Notícias

Apple registra novos recordes em resultados fiscais do 3º trimestre de 2014

iPhone 5s

A Apple divulgou hoje os resultados do período fiscal que terminou em 28 de junho de 2014, e mostrou mais uma vez um recorde de vendas de iPhones, em relação ao mesmo período do ano passado.

Durante o período a Apple vendeu 35,2 milhões de iPhones, 13,2 milhões de iPads, 4,4 milhões de Macs e 2,9 milhões de iPods. A receita ficou em U$37,4 bilhões com lucro líquido de U$7,7 bilhões.

receitaQ3 iPhonesQ3 iPadsQ3

Em um comunicado à imprensa, Tim Cook disse:

“Nosso faturamento recorde para o trimestre de junho foi alimentado pelas fortes vendas de iPhones e Macs e a o crescimento contínuo da receita vinda do ecossistema da Apple, conduzindo nosso maior crescimento de ganhos por ação nos últimos sete trimestres. Nós estamos muito empolgados com o lançamento vindouro do iOS 8 e do OS X Yosemite, e também de novos produtos e serviços que mal vemos a hora de apresentar.”

Neste mesmo comunicado, Luca Maestri, novo CFO da Apple e substituto de Peter Oppenheimer disse: “Nós geramos U$10,3 bilhões em fluxo de caixa das nossas operações e devolvemos mais de U$8 bilhões para os nossos acionistas através de dividendos e recompras de ações durante o trimestre de Junho. Já usamos mais de U$74 bilhões dos nossos U$130 bilhões dedicados ao programa de recompra de ações a 6 trimestres da sua conclusão“.

É curioso notar que, enquanto as vendas de iPhone não param de crescer, a venda de iPads mais uma vez sofreu uma queda em relação ao mesmo período do ano passado. Isso aconteceu já no último relatório, em abril.

Alguns dados interessantes surgiram durante a conferência telefônica que Cook e Maestri fizeram com investidores e analistas:

  • As vendas internacionais representaram 59% das vendas no período.
  • O iTunes é o negócio com crescimento mais rápido para a Apple graças à renda vinda da App Store
  • Mais de 50% dos iPads vendidos são para novos clientes.
  • A Apple fez 29 aquisições de empresas desde o ano fiscal de 2013. E 5 delas aconteceram nos últimos 3 meses.
  • 100.000 iPads são usados por oficiais do governo da Suécia.
  • A Nestlé usa 25.000 iPhones em todo o mundo.
  • A App Store já conta com 75 bilhões de downloads cumulativos, e desenvolvedores já receberam U$20 bilhões, sendo que metade deste valor foi paga só nos últimos 12 meses.
  • 13 milhões de iPads já foram vendidos em todo o mundo até hoje para programas educacionais.

Agora vamos ver como os analistas conseguirão transformar estes números em más notícias a partir de amanhã. 😉

Tags
Mostrar mais

Marcus Mendes

Publicitário formado pela ESPM-SP. Além do seu trabalho como motion designer, contribui com o Blog desde 2012 e é também um dos editores da Revista iThing. Não sabe dizer o que faz no tempo livre por não saber o que isso significa.

Artigos Relacionados

  • Fernando Bravo

    Sempre recordes surpreendentes!

  • Paulo Henrique

    Apple reinando

  • Elton Fabricio

    “Agora vamos ver como os analistas conseguirão transformar estes números em más notícias a partir de amanhã”
    kkkkkkkkkkkk! Pior que eles sempre se dizem “pessimistas” quanto ao futuro da empresa.

  • Luis Cesar

    Se os rumores de iPhones com telas maiores realmente se confirmarem, acho que o iPad mini vai ser prejudicado. Eu mesmo venderia meu 4s e o iPad 4th e ficaria de boa com um iPhone de 4.7″

    • Carlos Frederico

      A Apple não se preocupa com o canibalismo próprio. Eles se preocupam em se adaptar e inovar.

    • Brunosh

      Mais vale ser a Apple a canibalizar os próprios produtos que deixar as outras empresas fazê-lo.

  • Walison Peralta

    e as invejosas esperando a Apple Falir rsrs, esse ano será um grande ano, esse iPhone com essa maçã que vai piscar quando receber uma chamada, msgs, vai ser muito massa, to esperando que chegue logo 2016

  • paulogrego

    Só não entendi a parte dos iphones, seus números mostram queda nas vendas, mas no texto diz que as vendas não param de crescer??

    • Kenmuel

      Vc tem q comparar com o mesmo trimestre anterior.

      • paulogrego

        Ah é, mas o texto tava errado msm, agora ele tirou os números do período passado.

      • Filipe

        ANO anterior..

  • Luiz Fernando

    Isso já não é mais novidade haha

  • João Vianini

    Marcus, sem querer ser chato, mas acho que tem um erro quando você diz que na mesma época do ano passado foram vendidos 41,2 milhões de iPhones e não 31,2 milhōes. Belos números para a Apple, especialmente para um fim de ciclo!

    • Marcus Mendes

      Quando for pra mandar correção, pode ser chato sempre. 😉 Muitos números rodando na cabeça. Os do gráfico estão valendo. Valeu pelo toque!

  • Leto Leitão

    iLek fala sobre o novo iTunes

    • Edu Del Santi

      iLek kkkk

      • Leto Leitão

        Idiota eu sei que n foi ele que publicou mas é a publicação mais recente do blog

        • Edu Del Santi

          Calma menino … Não falei isso! Estou falando que você escreveu iLek rsrs e ficou engraçado

      • Leto Leitão

        E se bem que ja esta muito atrasado sobre postar esse assunto!!

  • Corrige aí: progrmas -> programas

    • Marcus Mendes

      Arrumado. Valeu! 😉

  • Jonatas Pereira

    “13 milhões de iPads já foram vendidos em todo o mundo até hoje para progrmas educacionais”
    Faltou um A em progrAmas. Abraço.

    Parabéns APPLE.

    • Marcus Mendes

      Arrumado! Tks! 😉

  • Fabio Amaral

    Excelentes resultados e se a Apple melhorar o iPhone novo com camera melhor e também opções com tela maior ai meu amigo… vão arrebentar de ganhar dinheiro…

  • Miguel
  • o/

  • Dan

    Tem os gráficos de Macs também?
    Estou ansioso para adquirir um!

  • Danilo Melo

    A questão do IPad justifica-se por ele ser mais poderoso e com isso ter uma vida útil maior perante os usuários! Acredito que se as pessoas trocam de smartphone hoje num ciclo de 2/3 anos… O iPad tende a demorar mais ….além do que , quem usa um tablet tem necessidades mais específicas do que usar somente um celular. Mesmo não vendendo o consumidor ainda fica dentro do ecossistema e é isso que importa no final, manter o consumidor.

    • Anne Beatriz

      Concordo. O iPad 2 por exemplo se mantem atual…

  • Daniel Souza

    Ajudei nesse aumento dos números na venda dos Macs, na última viagem à Califórnia trouxe um na mala 🙂
    Não demora muito vem alguém falar que a Apple está em crise porque a venda de iPads diminuiu…

    • Gabriel

      Qual Mac você comprou? E como você trouxe? Teve que pagar alguma taxa quando entrou no Brasil? Estou perguntando tudo isso, por que também comprei um (iMac 21,5″) e quero saber como vou fazer para trazer pro Brasil.

      • Daniel Souza

        Gabriel, comprei um Macbook Pro retina de 13″. No meu caso foi tranquilo, pois como é um notebook so coloquei na mochila e trouxe. Não fui parado na alfandega então não precisei pagar nenhuma taxa. No seu caso já é um pouco mais complicado, não da pra trazer um iMac de 21,5″ uma mochila né…

  • OverlordBR

    Tá quase falindo! Ah, se o Jobs estivesse vivo!

  • Lucas Vilas

    Meu mac não troco. Já meu iphone, cada dia mais insatisfeito com ele… (mas sei que o resto é um lixo maior ainda.)

    Só que o lucro está OK, né.
    Apple está cada vez mais igual a uma empresa qualquer.

  • Paulo Caldas

    Quando fala em iPads está somado o iPad mini?

    • Daniel Souza

      Acho que o número engloba os dois modelos sim…

  • Atahualpa Maia

    sei que não tem a ver com o tópico, mas… [email protected] assessoria de dieta personalizada 🙂