Notícias

FCC investiga a causa da Apple ter barrado o Google Voice na App Store

Google Voice

A coisa está começando a se complicar para a empresa da maçã. A FCC (equivalente à ANATEL nos Estados Unidos) parece não ter gostado do jogo do “eu sou a dona da bola” e resolveu perguntar formalmente para a Apple quais as razões dela ter barrado o aplicativo Google Voice de sua loja de aplicativos, assim como fez com todos os outros que eram compatíveis com o serviço (leia “Google Voice para iPhone é rejeitado pela Apple“).

Além de barrar o aplicativo próprio do Google, a Apple simplesmente removeu um outro similar chamado GV Mobile, que estava na loja desde abril deste ano sem nunca ter tido problemas. O seu desenvolvedor, Sean Kosacs, revelou esta semana em seu blog que a Apple admitiu ter sido pressionada pela AT&T para tirar os aplicativos da App Store.

Resposta oficial da Apple

Agora a FCC quer saber direitinho as razões que fizeram a Apple tomar tal decisão. E quer saber também porque outros aplicativos de VoIP (como o Skype por exemplo) não foram tratados da mesma maneira. A diferença de tratamento em produtos similares pode ser considerado como concorrência desleal.

A App Store chega a um ponto crítico, que deverá se reorganizar se não quiser perder seu espaço. Afinal, ela está crescendo tanto que poderá começar a infringir a lei contra os monopólios e aí a situação vai ficar difícil para ela.

Aliás, o GV Mobile já está disponível gratuitamente no Cydia para aparelhos com jailbreak.

Referência: Macworld US

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados