Apple PayNotícias

Apple quer implementar o Apple Pay rapidamente em mais mercados

O Apple Pay é lindo. Você coloca o iPhone perto da máquina de cartão, toca no Touch ID e pronto, pagamento feito em menos de 10 segundos. O problema é que ele está demorando demais para se expandir para outros países. Já entramos no segundo ano desde que foi apresentado e ele ainda é limitado a poucos lugares; nem mesmo grandes mercados, como França e Alemanha, possuem o sistema de pagamentos da maçã.

Em uma entrevista para o site TechCrunch, a vice-presidente do Apple Pay, Jennifer Bailey, disse que a Apple está trabalhando bastante para implementar o sistema de pagamentos para mais países o mais rápido possível.

Estamos trabalhando rápido na Ásia e na Europa, e nosso objetivo é levar o Apple Pay para cada mercado significante em que a Apple está“, disse ela na entrevista.

Jennifer também explicou como a Apple avalia um mercado antes de implementar seu sistema: “Primeiro, nós olhamos para o tamanho do mercado de produtos da Apple no país. Nós também consideramos a penetração dos cartões de débito e crédito e a cobertura de máquinas de pagamento sem contato (NFC)“.

Neste segundo ponto, o Brasil está bem. Cartões de débito e de crédito são amplamente usados no país, e a cobertura de máquinas de pagamento compatíveis com NFC também é bem grande. O problema seria o primeiro ponto, pois a percentagem de usuários de iPhone é bem pequena, em relação a outras marcas.

Há boatos de que o Apple Pay possa chegar ao Brasil até o final de 2016. Diversos bancos nacionais já estariam negociando com a maçã e a própria MasterCard afirmou que planeja trazer o sistema de pagamentos para o país ainda este ano.

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar