AppleNotícias

Apple compra startup Gliimpse, especializada em gerenciamento de dados médicos

A Apple continua ampliando seus esforços para fortalecer as ferramentas de saúde presentes no iOS. Nesta segunda-feira (22), a empresa confirmou a aquisição da Gliimpse, startup que criou uma plataforma que registra dados de saúde das pessoas para compartilhá-los com médicos. Baseada no Vale do Silício, a companhia foi fundada em 2013 pelos engenheiros Anil Sethi e Karthik Hariharan.

Anil Sethi diz que seu interesse em acompanhar o tratamento de sua irmã, acometida por um câncer de mama, foi essencial para desenvolver o Giimpse. Além disso, sua experiência pessoal também influenciou sua criação. “Como consumidor de saúde, deixo para trás um rastro de informações médicas por onde passo, mas sou incapaz de acessá-los com facilidade ou compartilhá-los com meus dados pessoais“. O engenheiro, que já trabalhou na Apple, cita a lei criada pelo governo Obama que proíbe seguradoras de variar valores dos planos de saúde de acordo com o histórico médico dos pacientes. “O Obamacare é uma forma do governo obrigar médicos e hospitais a nos fornecer nossos dados. No entanto, não há nenhum registro único de saúde eletrônico usado por todos os médicos“, afirma Sethi.

gliimpse

A compra aconteceu no início de 2016, mas só foi confirmada agora. Em nota enviada à revista Fast Company, a Apple afirma que investimentos como esse são comuns e se limita a dar a resposta clássica de sempre: “A Apple compra empresas de tecnologia menores de tempos em tempos, e nós geralmente não discutimos nossos propósitos ou planos“. A Gliimpse vem se destacado por oferecer apoio a pacientes com câncer e diabetes. Recentemente, a Apple contratou o pediatra Rajiv Kumar, especializado no tratamento de crianças com diabetes e que desenvolveu um aplicativo com apoio do HealthKit – sinalizando um real interesse da empresa em desenvolver uma solução para pacientes com diabetes e outras doenças crônicas.

É nítida a inclinação da empresa em criar novos produtos e ampliar seus atuais projetos voltados para saúde. Além de adquirir a Gliimpse, a companhia recontratou o engenheiro Evan Doll (criador do Flipboard), contratou o fundador da Sage Bionetworks, Stephen Friend, e a ex-chefe de tecnologia da Nest Labs, Yoky Matsuoka. Há, também, a parceria fechada com a GlaxoSmithKline, que está usando o sistema ResearchKit para desenvolver um tratamento para artrite reumatoide e o cadastro nacional de doares de órgãos presente no iOS 10, que será disponibilizado aos usuários norte-americanos.

Até o momento não há informações sobre o que a Apple está preparando. Entretanto, como o próprio Tim Cook tem indicado em declarações, o Apple Watch é um dispositivo com possibilidades de monitoramento que devem ser trabalhadas no futuro. Novidades para saúde são esperadas para o lançamento do iOS 10, que deve ser liberado em setembro, dentro de algumas semanas.

Leia mais sobre:

Marvin Costa

Jornalista carioca apaixonado por cultura pop, fotografia, instrumentos musicais e produtos da Apple. Sempre que pode toca guitarra com amigos e utiliza seu iPhone como segundo instrumento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar