Notícias

Como o iPhone está matando o mercado do Windows Mobile

Windows Mobile

Os fabricantes de telefone começam enfim a se dar conta que um sistema operacional que explore ao máximo as possibilidades do aparelho é a grande fórmula de sucesso hoje em dia. Além disso, a disponibilização de aplicativos que permitam que o usuário personalize seu aparelho de acordo com suas necessidades é outro ponto chave na telefonia no mercado atual.

Mas há um velho gigante, gordo e preguiçoso, que não concorda com isso e é justamente ele quem mais está perdendo participação de mercado atualmente. Seu nome: Windows Mobile (WM).

A Microsoft parece ter se acomodado na sua histórica posição de líder em vários mercados, não apresentando muitas evoluções nestes últimos tempos. Isso fez com que sua participação tivesse uma queda considerável no mundo móvel. Segundo números da Gartner, o Windows Mobile caiu de 11% para 7,9% de market share, enquanto que o iPhone subiu de 12,9% para 17,1%. Android e RIM também subiram, mas não tanto.

Não bastasse a versão 6.5 do seu sistema, que criou falsas expectativas nos usuários que ainda restam, a própria Microsoft faz declarações que não ajudam em nada o WM. Além do presidente Steve Ballmer já ter dito que “a internet não foi feita para telas pequenas“, agora um outro executivo da empresa piora ainda mais as coisas. Ray Ozzie, gerente de arquitetura de software, declarou:

A Microsoft não acha que aplicativos façam diferença para smartphones.

Desespero ou completa falta de visão?

Usuários de Windows Mobile: corram!

via

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados