AcessóriosNotícias

Chinesa morre eletrocutada ao usar um carregador de bateria… chinês

Carregador chinês

Esta semana, uma história triste envolveu uma usuária chinesa de iPhone, que morreu eletrocutada ao atender seu telefone com ele conectado no carregador de bateria. A Apple imediatamente disse que investigaria as reais causas do acidente, porém, a polícia já concluiu que a vítima usava um carregador de bateria não original.

A aeromoça Ma Ailun, de 23 anos, sofreu um forte choque elétrico ao atender seu iPhone 4 quando estava conectado à tomada de 220V. O carregador, além de não ser o original da Apple, era 110V, o que provavelmente provocou a sobrecarga e o acidente fatal.

Carregador chinês

Outro caso (sem morte) aconteceu nos últimos dias, com outro chinês que também usava acessórios falsificados. No Brasil, uma usuária que usava adaptadores não originais da Apple também teve problemas em 2011 ao deixar seu iPhone carregando durante a noite.

É compreensível as pessoas procurarem acessórios alternativos, pois os originais da Apple são bem caros, ao mesmo tempo que sites chineses vendem por preços absurdos (geralmente menos de 3 dólares). Porém, a pessoa que faz este tipo de economia deve estar ciente dos riscos que ela pode correr por usar um material não qualificado. Junto com o preço da Apple está toda uma tecnologia para não acontecer este tipo de acidente, resultado de muito tempo de estudo e desenvolvimento (leia mais sobre os carregadores da Apple aqui).

Nossa sugestão, pelo menos nos acessórios que envolvem conexão à rede elétrica, é que todos evitem de comprar produtos genéricos não certificados. O original pode ser caro, mas não coloca sua vida em risco.

via ZDNet

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados