Notícias

Apple adquire da Intel sua divisão de modems para smartphones

A história por vezes é irônica. Em 1995, quando a Apple estava à beira da falência, a Intel era símbolo de computadores que rodavam Windows, dominando por completo o mercado. Na época, era impossível imaginar que, um dia, a maçã compraria parte daquela potência.

A Apple se reergueu, revolucionou o mercado de smartphones e, consequentemente, a visão que tínhamos dos computadores. E a velha gigante dos processadores não soube acompanhar a evolução dos celulares.

Nesta quinta (25), a Apple anunciou oficialmente que iniciou o processo de aquisição da maior parte da divisão de modems para smartphones da Intel, por 1 bilhão de dólares.





Serão cerca de 2.200 empregados da Intel absorvidos, além de equipamentos e muitas, muitas patentes.

Sabe quem está odiando a notícia? A Qualcomm, que hoje praticamente obriga a Apple a pagar royalties abusivos pelas suas tecnologias presentes no iPhone e iPad. Com a nova aquisição, a maçã terá condições de fazer o que a Intel não foi capaz: criar modems eficientes para smartphones.

No ramo de processadores, a Apple já provou ser competente: o chip A12 Bionic é um dos mais eficientes e potentes do mercado mobile.

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar