Apple

O Globo revela: Steve Jobs diz NÃO à abertura de uma Apple Store no Brasil

Neste domingo, saiu uma pequena nota no Segundo Caderno da versão impressa do jornal O Globo que toma ares de notícia bombástica: segundo o jornalista Joaquim Ferreira dos Santos, Steve Jobs teria negado o convite do Secretário de Patrimônio do Rio de Janeiro para abrir uma loja oficial da Apple na cidade.

Segundo a mesma nota, Jobs teria explicado, por email, que a política brasileira de taxas de importação inviabiliza qualquer projeto do tipo.

Não podemos nem exportar os nossos produtos com a política maluca de taxação superalta do Brasil. Isso faz com que seja muito pouco atraente investir no país. Muitas companhias high tech se sentem assim.

Apesar de impressionar o fato de ouvir isso diretamente do CEO da Apple, ela vai de acordo com o que acabamos de discutir no artigo anterior, que fala justamente da “realidade paralela” que acontece no Brasil em relação aos preços de eletrônicos importados.

Se a notícia da nota for verdadeira (e não temos nenhum motivo para duvidar do jornalista), podemos esquecer por enquanto de ver nosso sonho de uma Apple Store física no nosso país. Atualmente, apenas uma versão online está disponível para os brasileiros.

Nosso agradecimento ao leitor Gabriel Baldi Levcovitz

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • ….pior que ele tá certo.

  • Ksk

    Isso não é nenhuma novidade. Só pode ser considerado um ”choque” por termos que ouvir isso de Steve Jobs.

  • Faz sentido, mas se for esperar para o imposto diminuir aqui no Brasil então diga adeus a uma Apple Store aqui

    • Luck Strike

      Adeus Apple Store aqui…

    • Luck Strike

      Não tiro a razão do Mr.Job. Quem, no lugar dele, não faria o mesmo?

  • JanjaBoy

    Se é verdade, vai demorar para termos políticos que diminua imposto. Sendo assim vão ter que roubar menos…..

  • Toloko

    Clap, clap, clap!

    O governo pode não enxergar, mas, pelo menos quem é de fora sabe que a alta carga tributária transforma tudo aqui em merda….

    • rafaeld

      O governo pode não enxergar, mas, pelo menos quem é de fora sabe que a alta carga tributária transforma tudo aqui em merda…. [2x]

  • Logan

    A questão não é apenas o imposto. É muito mais a “taxa Apple”, que cobra mais caro do que as concorrentes, só pq se acha grife. E essa política deles é igual em qualquer parte do mundo.

    • Não cara, o preço cobrado por ela é justo, cobre pela qualidade do que vende. Se compararmos o preço de seus produtos ao de uma concorrente como Dell veremos que algumas vezes um computador Apple acaba saindo com um custo benefício muito melhor.
      Só não tem como comparar computadores Apple com Positivo, Itautec, ou aquele frankstein montado pelo amigo de um amigo teu (tá, eu montei um frankstein desses pra mim, e saiu baratinho =P).

      Pode até ser taxada como grife, mas produtos Apple só são extremamente caros aqui em terras tupiniquins.

      • Janja Boy

        David, concordo com você.
        Dell, Sony Vaio e alienware antes de ser Dell. Tem preço “caro” com Apple.

        • O preço da Apple é mais alto pelo mesmo motivo que tênis Nike são mais caros. Se você quer comprar um tênis, quer comprar apenas algo para colocar em seus pés que evite o contato desses pés com o chão. Contudo, mesmo assim, não compramos qualquer tênis: compramos o Nike. Sendo assim não estamos comprando o tênis em si, nem sua função primária. Estamos comprando algo mais. Compramos o estilo, o design, a tecnologia etc. O mesmo ocorre com a Apple e com muitos outros produtos: não compramos a função primária do produto, compramos todas as características acessórias.

          Os altos impostos brasileiros (pior: os impostos extremamente difíceis de se calcular) são realmente uma barreira a muitas empresas. O engraçado é que o argumento do governo, já há muitas décadas, é de que esses impostos servem para impedir a entrada de produtos importados, fomentando a indústria nacional.

          Alguém conhece algum fabricante de componentes brasileiro? (lembrando que a Positivo apenas monta as peças importadas)

          • iPrest

            Estou de pleno acordo, André. Essa justificativa para a manutenção de taxas exorbitantes dos impostos é a mais estapafúrdia que existe. Alta carga tributária é sinônimo de mais grana no bolso de nossos governantes. O povo que se exploda, já que não tem as benesses de um retorno significativo destes recursos. Enquanto isso pagamos pequenas fortunas para poder usufruir de novas tecnologias. São duas opções: se lascar com as altas taxas e curtir as novidades do momento ou esperar a baixa de preço e sofrer com a obsolescência dos aparelhos.

          • filipi

            Cara eu compro Adidas. hsauushaushau

    • Marcos

      Nao seja ignorante, pesquise, leia e nao fale bobagens !

  • Lucca Gonzales

    Brasil tá bem na fita, hein?! -.-“

  • Bruno Ferreira-Rio

    Ke coisa em…{Já era de se esperar. Eu tô nem um pouco surpreso}

  • É como disse o Ksk: já sabíamos disso, o duro é ouvir da boca do Jobs…

  • Ele tem razão, mas existe muito mais do que uma simples sobretaxa de impostos… Por traz disso há uma queda de braço entre os governos.
    Não concordo com a nossa política, mas a politica protecionista americana tambem nos prejudica.
    Não acho que nós devemos pagar o pato, mas acho q

  • O jeito é se contentar com Hackintosh, fazer o que? Bem vindos ao Brasil! #NOT
    _Porque eu não nasci americano!?_

    • Lucas Fernando

      AlÔ (quem fala?) rsrsrsrs
      Somos SIM AMERICANOS!!!!!! É engraçado como o pessoal (até msm eu) tem a mania de dizer que não somos americanos… ou que os Americanos são os que nasceram nos EUA. Americanos Sim, mais da America do Sul.. Mas mesmo assim, somos Americanos!
      Quanto ao oq Jobs falou, era pra ser novidade? O ruim é que escutar isso do Jobs é Phod#!!!

      • APF

        Não adianta querer ser o certo no meio dos errados.
        O termo se consagrou pelo uso.
        Tanto eles próprios se referem ao país (EUA) como “a America” quanto quase todo mundo se refere “aos americanos”.
        É ridículo lutar contra um termo sagrado pelo uso alegando uma pseudo interpretação ipsis literis.
        Sem contar a falta de identidade cultural. Eu não faço questão de ser americano porra nenhuma.
        Melhor me identificar com algum termo que tenha haver com minha identidade cultural.

    • jaf

      Mude pra la tonto.

  • Ok o Brasil tem imposto alto sim, mas inviabilizar tal loja acho pouco provavel.
    Esse camarada a 15 anos atras disse que jamais investiria em pais emergente e hoje vende equipamentos para cá.
    Enquanto ele puder faturar de nos sem precisar investir um centavo em algo fisico aqui pra ele ta otimo.
    De um jeito ou de outros todos compram não e verdade?
    Por que não monta uma fabrica aqui? Equipamentos de informatica tem taxa reduzida de imposto.
    Tirar dinheiro do bolso pra investir nimguem quer, mas na hora de querer nosso dinheiro…..
    Abracos a todos.

    • Estranha esta sua afirmação: há 15 anos ele nem estava na Apple…

      • Sim iLex. Em 1995, Steve Jobs ainda estava na NeXT, e a NeXT ainda não havia sido comprada pela Apple.

      • Diego

        E por este motivo não poderia fazer tal afirmação?

    • Porque não fabrica no Brasil?

      Primeiro porque não compensa. A redução de impostos é para computadores de até certa faixa de preço e já beneficia o MacBook branco e o Mac mini. (Acho que o MacBook Pro básico de 13″ também, se não me engano beneficia notebooks de até R$ 4000).
      É só você ver que um Dell Studio XPS 13, comparável ao MacBook Pro de 13″, custa mais ou menos o mesmo que ele. E olha só, a Dell não fabrica ele por aqui, mesmo tendo uma fábrica.

      Sem contar que o benefício de pagar menos impostos acaba indo pro ralo se você considerar que a mão de obra brasileira é BEM mais cara do que a chinesa. (Não que eu esteja reclamando disso)

      E praticamente toda a estrutura de uma Apple Retail Store é importada. Lembro que as mesas e o carpete dos Apple Shop da fnac, similares as das Stores de verdade, são importados.
      No caso das Apple Stores, até as escadas são importadas. Se não me engano eles até usam muito material local, mas boa parte não tem outro jeito.

  • Prezados,

    Ele fundou a apple (http://pt.wikipedia.org/wiki/Steve_jobs) e foi pra NeXT depois.

    Essa afirmacao aconteceu antes de 1985.

    Enfim é muito tempo.

    Abcs

    • Em 1985 a realidade brasileira era completamente outra. Tínhamos uma reserva de mercado de informática que proibia a importação de qualquer computador. Enquanto isso, a “pirataria oficial” rolava solta, com grandes empresas criando clones de micros estrangeiros sem pagar nenhum direito autoral. O TK2000 mesmo era um clone “oficial” do Apple II: http://www.mci.org.br/micro/microdigital/tk2000.html

      Ou seja, se nesta época ele falou algo parecido, não dá para transcrever para hoje, pois o mundo mudou.

      • Daniel Zamora

        Engano comum. O TK2000 era “semi-compatível” com o Apple II. O micro fabricado pela Microdigital que era realmente compatível com o Apple IIe era o TK3000. Entretanto, a máquina tinha inúmeras melhorias em relação ao Apple II original, tanto em hardware quanto em design. O computador que pode realmente ser considerado “clone” é o Unitron AP II (http://www.cobit.xpg.com.br/micros/apII.htm), este sim uma cópia fiel do original.

        • Janja Boy

          Diz a lenda que Steve Jobs queimou a “piriquita” quando a Unitron lançou o Unitron Mac 512. Sim, a primeira e única cópia não licenciada de Mac no MUNDO!!
          Na época com a reserva de mercado (pirataria oficial) a Apple não podia fazer nada para barrar a produção do Unitron Mac 512.
          Conta a lenda que então o Jobs foi ao senado e pedia para taxar em nível absurdo o suco de laranja Brasileiro. Com essa medida, os produtores/exportadores compraram a Unitron e fecharam a fábrica encerrando a produção do Unitron Mac 512.

          Não sei a verdade, mas a história é boa! 😛

  • Joao

    Nada surpreendente … afinal de contas o Brasil é um dos países com maior carga tributária do mundo, temos a segunda maior taxa telefonia móvel do mundo, pagamos muito mais caro por Internet “banda larga” que lá fora nem é banda larga … e por aí vai …

  • Blues

    Triste…

  • Zemane

    É… então vamos ter que nos contentar em comprar produtos Apple bem mais caros ou nos contentarmos com os concorrentes. Pciência!

  • Joao

    Ele só teve coragem de dizer o que muita gente pensa e não tem coragem para dizer …

  • Cabr

    Xpertizer, então foi há 25 anos e não 15 anos…

    • Pô… não entrega minha idade 🙂

      Mas realmente é fato, nosso país tem que evoluir no que diz respeito a imposto e retorno.

      Não ligaria de pagar imposto caro se nao tivesse que pagar plano de saude, concerta suspensão do meu carro ou comprar pneu novo por conta de buraco…. enfim é lamentavel.

      abcs

  • onde sera que eu consigo comprar um TK 2000

  • Michel

    Triste…[2]

  • Gabriel Levcovitz

    É, essa notícia me decepcionou muito. Eu ainda tinha esperanças. Mas já que a mesma é a última que morre, quem sabe em 2016 para as olimpíadas???

  • Gabriel Lucas

    Falta inteligência pro Brasil primeiramente do que dinheiro..
    sou muito patriota mas pareçe que tem que ter ma dessas pra alguns se tocarem(SE se tocarem)

  • valtert

    Logan falou e disse. Alem disso, nao faco questao nenhuma de ter loja da apple no brasil e ter que comprar musiquinha com drm e diabo a quatro. E pagar carissimo por um device experimental que tem de outras marcas que sao muito melhores so’ que menos bonitinhos.

    e Yuri, que ridiculo tu querer ser americano, eu preferia viver em qualquer lugar da europa, mas prefiro ficar no brasil que morar nos estados unidos e ser processado por puxar conversa com a vizinha no elevador. Vai la’ Yuri, se tu acha que e’ tao bom assim.

    Logan disse:
    14 de março de 2010 às 14:41
    A questão não é apenas o imposto. É muito mais a “taxa Apple”, que cobra mais caro do que as concorrentes, só pq se acha grife. E essa política deles é igual em qualquer parte do mundo.

    • Desculpe dizer, mas a iTunes Store vende músicas sem DRM há muito tempo….

      Quanto aos devices, se os das outras marcas são iguais para você, vá em frente e compre o outro.
      Mas, para quem gosta de usabilidade, não tem ninguém como a Apple. Ela pode ter N pontos negativos, te deixar travado e etc, mas ela sabe fazer produtos agradáveis de usar como ninguém.

    • O engraçado desse pessoal que reclama da Apple é que eles se acham livres de conceitos pré-concebidos, mas adotam frases como “taxa Apple”, que foi inventada pelo marketing da Microsoft para tentar combater (de forma patética) a maçã.

      Clones chineses também não possuem a taxa Apple, nem a taxa Microsoft. Mas vai tentar usá-los por mais de dois meses para ver se consegue…

      É preciso escolher entre preço baixo ou qualidade. E não há marketing que convença alguém pagar mais caro por um computador se a qualidade não compensa… 😉

      • Exato, o mesmo vale pra qualquer eletrônico, o Hiphone Xing link da minha mãe parou de funcionar e tem menos de 3 meses, meu iPhone tem 6 e tá perfeito.

    • ricman1103

      a taxa apple eh falada por todo mundo, mas e a taxa microsoft?
      vai na loja de informatica mais proxima e olha o windows ultimate
      vai tah no minimo uns 600 reais, pra que msm? pra ter mais idioma.
      depois olha lah quanto tah o mac os… soh 80 reais. e nao eh a versao economica hein, eh a versao completa.
      mas ja que agente tah num blog de iphone, pega um iphone e joga na sua privada. depois faz isso com o concorrente chines, ou com o palm pre. tenta ligar um deles depois….
      velho…. acho estranho alguem vir falar mal da apple num blog sobre um produto da apple, mas ja que voce quer fazer isso, manda ver.

      • Victor Mello

        O iPhone é a prova d’água? (Brincadeira). É triste a situação do Brasil.. Mas fazer o que não é?

  • Kleuber

    É por esses e outros motivos que não me da vontade de voltar para o Brasil pq ate para transferir dinheiro para investir aí tenho que pagar rios de impostos, principalmente nos bancos.

  • Eduardo Vanuzzi

    Nada a acrescentar ao comentário do Steve Jobs. A carga tributária no país é vergonhosa… justificada apenas para fins dúbios e eleitoreiros. Quando os políticos brasileiros voltarem a lembrar que também são brasileiros, como nós, talvez tenhamos alguma solução. Até lá será o que já conhecemos: preços exorbitantes para tudo, pouco retorno à população e o povo tentando achar sempre um jeito de conseguir o que quer mais barato.

    Lamentável.

  • Essa é a triste realidade…

  • Fernando Ferrari

    Me surpreenderia se o Steve falasse o contrário. Duvido mto que os Apple Shops sejam altamente lucrativos aqui, compensa mais investir em um sistema de venda online que não tem todos os custos que uma Apple Store tem, como por exemplo os genius, a assistência local, etc.

  • Bom é dificil discoradar do homem que revolucionou o mundo.

  • GRM177

    Vou ir na contramão, sempre fui a favor da liberação total das taxas, mas se formos analisar, no mundo todo há taxas de importação que encarecem produtos no mercado interno e não são poucas, na europa já não é uma maravilha, por exemplo, trazer eletrônicos como é nos U.S., eu nunca fui, mas amigos que viajaram ao Japão comentaram que era tudo muito caro (só não recordo se para estrageiros ou residentes), os únicos países além dos Estados Unidos que praticam taxas liberais são aqueles que querem atrair turismo de compras ou investimentos. Eu concordo que as taxas são abusivas e isso tem que ser revisto, por outro lado liberação sem critério poderia significa inflação e competição desleal. Quem sabe ao invés de abrir lojas, o Jobs não pensa primeiro em fabricar o produto aqui para dai pensar em mudar o sistema tributário a seu favor. Pretencioso ele. E é puro exagero dele (com uma dose de drama) dizer que não abre a loja por conta do sistema tributário, se abriu online, que diferença faria uma store ofical… quem quiser que caia nessa ladainha.

    • lucpinto

      loja virtual não tem encargos com empregados direto!! ele dis que para abrir uma loja aki as taxas deveriam diminuir!!la o imac os x lion custa US $ 1199 en quanto aki sai
      Por: R$ 3.734,61 o mesmo imac os x lion tela de 21 polegas os dois!!!

  • Daniel Taiguara

    Se pela loja on line ja vende-se gift cards e uns kits tomtom e outros mais acessórios eu ja tava feliz….

  • Marcos

    ele ta super certo,isso e bem feito para o brasil quem mandou os governantes botarem a as taxas super altas!!!!

  • Italo Vanucci

    Palmas para o Sr Jobs!

    Seria interessante que outros também fossem mais direto em relação ao Brasil, pois assim o povo brasileiro ficaria mais ciente do país em que vivem…

    É uma vergonha não podermos comprar produtos importados pelo principal fato de o acharem que quem compra importados faz parte da elite…

    Pq não é somente a questão de proteger a industria brasileira…

    Como se fabricassemos ipod, iphone e etc, neh?

    Quando a Intel quis trazer fabrica pra cá, o governo não fez muito esforço nem para negociar a idéia…

    Agora temos que ficar pagando o pato por eles…

    Como se eles já não cobrassem imposto de renda altissimo, sem contar com os demais impostos…

    Até pq as grandes empresas daqui se creditam de cada centavo de imposto tanto na importação, quanto em qualquer tipo de compras, só que o consumidor final (nós mortais) só nos ferramos, pq não temos direito a praticamente nenhum crédito de imposto…É uma palhaçada…

  • GRM177

    De qq forma é boa essa demagogia da parte dele, pois indiretamente, quem sabe, abre um pouco os olhos de alguns políticos para a reforma tributária (mas não dá forma que ele espera, de abrir as pernas para os gringos que não querem investir aqui, a isenção deveria ser maior ou até total para quem se dispuser a abrir indústrias locais).

  • Pedro

    O Jobs eh um fanfarrao …

  • Bruno

    certissimo! tb nao abriria nunca uma loja no Brasil com essa politica ABSURDA de importacao. So queria que a nota fosse maior, pra ver se os politicos se tocam que “muitas empresas se sentem assim”…

  • JulianoR

    só queria entender que sistema de 2 pesos e 2 medidas é esse, quer dizer que pode ter impostos para a loja virtual, mas não pode ter para a loja física??? que idéia de maluco é essa???

    • Uma loja virtual é um galpão e só.

      A estrutura de uma loja real é BEM diferente. Os móveis das Apple Stores são importados, por exemplo. E você precisa de um estoque maior, central de distribuição, etc…

      Na Apple Online Store, os itens mais caros são importados sob demanda. Não existe estoque aqui.

  • Andressa

    Ele tá certo.

  • guidson

    como já é dito a muito tempo por aí…. ISSO É UMA… VERGONHA!

  • Lucas Ramos

    È duro acreditar nisso, mas é a nossa realidade!

  • Só eu acho isso mais um gesto de arrogância dele? Ele tem histórico.

    • Com certeza. Nem temos taxas tão altas, o Brasil é que está certo, os preços que pagamos pelos produtos importados são mais do que justos.
      Realmente você tem razão, deve ser arrogância desse cara aí.

  • André Marconato

    De acordo com Jobs, ele está certo !

  • Cabr

    Olha, ele pode até ser arrogante. Mas vamos raciocinar… ele não vai fabricar aqui, pois os produtos da Apple são fabricados na China como na maioria das outras marcas. Então para que se aborrecer com custos neste país chamado Brasil se ele vende sem estes problemas em outros países? Para ele do jeito que está é bom, nós é que queremos preços finais mais baixos e equiparados com outros países. Mas isto será impossível enquanto não cobrarmos vergonha dos governantes. Enquanto isso, vamos engolindo sapo como estes. Ele é que está certo!

  • Luigi

    Steve Jobs para presidente do Brasil( puts ele nao quer) nem eu gostaria de ser presidente do Brasil, tenho orgulho de ser Brasileiro, não tenho orgulho do Governo Brasileiro.

    • Joao

      To contigo

  • Rafael

    Certissimo!!

    60% de taxas em produtos eletrônicos… pra que? proteger a industria local? que industria? Infelizmente quem comanda o Brasil, nao leva o brasileiro a sério.

  • ihenrique

    O Brasil é um lixo.

  • Nessas horas eu tenho vergonha do Brasil..

    • Felipe B.

      kkkkkkkkkkkkkkkkkk xP

  • Dudrone

    brasil é uma vergonha pra todo o mundo… infelizmente nasci aqui… (bom, melhor que o sri lanka pelo menos deve ser, ou que turcomenistão… enfim)

    pelo menos temos a A2U, que é uma versão “lite” da apple store, e que, convenhamos, funciona igual à uma apple store…

    e se há loja online, essa desculpa de que as taxas de importação não cola………….. ou será que ele quis mencionar IPTU, empregos que seriam gerados e outras coisas mais, mas esqueceu?

  • Fernando Viscaino

    Esse papo de proteger a industria nacional é coisa de PETISTA ALIENADO(ALOPRADO) e data do periodo JURASSICO do qual este nobre partido e seus seguidores/pensadores(HAHA) tanto se inspiram.

    So um irresponsavel/alienado nao percebe que as leis tributarias/trabalhista e outras tanto defendidas por partidos de esquerda so beneficiam a eles e a roubalheira generalizada instalada em nossa politica.

    Uma coisa é obvia…quem sai perdendo com essa carga tributaria(SUPERALTA MESMO) e com o total CAOS ILÓGICO(MALUCO MESMO) de como arrecada-los somos NÓS, os consumidores, que acababos por ter que nos privar de ter tais produtos/serviços e/ou nos submeter a pagar ate 117% a mais so para impostos/taxas !!!

    Uma vergonha real para todos nós brasileiros. PENSEM AO VOTAR, “talvez isso nos ajude”.

  • Alex

    Brasil é uma piada mesmo. Jobs com mais uma sábia decição.

  • OmarBH

    De fato, imposto alto e margem de lucro de 30% não combinam. O Jobs também não abre mão da usura! Mas, será que não pesa saber que aqui, como na China e na Russia, os hackers nadam de braçada?

  • Eu acabei de vir de uma Apple Store! Huhhuuu!
    O cara já tava me espulsando da loja, hahaha!

  • Mark

    Seria bem legal uma Apple Store no Brasil. Esses impostos sao uma exploração, espero que um dia poder comprar esse tipo de produto com um preço justo, esse governo eh uma merda.

  • GRM177

    De fato, o certo é ser como os U.S. que tomaram um puxão de orelha da OMC por mascarar subsídios absurdos aos produtos agrícolas e que reclamam depois que em outros países não tem isenção de taxas…

    Ou quem sabe como a China, onde a única opção dos trabalhadores é pegar ou largar trabalhos com cargas horárias absurdas por salários rídiculos (U$40), dormindo em galpões, às vezes na própria indústria de modo a poupar tempo e produzir mais, inclusive com trabalho infantil.

    O Brasil está longe de ser uma maravilha, eu mesmo nem de longe sou nacionalista, se tivesse pensado melhor minha área de trabalho estaria morando na Austrália, mas entrar nessa ladainha do Jobs é fácil, onde um ou dois empresários ficam bilionários e o resto da cadeia produtiva que se f****.

    Se ele não pode reduzir o lucro dele nem um pouco, por que o governo deve isentá-lo quando para tantas outras indústrias e empresas (leia-se Honda, Dell etc.) tem interesse em produzir aqui.

    Repito, os impostos são altos sim, devem baixar, o brasileiro deveria brigar por isso, ainda semana passada mandei um email a um senador reclamando um projeto de lei do mesmo, quantos fazem isso? Mas o brasileiro também deveria ter brios e parar de abrir as pernas para os gringos como faz desde os acordos dos portugueses com a Inglaterra.

    Quero ver ele dispensar o Brasil quando precisar expandir mercados.

  • DVC

    E qual a diferença da loja online e da física?

  • Felipe B.

    Toma na kara Brasil! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    o
    m
    a
    !
    !
    !

    xD

  • Paulo Oliveira

    Nesse contexto vejo dois gananciosos:
    1. O Governo que cobra altas taxas tributárias e
    2. A Apple e que compra para fora da America e Europa valores exorbitantes.
    Prova disto é que é mais barato comprar qualquer equipamento numa Apple Store fora do Brasil, pagar as taxas cobradas pelo primeiro ganancioso e ainda fica mais barato que comprar na Apple Store Online brasileira.

  • Ronaldo

    Existe Apple Store na Suécia, Noruega ou Finlândia?

    • LGA

      Provavelmente não, pois lá os impostos também são altos pra pagar saúde e educação de qualidade e de graça para toda a população. Igual ao Brasil…

  • LGA

    Não é a toa que a Apple é a terceira maior empresa (em valor de mercado) dos EUA. Steve Jobs não rasga dinheiro…

    Abrir uma Apple Store no Brasil é preju na certa. Como vc vai vender um produto que já é caro por mais que o dobro do preço dos EUA (por causa dos impostos) pra um país que tem renda 6 vezes menor??

  • GRM177

    Só me pergunto se ele é tão fan assim da liberdade pq esse stress de deixar o tethering nas mãos das operadoras, fora outra dezenas de exemplos de controle excessivo dele e da Apple, como critérios de duas mãos para excluir apps da store. Tudo é colírio qd não é nos olhos da própria Apple.

  • Italo Vanucci

    Vendendo um Civic de 16000$ a 65mil reais, até eu gostaria de abrir uma fabrica da honda aqui…rsrsrs

    Acho que vc foi infeliz ao citar a honda…rsrs…com todo respeito…

    • GRM177

      Mas por acaso falei para o Jobs doar iPad e Mac? Que venda caro se quiser, mas não venha dizer que não vai abrir pelas taxas, se até a Fnac francesa consegue se manter no Brasil, uma Apple Store fracassaria?

      Agora quanto aos U$ 16000 por um Civic, de fato, é um absurdo pagar R$ 59000 num (preço que vi anunciado ontem 0km).

      Por outro lado é fácil reclamar sem fazer nada, o brasileiro é omisso, pacato demais.

    • GRM177

      Mas um outro ponto que me ocorreu pela sua colocação: essas coisas (taxas altas e preços abusivos) só persistem pq alguns topam pagar, experimente fazer isso nos U.S. para ver se os gringos compram, é por isso.

      • Andre

        Talvez seja assim porque os americanos sabem quanto pagam de imposto pelo produto, aqui no Brasil há o preço, mas a população não sabe qual é a porcentagem dos impostos que refletem no produto.
        É só um palpite.

        • OmarBH

          Outra diferença é que nos EUA o Imposto de Renda é de verdade. Ou seja, quem bota margem de lucro lá em cima também paga. Quem inflaciona ações é incriminado. Precisamos saber a composição do preço, incluindo impostos e lucro. A INFO de março considera que o iPad tem um custo de 50% de seu preço. Será que o Governo americano cobra 100% de imposto? Ou o tio Jobs mete a mão no bolso do americano e quer meter no nosso também, a custo de redução tarifária?

    • Ainda que 65mil está barato, quando meu pai foi trocar de carro, na dúvida entre novo corolla ou novo civic ambos estavam entorno de 70 mil, acabamos ficando com corolla por 67mil.

  • MarceloT

    Aqui em Genebra(Suiça) acompanho a corrida de produtos a muitos anos,e costumo comprar produtos de informatica,e preciso confirmar que:
    Os preços de podutos apple são na maioria o mesmo de seus concorrentes,a assistência dada aos consumidores por parte da apple é mil vezes superior a qualquer outra que conheço,os produtos que comprei apple nos ultimos 9 anos,são infinitamente melhores em qalidade,o que os torna mais barato com o pssar do tempo,conheço bem os pocket’s pc e os iPhones,e não tem como comparar a nivel de utilização,se voce quer diminuir o lixo eletrônico mundial,e quer usar seus programas preferidos sem bugs e com real funcionalidade,então não tem erro.
    mas se voce quer brincar de cientista e ficar construindo um computador o resto da sua vida,mudando placas e fazendo muito lixo eletronico,ficar mudando configurações e se divertindo horas dentro do computador,então voce é PCmaniaco.
    exemplo simples:
    windows mobile -> use seu tempo para configurar eternamente os programas e lutar contra bugs sobrenaturais de outra dimensão
    apple mobile -> use o equipamento e viva a vida
    relato de um utilizador de varios modelos dos 2 concorrentes.
    preços monstruosos so no Brasil( que amo muito e vou todos os anos para ser roubado quando uso meu iphone)

    • Niegro

      que dizer que o iphone OS nao é bugado? ou vc acha que as atualizações constantes sao simples melhorias e sim correcoes de bugs.

  • Feel(ESP)

    Então cara eu vivo aqui em Barcelona e aqui ate onde sei tbm não tem a AppleStore só se for em Madrid e ae já tenho meu iPad good bless you

  • Júnior

    só sei de uma coisa…. Q Quem sempre se lasca, somos nós, consumidores!
    ;/

  • Rodrigo Ferrari

    Brasil realmente eh um lixo, impostos cascata, um sobre o outro, impostos de importacao ABSURDOS, inviabiliza qualquer empreendedor com capital limitado a operar importacoes desse tipo de produto.. ainda bem que viajo mais de 15 vezes ao ano para os EUA e compro tudo por la…. até o que tenho no banheiro de casa vem de lá… só o nosso cotonete é melhor que o deles… ai eu uso J&J… que tambem é americana haahha… lixo de pais viu, politicos corruptos, tem tanta demanda reprimida pra eletronicos… veja os notebooks, vendem o resto do mercado de primeiro mundo aqui, a um custo absurdo, compra um note mediano por 4mil reais.. com isso na gringa, meu deus, voce compra um aviao de notebook… enfim… sem contar com o humor do fiscal, que pode pedir amostras da sua carga pra ele, ou encrencar com a sua remessa de importados e mandar pro canal vermelho…cinza…. eh cada uma viu… odeio o brasil.. serio, nao queria ter nascido aqui.

  • iWag

    E viva o Brasil !!!!

  • Ne

    vou fazer uma comparação, o DVD do Exalta Samba é R$ 40, um jogo de PS2 fabricado no Brasil custa R$ 129 na loja da sony, pq esse preço abusivo se a taxa de impostos são as mesmas para Dvd?

    • Max

      Jogos tem outro tipo de tributação. Não é o mesmo de filmes e música.

  • Diego Carvalho

    Bem, a realidade é simples. O Brasil não é um mercado grande o suficiente para a Apple. Se fosse, não importa as barreiras, retaliação alfandegária, etc, a Apple já teria aberto uma loja por aqui. Ou seja, ainda existem no mundo, lugares que é para a Apple mais fácil de se ganhar dinheiro.

    Considerando que foi mesmo o Steve Jobs que proferiu a frase no artigo, eu acredito que ele só exerceu a sua cidadania americana e tentou dar uma alfinetada na retaliação autorizada pela OMC que o Brazil tem todo o direito.

  • João Araújo

    Ê Brasil! Tristeza sobre tristeza…

  • Max

    Aos que defendem taxas de importação, um esclarecimento. As taxas de importação existem para proteger um mercado e produção local. Porém, o Brasil não é fabricante de informática, sua produção e desenvolvimento de novos produtos é pífia comparada com os Estados Unidos e países asiáticos. O Brasil perdeu o bonde da história nas décadas de 70 e 80 no que diz respeito à informática, e não tem como mais voltar atrás. Portanto, não há outra alternativa a não ser importar. Portanto, o Steve Jobs está certo. E este e-mail deveria ser encaminhado ao Lula e ao Congresso. Aliás, tem uma alternativa sim, investindo fortemente em formação tecnológica. Vide exemplo da Coréia, mas só viríamos efeito daqui a 20, 30 anos. Porém, vemos que está acontecendo exatamente o oposto. Assim, não tenho esperança de que isso irá mudar.

  • David Dallaqua

    Ui… essa doeu… (e nos brasileiros tambem) e continuemos comiphone a 2400,00… q boooooooooom (modafuquer)

  • Esse protecionismo do mercado interno sempre existiu e o único a mexer nessa regra foi o Collor.
    Concordo com o Jobs, ele tem razão que as taxas são altas. Em contrapartida, as taxas sobre os nossos produtos que são exportados para lá, ocorre o mesmo protecionismo.

    É dever do governo proteger as empresas nacionais e seus empregos. Se o pão nosso de cada dia dependesse disso, tenho certeza que qualquer um apoiaria o governo. A gente só se importa quando mexe com a gente.

    Mas uma reforma é necessária, é preciso rever as regras da legislação e tentar trazer mais capital internacional sem desestabelecer o nacional. Isso só acontece quando se tem vontade de mudar, coisa que não se sente à tempos.

    Até mais,

  • Marcos

    Assim que é bom, titio Steve fala rasgado. O mais interessante é que nao falou somente pela maçã, por outras “companhias high tech” também.

    Sugiro iniciarmos uma revolução contra todas essas taxas … que tal um imposto unico, como ja é cobrado em outras nações???

    • Max

      Essa revolução seria através do voto, cobrando mais transparência e coerência na cobrança dos impostos. Se pelo menos soubéssemos o valor e a destinação dos impostos de cada produto que compramos seria um enorme avanço. Lembro-me de uns anos atrás ter tido um projeto de lei que obrigava a descriminar quanto de cada produto era imposto. Tal projeto obviamente não foi aprovado, pois ficaria claro a bandalheira desse país. Hoje os governantes e parlamentares gastam a dar com rodo, de forma ineficiente, e ninguém cobra uma atitude. Enquanto o povo não acordar, será uma batalha perdida.

  • Eu até concordo em se pagar taxa de importação, mas cobrar mais de 100% de impostos que inclusive incide sobre o valor do frete do produto, aí já é demais!!!

    Como diria meu amigo Casoy: “Isso é uma vergonha!!”.

  • Nosso problema não é ter uma Apple Store física, no site da Apple Brasil já conseguimos comprar os produtos da marca. O problema é o custo de importação no Brasil, que deixa os produtos com preços absurdamente altos, dando margem ao comércio ilegal.

    A Apple deveria pensar urgentemente em uma forma de liberar as músicas no iTunes Brasil. O programa só possui aplicativos para iPod Touch e iPhone e deixa os usuários do iPod sem acesso ao acervo de música digital da Apple. Existe mercado para a música digital legal!

  • Marcelo

    Será que ele sabe quanto a OI vende o Iphone aqui? ele deve ter assustado… tem modelo que sai a quase $1000 dollares…

  • Michel Pilla

    THIS – IS – SPARRRTT………OPS……BRASSSSILLLLLLLLLLLLLLLLL 🙂

  • Misantropus

    Vocês realmente acreditam que Jobs respondeu essa mensagem pessoalmente e nesses termos? Então tá, vou dar a todos um adesivo “Eu ainda acredito na grande imprensa do Brasil”.

  • Eu já disse, a mídia brasileira badala a Apple mas o Brasil não existe para a Apple!

    Grande parte dos equipamentos e softwares Apple vendidos no Brasil são usados pelo pessoal que trabalha com Mídia, Desenho Gráfico, Agências de publicidade e afins e a maior parte de tudo que vemos com a marca Apple sendo vendida no Brasil é contrabando mesmo, o que caberia uma boa investigação por parte da policia federal brasileira.

  • Laura

    Não só produtos high tech como qualquer outro é absurdamente mais caro no Brasil que em qualquer país, e ainda assim algumas filiais brasileiras de multinacionais são as que mais vendem no mundo. Não precisa ser gênio pra saber que teria MUITA gente comprando nuam Apple Store brasileira e que mr. Jobs não está sendo muito esperto…

  • Um Indignado

    Amigos, vou discordar da maioria de vocês, acho que o Jobs precisa de assessores melhores, o mercado brasileiro já sinalizou para a Apple que é um grande mercado, vamos um único exemplo, quando a loja Online da Apple no Brasil foi lançada eles venderam em uma semana o estoque de três meses, hoje você tem prazos de entrega que são verdadeira uma piada, como é o caso do prazo de entrega do teclado Bluetooth que é de 8 semanas, quem via ficar esperando oito semanas para receber um produto? Ou coisa, quando você compra você precisa estar pessoalmente no local de entrega para assinar a nota fiscal senão a transportadora não faz a entrega.

    Resumindo a Apple ainda acha que aqui no Brasil só tem índio. Apple precisa rever seus conceitos a respeito do Brasil, somos a 8º econômica do mundo e vamos crescer muito mais porque nos somos BRASILEIROS.

    Abraços a todos.

  • Jrbs

    Eu não acredito na notícia.. ainda mais partindo desse Jornal.

    • Gomes

      Também não acredito nessa notícia…
      Tá muito estranho isso…

  • KarynA

    Já era de se esperar
    a Apple menospreza o consumidor
    brasileiro descaradamente, se fosse
    ao contrário, o governo americano ia tomar
    as mesmas medidas, e tem outra
    não ia ter muita diferença uma loja
    oficial da Apple no Brasil..
    os preços iriam chocar igual a notícia =P

  • krikaoli

    Pela primeira vez discordo parcialmente do GRM, o número de tributos e a alta taxação brasileira é realmente algo de maluco. Vou dar um simples exemplo: protetor solar é super taxado como se fosse artigo de estética, supérfluo, na verdade hoje é sabido que usar protetor solar é algo essencial na realidade climática brasileira e nos poupa de diversos problemas de saúde.

    Parabéns Steve Jobs, você está certo. Dê o seu recado e assim quem sabe a gente não melhore.

    PS: Alguém aí se recorda como o Brasil perdeu para a Costa Rica uma fábrica da Intel juntamente com um investimento de mais 10 bi?

  • Fazer o quê, né?
    Escolher melhor nossos governantes e denunciar aqueles que não prestam, não consumir nenhum tipo de produto pirata, Só pra começar…

    • Lembro do DVD dos Dois Filhos de Francisco que o Lula assistiu no aero-lula? Pois é, era pirata. Junta a com b e veja o país que vivemos. Não tem essa de não consumir produtos piratas. Isso é feito pelo presidente!

      Denunciar? Tem denúncias aos montes, até de grandes veículos como a Veja. O que acontece no fim das contas? Nada. É foda, mas a roubalheira é generalizada.

      O que o Jobs diz não é sobre corrupção, mas sobre taxação e as leis fiscais do país. A lei do ICMS é algo inintendível, enorme, que demanda um esforço absurdo pra uma empresa se instalar aqui. O que ele fala é ótimo. Vem de encontro com o que todos os empresários, tributaristas e especialistas brasileiros vêm dizendo a anos. Só piora, só se torna mais complexo.

      Melhor que eles continuem só exportando e a gente compre, sei lá, da FNAC.

      • É, velho… o negócio é difícil, mas não se esqueça que tudo que o povo brasileiro conquistou (mesmo que seja pouco) foi com muito suor. Não podemos abaixar a cabeça e dizer que não tem solução. Isso não é nenhum discurso moralista nem nada. É verdade. Se nós mesmos, os mais interessados em mudar esse país, não fazemos NADA, como os políticos em suas vidas super-confortáveis vão fazer algo?

  • Andrade

    Na boa galera… mas acho que essa notícia é totalmente fake.
    Não acredito numa coisa desse tipo publicada por apenas um jornal em todo o Brasil, e sem nenhum destaque.
    Isso é caso de se averiguar se a notícia procede ou não.
    Acho que nesse caso o jornal está tentando criar um sensacionalismo barato… Processo neles!

  • Gustavo

    Realmente é uma notícia chata essa. Mas Jobs está coberto de razão. Pior para nós, que vamos ficar sem uma loja oficial física. Recentemente pude visitar uma loja nos EUA. É simplesmente demais. É outra coisa vc ver tudo ao vivo. Dá vontade de comprar tudo.

  • Max

    Somos um mercado grande, porém, a grande maioria da nossa classe consumidora são das classes C e D. Estes não consomem produtos caros como os da Apple. Tanto que os eletrônicos genéricos chineses fazem um sucesso tremendo por aqui. Andem no metrô de SP algum dia e vejam a quantidade de iPhones genéricos que o pessoal tem. Mas vejam que quase ninguém tem um iPhone original. Os dados desse site mesmo comprovam isso, que em 1 ano e meio de vendas, o iPhone vendeu apenas 300.000 unidades por aqui. Isso é muito pouco, dado a uma população tão grande como a nossa. Os computadores da Apple só venderiam bem aqui se custassem no máximo até 2000 reais. O que com a carga tributária atual seria impossível. Manter uma loja on-line é tranquilo, pois o custo operacional é muito mais baixo que uma loja física. Para ter uma loja física aqui, além do alto investimento para montá-la, teria-se que contratar pessoas especializadas, pois não dá pra colocar um vendedor que não entende nada de Mac, muito menos saber compará-lo a um PC. E uma pessoa assim não ganharia tão pouco como os vendedores de lojas de eletrônicos aqui do nosso país ganham.

  • E a loja on line num tem jogos por que têm que ser verificados um a um por gente do governo pra ver se o jogo não é preconceituoso e pra se verificar a idade que o jogo é recomendado pros brasileiros.

    Seria legal se isso tivesse muito alarde, mas não vai ter. Imposto é imexível.

  • Jrbs

    bullshit news!! hehehe

  • Ele que proponha abrir uma fábrica no Brasil, que os impostos caem. Afinal, ele quer o que todo mundo quer, produzir o Iphone na Malásia, pagar um miserê e vender pelo preço convencional. O Iphone é caro porque é importado, só isso.
    Daí a manezada tecnológica, que não entende nada de encomia, fica irada. Abrir uma fábrica no Brasil e vender para toda a América Latina é bem melhor pro país do que abrir uma mera LOJA. Fábrica significa milhares de empregos, loja significa duas dúzias.
    Estudem economia antes de falar bobagem!

    • Pedro, acho que você que precisa estudar economia…

      É só pensar um pouco e verá que a isenção de impostos (não são todos, apenas alguns) para a fabricação local não vale a pena quando você coloca na balança o custo da mão de obra chinesa contra o custo da brasileira.
      Para os computadores mais baratos, com ainda mais incentivos fiscais, vale a pena. Para os produtos da Apple, não,

      É só ver que a Dell faz seus produtos populares aqui, mas não os top de linha – exatamente os que concorrem no mesmo nicho da Apple.

  • DVC

    Meus caros, parem de sofrer: http://www.bhphoto.com com método de envio Brazil Special. Livre de impostos. O único porém é o pagamento à vista, mas é mto mais negócio!

  • Fábio Soler

    Reclamar é fácil, porém se movimentar pra isso um dia mudar…

  • Debora

    uma vez que muitos brasileiros viajam para os USA a busca de tecnologia, eles deixariam de viajar com este proposito, deixariam de gastar nos restaurantes, nos hoteis, basta ver o idioma mais falado nas lojas da Apple, pelo menos da Florida, inclusive eles contratam brasileiros especialmente para poder atender a Galera que chega louca atras da tecnologia. Nao tendo lojas no Brasil, o USA ganham mais, tenho certeza que o “Sistema – Obama” da privilegios para o Steve/Apple e o incentiva a nao abrir no Brasil, pura politica de interesses… bull shit

  • Eder

    Eu concordo com ele com o CIO, infelizmente eh verdade. A abertura de uma fabrica Apple no Brasil acabaria com esse problema, mas ninguem consegue pagar os paises asiaticos em mao-de-obra barata.

  • Mika

    Steve nao quer investir nos paises, quer vender tecnologia de vida util igual a de um papel higiênico. Reclama de taxas pq nao quer montar fabrica. Pq nao deixamos nossos trabalhadores trabalharem em condicoes precarias sem protecao trabalhista, como na China. Não tem programas de sustentabilidade. Não quer saber de pessoas, quer saber de tecnologia vendida.

    Se vc fica decepcionado de nao ter em mãos um iphone barato, fique mais triste por incentivar uma empresa globalmente egoista.

  • Não é atoa que a maioria das montadoras de automóveis abrem fabricas aqui ao invés de importar com taxas tão absurdas pra dar “vantagem competitiva” p/ as empresas nacionais mas qual empresa nacional vende iphone / ipod / mac

    Muitos podem meter o pau etc no cara

    mas eu não troco meu PS3 importado por um zeebo fabricação nacional.

    concordo com a iniciativa do governo de priorizar as empresas nacionais mas se não tiver um equivalente taxar o produto em outra categoria e diminuir os impostos.

    Lembrando que quem compra MacPro normalmente são empresas brasileiras que usam ele pra trabalho.

    • So se lembre que o Honda City, FABRICADO NO BRASIL, custa metade do preco brasileiro la no Mexico.

      [Desculpe pelos acentos, to num teclado ruim]

  • Concordo em gênero e número.

    Trabalhar com a área de tecnologia no país é uma b**** (com perdão da palavra). Trabalho com robótica no ensino médio e qualquer coisinha tecnológica que quero trazer do exterior para mostrar/trabalhar com os meus alunos acabam saíndo por um olho da cara.

    Neste ponto, o Brasil é uma VERGONHA!

    Um exemplo deste caso é a Texas Instruments, que fabrica circuítos integrados, e por anos apoiu iniciativas de professores e alunos fornecendo “samples” (amostras) dos circuítos para os estudantes e professores da área. Em meados de 2008, parei de receber as amostras, ao invés disso, recebi uma correspondência por e-mail informando que a Texas deixaria de enviar amostras para o Brasil, pois além de pagar o frete, estavam arcando com os 60% de taxa sobre o valor declarado na nota. Quem fica prejudicado com isso? O público acadêmico é claro.

    Pra que se preocupar com terremostos, tsunamis, e outros eventos da natureza. Já temos uma política que se encarrega de atrasar o desenvolvimento do país.

    E tenho dito!
    Abraço

  • Isso do Honda nem me fale

    Vivo no ClubedoMarea
    tem um cara do Clube que se mudou pro Mexico

    e tava postando as fotos do Seat Leon que ele comprou ai em alguns posts ele colocou o preço de certos carros Europeus que vão pra lá e outros que são fabricados lá mesmo.

    Não tem como comparar…

    Eu fui numa concessionária ver um Vectra 0KM minha mulher comentou com o Vendedor que pelo valor do carro eles podiam colocar um motorzinho melhor e também Bancos melhores.
    Palavra do Vendedor “Se fosse pra vender pelo preço que realmente vale como na europa Europa eu venderia esse vectra por 30mil 0KM, mas como estamos no Brasil e estamos sujeitos aos impostos daqui preciso trabalhar com a realidade daqui”

    E concordo com o cara p… não tem industria de motores aqui.

    o me carro montado aqui as peças vem da Itália a injeção Bosh é Alemã.

    Até os populares tem a maior parte das peças que vem de fora por que não tem empresas que produzem algo equivalente no pais.

    E sem incentivo fiscal “baixos impostos” não vai ter mesmo.

    Saímos parcialmente do tópico hehe.

  • Monoska

    Nada que o paraguay não resolva. Com ctz meu. iPad vira de lá. Então se não entra produtos aqui por bem, entra por mal…. To pouco me lixando se a Apple vem ou não, enquanto existir a ponte da amizade eu estou feliz…

  • Osvaldo

    q bom! o mundo nao precisa de mais uma apple store..
    lamentavel..