Curiosidades

[aperitivo iOS 5] Conheça em detalhes o iMessage, o serviço de mensagens entre usuários do iOS

Uma das grandes novidades do iOS 5 é o iMessage, função que permite enviar mensagens de texto gratuitas entre dispositivos iOS (iPhone, iPad e iPod touch). Entenda como ele irá funcionar.

Na verdade o iMessage é uma evolução do aplicativo Mensagens, usado para enviar SMS no iPhone. A vantagem é que se o seu correspondente tiver iPhone (com iOS 5) e estiver online, a mensagem irá por internet (Wi-Fi ou 3G). Além do mais, usuários de iPod touch e iPad também poderão receber e enviar texto e imagens, para iPhones ou outros aparelhos.

Ativação

Assim como o FaceTime, a função iMessage deve ser ativada nos Ajustes. A diferença é que ela acontece exclusivamente pela internet (sem o envio de nenhum SMS internacional).

Ativando o serviço no iPhone, ele passa a adotar o número de telefone, além de outros emails que você incluir. Assim, quando alguém enviar uma iMensagem para o seu endereço email, você receberá normalmente no aplicativo Mensagens.

iMessage vs SMS

Mas se o aplicativo Mensagens agora serve para SMS e mensagens instantâneas, como o sistema faz para diferenciar?

Pois é, isso pode parecer meio complicado no começo. Com o mesmo aplicativo, você pode enviar os dois tipos de mensagens para outra pessoa, e o que é pior: se for para um número de telefone e a outra pessoa estiver offline, a mensagem é enviada como SMS, o que pode trazer más surpresas na conta, principalmente em comunicações internacionais. Por isso, a primeira coisa a se fazer é desligar a opção “Enviar como SMS” nos Ajustes, para que ele não mande pela rede de celular.

Para facilitar, a Apple determinou um sistema de cores para diferenciar os dois tipos de mensagem. Balões e botões azuis significam que a mensagem é gratuita, via iMessage. Já a cor verde indica que é Mensagem de Texto (SMS), que será enviado pela operadora. No campo de escrita também há uma etiqueta evidenciando o tipo.

É curioso observar que, com isso, uma mesma conversa pode ter os dois tipos de mensagens, de acordo com a sua disponibilidade na internet.

Por isso, é preciso prestar atenção na hora de enviar mensagens. Usuários de iPod e iPad não precisam se preocupar com isso, pois somente poderão enviar e receber mensagens por internet (e não por SMS).

Mesma conversa em todos os dispositivos

A vantagem de você configurar um endereço email para receber as mensagens é que você pode se conectar em todos os dispositivos iOS que tiver. Por exemplo, você pode continuar no iPad uma conversa que estava tendo no iPhone, pois se os dois estiverem conectados na mesma conta, ambos receberão as mesmas mensagens.

Envio de arquivos

Na keynote de apresentação na WWDC, foi dito que teremos no iMessage tudo o que podemos esperar de um aplicativo de mensagens: texto, fotos, vídeos e contatos. Mas em nossos testes com o beta do sistema, foi possível apenas enviar fotos e vídeos; não encontramos a possibilidade de enviar contatos, assim como arquivos de áudio e localização, funções úteis que existem em outros aplicativos do gênero, como o WhatsApp.

Conversas em grupos

É possível também enviar mensagens a várias pessoas ao mesmo tempo, através de conversas por grupos (como acontece com o SMS).

Recibos de Leitura

Toda a iMessage que é enviada conta com um status de recebimento: “Aguardando Entrega”, “Entregue” e “Lido”. Assim você sabe se a pessoa recebeu e leu o que você enviou. Também aparece um símbolo quando a outra pessoa está escrevendo.

Infelizmente isso é apenas para as iMessages, não funciona para os SMS/MMS.

Custos

Os SMS e MMS são cobrados pela operadora e continuam custando os mesmos preços normais. Já o iMessage é gratuito, pois é via internet. Mas atenção: como ele funciona também pela rede 3G, a conexão em si é feita pela operadora e, portanto, usa o seu tráfego de dados. Se você tiver um plano ilimitado ou com boa franquia, não precisa se preocupar (o volume de dados é muito pequeno), mas se não tiver plano e usar o pré-pago, aí custos adicionais podem ser cobrados. O ideal é aproveitar alguma operadora que faça pacotes pré-pagos ilimitados, para não ter nenhuma surpresa no final do mês.

O iOS 5 por enquanto está em fase beta e apenas desenvolvedores cadastrados possuem acesso a ele. A versão final pública deve sair entre setembro e outubro deste ano e será compatível com todos os aparelhos que hoje rodam o iOS 4.3. Para conhecer outras novidades que virão no iOS, não deixe de visitar este link.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados