Notícias

Apple disponibiliza um beta público do futuro iOS 8.3 (ou quase)

Conforme já se esperava, a Apple anunciou hoje um programa de beta público do futuro iOS 8.3, aberto a qualquer usuário interessado. Até então, apenas desenvolvedores registrados poderiam testar versões preliminares do iOS.

ATUALIZAÇÃO: Porém, nem todos estão tendo acesso. Leia mais a respeito neste outro artigo.

Com este programa, a intenção da Apple é ampliar enormemente o campo de testes dos futuros sistemas, para que eles cheguem na versão final com o mínimo de problemas possíveis. Nos últimos dois anos, a empresa vem sendo muito criticada por liberar versões com bugs chatos ou até mesmo bobos. Em setembro, a atualização 8.0.1 veio apenas uma semana depois da versão principal ser liberada, e ainda por cima causou sérios problemas para novos usuários do iPhone 6.

Mas apesar de ser aberta a quem não é desenvolvedor, é preciso muita cautela ao se instalar versões betas no seu aparelho. Elas muitas vezes podem vir instáveis e prejudicar o bom funcionamento do iPhone ou iPad. Além disso, por estar em constante comunicação com os servidores da Apple (por ser uma versão de testes), a bateria costuma ser consumida mais rapidamente, diferente da versão final.

Para os que se arrependem, é possível voltar atrás e instalar a versão anterior disponível oficialmente no iTunes, mas isso apenas como uma restauração total do aparelho. Além disso, todos os backups feitos no beta não podem ser reutilizados em versões anteriores, o que faz muitos perderem todos os seus dados assim.

Por isso, se você pretende testar a versão beta, tenha em mente que há riscos de instabilidade e perda de dados. Se você depende muito de seu aparelho e não pode ficar sem ele durante o dia, nossa sugestão é que espere a versão final.

A documentação é toda em inglês. Veja mais detalhes sobre este programa neste link.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados