Curiosidades

[análise] Qual capacidade de iPad comprar? 16, 32 ou 64GB?

Se você é um dos que pensa em adquirir um iPad nas próximas semanas, talvez uma das primeiras dúvidas que surja na sua cabeça será: Que tamanho de iPad eu compro? 16, 32 ou 64GB?

Esta questão é muito comum entre nossos leitores, pois é daquelas que a gente pode se arrepender no futuro, se não nos planejamos bem. O problema é que é uma questão realmente difícil de responder, pois cabe a cada um decidir suas necessidades.

Há quem não goste de se preocupar em ficar trocando constantemente sua biblioteca musical no iPad e prefere colocá-la toda ela no tablet. Ou quem gosta de andar com diversos álbuns de fotos de viagens para sempre mostrar aos amigos.

Já outros preferem economizar mais no preço do aparelho, não se importando ter que organizar, de tempos em tempos, o que tem dentro dele.

Analise o seu uso de acordo com o que mais consome espaço no seu iPad, com algumas dicas de economia:

Filmes:
Se você gosta de carregar mais de 4 filmes no seu iPad, para assistí-los na cama ou em uma viagem, saiba que eles ocuparão grande parte do espaço interno dele. O ideal é manter apenas aqueles que você realmente vai assistir em breve, apagando logo depois.

Fotos:
Ter fotos sempre à mão para mostrar para a família ou amigos é muito legal, mas isso também ocupa bastante espaço. Tente manter álbuns só das fotos que realmente valham a pena mostrar. E se você tira muitas fotos com a câmera do iPad, faça uma limpa do que você realmente quer deixar ali. Muitas fotos a gente nem gosta muito e só ficam ocupando um precioso espaço no disco interno.

Músicas:
Ok, você quer ter todas as suas músicas sempre à mão no seu aparelho, mas colocar toda a biblioteca ocupa muito espaço, ainda mais considerando que nem todas serão ouvidas. Considere fazer uma seleção semanal com o que você está afim de escutar naquela semana e deixe só elas no aparelho. Isso irá reduzir bastante o espaço ocupado. Ou, como alternativa, você pode assinar o serviço iTunes Match, e ter a música que quiser da sua biblioteca, onde estiver.

Revistas e eBooks:
Se você for leitor de revistas digitais ou de pesados eBooks, talvez deva mesmo pensar em comprar um iPad maior. Quando as revistas nacionais forem adaptadas para a tela Retina, a tendência é ocuparem ainda mais espaço no tablet.

Falando em tela Retina, alguns aplicativos estão realmente ocupando mais espaço para poderem suportar os gráficos maiores. Mas isso não significa que todos são obrigados a comprar um iPad maior, principalmente se seguirem as dicas acima.

O iPad utilizado aqui no Blog, por exemplo, é um com 32GB de capacidade. Temos nele aplicativos comuns, com jogos e utilitários, mas mesmo não possuindo nenhuma música ou filmes, ele está já com 22GB usados.

Comparando com o iPad 2, com os mesmos aplicativos, notamos algumas diferenças no uso do disco em aplicativos especialmente adaptados para a tela de maior resolução. Confira:

Ou seja, tudo depende do que você usa.

Qual a conclusão?

A conclusão quem tira é você mesmo, que é o único que sabe do que precisa. Nossa sugestão genérica é: se você tiver dinheiro, invista no modelo de maior capacidade que puder, pois espaço é sempre bom. Mas se seu orçamento não permite fazer grandes abusos nas compras, um modelo de menor capacidade não é nenhum problema irreversível que estragará completamente sua experiência de uso. Com você viu neste artigo, há diversas dicas que permitem aproveitar ao máximo o aparelho.

A certeza é uma só: seja qual for a capacidade escolhida, você dificilmente se arrependerá de comprar o iPad. 🙂

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar