • Felipe

      Não, vai vender muito. Hoje se lançar um saco de supermercado com a maçã na lateral por R$150, sendo essa sacola igual as outras “ecobags” será sucesso de vendas. E isso é triste, diminui a concorrência. Eu achei a coisa mais feia do universo, mas o acabamento é bom, e para os padrões Apple, não achei o preço absurdo. A questão aqui é que nao tem nada novo nesse relógio.

    • Edwardz Daniel

      KKKKKKKKKKKKKK Amei seu comentario! Adoro esses pseudos da internet com toque de mae dinah.

  • Vou comprar um sport básico e aguardar ansiosamente a China fazer sua magia e inflar o mercado com pulseirinhas e aço genéricas.

  • Jayme Prado

    Watch mais caro: 17 mil dólares

  • Rafael Tavares

    Alternativa: o novo Pebble.

    • De fato o Pebble Time parece de veras interessante! Pela primeira vez vi uma interface que faz sentido num smartwatch, sem um monte de App pra escolher numa telinha minúscula, e ainda com tela de e-ink colorida e bateria de 7 dias. Ah! Quase me esqueço: à prova d’água.

  • BlueSwede

    Evento de hoje:
    Déjà vu?

    Sobre esse Apple Watch: ainda não convence. Só ler os comentários. Vox populi, vox dei.

  • Prefiro um Apple Watch Steel a três Pebbles de tela colorida… Já escolhi o meu, o de safira com pulseira milanesa.

  • KB

    Considerando os modelos de precificação da Apple, o dólar galopante, meu chute é que o Apple Watch se vier vender no Brasil, custará uns R$2.249,00, o mais básico… isto, se o dólar não piorar mais ainda (que ao que indica, vai mesmo!).

    • Cassio Delmanto

      o modelo que eu gostei, então, o Apple Watch com pulseira de metal, custa US$ 1 mil… nem imagino o quanto vai chegar aqui… hahaha…

      • KB

        Importando oficial, com cartão de crédito, dólar a R$3,12 sairia uns R$5208. Se usarmos a lógica maluca que a Apple usou para determinar o preço do novo MacBook no Brasil, pode separar R$6543.

        • Cassio Delmanto

          vixi… dá pra comprar quase 3 Tissot T-Touch… meu relógio sonho de consumo… hahaha…

  • Danilo Ribeiro

    R$1.200,00 onde? Aqui no Brasil?? Kkkkkk… Esqueça!! Se fosse esse preço acho que comprava uma dúzia… Rsrs!! Se o dólar estabilizar até o seu lançamento, o que acho pouco provável, pode apostar ai sem medo de errar que a versão mais simples do Sports edition não desembarca aqui por menos de R$1.999,00!! Chutaria que o de aço inoxidavel vem entre R$2.599,00 e R$3.099,00!! O de ouro?? Bem, o de ouro você terá que decidir entre ele e o novo Focus automático, isso sendo bem otimista…

    • Igor

      1200 é o preço dele no exterior, convertendo dólar pra real na cotação do dia.

  • Aluisio Andrade

    iPhone a gente esconde no bolso. Agora esse aí vai fazer a alegria dos bandidos.

  • Aluisio Andrade

    Abandonei relógios faz tempo. Meu ultimo foi uma algibeira.

  • Alex iPilot

    A segunda geração terá câmera e FaceTime…

    • Leonardo VimpriO

      Acho que não viu amigão, se colocar camera ele será proibido em varios ambientes, inclusive aonde eu trabalho.

      • Alex iPilot

        Não vejo a Apple com esse tipo de preocupação “tão pontual”… E quanto aos outros devices com câmera??? No meu trabalho, no Brasil, também havia a regra de câmeras absolutamente proibidas e celulares lacrados e SEM BATERIA… Aí veio a Apple e mudou os paradigmas, rsrsrs… Viva o Progresso e empurra-se o pepino para a Segurança!

    • Junior Brites

      Nao vai mesmo, pois eles reclamaram q é muito ruim tirar foto pelo regolio, rindo e dando o exemplo da Samsung!

      • Alex iPilot

        Sei… Da mesma forma que rejeitaram as telas gigantes, rsrsrs… E depois seria o FaceTime, não exatamente tirar fotos…

  • quem tiver interesse em comprar, prepare o rim, ops, o bolso. 😛

  • Pedro Ivo De Almeida Tarso

    Dez mil fucking dólares!$!$!$!$!$!$! AAAAAAAH imagina o preço disso no Brasil!

    • Leonardo VimpriO

      Com certeza não terá diponivel para venda aqui no Brazil.

  • Gustavo Guiscem Soares

    O Sport tem alguma resistência à água? Acho que é importante para o tipo de uso que ele é proposto.

    • Rodrigo Vieira

      Você pode tomar banho com ele, mas não pode entrar na piscina. Basicamente é isso.

  • Anderson Campos

    Só sei que gostei muito, mas o preço vai vir machucando.

  • Rodrigo Araujo

    Danilo também tenho um 360 e ate que ele ajuda , mais não é o que falam dele , o visor é fraquinho e os app para ele são poucos. Irei vender o meu e estarei nos EUA na data de lançamento acho que comprarei um sport 42mm

    • Danilo Ribeiro

      Pois é, o Moto 360 pra mim é apenas um relógio tecnológico pra você mostrar pra os amigos e eles dizerem: “Oh, que bacana… Dá pra atender por aí, que massa!!!”

      Como disse, só o monitoramento da atividade física em tempo real já faz do APPLE Watch bem superior ao Moto 360!!

      • Weliton Junior

        Continuo com A MINHA OPINIÃO…
        Prefiro pagar 799 no Moto 360, do que pagar não sei quantos milhares de reais no Apple Watch…
        Sendo que vou usar basicamente pra ver horas, notificações….
        Não vou jogar Candy Crush… então o visor não é tão importante.
        Enfim… essa é a MINHA OPINIÃO… cada um tem a sua…

        Eu vou de Moto 360 se realmente o Android Wear conseguir ler as notificações do iPhone.

  • Hades666

    Gostei, esperava mais ou menos isso. O que não gostei foi do preço, acho abusivo por um relógio desse tipo, vamos ver como fica…

  • Henrique Barros

    Vou comprar o Sport Space Gray de 42mm.
    O novo MacBook está muito barato aqui no brasil, não quero comprar não. (8,5 mil dilmas, é brincadeira)

  • Marcelo Reche

    Satisfeito com minha Microsoft band e meu iphone 6 sincronizados

    • Gaius Baltar

      Fala sobre a tua experiência com a Band. Estou mis interessado em algo assim do que em um relógio.

      • Marcelo Reche

        As únicas coisas que não funcionam são a “cortana” que é a Siri deles e responder mensagens direto na pulseira. As demais funcionalidades são show. Utilizo quase todos os dias pra correr, academia ou dormir e manda super bem.
        Além do que tenho mania de relógios e assim não pareço um maluco (ou o Maradona) utilizando um em cada braço.
        Pesquise os vídeos no YouTube. São bem fiéis à band.

        • Gaius Baltar

          Obrigado. Só mais uma pergunta. Você já usou em piscina ou praia? Ele é à prova d’água ou apenas resistente à água?

          • Marcelo Reche

            Não é a prova de água não

  • João Gabriel Mendes Corrêa

    O que realmente estou curioso é como vai ser o envelhecimento do Watch…Com versões a partir de $10.000, será que vai haver uma “obsolescência programada” ou será que vai envelhecer tão bem como os iPods (ainda tenho um Classic de 2005 funcionando a todo vapor)

    • Paulo Nunes

      Bom, João, o público que compra um Apple Watch de ouro (ou qualquer relógio que custe o que ele custa) não está muito preocupado em mantê-lo por muito tempo, seja porque tem dinheiro para comprar um novo sempre que sair, ou porque já tem uma coleção em casa (notou na apresentação que eles não se preocuparam em fazer um vídeo especial sobre como ele era feito nem dar mais informações?). Na verdade, assim como há um mercado para os iPhones modificados com carcaça de ouro cravejada de brilhantes, acredito ainda que muitos milionários e bilionários fãs da Apple tentarão torná-lo ainda mais exclusivo… Justamente por isso a Apple tem se aproximado bastante de veículos de moda para a divulgação do relógio, justamente pensando no público da versão de ouro. Sem contar que, como todas as jóias feitas de ouro, a Apple pode muito bem criar um programa de recompra do modelo antigo como parte do pagamento do novo, principalmente pelo valor do metal.

  • Ederson Zier

    Realmente um verdadeiro plágio tecnológico. Quem ditou tendências agora me parece que simplesmente as segue. Comento isso com base inclusive no programa de conexão entre os devices; vejam só a semelhança entre o software do Pebble e do iWatch. Como usuário Apple desde 2007 ainda espero ser surpreendido novamente!

  • Vamos ver: bateria de 18h – Campo de Distorção da Realidade = 10h e olhe lá.
    Pífio para um luxinho de $400.

  • Gabriel Pinheiro

    Eu gostei do evento em geral…oque mais queria ver(Apple watch) realmente se mostrou algo que(pelo menos para mim) vai ser útil… Gostei muito do Apple watch,e não achei o preço de Sport caro…entao,quando der vai ser ele…
    Nao acho que a Apple vai trazer o edition pro brasil…quem vai desembolsar 32.000( em uma conversão rápida e mau feita) em um relógio?
    Gostei dos macs,principalmente o space grey…quando vi o dourado, quase me matei…achei muito chamativo(gosto do dourado em algumas coisas como o ipad,mas no Mac e de mais pra mim)..mas como chegou custando 13 salários mínimos aqui na terra do futebol,e algo que sem duvida esta fora dos meus planos(nem iPhone 5 eu tenho moço…to com meu 4s desde 2013…)

    Enfim…foi isso que achei 🙂

  • Patrik Barbosa de Oliveira

    para min o mais bonito ate agora e o moto 360

  • Para mim, o melhor da apresentação de hoje foi o new MacBook. Que coisa mais linda!

  • Eduardo Edu

    Não li muito a respeito, mas a lente é de safira? É a prova d’água? Para quem nada também seria útil.

  • Eduardo Edu

    Pelo que entendi, safira só no modelo de aço inoxidável e se caires na piscina, deves agir exatamente como se tivesse um celular no bolso. O fato de ser resistente a água e não à prova d’água torna o produto subjetivo em termos de durabilidade para quem tem o hábito de usar relógio. Gostei do carregamento por indução e das funções de acompanhamento para saúde, para quem nada seria muito bom, mas são restritivas para atividades no solo.

  • Cesar Carvalho

    Aguardando para ir a Alemanha comprar…..uhuhuhuh

  • João Gabriel Haddad

    Eu ainda estou com uma dúvida… O Sport tem as mesmas funcionalidades e Hardware
    que o normal? Porque eu não estou disposto a gastar mais que um iPad Air 2 em um SmartWatch, e se só tiver mudanças no material, eu não me importo

  • Marcus Mendes

    Sei não. Se tem uma coisa que eu aprendi nesse tempo todo acompanhando tecnologia, é que cravar o sucesso ou o fracasso de um produto com base em especificações é um pouco arriscado.

    O primeiro iPod “só” armazenava 1000 músicas, custava U$399 (ou seja, U$50 a mais do que o Apple Watch mais barato), e era incrivelmente limitado. Mas não é nele que pensamos quando falamos em iPod.

    Não sei quando ou mesmo SE a Apple vai lançar evoluções do relógio. Mas falar que ele será um fracasso de vendas antes mesmo de ele ser lançado é o que faz a gente rir do Steve Ballmer até hoje porque ele falou que o iPhone seria um fracasso porque era limitado e não tinha um teclado físico.

    • Cassio Delmanto

      entendo a sua opinião, Marcus… também acho cedíssimo para ver se será um sucesso ou fracasso… e além do mais, o que é um fracasso para a Apple? vai saber qual a expectativa deles de venda… entretanto, eu penso que não vai ser aquela revolução que as pessoas estão esperando, porque o Apple Watch (assim como basicamente todos os smartwatches) nasceu como um acessório pra outra coisa… o que poderia mudar o jogo era criar um nicho, criar um mercado independente… um acessório que vivesse sozinho… como o foi com o iPod, iPad e iPhone, que você pode comprar cada um deles sem precisar dos outros…

      • Daniel Alves de Andrade

        A vantagem do Apple Watch é que existe uma base absurdamente grande de usuários com iPhone… As vendas de Macs aumentaram consideravelmente devido ao sucesso dos iPhones, muita gente, inclusive eu, só tomou coragem de experimentar um Mac depois de conseguir provar no dia a dia onde é q esta o valor do dinheiro que a Apple cobra a mais por seus produtos… Se apenas uma % de quem tem iPhone comprar o Relógio ele já poderá se tornar um sucesso de vendas… Não penso que a intenção da Apple é vender relógio para quem usa Android (isso pode acontecer? claro), até pq muitos odeiam a Apple e acham os consumidores “trouxas” que pagam caro só por causa da maçã…

  • Sergio Ito

    Só pegando ele na mão para ter uma opinião mais clara sobre o Apple Watch. O preço é absurdo e visto que o dólar não para de subir, esse relógio chega por 2 mil reais. O que é muito, muito caro. Admito que pelo lado de colher dados para minhas atividades físicas já me deixa interessado, mas só vendo de perto e experimentar ele para poder criar a coragem para comprar esse relógio.

  • Weliton Junior

    Mas claro… demorou anos, e não inovou nada…

    • oq vc esperava? oq mais relogios inteligentes poderiam fazer q a apple não colocou?

      • Weliton Junior

        Eu vou vender minhas idéias pra Samsung e para a Apple…
        você acha mesmo que vou te contar aqui ?
        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
        (brincadeira)

      • Weliton Junior

        Pq as pessoas tem tanta dificuldade de respeitar a opinião alheia ?
        Vivemos numa democracia…

        • não desrespeitei, só não concordo.. como vc disse, vivemos numa democracia então tenho direito de não concordar

  • Tinho Tenório

    Sim, e a grande pergunta: é a prova d’Água? Eu acho material muito frágil para a pratica de esportes e muito feio para usar como acessório. Mas se fosse a prova d’Água já que pratico triatlon até compraria

  • Gaius Baltar

    E essa simpática bruxa já deu opinião acerca dos smartwatches?

  • Amauri Costa

    Esse negócio de relógio inteligente não vai vingar! É apenas uma questão de tempo.
    Mas não pelo fato da ideia ser ruim, e sim pelo seu modos operandi.
    Isso porque esses relógios nada mais são do que um hardware extensor das funções de um smartphone, e custando o preço de um smartphone por causa do investimento nessa tecnologia. No caso, o Apple Watch mais ainda.
    Ou seja, é um hardware complementar que agrega aproveitamento do principal, e não tem porque ser tão caro.
    Mas, se mudar o raciocínio a coisa pode dar certo.
    Relógios inteligentes devem cumprir funções simples, rápidas, e úteis. Fazendo dele um hardware autônomo, um novo dispositivo aos consumidores.
    Ou então, só pra radicalizar, eles deveriam ser uma alternativa aos smartphones. Com tecnologia holograma em substituição às telas.
    Porque do jeito é hoje, não passa de um lixo!

  • KB

    Gostei muito do Apple Watch. Recursos, usabilidade, UI clean e fluída, etc… Mas pelo preço proposto, não sei se vale a pena ter um. Ainda mais pelo fato que precisa na maior parte das vezes do iPhone junto. Então, para que um dispositivo no pulso, se o iPhone estará no bolso mais próximo? Sinceramente, não consigo me ver usando com a freqüência proposta. Ainda mais neste “Paíszinho” tupiniquim .br de quinta, onde muito provavelmente o Apple Watch vai ficar no bolso por medo de roubo.
    Acho que vou continuar com meu iPod Nano 6 e pulseira… tem funcionado muito bem como ‘Pré-Apple Watch’…

  • Digoloureiro

    Depois de ter um iPhone no bolso nunca mais usei os meus relógios convencionais e não vejo nenhuma motivação para ter este relógio da Apple.