Notícias

Google confirma que continuará oferecendo o serviço de Mapas no iOS, de forma paralela

Com o iOS 6, a Apple pretende adotar seu próprio sistema de mapas no iPhone e iPad e com isso, descartar o uso do Google Maps usado desde o lançamento do iPhone, em 2007. Mas a gigante das buscas (e dos mapas) ganha muito dinheiro com o iOS e não pretende deixar os usuários na mão tão cedo.

Um dos executivos do Google, Jeff Huber, confirmou em um recente comentário algo que todos já sabem: que a empresa continuará investindo no iOS e disponibilizando seus serviços através de aplicativos independentes.

É mais que óbvio que o Google não vai deixar de estar presente no iPhone e iPad. Para se ter uma ideia, hoje a receita da empresa com propagandas vindas de dispositivos iOS é ainda bem maior que aquela vinda de dispositivos com Android, por mais paradoxal que isto pareça. Ficar fora do sistema da Apple significa perdas significante para o Google.

E quando a Maçã começou a dar dicas de que estaria criando um serviço independente de localização, o Google tratou de buscar alternativas, como adaptar seu site de mapas (leia “Google se prepara para um futuro rompimento com a Apple, adaptando seus Mapas para o Safari“).

E agora que a Apple já apresentou o novo serviço, o Google deverá atacar via aplicativo independente na App Store. O app nativo Mapas deixará de usar completamente o Google Maps no sistema, não dando a opção para o usuário escolher qual serviço ele prefere. E quem sairá perdendo no início serão os usuários de países fora do eixo EUA-Europa-Ásia, se a Apple não disponibilizar o mesmo nível de estrutura para todos. Hoje, a versão beta do futuro iOS ainda não cobre o território brasileiro (leia “Prévia dos Mapas da Apple ainda não cobrem o Brasil“) e não há nenhuma evidência que tenhamos algo mais estruturado ainda este ano.

O Google já apresentou seus futuros mapas tão bons quanto os apresentados pela Apple (leia “A Apple vai ter que se esforçar para apresentar Mapas melhores que os do Google“). A diferença é que a experiência dele nesta área já está consolidada, abrangendo tradicionalmente bem mais áreas geográficas. Mesmo que os mapas 3D ainda demorem para aparecerem por nossas terras, a cobertura do Google para ruas no Brasil já é excelente, com o Street View sendo largamente ampliado para todas as cidades que sediarão a Copa.

Então, para quem teme perder as atuais funcionalidades do Mapa do sistema iOS, não há o que se preocupar: mesmo com ele saindo do sistema, ainda poderemos baixar um aplicativo independente que o Google deverá lançar na App Store em breve. E se pudermos arriscar um palpite, as funcionalidades que ele trará deverão deixar a proposta da Apple bem atrás, pelo menos para nós, brasileiros.

Tags
Mostrar mais

Artigos Relacionados